Subscribe to web2feel.com
Subscribe to web2feel.com

COBERTURA CAMPEÃ DO FIM DE SEMANA

Postado por Thiago Raposo quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Campinas - Começamos mais uma cobertura campeã de fim de semana. Gostaria de lembrar a todos que este post é atualizado diversas vezes no decorrer das competições com: resultados, comentários, fotos, vídeos e tudo mais para levar a você o melhor da velocidade!

Não deixem de passar aqui nos próximos 3 dias para ver tudo o que rolou no Brasil e no Mundo sobre 2 e 4 rodas.
Abraços!

Clique nos links abaixo para acompanhar os destaques de uma categoria específica, ou se preferir, desça a barra de rolagem para ver o resumo total do fim de semana!



Londrina


DESTAQUE DE SEXTA-FEIRA (12/09)

A pole da etapa de Londrina da Stock car ficou com o piloto Thiago Camilo (foto). A etapa que marca o fim da fase de classificação para os playoffs, começou com uma punição para o líder do campeonato, Marcos Gomes.
Gomes que disputou a mini-corrida da qualificação contra Giuliano Losacco, foi punido com 30 segundos no tempo por queimar a largada e sai apenas na sexta posição. O companheiro de equipe de Gomes, Ricardo Maurício, que disputa a liderança da fase de classificação com ele, agradece a punição e saindo de quarto, fica mais perto do objetivo.
Confira a classificação dos 15 primeiros do campeonato (lembrando que apenas 10 se classificam).
1 Marcos GOMES 126
2 Ricardo MAURICIO 113
3 Thiago CAMILO 85
4 Cacá BUENO 76
5 Valdeno BRITO 61
6 Átila ABREU 50
7 Alceu FELDMANN 46
8 Luciano BURTI 45
9 Allam KHODAIR 44
10 Antonio Jorge NETO 43
11 Popó BUENO 31
12 Giuliano LOSACCO 30
13 Rodrigo SPERAFICO 28
14 Julio CAMPOS 22
15 Duda PAMPLONA 21

DESTAQUE DE SÁBADO (13/09)
Thiago Camillo (foto) manteve a ponta na largada, com Losacco em segundo e Popó Bueno em terceiro. Ingo Roffmann fez uma ótima largada e saiu de décimo terceiro para sexto.
Visivelmente os pilotos que já estavam garantidos nos playoffs, como por exemplo, Marcos Gomes e Ricardo Maurício, fizeram uma corrida estratégica, sem arriscar muito e poupando o equipamento para a fase final.
Após os pit-stops, Popó Bueno caiu para a oitava posição e com isto ficou fora dos playoffs. André Bragantini rodou e provocou a entrada do safety-car. Como a janela dos pit-stops já estava fechada, nenhum piloto foi prejudicado.
No fim a vitória ficou mesmo com Thiago Camillo com Losacco em segundo, Khodair em terceiro, Ricardinho em quarto, Ingo em quinto e Marcos Gomes em terceiro.
Confira a lista dos dez classificados para a fase final:
1 Marcos GOMES
2 Ricardo MAURICIO
3 Thiago CAMILO
4 Cacá BUENO
5 Valdeno BRITO
6 Allam KHODAIR
7 Átila ABREU
8 Giuliano LOSACCO
9 Alceu FELDMANN
10 Luciano BURTI



Itália- Primeira Corrida

DESTAQUE DE SEXTA-FEIRA (12/09)

O que já era difícil beira ao impossível. O italiano Giorgio Pantano (foto), líder do campeonato da GP2 e que disputa com o Bruno Senna o título de 2008, conquistou a pole para a primeira corrida do grande prêmio da Itália.
A diferença que era de 11 pontos, subiu para 13 e agora o brasileiro precisa fazer milagre para ser campeão.
O italiano nem precisa vencer a corrida para ser campeão. Na verdade ele nem precisa marcar pontos. Basta ao italiano chegar na frente de Senna para faturar o caneco. Aliás, nem isto! Como a segunda prova soma seis pontos ao líder e supondo que Senna irá fazer a volta mais rápida nas duas corridas e vencer a segunda, basta para Pantano não deixar o brasileiro marcar mais que cinco pontos que ele. As combinações seriam as seguintes.
  • Se Senna vencer Pantano pode chegar em quarto para ser campeão;
  • Se Senna chegar em segundo, basta ao italiano a sexta posição;
  • Se Senna ficar em terceiro, Pantano pode chegar em oitavo.
  • Qualquer que seja a outra posição de Senna, Pantano será campeão!
Ah, mais um detalhe. As combinações acima é para ele ser campeão com antecedência, pois o buraco fica muito mais embaixo quando se conta as duas corridas!

