Subscribe to web2feel.com
Subscribe to web2feel.com

COBERTURA CAMPEÃ DO FIM DE SEMANA

Postado por Thiago Raposo sexta-feira, 10 de abril de 2009

Campinas - Começamos mais uma cobertura campeã do fim de semana. Gostaria de lembrar a todos que este post é atualizado diversas vezes no decorrer das competições com: resultados, comentários, fotos, vídeos e tudo mais para levar a você o melhor da velocidade!
Não deixem de passar aqui nos próximos 3 dias para ver tudo o que rolou no Brasil e no Mundo sobre 2 e 4 rodas.
Abraços!

Clique nos links abaixo para acompanhar os destaques de uma categoria específica, ou se preferir, desça a barra de rolagem para ver o resumo total do fim de semana!



Nashville
Dia: 11/04/2009 (Sábado)
Hora: 17:00 (Ao vivo no Canal Speed)

Destaques:
Campinas – Neste fim de semana apenas a Nascar Nationwide vai para as pistas norte-americanas. A Sprint Cup, categoria principal, folgará para dar a todas as pessoas envolvidas o direito de passar a Páscoa com a família.
A prova será disputada no oval de Nashville e Carl Edwards, líder do campeonato, começou fazendo o melhor tempo do dia na sessão de treino livre realizada no fim da tarde. Edwards, da equipe Roush, mostra que é um dos grandes favoritos da prova. Sua equipe, que busca a histórica marca de 100 vitórias na categoria, tem grandes chances de alcançá-la já neste Sábado.
Porém, o vice-líder do campeonato, Kyle Busch, terminou na sexta posição e dá sinal de que também tem um carro bastante competitivo e que a briga pela liderança do campeonato está garantida para o fim de semana.
Confira abaixo o resultado final da sessão:
1 Carl Edwards Ford 29.497 25 Johnny Chapman Chevrolet 29972
2 Mike Bliss Chevrolet 29.556 26 Ken Butler III Chevrolet 29975
3 Ricky Stenhouse Jr. Ford 29.585 27 Brian Keselowski Dodge 29998
4 Michael Waltrip Toyota 29.610 28 Kenny Wallace Chevrolet 30019
5 Joey Logano Toyota 29.629 29 Joe Nemechek Chevrolet 30036
6 Kyle Busch Toyota 29.648 30 Scott Wimmer Chevrolet 30071
7 Jason Leffler Toyota 29.650 31 Kertus Davis Chevrolet 30.083
8 Kelly Bires Chevrolet 29.696 32 Tony Raines Chevrolet 30.119
9 Burney Lamar Toyota 29.730 33 Jeff Green Toyota 30.183
10 Brad Keselowski Chevrolet 29.740 34 Kenny Hendrick Dodge 30.197
11 Steve Wallace Chevrolet 29.753 35 Mark Green Chevrolet 30.216
12 David Ragan Ford 29.762 36 David Green Toyota 30.240
13 Terry Cook Chevrolet 29778 37 Andy Ponstein Chevrolet 30.299
14 Michael Annett Toyota 29784 38 Dennis Setzer Dodge 30.368
15 Scott Lagasse Jr. Toyota 29789 39 Tim Andrews Chevrolet 30.390
16 Brendan Gaughan Chevrolet 29791 40 Jeremy Clements Chevrolet 30.440
17 Justin Allgaier Dodge 29792 41 Benny Gordon Ford 30.487
18 John Wes Townley Ford 29849 42 Brandon Whitt Ford 30.503
19 Jason Keller Ford 29869 43 Morgan Shepherd Chevrolet 30.530
20 Michael McDowell Toyota 29884 44 Eric McClure Ford 30.744
21 Stephen Leicht Chevrolet 29893 45 Danny O'Quinn Jr. Chevrolet 30.942
22 Brian Scott Toyota 29914 46 Brad Teague Chevrolet 31.077
23 Casey Atwood Chevrolet 29922 47 Mike Harmon Chevrolet 31.253
24 Shelby Howard Chevrolet 29923 48 Ryan Hackett Ford 32.193


