Subscribe to web2feel.com
Subscribe to web2feel.com

COBERTURA CAMPEÃ DO FIM DE SEMANA

Postado por Thiago Raposo quinta-feira, 5 de março de 2009

Campinas - Começamos mais uma cobertura campeã do fim de semana. Gostaria de lembrar a todos que este post é atualizado diversas vezes no decorrer das competições com: resultados, comentários, fotos, vídeos e tudo mais para levar a você o melhor da velocidade!
Não deixem de passar aqui nos próximos 3 dias para ver tudo o que rolou no Brasil e no Mundo sobre 2 e 4 rodas.
Abraços!

Clique nos links abaixo para acompanhar os destaques de uma categoria específica, ou se preferir, desça a barra de rolagem para ver o resumo total do fim de semana!



Curitiba
Programação:
06/03/2009
08:30 - LEG 1
07/03/2009
07:20 - LEG 1
Destaques:


Curitiba
Programação:
06/03/2009
08:55 – SS 1: CAMPO MAGRO
10:05 – SS 2: OURO FINO
10:45 – SS 3: CURITIBA
11:10 – SS 4: CAMPO MAGRO
14:50 – SS 5: CURITIBA
15:15 – SS 6: CAMPO MAGRO
15:45 – SS 7: OURO FINO

07/03/2009
08:20 – SS 8: BOCAIÚVA
09:00 – SS 9: RIO PESQUEIRO
09:30 – SS 10: DOM PEDRO
12:05 – SS 11: RIO PESQUEIRO
12:35 – SS 12: DOM PEDRO
13:10 – SS 13: CAMPINA

Destaques:


Daytona
Dia: 06/03/2009
Hora: 20:00

Destaques:


São Paulo
Dia: 07/03/2009
Hora: 13:45

Destaques:
Sábado de muito trabalho para as equipes e pilotos que disputam a Fórmula São Paulo, categoria integrante do Campeonato Paulista de Velocidade no Asfalto e que teve neste final de semana a segunda etapa da temporada 2009. Para a principal categoria de acesso aos carros do tipo monoposto, a rodada teve uma pequena alteração na sua programação habitual, que colocou tomada de tempos e corrida no mesmo dia.
Mas o trabalho dobrado no autódromo rendeu uma das provas mais eletrizantes da Fórmula São Paulo nos últimos tempos – com destaque para a intensa disputa entre os três primeiros colocados. Quem saiu na frente foi Amorim Júnior, um dos mais experientes no grid da Fórmula São Paulo, que marcou a pole position e manteve a primeira posição depois da largada.
Mas, desde o início, o líder foi seguido de perto por Bruno Andrade (2º no grid) e Jorge Calaça Neto (3º). Com o passar das voltas, os três se aproximaram a ponto de começarem a disputa pela liderança – primeiro entre Amorim e Andrade, em seguida entre Amorim e Calaça e, já nas últimas voltas, entre Andrade e Calaça.
Foram várias tentativas de ultrapassagens, derrapagens controladas e momentos de pura emoção entre os três primeiros. Foi com pouco mais de três voltas para o final que Bruno Andrade tomou a liderança e se aproveitou da disputa entre Amorim Júnior e Jorge Calaça pelo segundo lugar, para abrir uma pequena, mas considerável vantagem dado o equilíbrio da disputa.
Foi assim que Bruno conseguiu espaço suficiente para liderar as duas voltas finais e cruzar a linha de chegada na frente – ainda na sua terceira corrida pela categoria. “Foi uma corrida muito difícil. Em certo momento eu até diminui um pouco o ritmo, pois a disputa entre o Amorim e o Jorge (Calaça) era tão intensa que eu preferi evitar um toque com eles. Mas chegou uma hora que não tinha como não participar da briga, porque meu carro estava muito rápido. Estou muito feliz de ter vencido essa prova”, vibrou o piloto que há pouco tempo completou 18 anos.
Para Jorge Calaça, terceiro colocado na corrida e protagonista das principais disputas durante a prova, o resultado teve um fator decisivo. “Ganhou quem errou menos”, definiu. “Foi uma corrida muito difícil e o Bruno conseguiu levar a melhor. Está de parabéns”, comentou Calaça.
Mais que sua primeira vitória na categoria, Bruno Andrade também conquistou neste sábado a liderança do campeonato da Fórmula São Paulo – já que na primeira etapa tinha terminado a prova na terceira colocação. Confira quem foram os seis primeiros na 2ª etapa da Fórmula São Paulo e como fica a classificação do campeonato:

Resultado – 2ª etapa
1) Bruno Andrade
2) Amorim Júnior
3) Jorge Calaça Neto
4) Arthur Gaggini
5) Dieckle Backer
6) Renan Gama

Classificação após duas etapas (extra-oficial):
1) Bruno Andrade, 32 pontos
2) Amorim Júnior, 25
3) Michel Aboissa, 20
4) Arthur Gaggini, 18
5) Leandro Florenzo, 15

Assessoria de Imprensa da Spyder Race
Inova Comunicação – Rafael Durante (Mtb 48.044)
Contatos: (11) 5012 3090 / 7320 8666
e-mail: rafaeld@terra.com.br



