Subscribe to web2feel.com
Subscribe to web2feel.com

COBERTURA CAMPEÃ DO FIM DE SEMANA

Postado por Thiago Raposo terça-feira, 29 de julho de 2008

Campinas (03/07/2008) - Caros, começamos mais uma cobertura total de fim de semana. Um pouco mais cedo pois já temos corrida hoje. Gostaria de lembrar a todos que este "post" é atualizado diversas vezes no decorrer das competições com: resultados, comentários, fotos, vídeos e tudo mais para levar a você o melhor da velocidade! Não deixem de passar aqui nos próximos 3 dias para ver tudo o que rolou no Brasil e no Mundo sobre 2 e 4 rodas. Abraços!




DESTAQUE DE QUINTA-FEIRA (03/07)
Sensacional o fim da corrida em Daytona. Devido à bandeira amarela perto do fim da corrida, a relargada foi dada restando apenas uma volta. Scott Pruett, líder do campeonato, estava na segunda posição. Fez toda a volta atrás do então líder Alex Gurney e nos últimos metros deu o tiro certeiro. Cruzou a linha de chegada 0,081 segundos na frente de Gurney.
O brasileiro Ricardo Zonta fez uma bela prova e terminou na terceira posição. Osvaldo Negri, que também estava numa ótima corrida, teve problemas com o pneu nas últimas voltas e caiu várias posições terminando na décima terceira posição.
Na GT a vitória foi da dupla Sylvain Tremblay e Nick Ham.
A próxima etapa do campeonato será no dia 20 de Julho em Birmingham em Alabama. A classificação do campeonato ficou assim:
DP
1 Memo Rojas/Scott Pruett 260
2 Jon Fogarty/Alex Gurney 220
3 Jim Matthews/Marc Goossens 201
4 Mark Patterson/Oswaldo Negri 189
5 Nic Jonsson/Ricardo Zonta 188
GT
1 Kelly Collins/Paul Edwards 267
2 Nick Ham/Sylvain Tremblay 243


DESTAQUE DE SEXTA-FEIRA (04/07)
Foi uma corrida meio sem graça, sem grandes ultrapassagens, sem acidentes e sem emoção.
O que se viu foi uma fila indiana imensa, como poucos tentando fazer ultrapassagens e mesmo asssim vez ou outra apenas. A vitória ficou com Denny Hamlin, com Kyle Busch em segundo e Dale Earnhardt Jr. em terceiro.
Porém, quem vê o resultado final da corrida se impressona: do primeiro ao vigésimo primeiro, apenas 3 segundos de diferença.
A próxima etapa será no próximo fim de semana em Chicago.
A classificação do campeonato ficou assim:
1 Clint Bowyer 2814
2 Brad Keselowski 2612
3 Carl Edwards 2596
4 David Reutimann 2588
5 David Ragan 2489
6 Mike Bliss 2473
7 Kyle Busch 2438
8 Mike Wallace 2273
9 David Stremme 2231
10 Jason Keller 2157
11 Jason Leffler 2129
12 Steve Wallace 2079


DESTAQUE DE SEXTA-FEIRA (04/07)
Ricardo Maurício, líder do campeonato, vai largar na frente em Campo Grande. Os carros de Andréas Mattheis continuam dominando a temporada. O atual bi-campeão, Cacá Bueno, que poderia ser o único a ameaçar os carros da Medley já que ele vem de uma vitória e foi mais rápido no período da tarde, quebrou o carro e larga apenas na vigésima oitava posição.
Ao lado de Ricardinho: Thiago Camilo, Popó Bueno, Marcos Gomes, Pedro Gomes e Valdeno Brito foram os pilotos que passaram para a super-pole e que largarão nas primeiras posições, na ordem em que foram citados acima.
A corrida terá a transmissão da Rede Globo, amanhã, a partir das 10:00 da manhã.