Campinas – A prova de Nashville da Nationwide foi sensacional. Apesar de ter sido dominada praticamente por apenas três pilotos, o pega entre eles foi de tirar o fôlego e no fim a juventude sobressaiu sobre a experiência. Joey Logano, que está prestes a completar 19 anos, venceu a sua segunda prova em uma competição da Nascar. O piloto da equipe de Joe Gibbs superou o companheiro Kyle Busch nas últimas voltas e partiu firme rumo à vitória.
Na largada Carl Edwards conseguiu manter a ponta, mas com Joey Logano ao seu lado a volta intera. Enquanto isto Kyle Busch, que largou em quarto, pulou para a terceira posição. Ricky Stenhouse, que fez sua estréia na categoria pela equipe Roush, teve que largar do fim do pelotão por ter feito alterações no carro, mesmo conquistando a quinta posição na qualificação.
Na décima nona volta Logano passou Edwards e assumiu a ponta da prova. Na 25ª foi a vez do Buschinho passar Edwards e colocar os dois carros da equipe Gibbs na liderança. Na trigésima volta à organização da prova chamou uma bandeira amarela para que os pilotos pudessem fazer os ajustes necessários no carro, já que na Sexta-Feira eles foram impedidos de treinar devido à chuva que caiu no oval de Nashville.
Após a parada nos boxes, Carl Edwards retornou na frente com Logano em segundo e David Ragan, da Roush, em terceiro. Kyle Busch, que teve problemas com as porcas da roda na troca de pneus, voltou apenas na sexta posição. Na 36ª volta a bandeira verde foi novamente acionada.
Stenhouse fazia uma bela prova e na volta 40 já havia deixado 29 carros para trás. Na 46ª volta Logano novamente voltou para a liderança superando Carl Edwards. Kyle Busch não desanimou com o problema no boxe e partiu forte para a recuperação e na volta 60 superou Logano e pulou para a ponta de prova. Logo em seguida aconteceu uma nova bandeira amarela.
Na relargada, Logano não quis dar chances para o companheiro e o ultrapassou para retornar a liderança. Então a prova foi novamente interrompida devido a um acidente entre Danny OQuinn e Brendan Gaughan. Após o reinício da prova foi a vez de Busch dar o troco em Logano e pular para a ponta da corrida.
Brad Keselowski foi outro que fazia uma bela prova e depois de largar na 19ª posição, ocupava o quarto posto na volta 110. Uma nova amarela foi chamada e Carl Edwards, novamente num belo trabalho de boxe, voltou à frente de Logano e Busch. Na bandeira verde, Logano que estava em terceiro passou novamente Kyle Busch e assumiu a vice-liderança da prova. Steve Wallace provocou mais uma amarela na volta 135 e Carl Edwards, que estava se queixando de problemas nos pneus, foi o único a parar e caiu várias posições.
A relargada foi dada na volta 141 e uma volta depois, novamente os dois pilotos da Gibbs alternaram as posições. Desta vez foi o Buschinho que passou Logano para assumir mais uma vez a ponta da corrida. Keselowski, com o problema de Carl Edwards, pulou para a terceira posição. Na 144ª uma nova amarela interrompeu a prova e para variar, na relargada, os dois protagonistas da corrida trocaram novamente de posição. Logano voltou para a liderança.
Carl Edwards fez um belo trabalho de recuperação e já aparecia entre os dez primeiros da prova. A corrida passou então por um bom período sem interrupção e sem mudança na liderança, mas por volta da 180ª volta o Buschinho voltou para frente, ao superar mais uma vez Logano. Logo em seguida aconteceu uma amarela e todos os pilotos foram para os boxes.
Nem Logano, nem Kyle Busch e muito menos Carl Edwards. Quem voltou na frente foi Michael McDowell que fez a arriscada estratégia de trocar apenas dois pneus. Kyle Busch voltou em segundo, Keselowski em terceiro e Logano apenas na quarta colocação. Mas assim que a bandeira verde foi dada, o Buschinho pulou para a liderança e Logano para terceiro. McDowell até que tentou, mas Logano e Keselowski deixaram-no para trás duas voltas depois.
No fim da prova aconteceu um forte acidente envolvendo vários carros (ver vídeo), mas principalmente Joe Nemechek que chegou a capotar o carro. Um pouco antes, no entanto, Logano havia passado novamente Kyle Busch para assumir a liderança. Na bandeira verde o “moleque” pisou fundo para não dar chances ao Buschinho e conquistou a segunda vitória na carreira, com apenas 18 anos nas costas. Kyle Busch terminou em segundo e Carl Edwards, depois de tantos problemas, ainda chegou na quinta posição.
Confira abaixo o resultado completo da prova:
1 Joey Logano Toyota 225 23 Ricky Stenhouse Jr. Ford 224
2 Kyle Busch Toyota 225 24 Kenny Wallace Chevrolet 223
3 Brad Keselowski Chevrolet 225 25 Brian Scott Toyota 223
4 Kelly Bires Chevrolet 225 26 Eric McClure Ford 223
5 Carl Edwards Ford 225 27 Tony Raines Chevrolet 223
6 Jason Leffler Toyota 225 28 Scott Wimmer Chevrolet 222
7 David Ragan Ford 225 29 Justin Allgaier * Dodge 222
8 Mike Bliss Chevrolet 225 30 Brandon Whitt Ford 222
9 Steve Wallace Chevrolet 225 31 Morgan Shepherd Chevrolet 221
10 Scott Lagasse Jr. * Toyota 225 32 Danny O'Quinn Jr. Chevrolet 221
11 Stephen Leicht Chevrolet 225 33 Tim Andrews Chevrolet 220
12 Jason Keller Ford 225 34 Joe Nemechek Chevrolet 218
13 Burney Lamar Toyota 225 35 Kenny Hendrick Dodge 194
14 Shelby Howard Chevrolet 225 36 Benny Gordon Ford 157
15 Michael McDowell * Toyota 225 37 Ken Butler III * Chevrolet 145
16 Michael Waltrip Toyota 225 38 David Green Toyota 144
17 Brendan Gaughan * Chevrolet 225 39 Jeremy Clements Chevrolet 132
18 John Wes Townley * Ford 225 40 Kertus Davis Chevrolet 46
19 Michael Annett * Toyota 225 41 Brian Keselowski Dodge 32
20 Dennis Setzer Dodge 224 42 Terry Cook Chevrolet 20
21 Jeff Green Dodge 224 43 Johnny Chapman Chevrolet 15
22 Casey Atwood Chevrolet 224






