Subscribe to web2feel.com
Subscribe to web2feel.com

Campinas (25/04/2008) - Agenda do Fim de Semana

Postado por Thiago Raposo quinta-feira, 17 de julho de 2008

PORSCHE GT3 - PRIMEIRA CORRIDA

Bem, eu estou começando a acompanhar a categoria apenas agora porque antes não tinha onde assistir. Dentre os pilotos da categoria, conhecia apenas o Constantino Júnior, Otávio Mesquita e Walter Salles.
Constantino largou na pole e conseguiu manter a posição após a largada. Marcel Visconde, devido a um toque na primeira volta, teve problema com os pneus e após o pitstop voltou em último.
Houve uma bela briga pela primeira posição entre Constantino e Tom Valle, mas logo Constantino se impôs abrindo uma diferença confortável. No meio da corrida, o mesmo teve um problema e acabou abandonando a corrida. Tom Valle assumiu a liderança.
Sérgio Ribas e Guilherme Figueiroa se envolveram num acidente que acabou provocando a entrada do Safety-car que gerou uma emoção a mais para as últimas voltas.
O atual campeão, Ricardo Baptista rodou na relargada e possivelmente, por um toque nele, Otávio Mesquita também abandonou.
No fim, a vitória ficou mesmo com Tom Valle com Clemente Lunardi em segundo, Luis Zattar em terceiro, Beto Posses em quarto, Haroldo Pinto em quinto e Miguel Paludo em sexto.
Às 15:10 teremos a segunda corrida, novamente com transmissão ao vivo pela RaceTv.

PORSCHE GT3 - SEGUNDA CORRIDA
Por simultaneidade de horários tive que escolher entre o VT da GP2 no SPORTV e a PORSCHE na RACETV. Fiquei com a primeira e não tenho muito que comentar sobre a segunda corrida. No fim tivemos novamente a vitória do Tom Valle com Beto Posses em segundo, Miguel Paludo em terceiro, Otávio Mesquita em quarto e Antonio Hermann em quinto.

GP2 - PRIMEIRA CORRIDA
Teve início hoje, 26/04, a quarta temporada da GP2. Depois da fase asiática, onde as equipes fazem os últimos acertos e testam alguns pilotos, a categoria chegou à Europa para a abertura do campeonato de 2008.
Todos esperavam um duelo entre o francês Romain Grosjean, campeão da fase asiática e o brasileiro Bruno Senna, mas esta expectativa foi por água abaixo logo na qualificação. Surpresa com a pole-position do venezuelano Pastor Maldonado da equipe Piquet. Bruno Senna ficou apenas com a quarta posição e Grosjean em décimo primeiro.
Na largada, o carro de Maldonado ficou parado no grid e o estreante na categoria, o português Alvaro Parente, assumiu a primeira posição. O austríaco Andreas Zuber vinha em segundo, mas foi logo superado por Senna.
Daí o que vimos foi uma briga do português com o brasileiro pela primeira posição e um show de ultrapassagens no pelotão intermediário. No fim, a vitória ficou mesmo com Parente seguido de Senna e Zuber. Grosjean ainda conseguiu uma bela quinta colocação. Após a primeira corrida, esta é a classificação do campeonato:
1 Alvaro Parente (Super Nova) 11 pontos
2 Bruno Senna (iSport) 8
3 Andreas Zuber (Piquet) 6
4 Giorgio Pantano (Racing Engineering) 5
5 Romain Grosjean (ART) 4
6 Vitaly Petrov (Campos) 3
7 Sebastien Buemi (Arden) 2
8 Pastor Maldonado (Piquet) 2
9 Kamui Kobayashi (DAMS) 1
A segunda corrida acontece amanhã, 27/04, a partir das 05:30 da manhã com transmissão ao vivo do SPORTV.