DESTAQUE DE SÁBADO (13/09)
O italiano Giorgio Pantano é o novo campeão da GP2. Categoria criada há quatro anos e que serve de porta de entrada para a Fórmula 1, foi decidida hoje em Monza na Itália. Pantano se junta agora a Nico Rosberg, Lewis Hamilton e Timo Glock no hall da fama da categoria.
A corrida começou com o safety car devido à chuva que castigava a pista. Na terceira volta teve de fato o início da corrida e logo de cara um forte acidente envolvendo Andreas Zuber e Vitaly Petrov. Bruno Senna esboçou o início de uma recuperação e após largar na décima segunda posição, chegou facilmente em sétimo.
O venezuelano Pastor Maldonado e o brasileiro Lucas di Grassi (foto) travaram uma bela briga pela segunda posição e chegaram até a alterná-la. No momento dos pit-stops aconteceu algo que quase adiou para amanhã o título de Pantano. O piloto ao sair de sua troca passou com a roda na linha branca que delimita a saída e foi punido.
Senna, que estava em sexto, precisava chegar em terceiro e ainda fazer a volta mais rápida da prova para leva a decisão para o Domingo, mas não deu. No fim a vitória ficou com o brasileiro Lucas di Grassi com Pastor Maldonado em segundo e Sebastien Buemi em terceiro. Senna foi o quinto e Pantano o décimo.
Dentre os outros brasileiros, Alberto Valério foi o décimo segundo, Carlos Iaconelli o décimo quarto e Diego Nunes não completou a prova.
Amanhã será disputada a última etapa de 2008 e os dois brasileiros, di Grassi e Senna, disputam o vice-campeonato da temporada.



Londrina


DESTAQUE DE SEXTA-FEIRA (12/09)

Paulo Salustiano (foto) fez a pole para a etapa de Londrina da Stock car Jr. O piloto que corre como convidado, pois na verdade disputa a Stock Lights (Vicar), conseguiu superar as grandes estrelas da categoria.
Ao seu lado, na primeira fila, o líder do campeonato, Patrick Gonçalves. Lucas Finger, principal rival de Patrick na briga pelo título, sai apenas na quarta posição.
A previsão do tempo para amanhã é de chuva, o que invalida qualquer prognóstico, mas correndo sem compromisso, Salustiano é sem dúvidas o grande favorito a vitória.

DESTAQUE DE SÁBADO (13/09)
Como era de se esperar, Paulo Salustiano (foto) venceu com facilidades a prova de Londrina. Como o piloto não disputa o título por não correr regularmente na categoria, ele correu sem nenhuma pressão por resultados e sem o medo de cometer um erro e dificultar a caminhada no campeonato.
Logo atrás dele, na segunda posição, o líder do campeonato Patrick Gonçalves. Este sim, que briga pelo caneco, fez uma corrida com brilho, mas cuidadosa e dispara na liderança com 168 pontos. O vice-líder, Lucas Finger teve problemas com o carro e não pontuou. O piloto tem agora 149 pontos, 19 a menos que Patrick. Daniel Pflaumer, que brigou toda a prova com Patrick, completou o podia da etapa paranaense.
A próxima etapa será já na semana que vem em Curitiba.