DESTAQUE DE SÁBADO (05/07)
Foi realizada hoje mais uma etapa da copa Andreas Mattheis. Bem que poderia ser este o nome da categoria, tamanho o domínio dos carros desta equipe. Ricardo Maurício, que já era líder do campeonato, venceu fácil e ampliou ainda mais a sua vantagem. Em segundo lugar, outro carro de Mattheis, com Marcos Gomes.
O campeão, Cacá Bueno, teve problemas e não completou a corrida. Thiago Camilo fez uma excelente corrida de recuperação, vindo lá de trás depois de uma escapada e terminando na quinta posição.
A próxima corrida será em Interlagos no dia 02 de Agosto. A classificação do campeonato está assim:
1º Ricardo Maurício (P) 99
2º Marcos Gomes (C) 85
3º Thiago Camilo (C) 54
4º Cacá Bueno (M) 53
5º Atila Abreu (P) 40
6º Alceu Feldmann (C) 37
7º Valdeno Brito (C) 36
8º Giuliano Losacco (P) 33
9º Antonio Jorge Neto (M) 28
10º Popó Bueno (C) 26


DESTAQUE DE SEXTA-FEIRA (04/07)
Brasil na frente na GP2. O brasileiro Bruno Senna sai na pole na primeira corrida da rodada dupla de Silverstone. "Fiz uma volta muito boa, mas não chegou a ser perfeita. Meus pneus já não estavam tão inteiros porque precisei tirar o pé um pouco antes para não ser atrapalhado pelo Kamui Kobayashi", explicou o piloto. Ao seu lado, sai o francês Romain Grosjean. O líder do campeonato, Giorgio Pantano sai da quinta posição.
Dentre os outros brasileiros: Lucas di Grassi sai em quarto, Diego Nunes em décimo oitavo, Alberto Valério em vigésimo terceiro e Carlos Iaconelli na vigésima quinta.

DESTAQUE DE SÁBADO (05/07)
O líder do campeonato, o italiano Giorgio Pantano (foto) vence novamente e amplia sua vantagem no campeonato. O brasileiro Bruno Senna que largou na pole position, errou e saiu da pista durante a corrida, terminou na sexta posição. Pantano, que correu na Fórmula 1 em 2004 pela equipe Jordan, segue o mesmo caminho de Timo Glock, que ano passado também era um ex-piloto da F1, conquistou o título na GP2 e conseguiu retornar a categoria.
Excelente trabalho do brasileiro Lucas Di Grassi. O brasileiro, piloto de testes da Renault, que retornou à GP2 na última corrida liderou a prova e terminou na segunda posição. Dentre os outros brasileiros, Diego Nunes ficou em 17º, Alberto Valerio em 21º e Carlos Iaconelli nem chegou a largar.


DESTAQUE DE SEXTA-FEIRA (04/07)
O francês Franck Perera (foto - esq) vai largar na pole na primeira corrida do grande prêmio de Watkins Glen da Indy Pro. O brasileiro Raphael Matos (foto - dir) sai na segunda posição. Os dois que duelaram pelo título da Fórmula Atlantic no ano passado, vão reviver os duelos que os marcaram na temporada passada. Para nós brasileiros, resta torcer que o passado se repita e que Matos sai novamente vencedor. A brasileira Bia Figueiredo vai largar na sexta posição.

DESTAQUE DE SÁBADO (05/07)
Primeira Corrida
Vitória brasileira na primeira etapa da Indy Pro. Rapha Matos (foto) venceu, praticamente de ponta a ponta. Antes da corrida o piloto disse que seu único foco era o título e que faria de tudo para voltar a figurar como um dos principais candidatos. "Nós testamos aqui semanas atrás e estavamos todos esperando um grande resultado". Foi a segunda vitória do brasileiro. O francês Franck Perera durou apenas 5 curvas. Ele largou na pole, mas pressionado pelo brasileiro, bateu e abandonou a corrida.
A nossa Bia Figueiredo, que largou na sexta posição, também fez uma bela corrida e terminou na quarta posição. O líder do campeonato, Dillin Battistini foi outro que se acidentou e não completou a prova.
A segunda corrida acontece ainda hoje, com o grid invertido entre os seis primeiros.