GP2 - SEGUNDA CORRIDA
A segunda prova da GP2 foi vencida pelo japonês Kamui Kobayashi. O piloto que largou na pole foi ultrapassado na segunda volta pelo francês Romain Grosjean que disparou na frente.
Quando faltavam seis voltas, o italiano Giacomo Ricci rodou na pista e provocou a entrada do Safety-Car. Na relargada, Kobayashi grudou em Grosjean e quando abriu para fazer a ultrapassagem, foi fechado de uma forma desleal pelo francês que acabou levando uma punição e após parar para o drive-thrue, caiu para a décima terceira posição.
Entre os brasileiros, Bruno Senna fez uma corrida discretíssima, ficando o tempo todo na sexta posição, sem atacar o russo Vitaly Petrov que vinha à sua frente. Com o abandono de Petrov, ele herdou a quinta colocação e com a punição de Grosjean assumiu o quarto lugar.
Alberto Valério ficou pela largada com o carro parado no grid e Diego Nunes levou o carro até o final, mas terminou na décima sexta posição, último dos que completaram a prova.
A próxima etapa dupla acontece na Turquia, nos dias 10 e 11 de Maio. A classificação do campeonato ficou assim:
1 Alvaro Parente (Super Nova) 11 pontos
2 Bruno Senna (iSport) 11
3 Giorgio Pantano (Racing Engineering) 9
4 Kamui Kobayashi (DAMS) 8
5 Sebastien Buemi (Arden) 7
6 Andreas Zuber (Piquet) 6
7 Romain Grosjean (ART) 4
8 Vitaly Petrov (Campos) 3
9 Davide Valsecchi (Durango) 2
10 Pastor Maldonado (Piquet) 2
11 Javier Villa (Racing Engineering) 1

FÓRMULA 1
Grande Prêmio da Espanha, teoricamente uma pista de Felipe Massa, mas não foi bem isto o que aconteceu. Kimi Räikkönen dominou todo o fim de semana, fez pole, volta mais rápida e venceu a corrida. Felipe Massa ultrapassou Alonso na largada e ficou em segundo a corrida toda, sem conseguir chegar no Kimi e administrando bem a diferença para os concorrentes.
Barrichello tocou no Fisichella na saída dos boxes, tendo que dar uma volta inteira com o bico preso na frente do carro e foi obrigado a abandonar. Nelsinho, depois de um belo fim de semana, fez novamente uma corrida desastrada, saiu sozinho quando brigava com Trulli pela nona posição e voltou apenas na décima oitava posição. Depois na corrida de recuperação, tentou uma ultrapassagem sobre o Bourdais, mas se chocaram e acabou abandonando.
Completando o pódio, Lewis Hamilton chegou na terceira posição. Um detalhe triste foi o forte acidente do finlandês Heikke Kovalainen que foi levado de helicóptero para o hospital.
Após a quarta etapa, a classificação do campeonato ficou assim:
1º Kimi Raikkonen 29
2º Lewis Hamilton 20
3º Robert Kubica 19
4º Felipe Massa 18
5º Nick Heidfeld 16
6º Heikki Kovalainen 14
7º Jarno Trulli 9
8º Nico Rosberg 7
9º Fernando Alonso 6
10º Mark Webber 8
11º Kazuki Nakajima 5
12º Jeson Button 3
13º Sébastien Bourdais 2

NASCAR
F-A-N-T-Á-S-T-I-C-O
Impressionante como a NASCAR é emocionante. Na minha humilde opinião, é a categoria mais gostosa e mais vibrante para se acompanhar. Infelizmente perdi a primeira metade, pois fui ao Moisés Lucarelli ver minha Ponte Preta perder para o Palmeiras.
Até que enfim uma grande corrida de Montoya, que teve chances reais de vencer, mas esbarrou no experiente Kyle Bush que venceu a corrida. Ainda assim o colombiano terminou numa ótima segunda posição.
A próxima etapa acontece já na semana que vem em Richmord.
A classificação do campeonato ficou assim:
1 Jeff Burton 1347
2 Kyle Busch 1325
3 Dale Earnhardt Jr. 1268
4 Denny Hamlin 1248
5 Jimmie Johnson 1245
6 Kevin Harvick 1208
7 Clint Bowyer 1182
8 Greg Biffle 1148
9 Tony Stewart 1137
10 Carl Edwards 1084
11 Ryan Newman 1062
12 Juan Montoya 1029
Agora deixe me ir acompanhar a IRL que está começando e volto logo mais para escrever sobre ela.