Portugal - Primeira Corrida
Dia: 12/04/2009 (Domingo)
Hora: 07:00 (VT. às 09:30 no Canal Speed)

Destaques:
Campinas – Portugal cedia neste fim de semana a sexta e antepenúltima etapa da temporada 2008/2009 da A1 GP, a copa do mundo do automobilismo. E o primeiro dia de treinos começou com a Holanda na frente com o piloto Robert Doornbos. “Esta pista é fantástica”, comentou o piloto sobre o novíssimo circuito de Algarve.
Existe uma particularidade da categoria que é liberar um treino na Sexta-Feira para pilotos novatos. Desta forma as equipes podem dar uma oportunidade para as futuras estrelas de seu país ter contato com um carro da Ferrari. O Brasil, normalmente, não utilizava desta oportunidade e ficava apenas com o Felipe Guimarães, piloto titular do Team Brasil na categoria.
Porém, neste fim de semana resolveram fazer diferente e o resultado não foi muito bom. A ‘pilota’ Bia Figueiredo foi convocada para andar com o carro do Brasil mais uma vez, já que ela já havia feito tais testes em temporadas passadas, e acabou batendo forte o carro.
Bia nada sofreu e disse que ficou mais preocupada em tentar salvar o carro do que com ela mesma quando ele escapou. “Estou acostumada a correr em ovais, mas nunca tive um acidente tão forte quanto este. Eu vi os pneus da barreira voando sobre mim após o impacto”.
Amanhã serão disputadas as sessões classificatória que definirão os grids para as duas provas do fim de semana. Confira abaixo o resultado da sessão livre de hoje.
Pos. País Tempo Voltas
1 Holanda 1'31.962 19
2 Nova Zelândia 0.068 15
3 Mônaco 0.280 20
4 Itália 0.606 23
5 Portugal 0.608 16
6 Suíça 0.673 10
7 Alemanha 0.800 24
8 França 0.932 20
9 Líbano 1.057 22
10 Austrália 1.259 25
11 África do Sul 1.417 23
12 Índia 1.486 25
13 Estados Unidos 1.538 21
14 Irlanda 1.770 22
15 Malásia 1.783 25
16 China 2.125 24
17 Indonésia 3.102 23
18 México 24.291 6
19 Brasil
0
20 Grã-Bretanha
0


