Subscribe to web2feel.com
Subscribe to web2feel.com

20 anos do primeiro passo rumo à eternidade - Hungria

Postado por Thiago Raposo terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Campinas - Olá amigos! Continuando (atrasado) o especial sobre os 20 anos do primeiro título do brasileiro Ayrton Senna, vamos relembrar um pouco a décima corrida daquela temporada, o grande prêmio da Hungria. Para você que perdeu os primeiros capítulos desta série, clique aqui para ler.


Hungria


Pela primeira vez no ano os carros com motores aspirados se igualaram ao com turbo na qualificação e o grid ficou bem heterogêneo. Porém, mesmo com esta mudança, a pole continuou com Ayrton Senna, pela oitava vez em dez corridas no ano. Seu rival na briga pelo título, o francês Alain Prost, não teve o mesmo desempenho e ficou apenas com o sétimo melhor tempo. Mansell dividiu a primeira fila com Senna enquanto Piquet largou da 13ª posição e Gugelmin da 8ª.
Na largada Mansell partiu com tudo para cima de Senna, mas o brasileiro conseguiu manter a liderança. Prost, por outro lado, largou mal e caiu para nona posição. Na 11ª volta, o inglês colou no brasileiro e a ultrapassagem parecia ser questão de tempo, mas Mansell, como sempre, foi com muita sede ao pote, colocou a roda traseira direita fora da pista e rodou. O piloto voltou em quarto, logo a frente de Prost que já era o quinto.
O dia parecia ser do francês. Veio lá de trás numa corrida de recuperação e na 27ª volta deixou Mansell para trás e pulou para quarta posição. Na 31º aproveitou da parada de boxe de Patrese e ocupou o terceiro posto. Na 46ª foi para cima de Boutsen e fez a ultrapassagem. Foi então para cima de Senna e conseguiu a ultrapassagem, mas levou o ‘x’ do brasileiro.
Senna teve que lutar muito para manter a posição, mas no fim conseguiu a sexta vitória na temporada. Prost chegou apenas 0.529 segundos atrás do brasileiro. Thierry Boutsen completou o pódio com a terceira posição. Piquet foi o oitavo e Gugelmin em quinto.
A classificação do campeonato ficou assim:
1) Alain PROST 66
Ayrton SENNA 66
3) Gerhard BERGER 28
4) Michele ALBORETO 16
Thierry BOUTSEN 16
6) Nelson PIQUET 15
7) Derek WARWICK 9
8) Nigel MANSELL 6
Alessandro NANNINI 6
10) Jonathan PALMER 5
Mauricio GUGELMIN 5

1 Responses to 20 anos do primeiro passo rumo à eternidade - Hungria

  1. Ylan Marcel Says:
  2. Pessoal, vcs já imaginaram o Nico Rosberg pegando onda e Mark Webber vomitando durante um GP? Pois dê uma conferida no meu blog, o Motorizado (www.motorizado.wordpress.com) e curta os vídeos. É bastante curioso. Abração.

     

Calendário

Videoteca

Twitter


Postagens populares

Newsletters