Subscribe to web2feel.com
Subscribe to web2feel.com

O futuro da Fórmula 1

Postado por Thiago Raposo segunda-feira, 25 de setembro de 2006

Escrevo o primeiro texto para o meu blog! Na verdade nem sei se alguém o freqüentará, mas minha paixão pelo esporte é tanta, estou há tanto tempo acompanhando diariamente tudo o que sai na imprensa que acabei sentindo vontade de expressar minhas opiniões também.

Então vamos nos sintonizar. Estamos há uma semana para a antepenúltima corrida da temporada, o GP da China. Fernando Alonso administra uma vantagem de dois pontos para Michael Schumacher e a disputa está emocionante. Mas não é sobre nada disso que vou escrever.

Quero falar um pouco do que rolou semana passada, nos testes realizados em Silverstone. O destaque ficou por conta de alguns estreantes, Piquet e Hamilton, e de Kovalainen que já tinha uma pequena experiência como piloto de teste. Então fiz uma pequena lista (sete nomes) dos candidatos a campeões do futuro que estão chegando agora na categoria. Fiz também um prognóstico sobre eles para num futuro próximo voltar aqui e ver a porcentagem de baboseiras que escrevi.
A lista é a seguinte: Nico Rosberg, Robert Kubica, Heikki Kovalainen, Lewis Hamilton, Nelsinho Piquet, Sebastian Vettel e Marco Andretti.

1) Nico Rosberg – O mais experiente de todos na lista, começou bem a temporada marcando de cara seus dois pontinhos no Bahrein. Depois, grande parte devido a fraca equipe Williams (nunca pensei um dia escrever isto), não mostrou muita coisa. Não terminou as últimas quatro etapas, três delas por problemas no carro. Mas sem dúvida nenhuma tem potencial de ser campeão do mundo, assim que adquirir um pouco mais de experiência e sentar num carro competitivo.
2) Robert Kubica – O segundo com mais experiência, disputou as últimas três corridas pela equipe BMW, substituindo Villeneuve. Foram sem dúvida grandes apresentações. Marcou pontos em duas delas (apesar de na Hungria ter perdido por irregularidades no carro), mas em compensação foi ao pódio em sua terceira corrida tendo segurado brilhantemente a Ferrari de Massa nas longas retas de Monza. É preciso ter cuidado, pois já vimos muitos meteoros chegarem como ele e partirem na mesma velocidade. Sem dúvida tem potencial para também ser um campeão.
3) Heikki Kovalainen – O terceiro mais experiente da lista é o piloto de testes da equipe Renault. Kovalainen já está confirmado para a vaga de Alonso na temporada de 2007. Estará em uma equipe vencedora e se o carro não for o melhor, com certeza estará entre os melhores. Vai ter o fraco Fisichella como companheiro de equipe, o que pode aumentar ainda mais o seu brilho. O maior rival com certeza será a falta de experiência. Outro com pinta de campeão.
4) Lewis Hamilton – Bem, este é um piloto que com certeza tem berço. Apoiado pela Mercedes e por Ron Dennis, é o atual campeão da GP2 e está quase confirmado para o segundo posto da Mclaren ano que vem ao lado de Alonso. O espanhol pode ser o fator que o atrapalhará, pelo menos nos primeiros anos. É preciso que o menino tenha cabeça fria para não acabar tendo o mesmo fim de Montoya, Alesi e tantos outros que chegaram para serem campeões e se foram com um histórico medíocre.
5) Nelsinho Piquet - Também não terá vida boa, pois como 2º reserva da equipe Renault (Ricardo Zonta é o primeiro) não andará muito ano que vem. Pode chegar em 2008 com uma equipe já moldada para o Heikki. Terá que se superar para conseguir o seu espaço na equipe. Acredito que poderá também ser campeão, mas para isto precisa conseguir superar o finlandês numa possível dupla em 2008.
6) Sebastian Vettel - Este ainda deve demorar uns dois, três anos para chegar à categoria, mas os dois últimos fins de semana mostraram que devemos prestar atenção nele. Com apenas 19 anos, e com poucos quilômetros no currículo, liderou as duas sextas-feiras andando muito rápido.
7) Marco Andretti - O avô Mario garante que ele estará na F1 em 2008. Tem no currículo um 2º lugar nas 500 milhas de Indianápolis e um sobrenome que merece respeito. Mas acho que dentre todos, é o com menos chances de se tornar um campeão. Primeiro por que a presença dele ainda não passa de rumores, segundo devido a diferença entre a escola americana e a européia. Já vimos Zanardi, Cristiano da Matta, Montoya dentre tantos outros que vieram de lá, inclusive o próprio pai (Michael Andretti), e que não conseguiram brilhar.
Enfim, posso até errar tudo o que escrevi, mas com certeza, uma grande geração está chegando por aí para nos renovar de irmãos Schumacher, Barrichello, Físico, Trulli, Coulthard & cia.

2 comentários

  1. Saldações grande companheiro de corridas, mas é claro que seu blog vai ser visitad. No começo vai ser devagar mas depois deslancha.

    Um grande abraço eparabéns, já começo bem, com um grande relato.

     
  2. Já adicionei nos meus FAVORITOS...

     

Calendário

Videoteca

Twitter


Postagens populares

Newsletters