Curitiba - Primeira Corrida
Dia: 08/03/2009
Hora: 10:20

Destaques:
O primeiro dia de treinos para a abertura da temporada 2009 do Porsche GT3 Cup Challenge Brasil, em Curitiba, confirmou a competitividade da categoria e aumentou a expectativa de um campeonato extremamente disputado. Em um treino com os 11 primeiros classificados dentro do mesmo segundo, o paulista Guilherme Figueirôa marcou o melhor tempo do dia. As corridas acontecerão como preliminares da etapa de abertura do WTCC (Campeonato Mundial de Carros de Turismo).
Figueirôa atribuiu o resultado ao cuidado com a preparação física e à dedicação aos treinos da categoria. “Nos últimos dois anos, dei uma relaxada nesses aspectos. Voltei a me empenhar como deveria e os resultados começam a aparecer”, comemorava.
Todos os pilotos registraram seus melhores tempos na segunda sessão, em que a temperatura ambiente estava mais amena. Ricardo Baptista, o mais rápido na primeira sessão, ficou em segundo lugar. Sérgio Ribas, único paranaense inscrito, ficou em terceiro lugar, seguido por Tom Valle. Maurizio Billi, o mais rápido nos testes de pré-temporada realizados em fevereiro em Interlagos, foi o quinto colocado, com Clemente Lunardi fechando os seis primeiros.
Neste sábado, os pilotos do Porsche GT3 Cup voltarão à pista para mais três sessões de treinos livres. A definição do grid de largada acontecerá entre 17:00 e 17:45. As duas provas acontecerão no domingo, com a primeira começando às 10:20 e a segunda às 14:35.

Os melhores tempos desta sexta-feira:
1) 9-Guilherme Figueirôa, 1:24.744, média 156,96 km/h
2) 27-Ricardo Baptista, 1:24.751
3) 64-Sérgio Ribas, 1:24.982
4) 99-Tom Valle, 1:24.992
5) 34-Maurizio Billi, 1:25.018
6) 7-Clemente Lunardi, 1:25.084
7) 8-Marcelo Ometto, 1:25.160
8) 51-Otávio Mesquita, 1:25.346
9) 55-Marcel Visconde, 1:25.436
10) 3-Luís Zattar, 1:25.487
11) 52-Beto Posses, 1:25.645
12) 5-Antônio Hermann, 1:26.035
13) 36-Charles Reed, 1:26.268
14) 10-Adalberto Baptista, 1:27.276

Porsche GT3 Cup Challenge Brasil
www.porschegt3cupbrasil.com.br
Assessoria de imprensa
Luiz Alberto Pandini − LetraDelta Editora e Comunicação
(11) 3266-4435
pandini@letradelta.com.br


Primeiro Treino Livre
O primeiro treino livre deste sábado para as provas do Porsche GT3 Cup Challenge Brasil terminou com mais um piloto no topo da folha de tempos. Tom Valle fez o melhor tempo em mais um treino marcado pelo equilíbrio entre os participantes: nove carros ficaram dentro do mesmo segundo. Miguel Paludo, campeão de 2008, ficou em segundo lugar, seguido por Ricardo Baptista.
Os pilotos da Porsche terão mais dois treinos livres, às 11H30 e às 14:00, antes do treino classificatório que acontecerá às 17:00.
Os tempos do primeiro treino deste sábado:

1) 99-Tom Valle, 1:24.131
2) 77-Miguel Paludo, 1:24.199
3) 27-Ricardo Baptista, 1:24.290
4) 8-Marcelo Ometto, 1:24.298
5) 64-Sérgio Ribas, 1:24.356
6) 00-Constantino Júnior, 1:24.596
7) 55-Marcel Visconde, 1:24.781
8) 34-Maurizio Billi, 1:24.849
9) 51-Otávio Mesquita, 1:25.102
10) 52-Beto Posses, 1:25.366
11) 36-Charles Reed, 1:25.450
12) 3-Luís Zattar, 1:25.501
13) 10-Adalberto Baptista, 1:26.528

Todos com Porsche 911 GT3 Cup equipados com pneus Yokohama.
O Porsche GT3 Cup Challenge Brasil tem patrocínio de Stuttgart Sportcar, Yokohama, Beta, Mobil e Racing.
FOTO: Tom Valle, o mais rápido no primeiro treino deste sábado. Crédito: divulgação Porsche GT3 Cup/Vinicius Nunes-JV Photo Racing

Porsche GT3 Cup Challenge Brasil
www.porschegt3cupbrasil.com.br
Assessoria de imprensa
Luiz Alberto Pandini − LetraDelta Editora e Comunicação
(11) 3266-4435
pandini@letradelta.com.br


Segundo Treino Livre
Ricardo Baptista, campeão do Porsche GT3 Cup Challenge Brasil em 2007, encabeçou a folha de tempos no quarto treino livre para as provas de abertura do campeonato de 2009, que serão disputadas neste domingo (8 de março) em Curitiba, como preliminares da etapa inicial do WTCC (Campeonato Mundial de Carros de Turismo). Baptista marcou 1:23.899, um tempo muito bom para as condições do clima e da pista na manhã deste sábado.
Mais uma vez, o equilíbrio foi a tônica nos treinos do Porsche GT3 Cup: os oito primeiros colocados ficaram dentro do mesmo segundo. Constantino Júnior, vice-campeão de 2008, foi o segundo mais rápido, com Sérgio Ribas, Maurizio Billi, Miguel Paludo e Antônio Hermann completando os seis primeiros colocados.
O terceiro treino livre do Porsche Cup acontece das 14:00 às 14:45. O treino classificatório para a prova 1 acontecerá às 17:00. O resultado desta prova define o grid da prova 2.
Os tempos do segundo treino deste sábado:

1) 27-Ricardo Baptista, 1:23.899
2) 00-Constantino Júnior, 1:24.032
3) 64-Sérgio Ribas, 1:24.120
4) 34-Maurizio Billi, 1:24.577
5) 77-Miguel Paludo, 1:24.616
6) 5-Antônio Hermann, 1:24.766
7) 9-Guilherme Figueirôa, 1:24.802
8) 51-Otávio Mesquita, 1:24.869
9) 8-Marcelo Ometto, 1:24.954
10) 52-Beto Posses, 1:25.004
11) 99-Tom Valle, 1:25.031
12) 55-Marcel Visconde, 1:25.088
13) 36-Charles Reed, 1:25.289
14) 10-Adalberto Baptista, 1:26.114
Sem tempo:
3-Luís Zattar
7-Clemente Lunardi
31-Marcos Barros

