Subscribe to web2feel.com
Subscribe to web2feel.com

COBERTURA CAMPEÃ DO FIM DE SEMANA

Postado por Thiago Raposo quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Campinas - Começamos mais uma cobertura campeã de fim de semana. Gostaria de lembrar a todos que este post é atualizado diversas vezes no decorrer das competições com: resultados, comentários, fotos, vídeos e tudo mais para levar a você o melhor da velocidade!
Não deixem de passar aqui nos próximos 3 dias para ver tudo o que rolou no Brasil e no Mundo sobre 2 e 4 rodas.
Abraços!

Clique nos links abaixo para acompanhar os destaques de uma categoria específica, ou se preferir, desça a barra de rolagem para ver o resumo total do fim de semana!

LE MANS - PRIMEIRA CORRIDA

DESTAQUE DE SEXTA-FEIRA (03/10/2008)

A fórmula 3 européia chega a Le Mans para a penúltima etapa do ano. O alemão Nico Hülkenberg, piloto de testes da equipe Williams, tem a faca e o queijo nas mãos para sair com o título da França. Ele precisa somar apenas dez pontos nas quatro corridas (duas neste fim de semana e duas na próxima etapa) para se consagrar campeão. A cada rodada são disputados dezessete pontos, o que torna a tarefa do piloto ainda mais fácil.
No entanto, ele já perdeu um dos dezessetes pontos em disputa. O ponto de bonificação pela pole ficou com o francês Jules Bianchi (foto), que não é o piloto que disputa o título com Hülkenberg. O italiano Stefano Coletti vai largar na segunda posição e Nico em terceiro.

DESTAQUE DE SÁBADO (04/10/2008)
Mais um campeonato foi decidido neste fim de semana. O alemão Nico Hülkenberg (foto) é o novo campeão da Fórmula 3 européia. Ele que paralelamente ocupa o cargo de piloto de testes da equipe Williams F1, deu um importante passo para um dia chegar à categoria máxima do automobilismo.
A vitória da primeira prova do fim de semana ficou com o francês Jules Bianchi. Foi a terceira dele na temporada, que o levou para a terceira posição no campeonato. Completaram o pódio o inglês Sam Bird e o finlandês Mika Mäki. Nico foi apenas o vigésimo quarto, pois teve problemas na largada, mas como seu maior rival na briga pelo título, o italiano Edoardo Mortara chegou apenas na décima posição, o alemão levantou a taça com quatro provas de antecedência.
“Ser campeão chegando apenas na vigésima quarta posição é meio esquisito, mas o importante é que conseguimos. Preciso de um pouco mais de tempo para acreditar que realmente consegui conquistar o título. É maravilhoso ser o primeiro alemão campeão da categoria”, disse Nico após a corrida.
Amanhã acontece a segunda corrida da etapa francesa. Confira como ficou a classificação parcial do campeonato:
1 Hülkenberg 72
2 Mortara 48
3 Bianchi 42
4 Mäki 40
5 v.d. Zande 37



MONZA - PRIMEIRA CORRIDA

DESTAQUE DE SEXTA-FEIRA (03/10/2008)

A Fórmula Master chega à Itália para a última etapa da temporada 2008. O líder do campeonato, o neozelandês Chris van der Drift (foto), começou com o pé direito garantindo a pole para a primeira prova do fim de semana. Com 13 pontos à frente do alemão Michael Ammermuller, Drift precisa apenas de dois quintos lugares nas duas corridas para sair com o caneco na mão.
O japonês Yuhi Sekiguchi ficou com a segunda posição e o suíço Fabio Leimer com a terceira. Ammermuller não começou nada bem e largará apenas na décima sétima posição. O título pode ser decidido ainda na primeira prova do fim de semana.

DESTAQUE DE SÁBADO (04/10/2008)
Como era de se esperar, o neozelandês Chris van der Drift liquidou o campeonato logo na primeira corrida do fim de semana. Numa prova marcada por fortes acidentes e por constantes intervenções do safety-car, der Drift conseguiu manter-se na pista e assim conquistou o título da temporada 2008.
O piloto liderou boa parte da prova, mas após a última relargada, foi ultrapassado pelo suíço Fabio Leimer. Como o seu único rival na briga pelo título, o alemão Michael Ammermuller, havia largado lá de trás e por lá continuava, o neozelandês não esboçou reação à ultrapassagem para não colocar o título em risco.
Com cinco vitórias no campeonato, o piloto sagra-se campeão com uma prova de antecedência. Completou o pódio, ao lado de Leimer e Der Drift, o romeno Mihai Marinescu.
A última etapa será disputada amanhã. Veja como ficou o campeonato.
1 Chris van der Drift 91
2 Michael Ammermuller 70
3 Fabio Leimer 71
4 Harald Schlegelmich 46
5 Vladimir Arabadzhiev 29
6 Kasper Andersen 27



RIO DE JANEIRO - PRIMEIRA CORRIDA

DESTAQUE DE SEXTA-FEIRA (03/10/2008)

A fórmula Porsche chega à cidade maravilhosa para 11ª e 12ª etapas do campeonato. E o gaúcho Miguel Paludo (foto), líder do campeonato, começou o fim de semana na frente. Com o tempo de 1:17.636, o piloto superou os outros 13 concorrentes que estavam na pista.
Na qualificação não foi diferente! Paludo garantiu a pole com o tempo de 1:14.948, 0,324 a frente de Constantino Júnior. Clemente Lunardi, vice-líder do campeonato, ficou com a terceira posição. Amanhã acontecerão as duas provas com transmissão da Race Tv!