Itália- Segunda Corrida

DESTAQUE DE DOMINGO (14/09)
Numa corrida bastante atrapalhada na Itália, os brasileiros conseguiram manter a segunda e a terceira posição no campeonato. A corrida que servia apenas para cumprir tabela, pois o campeão já havia sido declarado no Sábado, foi marcada por várias rodadas e por grandes disputas.
Bruno Senna e Lucas di Grassi que estavam em segundo e terceiro na tabela de classificação, confirmaram a posição ao término da corrida. Mas quase que os dois colocaram tudo a perder. Em certo ponto da prova os dois disputavam a posição e a frente deles tinha o inglês Mike Conway. Os dois brasileiros chegaram lado a lado na curva e Di Grassi acabou tocando no inglês que rodou. Senna para evitar a batida, virou bruscamente o volante e também rodou. Di Grassi continuou, mas tomou uma punição pelo incidente. Resultado: os dois caíram para o pelotão de trás e saíram da zona de pontuação. Lá na frente o francês Romain Grosjean, único com chances de tirar a posição dos brasileiros no campeonato, fazia uma bela corria. Mas no fim ele terminou em terceiro com Davide Valsecchi (foto) em primeiro e Roldan Rodriguez em segundo. A classificação final do campeonato ficou assim:
1 Giorgio Pantano 76
2 Bruno Senna 64
3 Lucas Di Grassi 63
4 Romain Grosjean 62
5 Pastor Maldonado 60
6 Sebastien Buemi 50
22 Diego Nunes 3
26 Alberto Valerio 0
28 Carlos Iaconelli 0



Itália

DESTAQUE DE SEXTA-FEIRA (12/09)

O dia começou fechado na Itália. No primeiro treino a chuva foi tão forte que a pista chegou a ser fechada pelos comissários devido à quantidade de água que caia sobre a pista. Os tempos não devem ser levados em conta, prova disto é que a liderança ficou com o alemão Adrian Sutil com a Force Índia.
Já na segunda sessão, a pista estava seca e com condição para se ter um treino de verdade. Mas a impressão que se deu é que os pilotos trabalharam mais no setup do carro do que se preocuparam em andar rápido. No fim a liderança ficou com Kimi Räikkönen com as duas BMWs na segunda e terceira posição (Kubica e Heidfeld) e Hamilton em quarto. Felipe Massa ficou em sexto, Barrichello em décimo quarto e Nelson Piquet em vigésimo.
Tempos a parte, a grande notícia do dia na categoria foi o anúncio que a Ferrari renovou até 2010 com o finlandês Kimi Räikkönen. Isto muda tudo nas danças das cadeiras, pois agora o espanhol Fernando Alonso pode aceitar um contrato superior a um ano, pois não terá vaga disponível na Ferrari nas duas próximas temporadas.
Abaixo seguem algumas fotos do treino de hoje! Clique nelas para ampliar.



DESTAQUE DE SÁBADO (13/09)
Acabou agora a pouco o treino classificatório do grande prêmio da Itália. Com a pista molhada e com uma chuva que teimava em mudar seu comportamento (hora chovia, hora parava, hora caia um temporal), o resultado foi totalmente inesperado. O alemão Sebastian Vettel (foto) da Toro Rosso conquistou a primeira pole da carreira.
Dentre os pilotos que disputam o título, o brasileiro Felipe Massa foi o que se saiu melhor e larga na sexta posição. Seu maior rival na busca pelo título, o inglês líder do campeonato, Lewis Hamilton da Mclaren, sai apenas na décima quinta posição. Kimi Räikkönen ficou imediatamente a frente de Hamilton, na décima quarta.
Dentre os outros brasileiros, Rubens Barrichello ficou em décimo sexto e Nelson Piquet em décimo sétimo. A previsão de tempo para a corrida é de mais chuva.
Confira quem foram os dez primeiros do grid:
1 Sebastian Vettel
2 Heikki Kovalainen
3 Mark Webber
4 Sebastien Bourdais
5 Nico Rosberg
6 Felipe Massa
7 Jarno Trulli
8 Fernando Alonso
9 Timo Glock
10 Nick Heidfeld

DESTAQUE DE DOMINGO (14/09)
A etapa da Itália da Fórmula 1 foi muito especial porque marcou a quebra do recorde do piloto mais jovem a vencer uma corrida. Até então o dono da marca era o espanhol Fernando Alonso, que com 22 anos e 26 dias venceu o grande prêmio da Hungria de 2003. Hoje o alemão Sebastian Vettel (foto) da Toro Rosso, com 21 anos, 2 meses e 11 dias conquistou a primeira vitória na categoria.
Entre os ponteiros, destaque para o inglês Lewis Hamilton que largou da décima quinta posição, fez várias e grandes ultrapassagens no decorrer na prova e terminou na sétima posição. O brasileiro Felipe Massa, que não tinha um bom acerto para a corrida, terminou na sexta posição, mas deve muito a falha da previsão de tempo. Isto porque Hamilton que estava com o pneu de chuva e estava chegando no brasileiro teve que parar nos boxes para trocar para pneu intermediário. Hamilton só colocou o pneu errado porque a previsão afirmou que cairia mais chuva no circuito.
Quem se saiu muito mal foi o finlandês Kimi Räikkönen, que largou em décimo quarto e chegou apenas em nono. Mas como é de praxe, o finlandês fez a volta mais rápida da corrida e agora soma 34 na carreira e nove nesta temporada. Completaram o pódio ao lado de Vettel, o finlandês Heikki Kovalainen em segundo e o polonês Robert Kubica em terceiro. Piquet ficou em décimo e Barrichello na décima sétima.
A próxima etapa será no dia 28 de Setembro em Cingapura. Confira como ficou a classificação do campeonato:
1 Lewis Hamilton 78 pontos
2 Felipe Massa 77
3 Robert Kubica 64
4 Kimi Raikkonen 57
12 Nelsinho Piquet (Renault) 13
13 Rubens Barrichello (Honda) 11