DESTAQUE DE SÁBADO (05/07)
Segunda Corrida
Richard Antinucci venceu a segunda etapa de Watkins Glen. A brasileira Bia Figueiredo liderou boa parte da prova, mas no fim da prova foi ultrapassada por Antinucci. O outro brasileiro, Raphael Matos veio no embalo e também passou Bia.
Foi um fim de semana bom para os brasileiros, já que Matos venceu a primeira corrida e junto com a Bia, subiram no pódio na segunda.
A próxima etapa acontece no dia 12 de Julho em Nashville. A classificação do campeonato ficou assim:
1 Richard Antinucci 307
2 Raphael Matos 280
3 Dillon Battistini 265
4 Arie Luyendyk Jr. 238
5 J.R. Hildebrand 235
6 Ana Beatriz 234


DESTAQUE DE SEXTA-FEIRA (04/07)
Surpresas no grid da Sprint Cup. Paul Menard (foto) vai largar na frente. O piloto que não tem um bom retrospecto, tendo por exemplo, terminado apenas uma vez entre os dez das cinquenta e seis corrida que participou, surpreendeu a todos.
O líder do campeonato, Kyle Busch sai na nona posição. O piloto que disputou hoje a Nationwide Series, terminou a prova na segunda posição, mostrando que está pronto para a briga pela vitória.
A grande novidade é a ausencia de Dario Franchitti no grid. Para reduzir os custos, a equipe Ganassi resolveu tirar o seu carro do grid e o piloto ficou a pé, a procura de uma nova equipe.

DESTAQUE DE SÁBADO (05/07)
Kyle Busch (foto) vence mais uma, na prorrogação e com um “Big One”
A etapa de Daytona da NASCAR foi um pouco chata, mas com um fim de tirar o fôlego de qualquer um. Para surpresa de todos, Paul Menard que largou na pole, conseguiu manter a posição por vinte voltas, quando foi ultrapassado por Dale Earnhardt Jr.. Logo após a ultrapassagem, a primeira bandeira amarela foi aceda, devido a uma escapada de A.J. Allmendinger.
Todos aproveitam para fazer uma parada e na saída voltaram assim: Kyle Busch, Menard e Regan Smith. Dale Jr. que era o líder, caiu para décima posição. A relargada aconteceu na volta 25 e Kyle conseguiu se manter na frente até a volta 37, quando Dale que estava num dia inspirado, retomou novamente a liderança. Na volta 44 a segunda bandeira amarela, desta vez foi Ryan Newman da equipe Penske que rodou depois de um toque com Jamie McMurray.
Novamente todos nos boxe, e voltaram assim: Buschinho, Dale, Tony Stewart , Mark Martin e Jeff Gordon. Menard com problemas retorna aos boxes e caí várias posições. Na volta 48 foi dada a bandeira verde e Kyle se manteve na ponta até a volta 55, quando Dale novamente volta para a liderança.
Na volta 71 a terceira bandeira amarela, desta vez o envolvido foi Juan Pablo Montoya. Desta vez a galera voltou assim do pit: Dale, Jimmie Johnson, Buschinho e Jeff Gordon. Alo bem diferente aconteceu durante a bandeira amarela: Tony Stewart começou a passar mal e foi substituindo durante a prova por J.J. Yeley.
Relargada na volta 75 bem disputada, Johnson passa Dale mas na 79 Jeff Gordon pula na frente. Kyle Busch erra na volta 89, e perde todas as posições. Teria que começar uma corrida de recuperação para lutar pela vitória. Na volta 103, novamente Dale Jr. pula na frente.
Na volta 110 a quarta bandeira amarela, desta vez foi Elliott Sadler. Novamente todos nos boxes e retornaram assim: Dale, Denny Hamlin, Newman e Johnson. Bandeira verde na volta 114 e Hamlin pula para frente. Mas apenas até a volta 121, quando Dale volta para a primeira posição.
Na volta 124 a quinta bandeira amarela, David Gilliland, Ryan Newman e Jeff Burton foram os envolvidos. Na saída dos boxes, esta era a ordem: Hamlin, David Ragan, Dale, Gordon e incrivelmente, Kye Busch. O Safety car ficou até a volta 128 na pista e quando saiu, Dale Jr. novamente na ponta.
Ai vieram uma sequencia de bandeiras amarelas, sem os lideres pararem no boxe. Jamie McMurray na volta 130 causou uma, Hamlin e Newman outran a volta 136, Boris Said e Joe Nemechek na 149, Jimmie Johnson, Dave Blaney, Paul Menard, Regan Smith, David Reutimann, Denny Hamlin e J.J. Yeley. na 157 e para fechar Jeff Gordon na 161. Com isto, Kyle Busch conseguiu sua sexta vitória no ano. A próxima etapa será no próximo dia 12 em Chicago.
A classificação do campeonato ficou assim:
1 Kyle Busch 2686
2 Dale Earnhardt Jr. 2504
3 Jeff Burton 2484
4 Carl Edwards 2437
5 Jimmie Johnson 2319
6 Jeff Gordon 2249
7 Denny Hamlin 2240
8 Kasey Kahne 2177
9 Matt Kenseth 2166
10 Clint Bowyer 2159
11 Greg Biffle 2153
12 Tony Stewart 2145