DESTAQUE DE SÁBADO (04/10/2008)
Constantino Jr. venceu a primeira corrida do fim de semana na Porsche Cup. Com a vitória o piloto se manteve vivo na briga pelo campeonato e assumiu a segunda posição da tabela de classificação.
Na largada Constantino pulou na frente e Miguel Paludo manteve-se na segunda posição. O safety car entrou na pista na terceira volta devido a um acidente com o Charles Reed. Na relargada os ponteiros mantiveram as posições. No decorrer da prova, os dois ponteiros abriram uma boa diferença para o Clemente Lunardi e o Beto Posses que vinham logo atrás.
Na sétima volta o piloto Antônio Hermann escapou e o safety car foi novamente para a pista. Com isto o piloto conseguiu voltar à prova. A bandeira verde foi novamente acionada na nona volta e Constantino e Paludo deram início a uma bela disputa pela primeira posição e deixaram novamente todo o pelotão para trás. No fim, ficou tudo como estava e Constantino conquistou mais uma vitória. Paludo confirmou a segunda posição com Clemente em terceiro, Posses em quarto, Marcel em quinto e Ricardo Baptista em sexto. Ainda hoje será realizada a segunda prova do fim de semana.




PETIT LE MANS

DESTAQUE DE SEXTA-FEIRA (03/10/2008)

Neste fim de semana será disputada as dez horas de Petit Le Mans da ALMS. Hoje as quatro categorias (P1/P2/GT1/GT2) estiveram na pista para treinarem e disputarem a classificação. A pole ficou com a equipe Mazda6 que tem como pilotos os franceses Nicolas Minassian e Stephane Sarrazin (foto) e o austríaco (ex-f1) Christian Klien.
Os brasileiros ficaram assim:
Hélio Castroneves, que correrá com o australiano Ryan Briscoe, largará na quarta posição;
Tony Kanaan, que correrá com o francês (ex-f1) Franck Montagny e o norte americano Marco Andretti, largará na sétima posição;
Gil de Ferran, que correrá com o francês Simon Pagenaud e o neozelandês Scott Dixon, largará na oitava posição;
Jaime Melo, que correrá com o finlandês (ex-f1) Mika Salo, largará na vigésima segunda posição.

DESTAQUE DE SÁBADO (04/10/2008)
A Audi deu um show de estratégia, arrojo, força e garra e desbancou a Peugeot, grande favorita. As dez horas de Petit Le Mans foram sensacionais, de tirar o fôlego de qualquer apaixonado por automobilismo. Além do duelo das duas grandes montadoras citadas acima, ainda tivemos a vitória de dois brasileiros: Hélio Castroneves venceu na P2 e Jaime Melo na GT2. Vamos aos detalhes da prova.
O Audi pilotado pelos pilotos Emanuele Pirro, Allan McNish e Rinaldo Capello tiveram problemas e foram obrigados a largar dos boxes. Para piorar, se atrasaram um pouco e começaram a prova com duas voltas de desvantagem com relação ao líder. O brasileiro Tony Kanaan largou muito bem e pulou da sétima para a quarta posição. De cara tivemos uma bandeira amarela porque o piloto Ryan Lewis da P1 rodou e ficou atravessado na pista. Na GT2 o brasileiro Jaime Melo manteve a ponta após a largada. O australiano Ryan Briscoe, companheiro de equipe do Helinho, também manteve a ponta da P2. Gil de Ferran também manteve a quinta posição após a largada. Algumas voltas depois a bandeira verde foi acionada, mas na décima oitava volta foi a vez de Scott Sharp bater e a bandeira amarela ser novamente mostrada. O piloto que disputa o título da P2 cometeu um erro grosseiro. Após a batida ele desceu do carro e se afastou mais de dez metros do mesmo. A regra da competição diz que se isto acontecer o carro está automaticamente desclassificado. Resultado: o carro que poderia ser reparado pelos mecânicos e voltar a pista para marcar mais pontos, foi desclassificado logo no início da prova. Muitos pilotos aproveitaram a interrupção para fazerem os primeiros pit stops. Bandeira verde na volta 25. Daí para frente os carros começaram para valer a briga e houveram várias trocas de posições. Na volta 53 Jaime Melo deu lugar ao companheiro Mika Salo. Nova bandeira amarela na volta 59: o brasileiro Gil de Ferran errou, rodou e ficou parado na caixa de brita. O piloto até conseguiu voltar a pista, mas a corrida já estava totalmente comprometida, pois ele perdeu algumas voltas com relação ao líder. O Audi que citamos acima, que havia começado a prova duas voltas atrás, aproveitou da parada de todos e recuperou uma das voltas de desvantagem. Verde na 65. Na 67 a Ferrari de Salo e Melo começou a dar problemas de câmbio. Ele ficou preso na quinta marcha e com isto eles perderam algumas posições. Nova bandeira amarela na volta 78. O sueco Stefan Johansson bateu forte na barreira de pneus. Com isto os mecânicos da Ferrari do brasileiro aproveitaram para solucionar o problema do câmbio sem comprometer a corrida da dupla. Na volta 119 o brasileiro Castroneves assumiu o comando do seu Porsche. O dia parecia ser do brasileiro (ou seria a semana?)! De cara ele foi punido por ter excedido o limite de velocidade ao sair dos boxes. Logo após ele se chocou com um piloto da GT2 e teve que parar para fazer reparos no pneu. Na volta 135 o carro de Gil parou nos boxes com problemas. O piloto perdeu mais algumas voltas em relação ao líder. A prova continuou num ritmo mais calmo, pois os pilotos começaram a poupar equipamento. Numa nova bandeira amarela o Audi lá de cima recuperou mais uma volta e agora estava na briga pela vitória. Na volta 202 a Ferrari de Salo e Melo voltaram para a liderança da GT2. Nas últimas voltas, a Peugeot que estava dominando a prova colocou o ex-f1 Christian Klien e a Audi citada acima do também ex-f1 Allan McNish. O escocês da Audi se deu melhor, assumiu a liderança e partiu firme rumo à vitória. Além de Castroneves na P2, Jaime Melo na GT2, Jan Magnussen venceu na GT1. A próxima etapa do campeonato será no dia 18 de Outubro em Laguna Seca. Veja abaixo o vídeo da última volta da prova.