Campinas – Foram realizadas hoje as duas sessões classificatórias para as provas do fim de semana da A1 GP. O italiano Vitantonio Liuzzi, que faz a estréia na categoria, garantiu logo de cara a pole para a Sprint Race, a corrida curta. Com o tempo de 1:30.875 ele superou o também ex-Fórmula 1 Robert Doornbos da Holanda por 0.471 segundos.O brasileiro Felipe Guimarães ficou com a 14ª colocação.
Já para a Feature Race, Doornbos se garantiu na posição de honra, mostrando a força do Team Holanda para a etapa portuguesa. Atrás dele duas pedreiras, a Irlanda e a Suíça, os atuais líderes do campeonato. Felipe Guimarães conquistou sua melhor posição em grids da categoria e vai sair na quinta posição.
As duas provas serão realizadas amanhã, com transmissão do Canal Speed. Confira abaixo o grid para as duas provas:

Sprint Race

Feature Race
1 Itália 1'30.875 1 Holanda 1'30.415
2 Holanda 0.471 2 Irlanda 0.281
3 Irlanda 0.725 3 Suíça 0.463
4 Líbano 0.881 4 África do Sul 0.569
5 Portugal 0.902 5 Brasil 0.608
6 Nova Zelândia 1.131 6 Malásia 0.610
7 Alemanha 1.209 7 Portugal 0.680
8 África do Sul 1.426 8 Estados Unidos 1.044
9 Índia 1.483 9 Mônaco 1.080
10 Mônaco 1.545 10 Itália 1.437
11 Malásia 2.054 11 Nova Zelândia 1.510
12 Estados Unidos 2.339 12 Austrália 1.524
13 Grã-Bretanha 2.985 13 México 1.616
14 Brasil 3.110 14 Alemanha 1.854
15 Indonésia 3.130 15 Líbano 1.937
16 México 3.341 16 Grã-Bretanha 1.985
17 Austrália 3.530 17 Índia 2.089
18 França 5.692 18 Indonésia 2.158
19 China 5.963 19 França 2.526
20 Suíça - 20 China 2.822



Campinas – O holandês Robert Doornbos fez uma corrida perfeita e venceu com facilidades a primeira prova da rodada dupla de Portugal da A1 GP. O piloto, que largou na segunda posição, ultrapassou o italiano Vitantonio Liuzzi na primeira curva e não mais deixou a liderança da prova. No início da prova um incidente envolvendo três carros provocou a entrada do carro de segurança. Primeiro o carro da Nova Zelândia tocou com o do Líbano e acabou parando na caixa de brita e abandonando a prova. O carro libanês, com a suspensão avariada, não conseguiu fazer a próxima curva e acabou se colidindo com o carro da Alemanha e os dois foram obrigados a abandonar a prova..
O Brasil largou muito bem e pulou para a oitava posição na primeira volta. A prova seguiu normalmente depois da saída do carro de segurança até as paradas no boxe. A Itália, que estava em segundo, acabou perdendo a posição para a Irlanda e Portugal após as paradas.
Felipe Guimarães, do Brasil, fazia uma bela prova e voltou dos pits na sétima posição, fazendo uma bela ultrapassagem em cima do suíço Neel Jani, atual campeão da categoria, mas a sorte não durou muito tempo. Ao fazer uma ultrapassagem em cima do retardatário África do Sul, os freios do brasileiro travaram e ele acabou colidindo com o rival e teve que abandonar a prova.
No fim, a Holanda cruzou a linha de chegada com quase quatro segundos de vantagem para o segundo,a Irlanda. Confira abaixo o resultado final da prova:

1 Holanda Robert Doornbos 19'33.501
2 Irlanda Adam Carroll 3.635
3 Portugal Filipe Albuquerque 5.728
4 Itália Vitantonio Liuzzi 9.087
5 Mônaco Clivio Piccione 10.048
6 Índia Narain Karthikeyan 12.596
7 Brasil Felipe Guimarães 13.297
8 Malásia Fairuz Fauzy 18.014
9 México Salvador Durán 20.545
10 Austrália John Martin 22.683
11 Grã-Bretanha Dan Clarke 23.080
12 Estados Unidos Marco Andretti 23.154
13 França Nicolas Prost 24.175
14 Indonésia Zahir Ali 39.400
15 Suíça Neel Jani 44.296
16 China Ho-Pin Tung 50.655
17 África do Sul Adrian Zaugg 2 laps
18 Líbano Daniel Morad 10 laps
19 Alemanha André Lotterer 11 laps
20 Nova Zelândia Earl Bamber 11 laps



Oschersleben - Primeira Corrida
Dia: 12/04/2009 (Domingo)
Hora: 08:00

Destaques:
Campinas – Acontece neste fim de semana em Oschersleben, Alemanha, o início da temporada 2009 da Fórmula 3 Alemã, a ATS. E como não poderia deixar de ser, o Brasil também conta com um representante na competição, o piloto Rafael Suzuki.
Foi realizada hoje a primeira sessão classificatória para a primeira prova da rodada dupla da etapa. O belga Laurens Vanthoor garantiu a pole com o tempo de 1:21.228, 0.419 segundos mais rápido que o seu companheiro de equipe, o holandês Stef Dusseldorp. A dupla da van Amersfoort mostrou que a equipe está muito forte e que as outras terão que correr atrás.
Na terceira posição vem o brasileiro Rafael Suzuki, da equipe Performance Racing, com o tempo de 1:21.706, apenas 0.059 atrás de Dusseldorp. Rafael comentou que era praticamente impossível chegar no tempo de Vanthoor, mas que daria para ficar na frente de Dusseldorp, mas que faltou pouco: “Nunca se sabe o que pode acontecer na primeira curva, então estou confiante e vou com tudo para cima dos líderes”.
Confira abaixo o resultado total da classificação:
1 Laurens Vanthoor BEL 1:21.228
2 Stef Dusseldorp NED 1:21.647
3 Rafael Suzuki BRA 1:21.706
4 Rahel Frey SUI 1:22.297
5 Marco Oberhauser AUT 1:22.372
6 Markus Pommer GER 1:22.466
7 Willi Steindl AUT 1:22.482
8 Nicolas Marroc FRA 1:22.510
9 Max Nilsson SWE 1:22.603
10 Adderly Fong CHN 1:22.733
11 David Hauser LUX 1:22.817
12 Gary Hauser LUX 1:23.017
13 Nico Monien GER 1:23.136
14 Vladimir Semenov RUS 1:23.441
15 Mika Vähämäki FIN 1:24.259
16 Sergey Chukanov UKR 1:24.387
17 Shirley van der 1:24.741
18 Francesco Lopez GER 1:24.855
19 Nikolay Martenso RUS 1:25.157
20 Victor Shaitar RUS 1:25.291
21 Luca Iannaccone ITA 1:29.200