Campo Grande

DESTAQUE DE SEXTA-FEIRA (12/09)

Valmir Benavides (foto) foi o mais rápido do dia hoje em Campo Grande. A bordo de seu Volkswagen, o piloto fez a volta em 1m47s665 e deixou todos para trás na primeira sessão. A segunda sessão foi cancelada devido a forte chuva que caiu no circuito.
A sétima, das dez etapas do campeonato, chegou no Mato Grosso do Sul esperando muito calor e foram surpreendidos com muita água no primeiro dia. Os treinos de sábado serão estendido para compensar o tempo perdido hoje.
O líder do campeonato, Geraldo Piquet, fez o décimo terceiro tempo do dia, e o seu principal rival na briga pelo título, Wellington Cirino, ficou em segundo. Dentre os outros destaques, o atual campeão, Felipe Giaffoni ficou em quarto e o argentino Gaston Mazzacane em vigésimo segundo.

DESTAQUE DE SÁBADO (13/09)
Wellington Cirino (foto) conquistou a pole para a etapa de Campo Grande da Fórmula Truck. O piloto que é o vice-líder do campeonato vem numa recuperação impressionante. Venceu as duas últimas etapas (São Paulo e Londrina) e é o grande favorito para a etapa deste Domingo.
O líder do campeonato, Geraldo Piquet, larga na sexta posição e precisa de uma boa corrida de recuperação para manter a posição da tabela de classificação. O argentino Gaston Mazzacane sai na décima quinta posição e ainda sofre com a adaptação a categoria.
Confira quem são os dez primeiros no grid de largada: 1) Wellington Cirino, 2) Fabiano Brito, 3) Valmir Benavides, 4) Renato Martins, 5) Felipe Giaffone, 6) Geraldo Piquet, 7) Vinicius Ramires, 8) Adalberto Jardim, 9) Djalma Fogaça, 10) José Cangueiro.

DESTAQUE DE DOMINGO (14/09)
Wellington Cirino (foto) venceu a terceira corrida seguida da categoria e assumiu a liderança do campeonato. Além da conquista ele ainda contou com o abandono de seu maior rival na busca do título, Geraldo Piquet.
Cirino manteve a ponta na largada, com Fabiano Brito em segundo e Benavides em terceiro. Piquet fez uma bela largada e pulou de sexto para quarto. Benavides escapou na primeira volta e perdeu várias posições. Piquet pulou para terceiro com Giaffone logo atrás o pressionando.
Vinicius Ramires abandona depois de escapar e ficou parado na caixa de brita. O pace truck foi para a pista para a retirada do caminhão de Ramires. Fabiano teve problemas e Piquet assumiu a segunda posição. Na relargada os ponteiros mantiveram as posições. Fabiano Brito começou a travar um belo duelo com Roberval Andrade pela quinta posição e depois de muito pressionar, ele conseguiu a ultrapassagem.
Na bandeira amarela quadriculada da décima segunda volta tínhamos: Wellington Cirino, Geraldo Piquet, Felipe Giaffone e Fabiano Brito.
Na relargada, Fabiano Brito deu o bote para cima de Giaffone e foi para cima de Piquet. Piquet teve problemas na caixa de direção e abandonou a prova. No fim, completaram o pódio ao lado de Cirino: Fabiano Brito em segundo, Felipe Giaffone em terceiro, Valmir Benavides em quarto e Adalberto Jardim em quinto.
A próxima etapa da categoria está marcada para o dia 12 de Outubro em Curitiba. A classificação do campeonato ficou assim:
1. Wellington Cirino 123
2. Geraldo Piquet 105
3. Felipe Giaffone100
4. Valmir Benavides 95
5. Roberval Andrade 93