RIO DE JANEIRO - SEGUNDA CORRIDA

DESTAQUE DE SÁBADO (04/10/2008)
Constantino Jr. estava impossível neste fim de semana na Porsche Cup. O piloto que já havia vencido a primeira prova, não teve dificuldades para vencer novamente a segunda corrida. Com isto o piloto embolou ainda mais a briga pelo título da categoria. O líder do campeonato, o gaucho Miguel Paludo, chegou novamente na segunda posição. Clemente Lunardi, que até antes da primeira prova era o vice-líder do campeonato, perdeu a posição após a primeira corrida e agora ficou ainda mais para trás por ter chegado na terceira posição. Faltando duas etapas (quatro provas) para o fim do campeonato, o título ficará mesmo entre os três pilotos já que o quarto, Tom Valle, está mais de 40 pontos atrás. A próxima etapa será em Interlagos no fim de semana da Fórmula 1.



AUSTRÁLIA

DESTAQUE DE SEXTA-FEIRA (03/10/2008)

O fim de semana na Austrália começou com o piloto da casa, Casey Stoner (foto), na frente. O piloto voou na primeira sessão de treinos com o tempo de 1'30.094, quase 0,700 a frente do segundo lugar, o campeão Valentino Rossi.
Já nos treinos da tarde, com a pista molhada, foi a vez do norte-americano Nicky Hayden liderar. Stoner foi o quarto e Rossi o sexto.
Com o título já decidido, a briga se concentra na decisão do segundo lugar. O espanhol Daniel Pedrosa e Stoner são os que estão mais próximos, mas Jorge Lorenzo, ainda com chances, não desistiu.

DESTAQUE DE SÁBADO (04/10/2008)
O australiano Casey Stoner da Ducati vai largar pela primeira vez na carreira na pole em casa. O piloto fez uma volta voadora (1min28s665) no último minuto do treino e garantiu a posição de honra. Ao lado do australiano na primeira fila teremos o espanhol Jorge Lorenzo da Yamaha e o norte americano Nicky Hayden da Honda.
O italiano campeão da temporada, Valentino Rossi, vai largar apenas da décima segunda posição. O piloto caiu e não teve como melhorar o tempo. O espanhol Daniel Pedrosa da Honda, que disputa do vice-campeonato com Stoner, vai largar apenas na sexta posição.

DESTAQUE DE DOMINGO (05/10/2008)

Em mais uma belíssima apresentação de Valentino Rossi, o grande prêmio da Austrália praticamente garantiu o vice-campeonato a Casey Stoner. O grande rival do australiano nesta briga era o espanhol Daniel Pedrosa que caiu na primeira volta e abandonou.
Rossi, que largou da décima segunda posição, começou a fazer uma grande prova de recuperação. Ao fim da primeira volta ele já era o oitavo. Ele foi passando todos os rivais como se fosse uma brincadeira até chegar na quarta posição. Aí ele encontrou Toseland pela frente e os dois travaram uma briga acirrada. Rossi chegou a passar o piloto duas vezes e levou o troco. Depois de muita tentativa, Valentino conseguiu superá-lo, mas o prejuízo já era muito grande, pois Stoner e Hayden estavam muito a frente. Mas o italiano não desistiu e foi à caça dos dois e na penúltima volta passou o norte-americano e assumiu a segunda posição. Lá na frente Stoner fez uma corrida tranqüila e venceu de ponta a ponta sem dificuldades.
A próxima etapa será no dia 19 de Outubro na Malásia. Veja como ficou a classificação do campeonato:
1 Valentino Rossi 332
2 Casey Stoner 245
3 Daniel Pedrosa 209
4 Jorge Lorenzo 182
5 Andrea Dovizioso 145




LE MANS- SEGUNDA CORRIDA

DESTAQUE DE DOMINGO (05/10/2008)
A segunda prova da etapa de Le Mans da fórmula 3 européia foi disputada debaixo de muita chuva. O vencedor foi o canadense Robert Wickens que se mostrou mais habilidoso para correr na pista molhada. Para que os carros pudessem fazer os acertos para pista molhada a prova foi interrompida na sexta volta e recomeçou poucos minutos depois com o safety-car na pista. Mesmo assim as condições não eram seguras e a prova foi interrompida antes de completar o número de voltas previstas. Por isto apenas metade dos pontos foi dada aos pilotos. Na segunda posição ficou o espanhol Dani Clos, que recentemente testou pela equipe Williams de F1 e na terceira posição o francês Jean-Karl Vernay. A última etapa do campeonato será nos dias 25 e 26 de Outubro em Hockenheim na Alemanha. Veja como ficou a classificação do campeonato:
1 Hülkenberg 72
2 Mortara 49
3 Bianchi 42
4 Mäki 40
5 v.d. Zande 37



BÉLGICA - PRIMEIRA CORRIDA

DESTAQUE DE SEXTA-FEIRA (03/10/2008)

