Subscribe to web2feel.com
Subscribe to web2feel.com

COBERTURA CAMPEÃ DO FIM DE SEMANA

Postado por Thiago Raposo sexta-feira, 8 de agosto de 2008

Campinas - Começamos mais uma cobertura campeã Gostaria de lembrar a todos que este post é atualizado diversas vezes no decorrer das competições com: resultados, comentários, fotos, vídeos e tudo mais para levar a você o melhor da velocidade!
Não deixem de passar aqui nos próximos 3 dias para ver tudo o que rolou no Brasil e no Mundo sobre 2 e 4 rodas.
Abraços!

Clique nos links abaixo para acompanhar os destaques de uma categoria específica, ou se preferir, desça a barra de rolagem para ver o resumo total do fim de semana!




WATKINS GLEN

DESTAQUE PRÉ-CORRIDA
Será realizada hoje a décima segunda etapa do ano da Grand-Am Rolex Series. Por ser na sexta-feira, dia em que o blog publica o calendário, resolvi criar a sessão “Destaque pré-corrida” para informá-los sobre tudo o que está acontecendo antes que a prova aconteça.
Vamos começar o destaque falando dos brasileiros: Oswaldo Negri (foto) vai largar na sexta posição, com boas chances de brigar pela vitória, já que tem nas mãos um carro muito rápido. Christian Fittipaldi vem duas posições atrás de Negri, na oitava posição. Christian que chegou em segundo na última corrida, que foi a sua volta a categoria, também tem boas chances de vitória. Ricardo Zonta não foi tão bem e sai apenas da décima segunda posição. Brian Frissele ficou com a pole e David Donohue com a segunda posição.
Serão 82 voltas ou o limite máximo de duas horas.

DESTAQUE DE SEXTA-FEIRA (08/08)
Acabou há pouco a prova da Grand Am em Watkins Glen. Os brasileiros infelizmente não obtiveram bons resultados. O melhor foi Ricardo Zonta que terminou na quinta posição. O impressionante é que ele foi o pior dos três nas posições de largada. Christian Fittipaldi foi obrigado a fazer uma parada prematura, pois largou com pneus de pista molhada e ela secou rapidamente. No fim, o brasileiro terminou na sexta posição. Oswaldo Negri foi o pior e terminou apenas na oitava posição. A dupla Brian Frisselli e Mark Wilkins (foto) venceu a corrida. Os líderes do campeonato, Scott Pruett e Memo Rojas, fizeram uma prova desastrada e terminaram nas últimas posições. A próxima etapa acontece no dia 23 de Agosto em Infineon. A classificação do campeonato ficou assim:
1- Memo Rojas/Scott Pruett 339
2- Alex Gurney/Jon Fogarty 290
3- Darren Law/David Donohue 270
PS: A categoria GT não correu neste fim de semana!




BUENOS AIRES - PRIMEIRA CORRIDA

DESTAQUE DE SEXTA-FEIRA (08/08)
E a fórmula 3 sul americana começou com quase nenhuma novidade. Tivemos novamente um carro da equipe Cesário na pole. Pedro Nunes, atual líder do campeonato, marcou o primeiro tempo com 1:10:791.
Eu disse “quase nenhuma novidade” porque na verdade temos duas: Guido Falaschi e Facundo Crovo (foto). Dois argentinos estreando na etapa de Buenos Aires, algo que não acontecia desde julho de 2005. E começaram bem: Falaschi fez o melhor tempo em um dos treinos e na qualificação ficou com o terceiro lugar. Crovo não foi tão bem e ficou com a décima marca.
Ainda não há informações se a prova será transmitida pela Race Tv, mas tudo leva a crer que não, pois já anunciaram a Maserati para Domingo e nem citaram a F3.