Todos com Porsche 911 GT3 Cup equipados com pneus Yokohama.
O Porsche GT3 Cup Challenge Brasil tem patrocínio de Stuttgart Sportcar, Yokohama, Beta, Mobil e Racing.
FOTO: Ricardo Baptista, o mais rápido do segundo treino livre do Porsche GT3 Cup neste sábado. Crédito: divulgação Porsche GT3 Cup/Vinicius Nunes-JV Photo Racing
Porsche GT3 Cup Challenge Brasil
www.porschegt3cupbrasil.com.br
Assessoria de imprensa
Luiz Alberto Pandini − LetraDelta Editora e Comunicação
(11) 3266-4435
pandini@letradelta.com.br


Terceiro Treino Livre
O último treino livre do Porsche GT3 Cup Challenge Brasil, realizado na tarde deste sábado em Curitiba, foi praticamente um duelo entre Miguel Paludo e Constantino Júnior, respectivamente campeão e vice de 2008. Eles fizeram os dois melhores tempos da sessão, com Paludo marcando 1:23.742 e baixando em um segundo o tempo obtido no treino anterior por Ricardo Baptista.
Baptista, Sérgio Ribas, Guilherme Figueirôa e Antônio Hermann completaram os seis primeiros colocados de uma sessão que teve a participação de 12 pilotos. Os Porsche 911 GT3 Cup entrarão na pista a partir das 17:00 para o treino classificatório que define o grid da prova 1, cuja largada está prevista para as 10h20. O resultado desta prova define o grid da prova 2, que acontecerá às 14:35. As duas corridas tem duração prevista de 25 minutos mais uma volta.
Os tempos do terceiro treino livre deste sábado:

1) 77-Miguel Paludo, 1:23.742
2) 00-Constantino Júnior, 1:23.925
3) 27-Ricardo Baptista, 1:23.434
4) 64-Sérgio Ribas, 1:24.491
5) 9-Guilherme Figueirôa, 1:24.861
6) 5-Antônio Hermann, 1:24.879
7) 34-Maurizio Billi, 1:24.929
8) 36-Charles Reed, 1:25.208
9) 99-Tom Valle, 1:25.239
10) 51-Otávio Mesquita, 1:25.261
11) 3-Luís Zattar, 1:25.433
12) 10-Adalberto Baptista, 1:25.940

Sem tempo:
7-Clemente Lunardi
8-Marcelo Ometto
9-Guilherme Figueirôa
31-Marcos Barros
52-Beto Posses
55-Marcel Visconde

Todos com Porsche 911 GT3 Cup equipados com pneus Yokohama.
O Porsche GT3 Cup Challenge Brasil tem patrocínio de Stuttgart Sportcar, Yokohama, Beta, Mobil e Racing.
Porsche GT3 Cup Challenge Brasil
www.porschegt3cupbrasil.com.br
Assessoria de imprensa
Luiz Alberto Pandini − LetraDelta Editora e Comunicação
(11) 3266-4435
pandini@letradelta.com.br


Classificação
O novo sistema de classificação implantado pelo Porsche GT3 Cup Challenge Brasil para a temporada de 2009 fez com que a emoção das corridas se estendesse também para os treinos. E transformou a luta pela pole position em uma verdadeira batalha, da qual Constantino Júnior saiu-se vencedor com direito a novo recorde da pista: 1:23.083. As duas provas iniciais serão realizadas em Curitiba como preliminares do WTCC (Campeonato Mundial de Carros Turismo).
Inspirado na Fórmula 1, o novo sistema de classificação divide o treino em duas partes. Na primeira, andam todos os pilotos. Os dez primeiros classificados partem para o “Top 10” para definir as cinco primeiras filas do grid. No Qualifying 1, os 11 primeiros classificados ficaram no mesmo segundo. Passaram para o “Q2” Constantino, Tom Valle, Miguel Paludo, Ricardo Baptista, Guilherme Figueirôa, Marcelo Ometto, Clemente Lunardi, Sérgio Ribas, Maurizio Billi e Otávio Mesquita, que terminaram nesta ordem. Marcel Visconde, o 11º colocado, fez exatamente o mesmo tempo de Mesquita (1:24.631), mas ficou com a pior posição porque sua marca foi obtida depois do concorrente, conforme determina o regulamento da FIA.
O Q2 teve três pilotos ocupando a pole position nas fases decisivas do treino. Ricardo Baptista foi o primeiro a marcar um bom tempo. Depois, Paludo e Constantino se revezaram na ponta, enquanto Baptista e Valle lutavam pelo terceiro lugar. Paludo fez um excelente tempo (1:23.600, o melhor do final de semana até ali) e parecia ter assegurado a pole. No último minuto do treino, Constantino conseguiu uma volta fantástica em 1:23.083, assegurando a posição de honra. Também no final, Baptista tomou o terceiro lugar de Valle.
O quinto lugar ficou com Sérgio Ribas, em um de seus melhores desempenhos. Mesquita, Lunardi, Figueirôa, Billi e Ometto completaram os dez primeiros colocados. O novo sistema de classificação agradou à maioria dos pilotos. “Cria uma nova emoção: é preciso monitorar uma série de parâmetros para conseguir um bom lugar no grid. Consegui um tempo fantástico por uma combinação de fatores favoráveis”, explica.
A prova 1 tem largada prevista para as 10h20. O resultado desta prova define o grid da prova 2, que acontecerá às 14:35. As duas corridas tem duração prevista de 25 minutos mais uma volta.
O grid de largada para a primeira prova deste domingo é o seguinte:

Q1

1) 00-Constantino Júnior, 1:23.083, média de 160,10 km/h
2) 77-Miguel Paludo, 1:23.600
3) 27-Ricardo Baptista, 1:23.760
4) 99-Tom Valle, 1:23.807
5) 64-Sérgio Ribas, 1:24.007
6) 51-Otávio Mesquita, 1:24.147
7) 7-Clemente Lunardi, 1:24.251
8) 9-Guilherme Figueirôa, 1:24.251
9) 34-Maurizio Billi, 1:24.281
10) 8-Marcelo Ometto, 1:24.719

Q2
11) 55-Marcel Visconde, 1:24.631
12) 52-Beto Posses, 1:24.666
13) 3-Luís Zattar, 1:25.005
14) 36-Charles Reed, 1:25.020
15) 5-Antônio Hermann, 1:25.042
16) 10-Adalberto Baptista, 1:26.026
17) 31-Marcos Barros, sem tempo

Todos com Porsche 911 GT3 Cup equipados com pneus Yokohama.
O Porsche GT3 Cup Challenge Brasil tem patrocínio de Stuttgart Sportcar, Yokohama, Beta, Mobil e Racing.
FOTOS: Constantino Júnior (carro 00) é o pole position; Miguel Paludo (77) completa a primeira fila. Fotos: divulgação Porsche GT3 Cup/Vinicius Nunes-JV Photo Racing.
Porsche GT3 Cup Challenge Brasil
www.porschegt3cupbrasil.com.br
Assessoria de imprensa
Luiz Alberto Pandini − LetraDelta Editora e Comunicação
(11) 3266-4435
pandini@letradelta.com.br


Resultado Primeira Prova
O equilíbrio predominante em todos os treinos do Porsche GT3 Cup Challenge Brasil em Curitiba se repetiu na abertura do campeonato. Constantino Júnior venceu a primeira prova deste domingo (8 de março), disputada como preliminar do WTCC, depois de reeditar os duelos de 2008 com Miguel Paludo, o segundo colocado. As mais de 20.000 pessoas presentes ao autódromo paranaense assistiram a uma corrida emocionante, em que não faltaram carros andando juntos na disputa por posições.
A corrida começou com Constantino assumindo a ponta na largada, seguido por Paludo, Tom Valle, Clemente Lunardi, Otávio Mesquita e Guilherme Figueirôa. Na entrada do miolo, Lunardi e Mesquita ultrapassaram Valle. Enquanto Constantino e Paludo disputavam a ponta, Mesquita, Valle, Lunardi e Figueirôa brigavam pelo terceiro lugar. Na sétima volta, Figueirôa tentou ultrapassar Mesquita no final da reta e rodou ao passar pela grama no lado interno. Os dois pilotos colidiram e Mesquita precisou abandonar, enquanto Figueirôa perdeu uma volta com o acidente. Valle, Sérgio Ribas e Marcelo Ometto passaram a andar em terceiro, quarto e quinto lugares, posições em que terminaram a prova.
Na frente, a disputa pela ponta durou até Paludo ter um problema de freio que o obrigou a frear o carro por meio de reduções de marchas para escapar de um acidente. Provavelmente como conseqüência dessa manobra, o atual campeão começou a ter dificuldades nas reduções de marcha, deixando o caminho livre para Constantino.
Depois de todos esses acontecimentos, as últimas voltas tiveram como atrações a briga pelo sexto lugar, com Ricardo Baptista ganhando a posição de Beto Posses na última volta, e pelo oitavo, com Marcel Visconde, Clemente Lunardi, Maurizio Billi, Antônio Hermann e Charles Reed andando em bloco nas últimas voltas. Adalberto Baptista acompanhou este grupo durante muito tempo, mas atrasou-se ao rodar na entrada do miolo.
O resultado final da prova 1 foi o seguinte:

1) 00-Constantino Júnior, 19 voltas em 26:55.884, média de 156,40 km/h
2) 77-Miguel Paludo, a 7.182
3) 99-Tom Valle, a 9.505
4) 64-Sérgio Ribas, a 12.093
5) 8-Marcelo Ometto, a 12.677
6) 27-Ricardo Baptista, a 14.648
7) 52-Beto Posses, a 16.168
8) 55-Marcel Visconde, a 25.481
9) 7-Clemente Lunardi, a 25.599
10) 34-Maurizio Billi, a 26.041
11) 5-Antônio Hermann, a 26.652
12) 36-Charles Reed, a 27.819
13) 10-Adalberto Baptista, a 58.805
14) 51-Otávio Mesquita, a 13 voltas

Desclassificado
9-Guilherme Figueirôa, a 1 volta

Não largaram
3-Luís Zattar
31-Marcos Barros

Melhor volta: Tom Valle, 1:23.926, média de 158,49 km/h

Todos com Porsche 911 GT3 Cup equipados com pneus Yokohama.

Classificação do campeonato após a primeira prova: 1) Constantino Júnior, 20 pontos; 2) Miguel Paludo, 18; 3) Tom Valle, 16; 4) Sérgio Ribas, 14; 5) Marcelo Ometto, 12; 6) Ricardo Baptista, 10; 7) Beto Posses, 9; 8) Marcel Visconde, 8; 9) Clemente Lunardi, 7; 10) Maurizio Billi, 6; 11) Antônio Hermann, 5; 12) Charles Reed, 4; 13) Adalberto Baptista, 3; 14) Otávio Mesquita, 1. Sem pontos: Guilherme Figueirôa, Luís
Zattar e Marcos Barros.