Neste fim de semana será realizada a terceira rodada da Fórmula Superliga. O palco para esta disputa será o circuito de Zolder na Bélgica. Bertrand Baguette (foto), piloto da casa, fará sua estréia na categoria. Ele que atualmente compete na World Series by Renault, vai ser o novo piloto do Al Ain, dos Emirados Árabes. “Para ser bem honesto, não sei o que esperar, apesar de que todo piloto tenha a vitória com sua meta”, disse Baguette quando perguntado sobre como achava que seria a prova. Baguette entra no lugar de Andreas Zuber, que vai concentrar seus esforços na preparação para a temporada do ano que vem da GP2.
O Corinthians manteve o Antônio Pizzonia como piloto e o Flamengo o Tuka Rocha. Amanhã serão realizados os treinos livres e a classificação para a prova.

DESTAQUE DE SÁBADO (04/10/2008)
Os times brasileiros não começaram nada bem a terceira etapa da superliga. Foi disputada hoje na Bélgica a classificação para a primeira prova de amanhã e os nossos representantes ficaram assim: O Flamengo, pilotado por Tuka Rocha, vai largar apenas na décima terceira posição e o Corinthians, que tem o amazonense Antônio Pizzonia no comando, foi o décimo quinto.
A pole ficou com o carro do Borussia Dortmund, que tem o holandês Paul Meijer como piloto. Confira como ficou o grid da competição: 1º. Borussia Dortmund, 2º. Anderlecht, 3º. Liverpool, 4º. Sevilla, 5º. Beijing Guoan, 6º. Porto, 7º. Milan, 8º. Atletico Madrid, 9º. Tottenham Hotspur, 10º. Basel, 11º. Galatasaray, 12º. Rangers, 13º. Flamengo, 14º. Roma, 15º. Corinthians, 16º. Olympiacos, 17º. Al Ain, 18º. PSV Eindhoven.

DESTAQUE DE DOMINGO (05/10/2008)
O Liverpool(foto), numa corrida perfeita, venceu a primeira prova do fim de semana da categoria. A largada foi dada com pista molhada devido a uma forte chuva que caiu momento antes no circuito Belga. O Milan foi o primeiro carro a abandonar. O carro pilotado pelo holandês Robert Doornbos ficou preso na caixa de brita logo na primeira curva. O Anderlecht pulou para a ponta na largada com o Borussia Dortmund em segundo. Entre os brasileiros, o Flamengo vinha em décimo e o Corinthians em décimo segundo. O Tottenham foi para os boxes no fim da primeira volta com pneu furado o que fez com que o carro perdesse várias posições. Tuka Rocha estava bem arrojado e fez uma bela ultrapassagem em cima do carro do Galatasaray. O Sevilha foi outro que errou, bateu e abandonou. O carro ficou parado em lugar perigoso e o safety-car foi obrigado a entrar. O Flamengo era o oitavo e o Corinthians o décimo.
Durante a bandeira amarela o carro do Al-Ain rodou sozinho tamanha era a quantidade de água na pista. Após a relargada, o Olympiakos e o Flamengo rodaram. Ambos conseguiram continuar na prova, porém com algumas posições perdidas. O próximo abandono foi do Roma e do Galatasaray. Os dois escaparam ao mesmo tempo, em pontos diferentes da pista, e ficaram presos na brita. Devido à posição em que estavam o safety-car foi novamente para a pista. Durante as paradas de boxe obrigatórias, o Liverpool fez o melhor trabalho e conseguiu voltar na ponta da prova. Quando o safety-car saiu da pista faltavam duas voltas para terminar a corrida. O Liverpool confirmou a vitória com o Anderlecht em segundo e o Borussia Dortmund em terceiro. O Flamengo terminou em nono e o Corinthians em décimo.




ITÁLIA - PRIMEIRA CORRIDA

DESTAQUE DE SEXTA-FEIRA (03/10/2008)

O WTCC (Campeonato de Turismo da FIA) chega a Monza para a disputa da antepenúltima batalha do campeonato. O francês Yvan Muller (foto) que lidera o campeonato com 80 pontos, 12 a mais que o italiano Gabriele Tarquini, corre para tentar não deixar a boa vantagem cair. Isto porque além de correr em casa, Tarquini terá dois quilos a menos de lastro no carro que o francês. Rickard Rydell e Robert Huff ainda estão na briga pelo título, porém com chances mais remotas por estarem 18 e 19 pontos atrás do líder, respectivamente.
As atividades na pista iniciam amanhã, com os treinos livres e a classificação.

DESTAQUE DE SÁBADO (04/10/2008)
Só deu SEAT nas quatro primeiras posições do grid para a primeira prova da décima etapa do WTCC neste fim de semana em Monza. O francês Yvan Muller parece decidido a não dar sopa para o azar. Ele que lidera o campeonato com 80 pontos, 12 a mais que o italiano Gabriele Tarquini, conquistou a pole. Por outro lado, Tarquini dá sinais de que não desistiu da luta e que fará de tudo para dificultar a vida do francês. O italiano larga ao lado de Muller na primeira fila. “Estou muito contente com a pole conquistada hoje e também com todos os mecânicos. Todos os quatro carros da equipe fizeram belos tempos sem cometer nenhum erro. Nós fizemos um grande trabalho.”
O brasileiro Augusto Farfus Jr., melhor BMW no grid, larga numa bela quinta posição.