DESTAQUE DE DOMINGO (06/07)
Dobradinha brasileira na GP2


Maravilhosa a segunda corrida da GP2. Valeu a pena acordar às 05:30, mesmo gripado e com febre. Com a pista molhada, e antes de completar a primeira volta, Bruno Senna que havia largado na terceira posição, passou Zuber e Luca Filippi. Lucas Meteoro de Grassi, que largou na sétima, veio passando todo mundo e na primeira volta já estava em segundo.
Daí o que se viu foi um festival de rodadas e escapas da pista. Pantano na volta seis, Filippi na volta oito, Soucek na volta quatorze, Iaconelli, Maldonado, Zuber, Villa, Valles, D’Ambrosio e por aí vai a lista.
O que importa é que os dois brasileiros seguiram perfeitos, sem errar e conquistaram a primeira dobradinha brasileira da competição. O italiano Giorgio Pantano, líder do campeonato, completou o pódio. Alberto Valério ficou na nona posição, Iaconelli e Nunes abandonaram.
A próxima etapa é daqui duas semanas, 19 e 20, o grande prêmio da Alemanha. A classificação do campeonato ficou assim:
1 Giorgio Pantano (Racing Engineering) 50 pontos
2 Bruno Senna (iSport) 39
3 Sebastien Buemi (Arden) 25
4 Lucas Di Grassi (Campos) 24
5 Romain Grosjean (ART) 23
6 Vitaly Petrov (Campos) 20
7 Alvaro Parente (Super Nova) 19
8 Karun Chandhok (iSport) 19
9 Andreas Zuber (Piquet) 19
10 Pastor Maldonado (Piquet) 18


DESTAQUE DE SEXTA-FEIRA (04/07)
Primeiro dia movimentado na Fórmula 1. No primeiro treino o espanhol Fernando Alonso estourou o motor de sua Renault e o óleo na pista provocou o acidente do brasileiro Felipe Massa. A ferrari do piloto foi bem danificada mas conseguiram arrumá-la para o segundo treino. Mesmo com a escapada, Felipe fez o melhor tempo do treino da manhã. A tarde, com o carro recuperado o brasileiro não conseguiu ser tão rápido quanto cedo, o que pode ser um motivo de preocupação.
Kovalainen mostrou-se bastante adaptado ao circuito, pois ficou com o segundo melhor tempo no primeiro treino e foi o melhor no segundo. Sua marca foi também a melhor do dia.
Uma grande surpresa foi o bom rendimento da Toro Rosso de Sebastian Vettel. Nelsinho Piquet terminou o segundo treino na décima oitava posição, mas disse não estar preocupado, pois não estavam atrás de velocidade e sim de coletarem dados e treinar ritmo de corrida.
Amanhã acontece a qualificação, a partir das 09:00.