O Porsche GT3 Cup Challenge Brasil tem patrocínio de Stuttgart Sportcar, Yokohama, Beta, Mobil e Racing.
FOTOS: Constantino Júnior (00) recebe a bandeirada; Miguel Paludo (77), segundo colocado; Tom Valle (99), terceiro; a largada da prova; o pódio com os seis primeiros. Crédito: divulgação Porsche GT3 Cup/Vinicius Nunes-JV Photo Racing.
Porsche GT3 Cup Challenge Brasil
www.porschegt3cupbrasil.com.br
Assessoria de imprensa
Luiz Alberto Pandini − LetraDelta Editora e Comunicação
(11) 3266-4435
pandini@letradelta.com.br



São Paulo
Dia: 08/03/2009
Hora: 11:00

Destaques:
Com as tenções naturais, presentes a toda estréia, o paulista Natan Silva (G-Force Engeneering) conquistou o direito de comandar a primeira largada da Super Fórmula 2.0, categoria que faz, neste domingo (08/03), sua estréia, durante a programação da 2ª etapa do Campeonato Paulista de Velocidade no Asfalto, em Interlagos (SP).
A pole conquistada com o tempo de 1min38seg798, teve um significado muito especial, pois fica registrada como a primeira pole de Nathan no automobilismo e também da história da Super Fórmula 2.0.
Mesmo enfrentando problemas nas entradas de curva, onde o paulista não conseguia evitar o bloqueio do pneu dianteiro esquerdo, Nathan foi 0s347 mais rápido que o estreante Victor Guerim (Dragão Motorsport / Preserv / Blaüsiegel Medicamentos) que, ao contrário de Nathan, não reclamou de seu fórmula, apenas elogiou.
O terceiro piloto no grid será Oswaldo Fragnani Jr., seguido pelo também estreante Nuno Lázaro. O paulista Jorge Roselli, que participará também da 2ª etapa da Fórmula São Paulo, foi acometido dos famosos “problemas de corrida” e sequer conseguiu completar uma volta cronometrada. Segundo informações fornecidas pela equipe, o problema foi elétrico e já foi solucionado.
A sexta participante desta primeira etapa, a curitibana Sara Sanchez, com muita febre, mesmo presente ao Autódromo, não se encontrava em condições de classificar e, caso melhore, fechará o grid da prova prevista para iniciar às 10h00 deste domingo (08/03), dia internacional da mulher.

Veja como ficou o grid para a etapa inaugural da Super Fórmula 2.0

1º) Nathan Silva, 1m38s798;
2º) Victor Guerin, a 347;
3º) Oswaldo Fragnani Jr., a 1s208;
4º) Nuno Lázaro, a 3s094.
5º) Jorge Roselli (sem tempo)
6º) Sara Sanchez (sem tempo)

Imprensa Super Fórmula 2.0

Texto e foto: Décio Ribeiro

(11) 7832-1771

Nextel – 55*82*68144



O paulista Nathan Silva foi absoluto na estréia da Super Fórmula 2.0, liderou a prova de ponta a ponta e tornou-se o primeiro vencedor da categoria que estreou neste domingo (08/03), no autódromo Municipal José Carlos Pace (Interlagos), em São Paulo.
A vitória foi bastante festejada pela equipe, no parque fechado. “Havia óleo na pista e cheguei dar uma escorregada, mas consegui retornar e estou muito feliz”, afirmou Nathan. O também paulista Victor Guerin, segundo colocado em sua brilhante estréia, não escondia o contentamento com o rendimento do carro e sua atuação. “Estava muito ansioso antes da largada, mas foi tudo ótimo, estou bastante satisfeito”, revela o piloto.
Nas primeiras voltas, as atenções se voltaram para o duelo entre Nathan e Victor, que travavam um intenso duelo pela liderança. Mais experiente, Nathan soube poupar melhor os pneus de seu Super Fórmula 2.0, o que lhe deu vantagem sobre o estreante Guerin, vencendo a prova com mais de onze segundos de vantagem. Victor, em contrapartida, momento algum sofreu ameaça à sua posição, mantendo uma margem confortável para Jorge Roselli, o terceiro colocado. Juninho Fragnani e Nuno Lázaro disputavam, palmo a palmo, a quarta colocação. No Dia Internacional da Mulher, a curitibana Sara Sanchez, que fechava o grid, sequer completou a primeira volta por problemas no câmbio de seu fórmula.
Na última volta, Nuno Lázaro conquistou a terceira colocação. “Poderia ter sido melhor mas para primeira prova está bom”, conta. Juninho Fragnani e Jorge Roselli penaram com problemas no acerto do carro. Fragnani Jr. esclareceu que o carro saía muito de traseira, já Roselli estava com dificuldades para controlar a frente do monoposto.
No próximo dia 05 de abril, no Autódromo José Carlos Pace (Interlagos), acontece a 2ª etapa do campeonato paulista de Super Fórmula 2.0.

Confira o resultado da etapa inaugural da Super Fórmula 2.0:

1º) Nathan Silva (GForce Engenering), em 1h39s169;
2º) Victor Guerin (Dragão Motorsport), a 11s724;
3º) Nuno Lázaro (LRT), a 30s927;
4º) Juninho Fragnani, a 1m06s685;
5º) Jorge Roselli, a 3 voltas;
6º) Sara Sanchez, a 17 voltas
Melhor volta: Nathan Silva, a 1m39s169, média de 154km/h.