DESTAQUE DE DOMINGO (05/10/2008)

Yvan Muller venceu a primeira corrida da etapa de Monza e ficou mais próximo do título da categoria. Na largada, o piloto manteve a ponta enquanto um acidente envolvendo vários carros acontecia no pelotão intermediário. Dentre tantos carros, Alan Menu, James Thompson e Felix Porteiro levaram a pior. O brasileiro Augusto Farfus manteve a quinta posição e escapou da confusão.
No fim da primeira volta aconteceu uma bela briga entre Zanardi e Huff pela décima posição. Os dois fizeram a parabólica lado a lado, rasgaram a grande reta quase tocando rodas e na chicane Huff levou a melhor por estar por dentro. Farfus numa bela manobra deixou o italiano Nicola Larini para trás, mas poucas curvas depois levou o troco e de quebra perdeu a quinta posição para Priaulx.
A briga pelo título esquentou lá na frente com a ultrapassagem de Tarquini em cima de Muller. Farfus com problemas no carro abandonou a prova na sexta volta. Muller não se deu por vencido e deu o troco em cima de Tarquini, reassumindo a primeira posição. No fim, domínio total dos carros da SEAT e o pódio ficou com Yvan Muller, Gabriele Tarquini e Rydell. A próxima etapa acontece daqui a pouco. A classificação parcial do campeonato ficou assim:
1 Muller 90
2 Tarquini 76
3 Rydell 68
4 Huff 63
8 Farfus 46

DESTAQUE EXTRA (05/10/2008)

Rickard Rydell perdeu a terceira posição por ter cortado caminho na última volta (ver video). Com isto o piloto teve trinta segundos acrecidos no tempo de prova e caiu para a décima sexta posição. Andy Priaulx foi o novo terceiro colocado da prova.



FRANÇA - PRIMEIRA CORRIDA

DESTAQUE DE SEXTA-FEIRA (03/10/2008)

Magny-Cours, França, vai ser provavelmente o palco da decisão da temporada 2008 da Superbike. O australiano Troy Bayliss (foto), 79 pontos a frente de Troy Corser, tem tudo para sair da etapa francesa como campeão.
E o fim de semana já começou quente, quer dizer, molhado. A qualificação precisou ser interrompida aos 17 minutos devido à quantidade de chuva que caía no circuito. O japonês Noriyuki Haga se deu bem, pois tinha o melhor tempo no momento da interrupção. Bayliss ficou em segundo e Corser em quinto. Amanhã será disputada a super pole que definirá o grid de largada.

DESTAQUE DE SÁBADO (04/10/2008)
O japonês Noriyuki Haga conquistou a pole para a primeira corrida da Superbike em Magny-Cours. Ele que venceu as duas provas naquele circuito no ano passado e também venceu as duas últimas (semana retrasada), conquistou a primeira pole na temporada. “Eu consegui ir muito bem na classificação e estou muito feliz com a pole, mas a situação neste fim de semana não está tão boa, pois está chovendo e a pista está molhada e eu não conseguiu encontrar o melhor acerto para a moto. A sorte é que a situação é a mesmo para todos".
Fonsi Nieto larga em segundo, Troy Bayliss em terceiro e Carlos Checa na quarta posição. Troy Corser, único que pode tirar o título de Bayliss, saí apenas na décima segunda posição.

DESTAQUE DE DOMINGO (05/10/2008)
O australiano Troy Bayliss conquistou o tri-campeonato da Superbike hoje, na primeira prova da categoria, realizada na França. Bayliss largou muito bem e pulou para a ponta da prova trazendo em seguida Haga, Nieto e Neukirchner. Na segunda volta Haga passou Bayliss e voltou à liderança. Checa também começou a andar bem e deixou Neukirchner e Nieto para trás assumindo a terceira posição com Nieto em quarto. Neukirchner perdeu desempenho e caiu várias posições. Troy Corser começou uma bela prova de recuperação e na sétima volta já ocupava a sexta posição. Fabrizio passou Nieto e assumiu a quarta posição. Faltando quatro voltas para o fim da prova, Fabrizio caiu e abandonou a prova. Praticamente no mesmo momento, Nieto ultrapassou Troy Bayliss e assumiu a segunda posição. Haga abriu uma boa diferença para eles e começou a administrar a liderança. Biaggi passou para a quarta posição. No fim, Haga venceu a prova e Bayliss conquistou o título com o terceiro lugar. Nieto foi o segundo e Biaggi o quarto. Troy Corser chegou apenas na sexta posição.



ZANDVOORT - SPRINT RACE

DESTAQUE DE SEXTA-FEIRA (03/10/2008)

Neste fim de semana, na cidade Holandesa de Zandvoort, recomeça mais uma temporada da A1GP, categoria que reúne carros representando vários países.
Para esta primeira etapa, 17 times confirmaram sua participação (Holanda, Austrália, Indonésia, Irlanda, Itália, Coréia, Líbano, Malásia, Mônaco, Nova Zelândia, África do Sul, Estados Unidos, Brasil, China, França, Portugal e Paquistão). Os outros times (Suíça, Canadá, Alemanha, Grã-Bretanha, Índia e México) não conseguiram terminar os ajustes necessários em seus bólidos Ferrari a tempo de competir neste final de semana. Acontece que na hora ‘H’ o piloto do Paquistão não se sentiu seguro nem confortável para correr e o país emprestou o carro para o time da Suíça correr. O Brasil vai ser representado pelo piloto Felipe Guimarães (foto).

