Subscribe to web2feel.com
Subscribe to web2feel.com

Quem sou eu e quem é você, nesta história eu não sei dizer.

Postado por Gisele Raposo quarta-feira, 30 de julho de 2008

Campinas (29/07/2008) - O piloto eleito para esta edição foi Mika Mäki, mais um finlandês promessa na Fórmula 1 para substituir nomes de conterrâneos campeões como Mika Häkkinen e Kimi Räikkönen.
Mäki Iniciou sua carreira no ano de 2000, aos 12 anos, no kartismo nacional na Classe Raket (a mesma em que Kimi Raikkönen foi vice em 1994). Em 2002, transferiu-se para a classe ICA, também do kart finlandês, na qual correu até 2004 e foi duas vezes vice-campeão. Em 2004, disputou ainda a Formula A de Kart, mas ficou apenas na 22ª posição.
Nos dois anos seguintes, 2005/06, correu pela Fórmula BMW (patrocinada pelo clube de automobilismo germânico ADAC - Allgemeiner Deutscher Automobil-Club e.V.). Este campeonato alemão serve de base para muitos corredores que acabaram de sair do kart e estão em busca de um lugar em equipes de fórmulas mais avançadas. Foi 12º colocado no primeiro ano e vice-campeão no segundo.
Entre 2006/07, disputou provas das Fórmulas Renault 2.0 pela equipe Tatuus FR2000. Na classe Européia foi nono colocado, com 14 corridas, nenhuma vitória, três pódios e uma volta mais rápida. Na classe Italiana, foi vencedor com 14 corridas, cinco vitórias, duas pole positions, sete pódios e três voltas mais rápidas.
Em 2007, Mika Mäki, aos 19 anos, entrou para o programa de desenvolvimento de pilotos da Red Bull, sendo mais um entre os 18 pilotos do time junior que recebe patrocínio da marca de energéticos e que sonha sentar-se em um dos carros de Fórmula 1 da equipe.
Este ano, o finlandês corre pela equipe Mücke Motorsport na F3 Européia. Ele, que gosta também de hóquei no gelo, venceu tanto a primeira corrida da temporada em Hockenheimring, quanto mais duas, soma 36 pontos e está em terceiro no campeonato até o momento (a temporada continua em aberto).
No mês de junho/08, Mika sofreu um acidente sério fora das pistas, em Tampere/Finlândia, que quase lhe custou a vida; ele perdeu o controle de seu Nissan 350Z quando entrava em um túnel cuja velocidade era de 40km/h. Alguns pedestres se feriram com os detritos que voaram do carro. A investigação continua em aberto, entretanto a polícia acredita na possibilidade de que ele praticava 'racha', se isto for verídico o jovem piloto poderá perder sua licença para dirigir, além de ser preso por até dois anos.

Calendário

Videoteca

Twitter


Postagens populares

Newsletters