Imprensa Super Fórmula 2.0
Texto e foto: Décio Ribeiro
(11) 7832-1771
Nextel – 55*82*68144



São Paulo
Dia: 08/03/2009
Hora: 13:00

Destaques:
O final de semana – marcado pelo Dia Internacional da Mulher no próximo dia 08 – também será de muita velocidade em São Paulo. O autódromo de Interlagos, na zona sul da capital, recebe pilotos e equipes que disputam o Campeonato Paulista de Velocidade no Asfalto – torneio que reúne diversas categorias com destaque para a Spyder Race.
A etapa deste domingo, segunda da temporada, marcará a volta do sistema de rodadas simples ao evento, com duração de 45 minutos. A rodada deste domingo marca, também, a volta do veterano Celso Freitas ao grid, sexto colocado na Syper Race em 2008 e que ficou fora da etapa de abertura por causa de um problema muscular.
“Quatro dias antes da corrida eu tive um problema muscular nas costas e fui impedido de pilotar por 10 dias. Isso acabou me tirando da corrida e aumentando minha vontade de voltar a participar da categoria”, comentou Celso, que volta à competição vendo Hyppólito Martinez na liderança da tabela depois da vitória conquistada na abertura do campeonato.
Rodrigo Posses e José Cardoso, promovido da Spyder Race Light, completam os três primeiros colocados na classificação. Já na divisão para pilotos estreantes, Evandro Pelati foi quem levou a melhor na primeira etapa e agora lidera o campeonato – seguido por Ronaldo Kastropil e Alfredo Landsberger.
Os carros da Spyder Race aceleram em Interlagos já neste sábado a partir das 11h35, quando será realizada a tomada de tempos da categoria principal. Logo em seguida, às 12h, é a vez da Spyder Race Light definir seu grid de largada. A corrida – conjunta – está marcada para o domingo, às 12h.

Assessoria de Imprensa da Spyder Race
Inova Comunicação – Rafael Durante (Mtb 48.044)
Contatos: (11) 5012 3090 / 7320 8666
Fotos: Claudio Kolodziej / Divulgação
e-mail: rafaeld@terra.com.br


Classificação
Fonte: http://www.gpnews.com.br
O autódromo de Interlagos, na zona sul da capital paulista, vive um final de semana de grande movimentação com a segunda etapa do Campeonato Paulista de Velocidade no Asfalto. Entre as categorias que integram a competição, a Spyder Race é a que utiliza modelos protótipos equipados de motores 2.0 litros – que atingem velocidades máximas superiores a 200 km/h e estabelecem tempos de volta próximos, até mesmo, da Stock Car Light.
Neste sábado (07/3) os pilotos da Spyder Race entraram na pista para a tomada de tempos que definiu o grid de largada. Divididos em classe Sênior e classe Light – voltada para os estreantes na categoria, mas com equipamentos exatamente iguais – foram duas sessões de 15 minutos cada para buscarem o melhor tempo.
A pole-position ficou com o jovem Renan Guerra, um dos destaques da categoria desde 2008 quando optou pela Spyder Race para iniciar sua carreira no automobilismo. Ao seu lado na primeira fila, por outro lado, um dos pilotos mais experientes no grid de largada: Hyppólito Martinez, que prevê uma corrida bastante equilibrada neste domingo.
“Acho que a temperatura vai influenciar bastante na corrida, principalmente se continuar fazendo tanto calor em São Paulo. Vai se dar melhor quem tiver um bom acerto do carro para essas condições, uma vez que não dá para falar em poupar equipamento enquanto você está no calor de uma disputa”, comentou Hyppólito. Para se ter idéia, os treinos livres de sexta-feira da Spyder Race aconteceram sob sol e temperatura acima dos 31º C.
Renan Guerra, largando na primeira posição do grid, aposta no bom rendimento do seu carro para a corrida. “Durante a semana só treinei com pneus usados e estava ansioso para ver o desempenho do carro com os compostos novos. Para a classificação, coloquei pneus novos apenas na traseira e o carro ficou muito bom. Apesar de escapar um pouco de frente, principalmente pelos pneus desgastados na dianteira, o motor está rendendo muito bem e acredito no potencial dele para a prova”, avaliou.
A corrida da Spyder Race está marcada para o meio dia deste domingo em Interlagos – com duração de 45 minutos. A entrada para o público nas arquibancadas do autódromo é franca para acompanhar a categoria e as outras oito classes do evento. Confira como terminou o treino classificatório:
Grid de largada – Spyder Race e Spyder Race Light

1) Renan Guerra, 1m43s600
2) Hyppólito Martinez, 1m43s983
3) Fábio Perez, 1m44s270
4) Henrique Assunção, 1m44s614
5) Rodrigo Posses, 1m44s657
6) Sérgio Pistili, 1m44s693
7) Fernando Fortes, 1m45s687
8) José Cardoso, 1m45s879
9) Federico Fiamma (L), 1m46s124
10) Marco Cozzi (L), 1m46s312
11) Ivan Mendes, 1m46s802
12) Celso Freitas, 1m46s902
13) Ronaldo Kastropil (L), 1m47s591
14) Jácomo Sanzone (L), 1m47s652
15) Evandro Pelati (L), 1m48s442
16) Paulo Kato (L), 1m48s453
17) Alfredo Landsberger (L), 1m49s431
18) Mauro Fiamma (L), 1m49s572
19) Carlos Medeiros (L), 1m50s774

Assessoria de Imprensa da Spyder Race
Inova Comunicação – Rafael Durante (Mtb 48.044)
Contatos: (11) 5012 3090 / 7320 8666
e-mail: rafaeld@terra.com.br



Curitiba - Primeira Corrida
Dia: 08/03/2009
Hora: 13:00 (Ao Vivo - Sportv2)

