Subscribe to web2feel.com
Subscribe to web2feel.com

O Futuro se impõe e o Passado não se agüenta

Postado por Thiago Raposo sábado, 31 de janeiro de 2009

Campinas – Há um ano a Renault fazia o lançamento oficial do novo carro. Após anunciar Fernando Alonso e o brasileiro Nelson Piquet como os pilotos titulares, o grande destaque foi o anúncio de Lucas di Grassi como piloto de teste.

Lucas, que já fazia parte do programa de novos talentos da equipe, foi vice-campeão da GP2 em 2007. O brasileiro era cotado como a grande promessa do automobilismo nacional, ao lado de Bruno Senna.
Um ano se passou e tudo desandou na carreira do piloto. Fez meia temporada fantástica na GP2 em 2008, mas mesmo com o ótimo desempenho, não conseguiu lugar na Fórmula 1. Era cotado na Renault caso um dos dois titulares saísse, porém isto não aconteceu. Era cotado para a Honda, mas a equipe abandonou a categoria. De quebra perdeu o cargo de piloto de teste na Renault para Romain Grosjean.
- Lucas, que ainda não definiu o futuro, não deveria desistir. Já provou que tem talento e deveria voltar a GP2, para mais um ano, e conquistar o título. Ficaria difícil continuar rejeitando ele na F1 caso isto acontecesse. Se o piloto seguir a alternativa, que seria o automobilismo norte-americano, pode se arrepender amargamente no futuro, por ter desistido da luta.
A matéria foi tirada do Blog do Gomes, que dispensa apresentação.

Clique na imagem para vê-la maior!

Calendário

Videoteca

Twitter


Postagens populares

Newsletters