DESTAQUE DE SÁBADO (09/08)
Incrivelmente a Fórmula 3 sul-americana não foi vencida por um carro da equipe Cesário. Eles que vinham dominando todas as etapas do campeonato viram o piloto Nelson Merlon da R3C Bassini vencer e embolar a briga pelo título.
O argentino Guido Falaschi, que liderava a prova até a última volta, conquistou um belo segundo lugar em casa. Lembrando que foi a primeira prova do piloto na categoria. Só então aparece o primeiro carro da Cesário com Denis Navarro na terceira posição. O líder do campeonato, Pedro Nunes, que largou na pole, teve alguns problemas e chegou apenas na quarta posição.
Amanhã acontece a última corrida desta etapa dupla da Argentina! A classificação momentânea está assim:
1 Pedro Nunes 59
2 Nelson Merlo 56
3 Denis Navarro 54
4 Leonardo Cordeiro 35
5 Fernando Galera 21




WATKINS GLEN

DESTAQUE DE SEXTA-FEIRA (08/08)
A prova da Nationwide vai contar com algumas participações especiais que darão um sabor a mais de emoção para a corrida. Dentre eles teremos: Max Papis, Dario Franchitti, Robby Gordon, Patrick Carpentier, Sam Hornish Jr., Jimmie Johnson, Kyle Busch e Dale Earnhardt Jr.
No treino de hoje em Watkins Glen Kevin Harvick foi o mais rápido seguido por Jeff Burton. Na classificação do campeonato os três primeiros são Clint Bowyer (foto) com 3354, Carl Edwards com 3186 e Brad Keselowski com 3170.

DESTAQUE DE SÁBADO (09/08)
O australiano Marcos Ambrose venceu a corrida de hoje da Nationwide Series. O piloto se beneficiou da estratégia errada de Jeff Burton e Jimmie Johnson que estavam a sua frente e conquistou seu primeiro trunfo na NASCAR. Vamos aos acontecimentos:
No início da prova Jimmie Johnson superou Robby Gordon e pulou para segunda posição. Um pouco mais atrás, o vice-líder do campeonato, Brad Keselowski, travava uma bela briga com Denny Hamlin. Jeff Burton e Marcos Ambrose se tocaram e Burton acabou dando uma passeada fora da pista. Na volta número 8 Dario Franchitti já havia aberto uma boa diferença para Johnson e os dois deixaram o resto do pelotão bem para trás.
O líder da Sprint Cup, Kyle Busch, havia passado Keselowski nas primeiras voltas, mas o número 88 recuperou a posição na volta 11. Na volta 12 pintou a primeira bandeira amarela: Jeff Burton e Wheeler Boys se tocaram e foi preciso parar a prova. Dos pilotos que entraram nos pits, dentre eles todos os líderes, Ryan Newman saiu na frente e Franchitti em segundo. Kyle Busch não parou e com isto assumiu a liderança da prova.
Na volta 16 foi dada a relargada, mas na mesma volta a bandeira amarela foi novamente acionada devido a vários incidentes no reinício. Um deles foi entre Keselowski e Hamlin. O segundo acabou levando a pior, pois rodou e perdeu várias posições.
Nova bandeira verde na volta 19. Kyle Busch que estava com uma estratégia diferente, parou nos boxes na volta 21, sob bandeira verde. Stan Silva foi tocado e rodou na volta 22, o que resultou em mais uma bandeira amarela. Na volta 26 a bandeira amarela foi novamente acionada e o líder da corrida naquele momento era Jeff Burton, porém na volta 27 Jimmie Johnson o ultrapassou. Na volta 28 foi a vez de Ryan Newman ultrapassar Burton. Na trigésima nona volta tivemos uma briga que costuma acontecer na Sprint Cup. Os dois líderes da principal categoria, Kyle Busch e Dale Jr. disputavam a posição e o Buschinho acabou levando a melhor!
Na volta 41 um acidente triplo: Marcos Ambrose, Sam Hornish Jr. e Antônio Perez. Os dois últimos acabaram levando a pior e abandonaram a prova. Nova bandeira amarela na pista. Na volta 44 deram novamente a bandeira verde, mas ele durou apenas 3 voltas e devido a detritos na pista, uma nova amarela foi dada. Keselowski e Ambrose que estavam no boxe no momento se dão bem! A relargada foi dada na volta 52 e os dois líderes do campeonato se encontraram e bateram: Clint Bowyer e Carl Edwards. Na frente, Burton e Busch, que não pararam para reabastecer, lideravam a prova. Esta briga começou a pegar fogo! Busch tocou Burton por trás e os dois rodaram. Ambos retornaram à pista ainda nas primeiras posições, mas desta vez com Kyle na frente. Burton veio alucinado tentando dar o troco, até que teve a chance e deu um totó no Busch e o deixou para trás. Johnson e Ambrose vieram juntos e o deixaram também para trás. Porém os dois primeiros precisaram parar nos boxes nas últimas voltas e a vitória caiu no colo de Ambrose.
A próxima etapa da categoria será na próxima semana em Michigan. A classificação do campeonato ficou assim:
1 Clint Bowyer 3448
2 Brad Keselowski 3320
3 Carl Edwards 3274
4 David Reutimann 3158