Destaques:
Fonte: http://autosport.aeiou.pt
Campinas - Teve início a temporada 2009 do WTCC com a realização da primeira prova da rodada dupla do Brasil, em Curitiba. Os carros da SEAT dominaram o grid de largada e ficaram com as cinco primeiras posições.
Na largada, o brasileiro Augusto Farfus conseguiu dar o bote em Tiago Monteiro e pulou na quinta posição. Entre os primeiros, as trocas foram as seguintes: o sueco Rickard Rydell que largou em quinto pulou para terceiro, passando Monteiro e Gabriele Tarquini.
O alemão Jorg Muller abandonou a prova depois de se envolver num acidente com Alain Menu. Um pouco depois o inglês Robert Huff jogou o espanhol Felix Porteiro para fora da pista, mas o piloto conseguiu voltar. Huff abandonou a prova voltas mais tarde.
Farfus perdeu a posição depois da relargada, já que uma bandeira amarela foi acionada para arrumar a proteção de pneus danificada por um carro independente. Larini foi mais além e também deixou o português Tiago Monteiro para trás e pulou para a quinta posição. Farfus também passou Monteiro para ficar em sexto.
No fim nenhuma surpresa! Os carros da Seat na frente com o campeão Yvan Muller em primeiro, Jordi Gene em segundo, Rickard Rydell em terceiro, Gabriele Tarquini em quarto, Larini em quinto e Farfus em sexto.
Daqui a pouco será realizada a segunda prova do dia.




Campinas -
Nicola Larini e Tiago Monteiro sofreram uma punição de 30segundos acrescidos em seus tempos devido à manobra considerada perigosa na ultrapassagem do Augusto Farfus, durante a primeira prova da WTCC.
Com a decisão tomada pela organização da prova, os dois perderam a quinta e oitava posições, deixando o brasileiro com a quinta colocação e um ponto no campeonato.





Guaporé
Dia: 08/03/2009
Hora: 13:00 (Ao Vivo - Bandeirantes)

Destaques:
Sexta-feira
Fonte: http://www.formulatruck.com.br
Campinas - O primeiro dia de treinos da Fórmula Truck aconteceu nesta sexta-feira, em Guaporé, no autódromo recém-batizado como Vitacir Paludo, em homenagem ao piloto falecido em 2007 vítima do acidente da TAM.
No primeiro treino, Valmir Benavides, com caminhão Volks, marcou o melhor tempo, seguido de Diumar Bueno/Volvo e Beto Monteiro/Iveco na terceira posição. Já o segundo treino foi liderado por Djalma Fogaça e seu Ford, com Wellington Cirino/Mercedes e Valmir Benavides/Volks na seqüência.
Apesar do tempo bom que fez no Rio Grande do Sul esta semana, o sol não estava tão forte e nenhum piloto teve problemas com o aquecimento dos caminhões. Ainda assim, tivemos um acidente em cada um dos treinos desta sexta.
No primeiro, Urubatan Heliou Jr passou reto em uma curva e atingiu um posto de fiscais de pista (nem o piloto, nem os dois fiscais presentes sofreram acidentes); para que ele participasse dos treinos classificatórios, outro caminhão foi levado de Sorocaba para o autódromo. O segundo acidente foi com o argentino Gastón Mazzacane, que também bateu e destruiu seu caminhão.


Classificação
Fonte: http://www.formulatruck.com.br
Campinas - O favorito à pole, Djalma Fogaça, perdeu o posto para o paulista Felipe Giaffone, que marcou a posição com o tempo de 1:28.221. O sorocabano teve problemas com a alavanca do câmbio, algo que o deixou fora da super qualificação, sem chance de disputar melhores posições.
Participaram da super qualificação, além de Giaffone, Valmir Benavides, Roberval Andrade, Wellington Cirino, Geraldo Piquet, Renato Martins e Vignaldo Fízio. Esta também será a ordem de largada na prova de amanhã.
Djalma Fogaça sairá apenas na oitava colocação, mas apesar deste fato, o sorocabano afirmou: “Tenho condições de brigar pela vitória. Vou incomodar desde o início, meu Ford Cargo está rápido”. O companheiro de equipe, Urubatan Helou Jr que bateu o caminhão nos treinos de sexta, recebeu o novo bólido e fará sua estréia amanhã no pelotão de trás “Eu tenho a mesma fome do que ele [Djalma Fogaça] para correr e andar na frente. Só que ele treinou bem e está na turma da frente eu saio atrás e nem sei direito aonde tenho que frear!”, disse Helou Jr.
Vinte e três pilotos alinharão no grid para a prova deste domingo, que terá transmissão ao vivo pela Rede Bandeirantes, a partir das 13:00.


Corrida
Fonte: http://www.formulatruck.com.br
Campinas - Aconteceu hoje em Guaporé a primeira etapa da Fórmula Truck 2009. O grande vencedor foi o campeão da temporada 2007, Felipe Giaffone. O piloto largou da pole e ponta a ponta venceu a prova de abertura do campeonato.
Na largada, Roberval Andrade que largou na terceira posição foi com tudo para cima de Valmir Benavides e conquistou a segunda posição. Ainda na primeira volta o piloto Zé Maria foi tocado pela Débora Rodrigues e parou no pits com um pneu furado, mas conseguiu voltar à prova.
As emoções das primeiras voltas ficaram todas pelo duelo entre Renato Martins e Wellington Cirino pela quarta posição. Ficou ainda melhor quando foram alcançados por Djalma Fogaça e Geraldo Piquet. Na sétima volta, enfim, Renato conseguiu a ultrapassagem e pulou para a quarta posição. Duas voltas depois ele ultrapassou Benavides e ficou com a terceira posição.
Um pouco antes dos 20 minutos de prova, quando uma bandeira amarela foi acionada para juntar novamente o pelotão, o caminhão de Vinícius Ramires pegou fogo e o safety truck entrou na pista. Na relargada, Renato Martins passou Roberval Andrade para assumir a segunda posição. Enquanto isto Cirino abandonava a prova com problemas no caminhão.
Dois fortes acidentes no fim da prova. Danilo Dirani foi o primeiro a escapar da pista e bater na barreira de pneus. Duas voltas depois foi a vez de Débora Rodrigues, quase no mesmo ponto, escapar. Só que o acidente da piloto foi muito mais forte e ela acabou caindo no barranco atrás da barreira, mas por sorte os dois pilotos nada sofreram.
Confira os 6 primeiros colocados:
- Felipe Giaffone
- Renato Martins
- Roberval Andrade
- Valmir Benavides
- Djalma Fogaça
- Geraldo Piquet
- Beto Monteiro