DESTAQUE DE SÁBADO (05/07)
Classificação com resultado inusitado. Para começar a pole foi do finlandês Heikki Kovalainen (foto). É a primeira vez que o piloto larga na frente, mostrando o que já havia provado o ano passado. Que com o tempo ele supera as adversidades e começa a mostrar resultado. Ao seu lado, o leão de treino, o australiano Mark Webber.
Os carros dos energéticos surpreenderam as montadoras de seus motores. A Red Bull que corre com motores Renault conseguiu colocar um carro na frente dos dois carros da equipe francesa. A Toro Rosso que corre com motores Ferrari, consegui colocar o alemão Sebastian Vettel (7º) na frente de um dos carros da equipe de Maranello, o de Felipe Massa (8º).
Dentre os ponteiros, Kimi e Hamilton dividem a segunda fila, com o finlandês na frente. Nelsinho Piquet conquista a melhor posição de largada, provando estar numa ótima fase. O brasileiro vai sair na sétima posição, melhor brazuca do grid. Barrichello sai na décima sexta.
A corrida pode ficar ainda mais emocionante, uma vez que os centros de metereologia apontam 70% de chances de chuva na hora da corrida. É esperar para ver.

DESTAQUE DE DOMINGO (06/07)
Hamilton vence com facilidade a corrida mais conturbada do ano


Se alguém queria emoção na Fórmula 1, corrida de Silverstone foi perfeita! Devido a pista molhada, o festival de rodadas e escapadas foi bem recheado. Lewis Hamilton, que largou na quarta posição, venceu fácil, abrindo uma vantagem de 1:08:500 sobre o segundo colocado, o alemão Nick Heidfeld.
Os brasileiros, no fim das contas, tiveram muita sorte.
Felipe Massa, que apesar de inúmeras rodadas, te a sorte de ver Kubica abandonando e mesmo com tão péssimo desempenho, saiu empatado na liderança do campeonato.
Nelsinho Piquet que rodou, fez uma bela qualificação, uma bela corrida até quando se manteve e por sua “sorte”, rodou quando a pista esteve na sua pior condição e viu seu erro ser diminuído frente a quantidade de rodadas que aconteceram no mesmo instante.
Rubens Barrichello, bem, num fim de semana de anuncio da despedida do Coulthard e que todos aproveitaram para falar que o brasileiro deveria ir junto, ele mostrou que ainda pode contra os mais jovens e conquistou um belo pódio.
No fim, apenas 13 carros terminaram a corrida, e o público em Silverstone teve um belo show, digna de fim de espetáculo, já que o ano que vem é a última vez que o grande prêmio da Inglaterra vai ser disputado no circuito.
A próxima etapa será nos dia 20de Julho, em Hockenheim, na Alemanha. A classificação do campeonato ficou assim:
1 Lewis Hamilton (McLaren) 48 pontos
2 Felipe Massa (Ferrari) 48
3 Kimi Raikkonen (Ferrari) 48
4 Robert Kubica ( BMW Sauber) 46
5 Nick Heidfeld (BMW Sauber) 36
6 Heikki Kovalainen (McLaren) 24
7 Jarno Trulli ( Toyota) 20
8 Mark Webber (Red Bull) 18
9 Fernando Alonso (Renault) 13
10 Rubens Barrichello (Honda) 11


DESTAQUE DE SEXTA-FEIRA (04/07)
Nesta Sexta-Feira aconteceram os primeiros treinos livres para o grande prêmio da Hungria em Hungaroring. O francês Alexandre Marsoin liderou o primeiro treino e o espanhol Marcos Martinez o segundo.
O holandês Giedo Van Der Garde, líder do campeonato, ficou em décimo oitavo no primeiro e em terceiro no segundo.
Os brasileiros ficaram assim:
• Fabio Carbone (foto - esquerda) foi o 14º no primeiro e 19º no segundo;
• Mario Romancini (foto - centro)foi o 20º no primeiro e 17º no segundo;
• Claudio Cantelli (foto - direita) o 23º no primeiro e 26º no segundo.