ELKHART LAKE

DESTAQUE DE SEXTA-FEIRA (08/08)
Amanhã teremos dois brasileiros na pista na prova de Elkhart Lake da ALMS. Gil de Ferran, que compete pela P2 e tem como companheiro Simon Pagenaud, vai largar na quinta posição da categoria e sétimo no total. Jaime Melo (foto), companheiro do ex-F1 Mika Salo, que compete pela GT2, vai largar na segunda posição da categoria e décimo nono no geral.
Faltando cinco corridas para o fim do campeonato, os líderes de cada categoria são:
P1
Lucas Luhr/Marco Werner 26
P2
Romain Dumas/Timo Bernhard 30
GT1
Jan Magnussen/Johnny O'Connell 30
GT2
Jörg Bergmeister/Wolf Henzler 30

DESTAQUE DE SÁBADO (09/08)
O fim de semana na American Le Mans Series não foi muito bom para os brasileiros. Logo no começo, Gil de Ferran tocou num carro GT enquanto o ultrapassava e acabou batendo e dando adeus a corrida. O outro brasileiro, Jaime Melo, quase comemorou a vitória. No fim da corrida o seu companheiro Mika Salo estava no comando do carro e ao tentar ultrapassar um retardatário, acabou rodando e caindo para a quinta posição. O detalhe é que o retardatário era da mesma equipe e acabou jogando a vitória da Ferrari F430 por água abaixo.
Os grandes vitoriosos foram os carros da AUDI que fizeram dobradinha. Marco Werner e Lucas Luhr venceram a prova da P1 e Marcel Fässler e Emanuele Pirro chegaram na segunda posição.
Na P2 a vitória foi da dupla David Brabham e Scott Sharp, na GT1 de Jan Magnussen e Johnny O'Connell e na GT2 de Bryce Miller e Richard Westbrook. A próxima etapa será no dia 30 de Agosto em Detroit. A classificação do campeonato está assim:
P1:
1 Marco Werner/Lucas Luhr 151pts
2 Emanuele Pirro 89pts
3 Clint Field/Jon Field 83pts
P2:
1 Timo Bernhard/Romain Dumas 143pts
2 Scott Sharp/David Brabham 119pts
3 Sascha Maassen/Patrick Long 77pts
GT1:
1 Johnny O'Connell/Jan Magnussen 151pts
2 Olivier Beretta/Oliver Gavin 128pts
3 Terry Borcheller/Chapman Ducote 44pts
GT2:
1 Jorg Bergmeister/Wolf Henzler 122pts
2 Dominik Farnbacher/Dirk Mueller 115pts
3 Patrick Pilet/Johannes van Overbeek 93pts




KENTUCKY

DESTAQUE DE SEXTA-FEIRA (08/08)
Scott Dixon (foto) começou impossível em Kentucky. O Neozelandês conquistou mais um pole e mostrou que este não tem para ninguém. O piloto que lidera o campeonato com 65 pontos de vantagem sobre o brasileiro Hélio Castroneves, mostra que a quatro etapas para o fim do campeonato, Helinho vai precisar fazer milagre se quiser virar o jogo.
Os brasileiros ficaram assim: Vitor Meira na segunda posição, Hélio Castroneves na sexta, Tony Kanaan na sétima, Jaime Câmara na vigésima segunda, Mario Moraes na vigésima terceira, Enrique Bernoldi na vigésima quarta e Bruno Junqueira, sem tempo, na vigésima sexta posição.