DESTAQUE DE SÁBADO (04/10/2008)
A qualificação para esta etapa da A1GP foi diferente da última temporada, na qual eram realizadas quatro sessões de treinos. A classificação de hoje contou com uma única sessão, de uma hora, com voltas ilimitadas e que formarou o grid apenas para a Sprint Race (“corrida curta”). O grid para a Feature Race (“corrida longa”) dependerá do resultado da primeira prova. Tais mudanças são resultados dos problemas com o novo bólido da Ferrari a ser usado nesta temporada.
O carro da casa garantiu a posição de honra para a prova da Holanda; o piloto Jeroen Bleekemolen, representante da Holanda, liderou os dois treinos antecedentes à classificação e ficou com a pole na classificação hoje, com uma diferença de 0,316 segundos para o segundo colocado no grid, a Nova Zelândia (piloto Earl Bamber). A segunda fila terá a Irlanda (com Adam Carroll) e Malásia (Fairuz Fauzy).
A campeã da temporada passada, Suíça (Neel Jani), largará apenas na sexta colocação. O Brasil (Felipe Guimarães) não conseguiu o acerto ideal do carro para a classificação e não marcou tempo, largará na 16ª posição, a frente apenas da China (Ho-Pin Tung), último no grid.

DESTAQUE DE DOMINGO (05/10/2008)
Teve início hoje a temporada 2008/2009 da A1GP. Devido à forte chuva que caía no circuito, a prova curta da A1GP começou com Safety Car na pista.
Assim que foi dada a bandeira verde, o festival de acidentes começou. O carro da Coréia e o da Austrália se chocaram e perderam várias posições.
A Holanda manteve a ponta, mas após a primeira volta a Nova Zelândia chegou com muita força e assumiu a liderança. A Malásia foi junto e jogou o carro holandês para a terceira posição.
O carro da China estava fazendo um belo trabalho: depois de largar na última fila, ocupava a quarta posição, mas bateu. No mesmo momento, o carro brasileiro bateu em outro ponto da pista. Como faltavam apenas quatro voltas para o fim da prova e a chuva havia aumentado, a direção decidiu encerrar a prova.
Assim, a vitória ficou com a Malásia, Nova Zelândia em segundo e a França em terceiro. A Holanda, que largou da pole, terminou a prova em quarto e o Brasil foi o décimo terceiro lugar. Esta também é a ordem de largada para a corrida longa.




BÉLGICA - SEGUNDA CORRIDA

DESTAQUE DE DOMINGO (05/10/2008)

A segunda corrida da etapa belga começou com o mesmo clima ruim que a primeira terminou. O Milan, que largou na pole, foi logo ultrapassado pelo Beijing. O brasileiro Antonio Pizzonia, piloto do Corínthians, rodou na primeira volta e abandonou a prova. O Safety Car foi para a pista para que o carro preto-e-branco fosse retirado. Neste momento, o Flamengo ocupava a oitava posição.
Na relargada, tivemos um clássico italiano quando o Roma acabou ultrapassando o Milan. Enquanto isso, o Beijing sumiu na frente. Outro carro que não teve sorte com a chuva foi o Porto que acabou rodando. O Anderlecht, com problemas no carro, também saiu.
No fim, o destaque foi a briga entre o Roma (vitorioso), o Tottenham (em segundo) e o PSV (terceiro lugar). Tuka Rocha terminou com o carro rubro-negro na décima quarta posição.
A próxima etapa será em Estoril/Portugal, nos dias 18 e 19 de outubro.
O campeonato ficou assim:
Beijing Gouan 207
PSV 193
Liverpool 171
Anderlecht 159



LE MANS

DESTAQUE DE SEXTA-FEIRA (03/10/2008)

O campeonato da DTM está pegando fogo. Neste fim de semana será realizada a penúltima etapa do campeonato e a disputa ficou nas mãos do alemão Timo Scheider (Audi) e o inglês Paul di Resta (Mercedes).
No primeiro treino do dia a liderança ficou com o atual campeão, o sueco Mattias Ekström. O dinamarquês Tom Kristensen ficou em segundo e o canadense Bruno Spengler em terceiro. Já no segundo treino foi a vez de Tom Kristensen ficar na frente com Timo Scheider em segundo e o alemão Martin Tomczyk em terceiro.
Amanhã será disputada a classificação que definirá o grid de largada.

DESTAQUE DE SÁBADO (04/10/2008)
A pole para a etapa de Le Mans ficou com o dinamarquês Tom Kristensen da Audi. Vai ser a segunda vez que o piloto largará na posição de honra nesta temporada. O piloto fez o tempo de 1:30,149, apenas oito centésimo a frente do inglês Jamie Green da Mercedes. O atual campeão, o sueco Mattias Ekström da Audi ficou com a terceira posição.
Só então aparecem os dois candidatos ao título da temporada. Na quarta posição ficou o inglês Paul di Resta da Mercedes e na quinta o líder do campeonato, o alemão Timo Scheider da Audi. Apenas sete pontos os separam na tabela e é fundamental que o inglês consiga diminuir esta vantagem para a briga na última etapa, na Alemanha, ficar mais equilibrada.