New Hampshire

DESTAQUE DE SEXTA-FEIRA (12/09)
Neste fim de semana tem início o Chase, ou playoffs, como é conhecido aqui no Brasil. Mas a grande novidade é a estréia de Joey Logano (foto) na Sprint Cup. O piloto de apenas 18 anos e que deu o que falar na Nationwide nesta temporada, chega na categoria principal para se preparar para o ano que vem, quando substituirá o campeão Tony Stewart na equipe de Joe Gibbs.
Se Logano se adaptar rapidamente aos carros da Sprint, ele pode ser uma dor de cabeça extra para os postulantes ao título. No primeiro treino do dia Logano ficou apenas na trigésima oitava posição. Os três primeiros foram Clint Bowyer, Jimmie Johnson e Kyle Busch.

DESTAQUE DE SÁBADO (13/09)
Os playoffs da Nascar não poderiam começar melhor do que vão! Como choveu na qualificação, a ordem de largada dos pilotos vai respeitar a posição de cada um no campeonato. Ou seja, os postulantes ao título todos na frente, sem nenhum carro intrometido entre eles. Vai ser uma disputa direta e cada posição ganha pode representar o título ao fim das três etapas.
Só recordando, os doze primeiros em ordem são: Kyle Busch, Carl Edwards, Jimmie Johnson, Dale Earnhardt Jr, Clint Bowyer, Denny Hamlin, Jeff Burton, Tony Stewart, Greg Biffle, Jeff Gordon, Kevin Harvick e Matt Kenseth.

DESTAQUE DE DOMINGO (14/09)

Começaram os playoffs da NASCAR e o resultado foi surpreendente. O grande favorito, Kyle Busch, teve vários problemas no decorrer da prova e terminou apenas na trigésima quarta posição. Com o resultado, o piloto que começou como líder do campeonato, ocupa agora apenas a oitava posição.
Você deve estar imaginando: “Se não deu Busch, deve ter dado Jimmie Johnson ou Carl!”. Errado! Deu zebra na primeira corrida e o grande vencedor foi o número 16, Greg Biffle. (foto) Foi a primeira dele no ano e no momento certo.
Além das pontuações que cada um recebeu pelas posições finais, os seguintes pilotos receberam cinco pontos extras por ter liderado pelo menos uma volta: Greg Biffle, Jimmie Johnson, Carl Edwards, Dale Earnhardt Jr., Tony Stewart, Michael McDowell, Kyle Busch e Brian Vickers. Johnson ainda ganhou mais cinco por ter liderado o maior número de voltas.
Os cinco primeiros da prova foram: Greg Biffle, Jimmie Johnson, Carl Edwards, Jeff Burton e Dale Earnhardt Jr.
A próxima etapa do campeonato será no próximo Domingo em Dover. A classificação dos playoffs ficou assim:
1 Carl Edwards 5220
2 Jimmie Johnson 5220
3 Greg Biffle 5190
4 Dale Earnhardt Jr. 5170
5 Jeff Burton 5170
6 Denny Hamlin 5148
7 Tony Stewart 5147
8 Kyle Busch 5146
9 Clint Bowyer 5137
10 Kevin Harvick 5134
11 Jeff Gordon 5121
12 Matt Kenseth 5043



Indianápolis

DESTAQUE DE SEXTA-FEIRA (12/09)

O primeiro dia da Moto GP em Indianápolis foi marcado pela chuva e pelo domínio de Anthony West (foto) da Kawasaki. O piloto liderou as duas sessões do dia e mostra que se as condições na hora da corrida forem iguais as de hoje, ele é um dos candidatos mais fortes a vitória.
As duas estrelas da categoria ficaram assim: Valentino Rossi foi do décimo primeiro no primeiro treino e quarto no segundo; Casey Stoner foi o terceiro no primeiro e oitavo no segundo. Já Pedrosa teve com melhor resultado o nono lugar no segundo treino e Lorenzo foi o sétimo, tanto no primeiro quanto no segundo treino.