FÓRMULA INDY
Uma prova meio atípica em se tratando da IndyCar. Na categoria conhecida pelas disputas e pelo equilíbrio entre as equipes, o que vimos hoje foi um domínio total da equipe Ganassi com seus dois pilotos, o neozelandês Scott Dixon e o inglês Dan Wheldon.
Dixon foi maravilhoso. Largou na pole, ganhou os pontos de bonificação com o maior número de voltas lideradas (145 das 200), mas não levou. O neozelandês teve o azar de parar na hora errada nos boxes, pois quando estava reabastecendo aconteceu uma bandeira amarela que o jogou para a sétima posição.
A Ganassi garantiu a vitória com o Dan Wheldon e o brasileiro Tony Kanaan da equipe Andretti terminou em segundo. Scott Dixon, após uma recuperação impressionante, em terceiro.
O brasileiro Helinho fez uma corrida estratégica, pensando nos pontos que o manteriam na liderança do campeonato, e terminou a prova na quarta colocação. Dentre os outros brasileiros, Bruno Junqueira terminou na décima quinta posição e Mario Moraes na décima sétima. Os outros (Jaime Câmara, Vitor Meira e Enrique Bernoldi) não completaram a prova.
A classificação do campeonato ficou assim:
1 Hélio Castroneves (Penske) 144 pontos
2 Scott Dixon (Ganassi) 138
3 Dan Wheldon (Ganassi) 135
4 Tony Kanaan (Andretti Green) 129
5 Danica Patrick (Andretti Green) 110
6 Will Power (KV Racing) 97
7 Marco Andretti (Andretti Green) 95
8 Oriol Servia (KV Racing) 93
9 Ed Carpenter (Vision) 90
10 Graham Rahal (Newman/Haas/Lanigan) 88
11 Hideki Mutoh (Andretti Green) 87
12 Enrique Bernoldi (Conquest) 84
13 Ernesto Viso (HVM Racing) 83
14 A.J. Foyt IV (Vision) 80
15 Ryan Hunter-Reay (Rahal Letterman) 77
16 Ryan Briscoe (Penske) 72
17 Justin Wilson (Newman/Haas/Lanigan) 71
18 Darren Manning (A.J. Foyt) 70
19 Buddy Rice (Dreyer & Reinbold) 64
20 Jay Howard (Roth Racing) 62
21 Vitor Meira (Panther) 58
22 Bruno Junqueira (Dale Coyne) 57
23 Franck Perera (Conquest) 56
24 Mario Moraes (Dale Coyne) 53
25 Marty Roth (Roth Racing) 40
26 Mario Dominguez (Pacific Coast Motorsports) 35
27 Townsend Bell (Dreyer & Reinbold) 32
28 Milka Duno (Dreyer & Reinbold) 26
29 Roger Yasukawa (Beck Motorsport) 16
30 Jaime Câmara (Conquest) 12
31 Tomas Scheckter (Luczo Dragon Racing) 12

AMERICAN ROLEX
Hoje comecei acompanhar a categoria para poder trazer todas as informações para você leitor. No início foi meio complicado entender, pois são duas categorias correndo ao mesmo tempo na pista, a DT (Daytona Prototype) e a GT (Grand Touring). Depois de uma explicação do pessoal do canal Speed, ficou mais tranqüilo.
No momento me limitarei apenas a dar o resultado, mas prometo em breve dar meus “pitacos” e um pouco mais do que os resultados.
Na DP, foi este o resultado:
1- Scott Pruett
2- Ryan Dalziel
3- Marc Goossens
4- Ian James
O brasileiro Oswaldo Negri terminou na nona posição e Ricardo Zonta não terminou por problemas mecânicos.
Na GT, foi este o resultado:
1- Robin Liddell
2- Spencer Pumpelly
3- Leh Keen
4- Paul Edwards

WORLD SERIES BY RENAUL - PRIMEIRA CORRIDA
Teve início neste fim de semana a World Series by Renault. Importante campeonato que revelou nomes como Alvaro Parente (atual líder da GP2), Sebastian Vettel (piloto da equipe Toro Rosso de Fórmula 1) dentre outros.
A primeira corrida foi facilmente vencida pelo holandês Giedo Van der Garde, que também já teve uma passagem pela Fórmula 1, aliás, uma passagem bem badalada. Havia assinado como piloto de testes da Super Aguri, rescindiu o contrato para assumir o mesmo posto pela equipe Spyker. Houve até uma briga judicial entre as duas equipes pelo piloto.
O italiano Pasquale Di Sabatino terminou em segundo e o francês Julien Jousse em terceiro. Entre os brasileiros, Claudio Cantelli foi o 16º. Fabio Carbone e Mario Romancini abandonaram.