DESTAQUE DE DOMINGO (05/10/2008)

O sueco Mattias Ekströn da Audi foi o vencedor da etapa de Le Mans da DTM. Numa prova marcada pela variação do tempo, ora com chuva, ora sem, muitos pilotos se deram bem por causa da estratégia e outros nem tanto.
Um belo exemplo disto foi o dos dois postulantes ao título. O alemão Timo Scheider, da Audi, liderava a prova, mas caiu a chuva exatamente após colocar o pneu slick. Com isto ele teve que fazer uma parada extra e chegou apenas na sexta posição.
Já o inglês Paul di Resta, Mercedes, estava mal, chegou a ficar na décima primeira posição, mas a chuva veio na hora certa e ele que estava com pneus certos pulou para a segunda posição. Tudo isto fez com que a decisão ficasse para a última etapa, no dia 19 de outubro em Hockenheim.
Veja como ficou a classificação do campeonato:
1 Scheider 65
2 Di Resta 63
3 Ekström 54
4 Green 46



MONZA - SEGUNDA CORRIDA

DESTAQUE DE DOMINGO (05/10/2008)
O neozelandês Chris van der Drift fechou o ano da melhor forma possível. Campeão e vencedor da última etapa realizada no circuito de Monza na Itália. Foi a sexta vitória do piloto na temporada. Ele que largou da sétima colocação, começou a passar um a um os seus rivais até chegar a segunda posição, quando o safety car foi a pista devido a um acidente entre Arturo Llobell e Frankie Provenzano.
Na relargada ele deu o bote no tcheco Josef Kral e assumiu a ponta para não sair mais de lá. Fabio Leimer também passou Kral e terminou na segunda posição. O tcheco terminou na terceira posição.
Veja como ficou a classificação final do campeonato:
1 Chris van der Drift 101
2 Fabio Leimer 79
3 Michael Ammermuller 74
4 Harald Schlegelmich 46



ZANDVOORT - FEATURE RACE

DESTAQUE DE DOMINGO (05/10/2008)

A corrida longa também começou com bandeira amarela. O carro do Brasil não participou, pois não teve tempo de reparar os danos da batida da primeira corrida.
O piloto americano foi o primeiro a rodar com tanta chuva, a França passou a Nova Zelândia e assumiu a segunda posição, atrás da equipe Malaia. O piloto chinês também rodou, mas conseguiu retornar, perdendo várias posições e o carro da Irlanda escapou, parando na brita.
A Holanda, correndo em casa, deu emoção aos fãs ao travar uma bela briga com o Líbano, tocaram rodas, mas nada mais grave aconteceu e o carro laranja ficou com a posição.
Na primeira janela de pit stops, a estratégia francesa se sobressaiu à malaia e o carro pilotado por Loic Duval ganhou a primeira posição.
O safety car entrou na pista após o acidente envolvendo os carros de Portugal e Coréia. Na relargada, a Holanda conseguiu passar os EUA. Infelizmente, Jeroen Bleekmolen (Holanda) não esperava que seu volante desse problemas, travando a alavanca de câmbio entre a quarta e quinta marchas, isso fez com que ele perdesse várias posições até que a janela para reabastecimento fosse aberta.
Na segunda janela de pits, na briga entre França, Malásia e EUA pelas primeiras colocações, a França deu mais um show e voltou à frente do time malaio com segundos de vantagem. Michael Andretti, que via os EUA assumir a dianteira durante as paradas adversárias, ficou perplexo quando seu piloto cravou a melhor volta da corrida (ganhando 1 ponto extra) e em seguida voou para fora da pista, atolando seu carro na caixa de brita. Com isso, o terceiro lugar ficou com a equipe da Nova Zelândia.
Já nos minutos finais da prova, o carro do Líbano aquaplanou e levou junto para a brita o carro da China. Por este motivo, o safety car entrou e a prova terminou em bandeira amarela com a França no ponto mais alto do pódio, seguido de Malásia e Nova Zelândia.
A próxima etapa da A1GP acontecerá na China, dia 9 de novembro. Espera-se que até lá nenhuma equipe tenha mais problemas com os bólidos Ferrari.
O campeonato ficou assim:
Malásia 22
França 22
N. Zelândia 18
Holanda 11
Austrália 8
Mônaco 5



FRANÇA - SEGUNDA CORRIDA

DESTAQUE DE DOMINGO (05/10/2008)
O australiano Troy Bayliss não poderia encontrar melhor forma de comemorar o título alcançado na primeira corrida. Para festejar em alto estilo ele venceu a segunda prova e pôde no ponto mais alto do pódio comemorar a conquista.
Porém o japonês Noriyuki Haga fez de tudo para azedar a festa de Bayliss. Os dois passaram praticamente toda a prova duelando pela primeira posição, mas no final a experiência do campeão falou mais alto. Haga terminou na segunda posição e Troy Corser na terceira.
No dia 02 de Novembro será realizada a última prova da temporada e os pilotos irão para a pista para cumprir tabela e para a disputa do segundo lugar que está acirradíssima entre Haga e Corser. Veja a tabela de classificação da categoria:
1. Bayliss (Ducati) 410
2. Haga (Yamaha) 325
3. Corser (Yamaha) 316
4. Neukirchner (Suzuki) 298
5. Checa (Honda) 284
6. Biaggi (Ducati) 235



ITÁLIA - SEGUNDA CORRIDA

DESTAQUE DE DOMINGO (05/10/2008)
Após terminar em segundo lugar na primeira prova, Gabriele Tarquini reacendeu a chance de vencer o campeonato com sua vitória na segunda corrida do dia.
Logo na largada, o pole Alessandro Zanardi sofreu pressão de Jordi Gené que o ultrapassou na primeira curva. Em seguida, o trio formado por Tarquini, Nicola Larini e Yvan Muller também ultrapassou o pole que acabou na sétima posição. Tarquini alcançou Gené e o deixou pra trás.
E a corrida terminou desta forma, com Tarquini em primeiro, seguido de Gené e Larini em terceiro lugar. O brasileiro Augusto Farfus fechou a zona de pontuação com o oitavo lugar.
Após a prova, os comissários puniram Gabriele Tarquini com a perda de cinco posições no grid de largada para a próxima corrida. Tudo porque ele cortou uma chincane na primeira volta desta segunda corrida, mas como a confusão na largada era grande, os comissários entenderam que não seria possível Tarquini saber a quem devolver a posição, por isso sua punição ficou para a próxima corrida que acontecerá no Japão, dias 24 e 25 de outubro.
A classificação do campeonato ficou da seguinte forma:
1 Yvan Muller 95
2 Gabriele Tarquini 86
3 Robert Huff 64
4 Rickard Rydell 62