DESTAQUE DE SÁBADO (13/09)
O fim de semana começou de forma diferente em Indianápolis. Depois de sete poles seguidas, o australiano Casey Stoner teve que se contentar com a segunda posição. E o pior é que quem ficou com a pole foi seu arqui-rival Valentino Rossi (foto).
O italiano que lidera o campeonato com folga, deu mais um importante passo para a conquista de mais um título na categoria. Rossi aproveitou-se das três últimas corridas, onde Stoner estava melhor, mas acabou caindo e deixando de bandeira a vitória para ele.
Os espanhóis Jorge Lorenzo e Daniel Pedrosa saem em terceiro e oitavo respectivamente.

DESTAQUE DE DOMINGO (14/09)
Valentino Rossi (foto) venceu pela quarta vez consecutiva no ano e ficou com nove dedos na taça de campeão. O piloto abriu 87 pontos para o segundo colocado, o australiano Casey Stoner e faltando quatro provas para o fim da temporada, se Stoner vencer todas daqui para frente, basta a Rossi chegar em quarto em uma delas. Ele pode se dar ao luxo de ficar três corridas sem pontuar e com 13 pontos do quarto lugar, ele garante o título.
Na corrida de hoje, Stoner pulou na frente na largada seguido de Andrea Dovizioso, Nicky Hayden e Valentino Rossi. Ainda na primeira volta, Dovizioso assumiu a liderança da corrida. Hyden também passou por Stoner. Lá atrás, o duelo dos inimigos declarados Jorge Lorenzo e Daniel Pedrosa. Lorenzo levou a melhor e deixou Pedrosa para trás. Lorenzo também ultrapassou seu companheiro de equipe, Valentino Rossi, mas uma volta depois levou o troco. O ‘doutor’ acordou na prova e começou a corrida de recuperação. Na quinta volta passou Dovizioso e iniciou uma batalha contra Hayden pela liderança. Na décima terceira volta ele conseguiu enfim deixar o piloto da casa para trás e assumiu a ponta. Na vigésima primeira volta, sete antes do total, a direção de prova decidiu interromper a prova devido a forte chuva que começou a cair no circuito. No resultado final, Rossi em primeiro, Hayden em segundo e Lorenzo em terceiro.
A próxima etapa do campeonato acontece no dia 28 de Setembro no Japão. Veja como ficou a classificação do campeonato:
1. Valentino Rossi 287
2. Casey Stoner 200
3. Daniel Pedrosa 193
4. Jorge Lorenzo 156
5. Andrea Dovizioso 129

6 comentários

  1. Fim de semana movimentadíssimo. E com a chuva que já cai em Monza as coisas prometem muito mais!!!


    Thiago, de minha parte é um prazer ter o Café com F1 na lista de links. Já está feito.

    Abraço

     
  2. Olá Thiago, tudo bem?
    Podemos trocar links sim, qto mais blogs falando sobre a Indy tivermos melhor.
    Só um detalhe, eu não sou Marco, sou Paulo. O Marco é um colega meu q escreve textos sobre o campeonato do jogo da Indy, blz?
    Até mais.

     
  3. Felipão Says:
  4. Thiago...

    Com certeza, ainda mais sendo um blog de qualidade como o seu.

    Já anexei o endereço aos meus links e serei presença constante por aqui...

    Abração

    ótimo trabalho de vcs dois

     
  5. Este fim de semana o bicho vai pegar no automobilismo.

    A tradicional prova de Monza na Fórmula 1 é o grande destaque. Se a chuva cair vai ficar melhor ainda.

    Me desculpe quanto ao seu link que ainda era o antigo no meu blog, foi um descuido.

    Abração!

    Leandro Montianele

     
  6. Felipão Says:
  7. Sem palavras...

    Fazia tempo que não via uma cobertura tão completa como esse...

    Parabéns...

    Trabalho fantástico...

     
  8. GiglioF1 Says:
  9. Thiago,

    Boa cobertura!!!...parabéns por sua dedicacao...
    Te comento que sinto um pouco de dificuldade em " avegar " no seu blog...este novo " housing" para mais pesado que o Blogger...
    Na F1 grande corrida , e Vettel grande talento.
    Grande campeonato!
    Na GP2 , Di Grassi é o nome Brazuka!!!
    Estou colocando seu link lá no Blog.
    Abraco!!

     

Calendário

Videoteca

Twitter


Postagens populares

Newsletters