WORLD SERIES BY RENAUL - SEGUNDA CORRIDA
A segunda prova da categoria terminou como a primeira: uma vitória, desta vez nem tão tranqüila, do holandês Van der Garde. O grande momento da corrida foi a briga pela segunda colocação entre o italiano Marco Bonanomi e o canadense Robert Wickens. Wickens vinha com mais ação para fazer a ultrapassagem e foi jogado deslealmente na grama por Bonanomi. O canadense teve que abandonar a prova, mas logo em seguida os fiscais deram bandeira preta para o italiano que saiu revoltado.
O brasileiro Fabio Carbone abandonou na primeira volta. Mario Romancini foi o 13º e Claudio Cantelli não completou a prova.
A próxima rodada dupla do campeonato acontecerá semana que vem em Spa-Francorchamps. A classificação do campeonato ficou assim:
1 Giedo Van der Garde (P1) 31 pontos
2 Julien Jousse (Tech 1) 16
3 Alvaro Barba (Prema) 14
4 Charles Pic (Tech 1) 12
5 Mikhail Aleshin (Carlin) 12
6 Pasquale Di Sabatino (Comtec) 11
7 James Walker (Fortec) 8
8 Guillaume Moreau (KTR) 8
9 Pablo Sanchez (Interwetten) 7
10 Borja Garcia (RC) 5
11 Robert Wickens (Carlin) 4
12 Marco Barba (Draco) 3
13 Marco Bonanomi (Comtec) 2
14 Salvador Duran (Interwetten) 2
15 Pippa Mann (P1) 1
16 Aleix Alcaraz (RC) 1
17 Fabio Carbone (Ultimate/Signature) 1


F3 BRITÂNICA - PRIMEIRA CORRIDA
Foi realizada neste fim de semana a segunda rodada dupla da Fórmula 3 britânica. Na primeira corrida realiza em Croft, tivemos a vitória do mexicano Sergio Perez. Foi a primeira vitória de um mexicano na categoria.
Devido à chuva forte, todos os pilotos tiveram que largar com pneus de chuva. Na largada Perez ultrapassou o pole Marcus Ericsson que largou mal. Ricardo Teixeira e Brendon Hartley (que representa a Grã-Bretanha na A1GP) bateram logo na primeira volta.
Completaram o pódio o sueco Sebastian Hohentha em segundo e o argentino Esteban Guerrieri em terceiro. Não temos nenhum brasileiro na categoria este ano.


F3 BRITÂNICA - SEGUNDA CORRIDA
Brendon Hartley venceu a segunda corrida da rodada dupla de Croft. Foi o quarto vencedor diferente das quatro etapas da categoria em 2008. Um grave acidente envolvendo os pilotos Abay, Henry Arundel, Esteban Guerrieri, Oliver Oakes e Niall Quinn provocaram uma bandeira vermelha na prova. Completaram o pódio o mexicano Sergio Perez e o inglês Oliver Turkey.
A próxima etapa do campeonato acontece no dia 18 de Maio em Monza na Itália. A classificação do campeonato até o momento é a seguinte:
1 Sergio Perez 40
2 Atte Mustonen 36
3 Jaime Alguersuari 35
= Oliver Turvey 35
5 Sebastian Hohenthal 34
6 Brendon Hartley 30
7 Marcus Ericsson 29
8 Esteban Guerrieri 26
9 Max Chilton 18

1 Responses to Campinas (25/04/2008) - Agenda do Fim de Semana

  1. fabio Says:
  2. raposo

    vc nao esta colocando a programa
    cao da RACE TV ? Lá vai ter porche cup sabado as 11 e as 15 hs
    abraço
    fabio augusto
    Brasilia DF
    Em: 25/04/2008 20:12:24

     

Calendário

Videoteca

Twitter


Postagens populares

Newsletters