DESTAQUE DE SÁBADO (05/07)
Van der Garde vence e Carbone vai ao pódio
O líder do compeonato, o holandês Giedo van Der Garde, venceu pela quarta vez na temporada, hoje na Hungria. Charles Pic largou na pole com Alexandre Marsoin ao seu lado e Van der Garde em terceiro. Pic perdeu no início a primeira e a segunda posição. O holandês começou então a atacar Marsion pela liderança da prova. Porém, seu oponente foi punido por ter queimado a largada e a corrida caiu no colo de Van Der Garde.
O brasileiro Fábio Carbone conquistou também um belo resultado. Foi o décimo quarto piloto diferente a ir para o pódio em oito corridas, provando o quanto a categoria é competitiva. Claudio Cantelli foi o 14º e Mario Romancini abandonou. A segunda etapa será disputada amanhã, com Carbone largando na pole.

DESTAQUE DE DOMINGO (06/07)
O Brasil vence de ponta a ponta

Foi realizada hoje na Hungria, a segunda corrida da etapa daquele país. Largando da pole, o brasileiro Fábio Carbone conquistou a sua primeira vitória na categoria, primeira do Brasil também. A corrida foi relativamente fácil para o piloto, que soube administrar a distância para seus concorrentes até o final. Dentre os outros brasileiros, Claudio Cantelli foi o 17º e Mario Romancini abandonou com problemas na embreajem.
Carbone, que era apenas o décimo colocado do campeonato, deu um pulo gigantesco para a terceira posição, muito em parte por azar de alguns concorrentes diretos.
O holandês Giedo van Der Garde, líder do Campeonato, abandonou nas últimas voltas, o que serviu para dar uma embolada a mais e deixar aberta a briga pelo título.
A próxima etapa acontece nos dias 30 e 31 de Agosto em Nurburgring, na Alemanha.
A classificação do campeonato está assim:
1 Giedo Van der Garde 96 pontos
2 Julien Jousse 55
3 Fabio Carbone 41
4 Salvador Duran 40
5 Bertrand Baguette 39
6 Mikhail Aleshin 37
7 Marco Bonanomi 36
8 Charles Pic 33
9 Alvaro Barba 32
10 Robert Wickens 29
27 Mario Romancini 1
29 Claudio Cantelli 0


DESTAQUE DE SEXTA-FEIRA (04/07)
Wellington Cirino (foto) é o mais rápido do dia em Interlagos. O piloto da Mercedes-Benz quebrou o recorde extra-oficial da pista com o tempo de 2:01:461. Em segundo lugar ficou o atual campeão e líder do campeonato, Felipe Giaffone de Volkswagen.
Geraldo Piquet, vencedor da última prova, fez apenas o décimo sexto lugar. Não encontrei o nome do argentino Gastón Mazzacane entre os pilotos que treinaram e também não encontrei nenhuma informação se ele deixou a categoria. Tentarei ver isto para amanhã!

DESTAQUE DE SÁBADO (05/07)
O piloto Wellington Cirino voltou a fazer o tempo mais rápido no treino de hoje, o que lhe assegurou a pole position para a prova de amanhã, em Interlagos. Ao seu lado, Geraldo Piquet que também corre de Mercedes-Benz completa a primeira fila. Dobradinha da Volkswagen na segunda fila com Felipe Giaffone em terceiro e Valmir Benavides em quarto e da Scania na terceira fila com Roberval Andrade em quinto e Beto Monteiro na sexta posição. Novamente, não encontrei notícias de Mazzacane, ele não consta em nenhum lugar para o grid de largada.

DESTAQUE DE DOMINGO (06/07)
Quinto vencedor diferente em cinco etapas
Wellington Cirino dominou todo o fim de semana e venceu facilmente a etapa de Interlagos. O paranaense que não vencia desde 2005, esteve na frente o tempo todo e tornou-se o quinto piloto diferente a vencer nas cinco etapas do ano, provando o quão competitiva é a categoria.
Em segundo lugar ficou o companheiro de equipe de Cirino, Geraldo Piquet. Mas diferentemente do companheiro, Piquet não teve vida fácil. Roberval Andrade, seu maior rival no campeonato, não deu paz para o piloto. No fim, Geraldo diz ter ficado feliz com a posição e com a manutenção da liderança no campeonato.
A próxima acontece no dia 03 de Agosto em Londrina.
A classificação do campeonato ficou assim:
1 Geraldo Piquet 98
2 Roberval Andrade 74
3 Felipe Giaffone 64
4 Valmir Benavides 64
5 Wellington Cirino 61
6 Beto Monteiro 43