DESTAQUE DE SÁBADO (09/08)
E o neozelandês Scott Dixon venceu mais uma! Desta vez foi em Kentucky e o piloto praticamente garantiu o título da categoria. Faltando apenas três etapas para o fim da temporada, o piloto ampliou ainda mais a diferença para o brasileiro Hélio Castroneves.
Dixon largou na pole e no início da prova foi bastante pressionado pelo brasileiro Vitor Meira. Após algumas bandeiras amarelas, foi a vez do norte americano Marco Andretti pressionar o neozelandês! Andretti chegou até a ultrapassá-lo, mas nos boxes a equipe Ganassi fez um excelente trabalho e colocou Dixon novamente na ponta da corrida.
Faltando mais ou menos 65 voltas para o fim da corrida, uma nova bandeira amarela foi acionada, devido um acidente com a venezuelana Milka Duno. Todos pararam no boxe, mas por faltar mais que 50 voltas, que é a capacidade do tanque, tudo indicava que seria necessária mais uma parada. Castroneves que não estava nada bem na prova, resolveu fazer uma estratégia diferente e começou a poupar combustível enquanto todos andavam em ritmo forte. No fim, todos precisaram parar para um splash and go menos Helinho. Dixon veio muito forte e o brasileiro precisava continuar economizando e na última curva da última volta ele passou o brasileiro e faturou mais uma vitória (mais ou menos da mesma forma que ele perdeu o título do ano passado para o Dario Franchitti, com a diferença que o brasileiro não teve pane seca).
Entre os outros brasileiros, Vitor Meira foi o quarto colocado, Tony Kanaan o oitavo, Bruno Junqueira o 14º, Jaime Câmara o 16º, Mario Moraes o 17º e Enrique Bernoldi abandonou.
A próxima etapa do campeonato será no dia 24 de Agosto em Infineon. A classificação do campeonato ficou assim:
1. Scott Dixon 558
2. Helio Castroneves 480
3. Dan Wheldon 420
4. Tony Kanaan 411



KENTUCKY

DESTAQUE DE SEXTA-FEIRA (08/08)
O Brasil começou muito bem o fim de semana na Indy Lights. Dobradinha na primeira fila com Raphael Matos (foto) na pole e Bia Figueiredo em segundo. Os dois que brigam pelo título do ano contra o líder do campeonato, Richard Antinucci, que vai largar apenas na décima posição.
Matos sabe da importância da colocação: “Todo ponto é importante neste campeonato. Ele pode ser decidido por 10 ou por 1 ponto, então você precisa somar o maior número de pontos possíveis. É bom estar na pole e eu espero ter uma corrida limpa e que eu possa somar muitos pontos ”.

DESTAQUE DE SÁBADO (09/08)
O fim de semana que parecia ser verde e amarelo não se confirmou e não foi uma corrida boa para os brasileiros. Bia sofreu um acidente e chegou na décima sexta posição e Raphael Matos foi o sexto. Bia da adeus a briga pelo título e Matos vê sua diferença para o primeiro colocado aumentar. Vamos aos relatos da corrida:
Bia Fez uma excelente largada e pulou para a ponta, mas foi ultrapassada por Dilon Batistini e a bandeira amarela foi acionada porque Travis Gregg rodou e bateu forte no muro. A bandeira verde foi novamente acionada na volta 10. Bia se manteve na segunda posição, mas bastante pressionada por James Davison e Arie Luyendyk Jr. Até que na volta 18 os dois fizeram sanduíche da brasileira e James acabou passando e foi para cima do líder Batistini. Raphael Matos era o sexto naquele momento. Luyendyk e Antinucci passaram Bia na volta 21. Começava uma briga sensacional pela liderança da prova: Battistini, Davison e Luyendyk ficaram lado a lado no oval, maravilhoso. Matos caiu para a sétima posição na volta 35.
Na volta 38 Bia se envolveu num acidente com JR Hildebrand e os dois caíram para as últimas posições. A bandeira amarela foi acionada. Jeff Simmons também teve problemas no carro no mesmo momento e parou nos boxes. Os líderes naquele momento eram: 1- Battistini, 2- Davison, 3- Antinucci, 4- Luyendyk e 5- Matos.
Bandeira verde na volta 45. Pablo Danodo bateu no muro ao ganhar velocidade e a bandeira amarela foi novamente acionada. Bia estava duas voltas atrás dos líderes e no momento dava adeus à briga pelo título. Bandeira verde na volta 53 e mais uma vez um acidente para interromper a prova. Desta vez PJ Abbott e Cristina Orr.
Do total de 67 voltas, a prova ficou mais parada do que em movimento. A nova bandeira verde foi dada na volta 61. Dillon Battisti venceu a prova com James Davison em segundo e Arie Luyendyk Jr. em terceiro. A próxima etapa do campeonato acontece no dia 23 e 24 de Agosto em Infineon (rodada dupla). A classificação do campeonato ficou assim:
1. Richard Antinucci 408
2. Raphael Matos 404
3. Dillon Battistini 351
4. Arie Luyendyk Jr. 351
5. Ana Beatriz 346