São Paulo
Dia: 08/03/2009
Hora: 14:15

Destaques:


Curitiba - Segunda Corrida
Dia: 08/03/2009
Hora: 14:45

Destaques:
Mais um duelo e mais uma vitória. Constantino Júnior chegou à sua segunda vitória na temporada 2009 do Porsche GT3 Cup Challenge Brasil depois de mais um duelo. Desta vez, o desafiante foi Tom Valle, que saiu na frente, liderou as três primeiras voltas e terminou em segundo lugar a prova disputada em Curitiba como preliminar do WTCC. Miguel Paludo, Clemente Lunardi, Sérgio Ribas e Beto Posses completaram os seis primeiros colocados.
A segunda prova do dia teve diversas emoções. Além da disputa pela liderança, houve diversas brigas pelas demais colocações, proporcionando um bom espetáculo às mais de 20.000 pessoas que estiveram em Curitiba. Paludo garantiu o terceiro lugar depois de uma boa disputa com Marcelo Ometto, que precisou abandonar a prova com o carro danificado após uma rodada no final da reta. Outro acidente aconteceu quando Ricardo Baptista tocou em Sérgio Ribas na disputa pelo quarto lugar. Baptista teve o radiador danificado e o líquido refrigerante caiu na pista, provocando rodadas de Guilherme Figueirôa, Otávio Mesquita e Maurizio Billi. Enquanto isso, Clemente Lunardi fazia uma boa corrida de recuperação para terminar em quarto.
Com os cinco primeiros lugares definidos para Constantino, Valle, Paludo, Lunardi e Ribas, o público teve a atração extra da disputa entre Beto Posses e Marcel Visconde pelo sexto lugar. Eles terminaram a corrida nesta ordem. As provas 3 e 4 do Porsche GT3 Cup Challenge Brasil serão disputadas em abril no autódromo de

O resultado final da prova 2 foi o seguinte:
1) 00-Constantino Júnior, 19 voltas em 27:00.120, média de 156,00 km/h
2) 99-Tom Valle, a 1.634
3) 77-Miguel Paludo, a 2.182
4) 7-Clemente Lunardi, a 10.372
5) 64-Sérgio Ribas, a 14.811
6) 52-Beto Posses, a 20.631
7) 55-Marcel Visconde, a 22.054
8) 51-Otávio Mesquita, a 36.442
9) 34-Maurizio Billi, a 43.897
10) 9-Guilherme Figueirôa, a 51.646
11) 36-Charles Reed, a 52.975
12) 10-Adalberto Baptista, a 3 voltas
13) 27-Ricardo Baptista, a 8 voltas
14) 8-Marcelo Ometto, a 12 voltas
Não largaram
5-Antônio Hermann
3-Luís Zattar
31-Marcos Barros

Melhor volta: Constantino Júnior, 1:24.330, média de 157,73 km/h


Atlanta
Dia: 08/03/2009
Hora: 15:00 (Ao Vivo - Canal Speed & Bandsports)

Destaques:
O veterano Mark Martin conquistou a pole para a prova de hoje da Nascar, em Atlanta. Será a quarta etapa do ano e o piloto da equipe Hendricks garantiu a ponta com o tempo de 29,64 segundos. Ele foi o único piloto a superar as 336 km/h. “Estou me sentindo como um estreante”, disse o piloto.
Ao seu lado sairá o piloto da Penske, Kurt Busch. O colombiano Juan Pablo Montoya largará numa bela quarta posição e tem muitas chances de conquistar um grande resultado em Atlanta.
Entre os favoritos, Jimmie Johnson saí em sétimo, Kyle Busch em nono, Jeff Gordon em 16º e Carl Edwards em 29º. A prova será transmitida ao vivo pelo Speed Channel e pelo Bandsports às 15:00.



Curitiba - Segunda Corrida
Dia: 08/03/2009
Hora: 16:00 (Ao Vivo - Sportv)

Destaques:
Fonte: http://www.fiawtcc.com
Campinas - Surpresas na segunda prova do mundial de turismo em Curitiba. Uma forte chuva caiu no circuito minutos antes da prova o que acabou provocando um atraso na largada. A chuva parou e a largada foi dada atrás do safety car e na terceira volta largaram para valer.
O italiano Gabriele Tarquini que largou na quarta posição passou Hermandez e Priaulx e pulou para segundo. Uma volta depois ele foi para cima de Porteiro e assumiu a liderança.
Enquanto isto os carros da Seat começaram a ganhar terreno e foram ganhando posições. Depois da metade da prova eles já dominavam novamente a prova com Rydell em segundo, Gene em terceiro e Yvan Muller em quarto.
O brasileiro Augusto Farfus terminou em sexto, atrás de seu companheiro Jorg Muller.

Calendário

Videoteca

Twitter


Postagens populares

Newsletters