Campinas – Não teve mesmo para a equipe van Amersfoort Racing. Após conquistar as duas primeiras posições no grid de largada, os dois pilotos seguiram firmes rumo a dobradinha. O belga Laurens Vanthoor venceu a prova com 2.607 segundos de vantagem para seu companheiro, o holandês Stef Dusseldorp.
No inicio da prova aconteceu um acidente entre o austríaco Willi Steindl e o luxemburguês David Hauser o que resultou na entrada do carro de segurança para auxiliar no resgate dos pilotos e na retirada dos carros da pista.
O brasileiro Rafael Suzuki, da equipe Performance Racing, não teve a mesma sorte e acabou perdendo uma posição com relação a posição de largada. Ele terminou em quarto, 12.722 segundos atrás de Vanthoor. Suzuki, ainda na primeira volta foi ultrapassado pelo suíço Rahel Frey.
A segunda prova desta rodada dupla acontecerá amanhã e Suzuki irá largar da quarta posição, mas apesar da coincidência, a posições foi conquistada numa classificação e nada tem a ver com o resultado final na primeira prova.
Confira abaixo a tabela completa desta primeira corrida:
1 Laurens Vanthoor BEL 31:01.316
2 Stef Dusseldorp NED 31:03.923
3 Rahel Frey SUI 31:10.752
4 Rafael Suzuki BRA 31:14.038
5 Marco Oberhauser AUT 31:22.762
6 Markus Pommer GER 31:24.124
7 Bernd Herndlhofer AUT 31:24.426
8 Max Nilsson SWE 31:31.156
9 Adderly Fong CHN 31:31.583
10 Sergey Chukanov UKR 31:45.762
11 Shirley van der 31:46.383
12 Vladimir Semenov RUS 31:46.684
13 Francesco Lopez GER 31:47.511
14 Mika Vähämäki FIN 31:50.417
15 Victor Shaitar RUS 31:57.216
16 Nikolay Martsenko RUS 32:06.413
17 Nico Monien GER 32:08.214
18 Gary Hauser LUX 32:11.624
19 Luca Iannaccone ITA 32:16.883

Nicolas Marroc FRA 5:10.104

David Hauser LUX 00.000

Willi Steindl AUT 00.000



Curitiba
Dia: 12/04/2009 (Domingo)
Hora: 08:00

Destaques:
Campinas – Foi realizada hoje em Curitiba a sessão classificatória para a Stock Car Júnior e o para a surpresa de todos o sorocabano Fábio Fogaça ficou com a pole para a prova. Surpresa porque foi o baiano Patrick Gonçalvez, que liderou todas as sessões de treinos livres, dava a entender que ficaria com a posição de honra.
Fogaça explicou que passou os treinos livres poupando equipamento e fazendo os melhores acertos e por isto não chegou a andar tão rápido.
Gonçalvez, que compete na Copa Vicar, que não corre neste fim de semana, decidiu participar da Júnior para se divertir e para manter o ritmo. “Apesar de ser uma participação especial, sempre corre para vencer e vou para cima do Fábio na prova”, comentou o baiano após a classificação.
Confira abaixo o grid de largada para a prova:
1 Fabio Fogaça 1:40.086
2 Patrick Gonçalves 1:40.160
3 Pedro Boesel 1:40.213
4 Franklin Trupel 1:40.242
5 Rafael Negrão 1:40.251
6 Rodrigo Barone 1:40.379
7 João Marcelo 1:41.981
8 Beto Cavaleiro 1:42.428
9 Adriano Amaral 1:42.667
10 Adriano Griecco 1:42.928
11 Wagner Paghotto 1:44.646