BUENOS AIRES - SEGUNDA CORRIDA

DESTAQUE DE DOMINGO (10/08)
O fim de semana era mesmo de Nelson Merlo. O brasileiro venceu as duas etapas da Argentina e assumiu a segunda posição no campeonato. O líder, Pedro Nunes, conseguiu terminar na segunda posição e com isto segurou a posição na tabela. Em terceiro, o companheiro de Nunes na equipe Cesário e o terceiro no campeonato, Denis Navarro. Navarro que robou o segundo pódio consecutivo do argentino Guido Falaschi nas últimas voltas.
O campeonato ficou bem embolado e a disputa pelo título vai ser bem emocionante no decorrer do ano. A próxima etapa está marcada para o dia 07 de Setembro no Rio de Janeiro. A classificação do campeonato ficou assim:
1° Pedro Enrique 67
2° Nelson Merlo 66
3° Denis Navarro 60
4° Leonardo Cordeiro 35
5° Leonardo Otero 23




INTERLAGOS - PRIMEIRA CORRIDA

DESTAQUE DE SEXTA-FEIRA (08/08)
O troféu Maserati retorna a Interlagos para a disputa de mais uma etapa. Faltando três rodadas dupla, e com 150 pontos ainda em disputa, parece que ninguém pode parar o piloto César Urnhani que tem 115 pontos. Rafael Derani que vem na segunda posição tem apenas 76 pontos.
Os fãs da categoria podem acompanhar ao vivo as corridas pela Race Tv!

DESTAQUE DE SÁBADO (09/08)
Maurizio Billi ficou com a pole para a primeira corrida da quarta etapa do troféu Maserati. Foi de certa forma surpreendente porque todos esperavam que Cesár Urnhani, líder do campeonato, fizesse barba, cabelo e bigode em Interlagos. Urnhani ficou com a segunda posição. Rafael Derani, vice líder do campeonato, ficou com a terceira posição e Renato Cattalini em quarto.


DESTAQUE DE DOMINGO (10/08)

Na largada Maurizio Billi manteve a ponta e Renato Cattalini pulou de quarto para segundo. Urnhani e Derani ficaram em terceiro e quarto respectivamente. Cattalini assumiu a liderança no fim da primeira volta na freada do 'S'.
Derani passou Urnhani na segunda volta também na freada do 'S'. Os dois que são líderes do campeonato continuaram a travar um belo duelo pela posição.
A condição da pista mudou muito desde a largada até o fim da prova, pois a pista estava molhada e foi criando um trilho à medida que os carros iam andando.
Cattalini e Billi não se desgrudaram durante toda a prova. Na curva do lago Billi forçou uma ultrapassagem sobre Cattalini, e acabou tocando nele que acabou rodando. Billi passou para a liderança, mas acabou tendo problemas e Derani assumiu a ponta da corrida. Curiosamente o carro de Billi voltou a funcionar e ele manteve a segunda posição. Cattalini caiu para a quinta posição. No fim, com toda pressão de Billi, Derani garantiu a vitória. Daqui a pouco acontece a segunda corrida. Estes foram os cinco primeiros:
Rafael Derani
Maurizio Billi
Cesar Urnhani
André Posse
Renato Cattalini