TALLADEGA

DESTAQUE DE SEXTA-FEIRA (03/10/2008)

Neste fim de semana será disputada a quarta etapa do chase da Nascar em Talladega. A briga parece ficar mesmo entre Carl Edwards e Jimmie Johnson. O tradicional circuito pode trazer surpresas já que é conhecido pelo alto número de acidentes. Se algum dos ponteiros se envolver em alguma confusão, pode entregar de bandeja ao rival o título da temporada. Confira como está a classificação do campeonato: 1 Jimmie Johnson 5575, 2 Carl Edwards 5565, 3 Greg Biffle 5545, 4 Jeff Burton 5454, 5 Kevin Harvick 5439, 6 Jeff Gordon 5432, 7 Clint Bowyer 5411, 8 Dale Earnhardt Jr. 5385, 9 Matt Kenseth 5383, 10 Denny Hamlin 5332, 11 Tony Stewart 5320 e 12 Kyle Busch 5264.

DESTAQUE DE SÁBADO (04/10/2008)
As coisas na Nascar parecem ser feitas sob medida para dar mais emoção. Desta vez, por exemplo, nenhum dos doze pilotos que disputam o título ficou entre os onze primeiros do grid. Eles partirão lá de trás o que acaba fazendo a prova virar sinônimo de emoção pura. Dale Earnhardt Jr., tido com um dos favoritos a prova, por se adaptar bem ao estilo do circuito, sofreu um acidente nos treinos livres realizados ontem e vai com o carro reserva para a prova. Carl Edwards, principal candidato ao título ao lado de Jimmie Johnson, é o melhor colocado dos que estão nos playoffs. Ele largará na décima segunda posição. Confira a posição dos outros onze finalistas: Jimmie Johnson – 20º, Greg Biffle – 22º, Jeff Burton – 17º, Kevin Harvick – 39º, Jeff Gordon – 26º, Clint Bowyer – 35º, Dale Earnhardt Jr. – 15º, Matt Kenseth – 31º, Denny Hamlin – 36º, Tony Stewart – 34º e Kyle Busch – 37º. A pole ficou com Travis Kvapil (foto).

DESTAQUE DE DOMINGO (05/10/2008)

Talladega é Talladega e é sempre promessa de boa corrida e com Big One. Hoje não foi diferente e o Big One destruidor de finalistas apareceu no fim da prova. Dos dozes participantes do playoff, seis foram envolvidos no acidente. Alguns conseguiram voltar e outros tiveram que abandonar. Carl Edwards tocou em Greg Biffle e a confusão de carros para todo lado começou (ver vídeo).
A vida não foi fácil para os candidatos ao título. Na volta 24 Jimmie Johnson perdeu uma volta com relação aos líderes porque foi abandonado por todos os outros pilotos (neste circuito, os pilotos andam praticamente um empurrando o outro (ver vídeo)). Na 54 aconteceu um acidente e Jeff Gordon acabou levando a pior e teve que abandonar a prova (ele voltou horas depois, mas muitas voltas atrás). Jimmie Johnson também saiu no prejuízo, pois os destroços prejudicaram o seu carro e ele teve que fazer uma parada prematura. Na 92 foi a vez de Denny Hamlin abandonar após um pneu furado. Na 140 Carl Edwards rodou sozinho na saída dos boxes. Na 164 Kevin Harvick saiu da pista e perdeu várias posições. E na 174, o grande momento da corrida. O Big One!
Tony Stewart se deu bem e escapou do acidente e venceu a prova.
A próxima etapa será Sábado que vem em Lowe’s.
Confira a classificação do campeonato:
1 Jimmie Johnson 5718
2 Carl Edwards 5646
3 Greg Biffle 5641
4 Jeff Burton 5619
5 Clint Bowyer 5566
6 Kevin Harvick 5547
7 Tony Stewart 5515
8 Jeff Gordon 5486
9 Matt Kenseth 5473
10 Dale Earnhardt Jr. 5469
11 Kyle Busch 5387
12 Denny Hamlin 5383

5 comentários

  1. Olá venha participar da primeira edição do aonde aconteceu no meu blog
    http://formula1stats.blogspot.com/
    Os acertadores ganharam prÊmios
    1º Colocado Foto do Niki Lauda Autografada
    2º Colocao Foto de Jody SCHECKTER Autografada
    3º carro vencedor da prova
    Outros acertadores Foto do carro que chegou em segundo
    vlw pessoal
    Boa sorte

     
  2. Faltou seu email lah no post

     
  3. Felipão Says:
  4. Sensacional, Thiago e Gisele

    Aliás...

    Eu mudei o link do meu blog:

    http://blogsportbrasil.blogspot.com/

    Será que vcs poderiam trocá-lo na sua lista de links???

    Desculpe o incômodo

    Obrigado

    Felipe

     
  5. GiglioF1 Says:
  6. Thiago,

    Belo Post!!!...Acho que Farfus dará um passo adiante e de resto nao ha muito que dizer...
    Abraco!!!

     
  7. Pezzolo Says:
  8. o speed já estreou na nascar?

     

Calendário

Videoteca

Twitter


Postagens populares

Newsletters