Campinas – Como já está virando de praxe em todas as categorias pelo mundo, as melhores provas acabam acontecendo nas corridas preliminares, que geralmente não são transmitidas pela TV. E na Stock Car não foi diferente: a Junior despertou o dia de competições em Curitiba em alto nível.
O pole Fábio Fogaça manteve a posição após a largada, mas seguido de perto por Patrick Gonçalvez e Franklin Trupel. Porém, Fogaça acabou cometendo um erro no bico de pato o que resultou na quebra da segunda marcha. “Daí não tinha mais o que fazer, pois tive que começar a fazer em terceira as curvas que fazia em segunda”, disse o piloto.
Gonçalvez e Trupel passaram por Fogaça e depois Trupel deu o bote em Gonçalvez para assumir a ponta da corrida. Quando tudo parecia decidido, há duas voltas para o fim, o piloto acabou errando e caiu para a terceira posição. “Estou feliz com o resultado! Sei que poderia vencer, mas no esporte é assim mesmo, um dia da caça e outro do caçador”, comentou Trupel.
Patrick, que compete na Vicar e devido a folga da categoria neste fim de semana resolveu matar a saudade da Júnior, disse que todo piloto um dia acaba contando com a sorte e que hoje foi o dia dele usar de tal artifício. “Fiquei só esquentando o óleo de dendê e na hora certa fritei o acarajé”, metaforizou o baiano Patrick Gonçalves.
Confira abaixo o resultado final da prova:
1 Patrick Gonçalves --:--
2 Fabio Fogaça 8.097
3 Franklin Trupel 8.293
4 Pedro Boesel 18.842
5 Beto Cavaleiro 23.102
6 Wagner Paghotto 25.557
7 Rodrigo Barone 1 volta
8 João Marcelo 2 voltas
9 Adriano Griecco 7 voltas
10 Adriano Amaral 10 voltas
11 Rafael Negrão 14 voltas



Portugal - Segunda Corrida
Dia: 12/04/2009 (Domingo)
Hora: 11:00 (Ao vivo no Canal Speed)

Destaques:
Campinas – A segunda prova da A1 GP foi muito movimentada, em todos os aspectos. Para começar o pole Robert Doornbos, vencedor da primeira prova, abandonou ainda na volta de apresentação com problemas no motor do seu carro Ferrari. O Brasil foi outro que nem chegou a largar. Felipe Guimarães se acidentou na primeira prova e não foi possível recuperar o carro a tempo para a segunda. A ironia é que seria a melhor posição de largada dele, que não chegou a acontecer.
A primeira colocação no grid ficou então com o carro da Irlanda, pilotado por Adam Carroll, líder do campeonato. Mas o piloto queimou a largada e acabou tomando uma punição. A Suíça, atual campeã da categoria, pulou então na liderança, mas rapidamente foi ultrapassada por Portugal, que corria em casa. Enquanto isto lá vinha novamente a Irlanda, que após a punição perdeu várias posições.
Aconteceu então um safety car devido a uma briga de “cachorro grande”. Marco Andretti e Vitantonio Liuzzi disputavam uma posição quando acabaram se tocando. Mônaco, que não tinha nada com a história, acabou envolvido no acidente e a bandeira amarela teve que ser acionada. Na relargada aconteceu algo que mudou novamente a sorte da Irlanda na prova. Portugal, que estava na frente, tinha o dever de ditar o ritmo. Quando o carro de segurança sinalizou que iria sair da pista, o piloto português diminuiu o ritmo, mas acabou acelerando cedo demais. Quando entrou na reta deu de cara com o safety car ainda na pista e foi obrigado a reduzir a velocidade. O pelotão que vinha atrás se virou para reduzir também sem se acidentarem. Logo em seguida Albuquerque voltou a acelerar e o pelotão seguiu o líder. Mas na confusão do acelera, freia e acelera, Carroll acabou ultrapassando um carro sob bandeira amarela e tomou a segunda punição.
Revoltados, a equipe decidiu não pagar a punição e seguiu na prova. Portugal acabou caindo para terceiro devido a um mau trabalho no pitstop, e a liderança voltou para a Suíça. No fim a vitória ficou com Neel Jani, seguido de Carroll e Albuquerque. No entanto, após a prova, a direção resolveu punir a Irlanda que perdeu o lugar no pódio dando lugar para a Malásia, na terceira posição (e ironicamente, o carro ultrapassado pela Irlanda na bandeira amarela).
No fim ficou o sentimento de uma bela prova no excelente autódromo português de Algarve, que provou ser capaz de proporcionar corrida da mais bela qualidade. Confira abaixo o resultado final da prova:
1 Suíço Neel Jani 1:10'45.011
2 Portugal Filipe Albuquerque 6.786
3 Malásia Fairuz Fauzy 9.705
4 México Salvador Durán 16.332
5 Irlanda Adam Carroll 25.411
6 França Nicolas Prost 27.322
7 Grã-Bretanha Dan Clarke 29.880
8 China Ho-Pin Tung 34.586
9 Alemanha André Lotterer 43.970
10 Indonésia Zahir Ali 1'13.993
11 Índia Narain Karthikeyan 3 laps
12 Austrália John Martin 4 laps
13 Itália Vitantonio Liuzzi 24 laps
14 Estados Unidos Marco Andretti 24 laps
15 Mônaco Clivio Piccione 24 laps
16 África do Sul Adrian Zaugg 27 laps
17 Nova Zelândia Earl Bamber 27 laps
18 Líbano Daniel Morad 41 laps
19 Holanda Robert Doornbos
20 Brasil Felipe Guimarães