INTERLAGOS - SEGUNDA CORRIDA

DESTAQUE DE DOMINGO (10/08)
A segunda corrida do troféu Maserati teve Rafael Derani, que após vencer a primeira etapa ficou com a pole, liderando de ponta a ponta e vencendo esta etapa também.
Renato Catallini, quinto no grid, rodou no “S” de Interlagos e abandonou logo no início da prova. Em todo o decorrer da etapa, tivemos algumas brigas por posições intermediárias com Cleber Faria, Bruno Garfinkel e Vanue Faria.
Derani disparado na frente e deixou a disputa pela segunda colocação entre Maurizio Billi (segundo no grid de largada) e Pedro Queirolo (terceiro). Queirolo em uma bela manobra conseguiu ultrapassar Billi e ficou com o segundo lugar.
O líder do campeonato, Cesar Urnhani foi punido com uma passagem pelos boxes e caiu para a sexta posição. De volta à pista, ele conseguiu cravar a melhor volta da corrida e travou uma briga pela quinta posição com Henrique Assunção, conseguiu a ultrapassagem no final da reta oposta, mas tomou o “X” de Assunção. Ainda forçando o carro, a uma volta para o final, Urnhani rodou sozinho e ficou atravessado na pista quase levando a uma colisão com André Rossete.
Walter Derani, em pleno dia dos pais, saiu no pelotão de trás e viu seu filho (Rafael) se aproximar do líder na pontuação final.
Depois de 15 voltas, tivemos no pódio: Rafael Derani, Pedro Queirolo, Maurizio Billi, André Posses e Henrique Assunção. Cesar Urnhani ficou em oitavo e viu a diferença dele para Rafael cair em vários pontos. A próxima etapa do campeonato será no dia 31 de Agosto em Interlagos.




WATKINS GLEN

DESTAQUE DE SEXTA-FEIRA (08/08)
A chuva (foto) que caiu hoje em Watkins Glen provocou o cancelamento da qualificação e mais uma vez no ano o grid vai ser decidido pela classificação no campeonato. Kyle Busch agradece e larga na ponta na corrida de Domingo. Confira os doze primeiros, no grid e no campeonato:
Kyle Busch, Dale Earnhardt Jr., Carl Edwards, Jimmie Johnson, Jeff Burton, Jeff Gordon, Kasey Kahne, Greg Biffle, Tony Stewart, Denny Hamlin, Kevin Harvick, Clint Bowyer

DESTAQUE DE SÁBADO (09/08)
Faltando cinco etapas para o início dos Play-Offs, a briga para não ficar de fora está muito emocionante. São mais ou menos cinco pilotos que não estão nada confortáveis, pois apesar de estar entre os doze, estão muito perto da galera que vem de trás. Vejam a classificação dos vinte primeiros e percebam como está acirrada esta briga!

1 Kyle Busch 3059
2 Dale Earnhardt Jr. 2883
3 Carl Edwards 2874
4 Jimmie Johnson 2859
5 Jeff Burton 2833
6 Jeff Gordon 2678
7 Kasey Kahne 2592
8 Greg Biffle 2589
9 Tony Stewart 2569
10 Denny Hamlin 2547
11 Kevin Harvick 2520
12 Clint Bowyer 2512

13 Matt Kenseth 2501
14 David Ragan 2466
15 Ryan Newman 2339
16 Brian Vickers 2309
17 Martin Truex Jr. 2264
18 Kurt Busch 2135
19 Jamie McMurray 2116
20 Bobby Labonte 2084


