Subscribe to web2feel.com
Subscribe to web2feel.com

Tú te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas

Postado por Thiago Raposo terça-feira, 17 de março de 2009

Campinas - A FIA se reuniu hoje em Paris para discutir mudanças no sistema de pontuação e saíram com uma decisão no mínimo surpreendente. A proposta inicial que seria votada era valorizar um pouco mais o pódio e a vitória. Em vez de 10 o vencedor receberia 12 pontos, em vez de 8 o segundo colocado receberia 9 e em vez de 6 o terceiro receberia 7. Proposta esta que agradou grande parte dos fãs da categoria, pois sem dúvida pairava no ar certo sentimento de injustiça pela vitória tão pouco valorizada.
No entanto a FIA extrapolou na mudança e de entidade que não valorizava a vitória, passou para a que só valoriza a vitória. Agora para ser campeão o piloto tem que vencer mais provas durante o ano. Pouco adianta fazer uma temporada constante, chegando sempre entre os primeiros e conquistando algumas vitórias! Algumas não servem mais, agora precisa ser a maioria para sair com o título nas mãos.
A idéia de mudar o sistema de pontuação saiu em grande parte dos fãs da categoria. A FIA de uns tempos para cá começou a fazer uma pesquisa de opinião com fãs de todo o mundo questionando sobre os mais variados assuntos. Desde a pontuação a se queriam mais vezes as conversas de rádio na transmissão e daí por diante. Desde o começo de tais pesquisas a insatisfação com o sistema de pontuação ganhou força. A FIA então resolveu mudar!
Confesso que antes de escrever minha opinião, passei por vários portais e blogs para ler o que cada um escreveu e vi que a grande maioria desaprovou. Muito em parte por imaginarem as situações extremas de um piloto que vai quebrar várias vezes e ganhar algumas e ser campeão! Mas será que isto pode ou vai acontecer? Acho que deixando as hipóteses extremistas de lado, o sistema não é assim tão mal. Difícil imaginar que o carro que mais vencer não será um carro regular por todo ano e que este piloto não merecerá o título.
O Capelli como sempre fez um bom trabalho e realizou um levantamento das mudanças que aconteceriam na história com o novo regulamento. Por exemplo, com o antigo 26 decisões foram para a última prova e com o novo seriam 24. Apenas dois, o que é desprezível. Dos 59 campeonatos disputados, 12 mudariam de mãos. Mas destes 12, oito seriam na fase dos descartes de pontos, que injustiça por injustiça, também não garantia o título para quem fazia mais pontos.
Para encerrar, a pontuação continua sim muito importante ao contrário do que andam escrevendo, pois vira o critério de desempate. Acho que nenhum piloto desistirá da luta por posições, pois isto significa colocar-se em desvantagem na briga pelo título em caso de empate. Outra coisa, ainda tem o mundial de construtores que é sinônimo de dinheiro e nenhuma equipe abriria mão dos milhões cedidos à equipe campeã de construtores. Que venham as mudanças!

1 Responses to Tú te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas

  1. Anônimo Says:
  2. Olá amigos e amigas estou fazendo uma visita aqui no blog de vocês
    Mas serei muito objetivo estou promovendo os meu blog uma visita sua traria retorno a você mesmo principalmente deixando um comentário ai só assim eu e outras pessoas que gastão de comentar em blogs fariam uma visita a você uma boa troca para nós promovermos abraços a todos e fiquem com Deus Antonio.

    http://oblogdasnoticias.blogspot.com/

    http://curiosidadesdoplantaterra.blogs.sapo.pt/

     

Calendário

Videoteca

Twitter


Postagens populares

Newsletters