DESTAQUE DE SEXTA-FEIRA (04/07)
A Indy Car, que era anunciada como a categoria mais competitiva, não é mais a mesma. Últimamente as notícias são sempre iguais. Ganassi de Scott Dixon (foto) na frente. O piloto que só não foi campeão ano passado por uma pane seca na última curva da última volta da última corrida, corre firme rumo ao título de 2008. Dan Wheldon, outro piloto da Ganassi ficou com o segundo melhor tempo do dia. No segundo treino, tivemos dois brasileiros no pelotão da frente: Hélio e Meira em segundo e terceiro respectivamente.
A prova que vai ser disputada em Watkins Glen, circuito misto, traz novamente a possibilidade da "turma da Champ Car" brigar pela vitória.

DESTAQUE DE SÁBADO (05/07)
O australiano Ryan Briscoe vai largar na pole na etapa de Watkins Glen. O australiano da Penske alterna corrida boas com corridas desastradas. Nos últimos segundos, o piloto desbancou o inglês Justin Wilson que parecia imbatível. O líder do campeonato, o neozelandês Scott Dixon da equipe Chip Ganassi ficou com a quarta posição.
O brasileiro Hélio Castroneves, companheiro de equipe de Briscoe na Penske, teve problemas no carro, não conseguiu tempo e larga da última posição. Os outros brasileiros ficaram assim: Tony Kanaan em sexto, Vitor Meira em décimo, Bruno Junqueira em décimo primeiro, Mário Moraes em décimo terceiro, Enrique Bernoldi em décimo sexto e Jaime Câmara em vigésimo terceiro.

DESTAQUE DE DOMINGO (06/07)
Ryan Hunter-Reay vence a primeira na Indy car. O piloto que já estava beliscando há muito tempo esta primeira vitória, conseguiu enfim chegar lá. Numa corrida cheia de batidas e confusão, os líderes do campeonato, Scott Dixon, Hélio Castroneves e Dan wheldon tiveram problemas e não chegaram nada bem.
Hélio teve problemas durante todo fim de semana com o carro, e no início da prova ficou parado na pista. Retornou com duas voltas atrás e conseguiu terminar na décima sexta posição. Dixon rodou sozinho enquanto aquecia os pneus na bandeira amarela, foi acertado por trás do Ryan Briscoe e terminou apenas na décima primeira posição. Dan Wheldon foi acertado na largada, quebrou a suspenção e não terminou a prova.
Os brasileiros terminaram assim: Tony Kanaan em 3º, Bruno Junqueira em 6º, Mario Moraes em 7º, Jaime Câmara, Enrique Bernoldi e Vitor Meira abandonaram.
A próxima etapa acontece no dia 12 de julho em Nashville. A classificação do campeonato ficou assim:
1 Scott Dixon 370
2 Hélio Castroneves 322
3 Dan Wheldon 311
4 Tony Kanaan 304
5 Marco Andretti 241
6 Hideki Mutoh 238
7 Danica Patrick 236
8 Ryan Briscoe 231
9 Ryan Hunter-Reay 220
10 Oriol Servia 206

2 comentários

  1. caramba cara!nada escapa ao seu olhar,o que tiver rolando de automobilismo vc está comentando!Show!
    abraços!
    Em: 06/07/2008 23:08:11

     
  2. Pois é Marcos, tento levar aos leitores tudo o que anda acontecendo por aí...
    Obrigado pelo comentário, as vezes da uma sensação de perda de tempo escrever
    tanto e ninguém comentar nada..
    Abraços!
    Em: 07/07/2008 10:23:19

     

Calendário

Videoteca

Twitter


Postagens populares

Newsletters