DESTAQUE DE DOMINGO (10/08)
Parecem que não há mesmo ninguém capaz de segurar o super Kyle Busch. O piloto venceu mais uma, a oitava neste ano. Destaques para o australiano Marcos Ambrose que venceu a prova da Nationwide ontem e hoje, largando da última posição, chegou em terceiro. Montoya também foi bem, provando mais uma vez o seu talento para os circuitos mistos, e terminou na quarta posição. Vamos ao relato da corrida.
Devido a chuva, a posição do grid seguiu a classificação do campeonato
Kyle Busch manteve a ponta na largada com Dale Jr. colado nele. Jeff Gordon e Tony Stewart começaram muito bem lá de trás e ultrapassaram vários concorrentes. Dale Jr. e Jimmie Johnson passaram o Kyle Busch na volta 2. Jeff Gordon também passou o Buschinho. Montoya era o 17º na quarta volta. Por se tratar de um circuito misto, se esperava muito de Montoya.
David Reuthman rodou na volta 4 mas retornou à pista.
Marcos Ambrose que venceu a prova da Nationwide começou também a fazer uma bela prova de recuperação. Kyle Busch retomou a posição de Gordon na nona volta. Tony Stewart também passou Gordon. Montoya abriu para passar Kasey Kahne, mas espalhou e perdeu a posição. Carl Edwards também passou Jeff Gordon.
Patrick Capentier e PJ Jones bateram na volta 17, mas voltaram para a pista.
A.J. Almendinger parou nos boxes na volta 18 e tentou uma estratégia diferente.
Reed Sorenson rodou na volta 20, mas também conseguiu voltar. Carl Edwards e Greg Biffle entraram nos boxes na volta 21. . Kyle Busch, Tony Stewart e Denny Hamlin pararam na volta 23. Jimmie Johnson que estava em segundo parou na volta 27. Na 29 foi a vez de Dale Jr. Kyle Busch assumiu a ponta e Dale Jr. caiu para sexto. A corrida passou então por um período de monotonia, pois ninguém passava ninguém e todos mantinham uma pequena diferença para seus rivais. Na volta 43 Jimmie Johnson teve um pneu furado e foi obrigado a fazer uma parada prematura. Naquele momento Montoya ocupava a oitava posições e Ambrose a décima sexta. Sam Hornish Jr. para não perder a tradição escapou na volta 44, mas conseguiu voltar a pista. A bandeira amarela foi acionada devido às sujeiras trazidas para pista por Sam Hornish.
Alguns lideres resolvem parar e outros não. Dentre os que pararam estavam Dale Jr. e Carl Edwards. Após a bandeira verde, na volta 55 foi a vez de Kyle Busch e Tony Stewart pararem. Montoya assumiu a liderança da prova, mas duas voltas depois foi para os boxes. Jimmie Johnson passou para a ponta, mas a exemplo de Montoya, foi para os boxes duas voltas depois. Dale Jr. voltava para a primeira posição. Aí tivemos uma bandeira amarela e a estratégia de Dale Jr. foi para o espaço. Ele foi para os boxes e voltou nas últimas posições. Na volta 77 aconteceu o ‘Big One’ (acidente envolvendo vários carros!). Dentre eles: Michael Waltrip, Bobby Labonte, Reed Sorenson, David Gilliiland, Max Papis, Joe Nemechek, Sam Hornish e Ryan Newman.
A bandeira verde foi dada faltando X voltas para o fim. Kyle Busch, Tony Stewart, Macos Ambrose e Juan Pablo Montoya eram os quatro primeiros naquele momento.
A bandeira verde foi dada faltando cinco voltas, e entre os líderes só tivemos o Montoya sendo ultrapassado por Truex Jr., mas retomando novamente a quarta posição. Buschinho disparou na frente e faturou a sua oitava vitória na temporada. A próxima etapa acontece no próximo domingo em Michigan. A nova classificação do campeonato é esta:
1 Kyle Busch 3254
2 Carl Edwards 3008
3 Jimmie Johnson 3006
4 Dale Earnhardt Jr. 2985
5 Jeff Burton 2945
6 Jeff Gordon 2766
7 Tony Stewart 2744
8 Kasey Kahne 2713
9 Denny Hamlin 2693
10 Greg Biffle 2689
11 Kevin Harvick 2670
12 Matt Kenseth 2628

Calendário

Videoteca

Twitter


Postagens populares

Newsletters