Curitiba
Dia: 12/04/2009 (Domingo)
Hora: 11:00 (Ao vivo no Voando Baixo)

Destaques:
Campinas – A Stock Car chega a Curitiba para a realização da segunda etapa da temporada 2009. Depois da estréia conturbada em Interlagos, onde vários problemas aconteceram com o novo carro, em destaque as perdas dos capôs, a expectativa é para ver se os problemas foram resolvidos.
Foram realizadas duas sessões de treinos hoje, uma pela parte da manhã e outra pela parte da tarde. Thiago Camilo, da equipe Vogel, foi o mais rápido na primeira sessão seguido de Marcos Gomes. Camilo também foi o grande destaque dos treinos em Interlagos, mas acabou abandonando com problemas no câmbio.
Já no segundo treino, praticamente todos os pilotos conseguiram baixar os tempos que haviam feito na parte da manhã e o líder foi o paraibano Valdeno Brito. O vencedor da corrida do milhão de 2008, aliás, quebrou o recorde da pista paranaense. Pizzonia, depois do belo pódio na primeira etapa, terminou na segunda posição, mostrando a força dos carros do Amir Nasr.
Confira abaixo um combinado dos dois treinos do dia:
1 Valdeno Brito 1:21.657 17 Thiago Marques 1:23.015
2 Antonio Pizzonia 1:22.074 18 Marcos Gomes 1:23.029
3 Nonô Figueiredo 1:22.316 19 Pedro Gomes 1:23.100
4 Atila Abreu 1:22.356 20 Daniel Landi 1:23.184
5 Paulo Salustiano 1:22.360 21 Chico Serra 1:23.231
6 Daniel Serra 1:22.445 22 David Muffato 1:23.388
7 Cacá Bueno 1:22.501 23 Enrique Bernoldi 1:23.425
8 Thiago Camilo 1:22.506 24 Felipe Maluhy 1:23.440
9 Giuliano Losacco 1:22.594 25 Norberto Gresse 1:23.527
10 Xandinho Negrão 1:22.616 26 Luciano Burti 1:23.707
11 Ricardo Zonta 1:22.633 27 Duda Pamplona 1:23.948
12 Ricardo Sperafico 1:22.684 28 Popó Bueno 1:24.092
13 Ricardo Mauricio 1:22.774 29 William Starostik 1:24.129
14 Max Wilson 1:22.781 30 Antonio Jorge Neto 1:24.389
15 Alceu Feldmann 1:22.898 31 Claudio Capparelli 1:24.960
16 Allam Khodair 1:22.898 32 Lico Kaesemodel 1:27.983



Campinas – O paraibano Valdeno Brito, da equipe RCM Motorsport, conquistou a pole para a segunda etapa da Copa Nextel Stock Car, que será realizada neste Domingo em Curitiba. O piloto, que havia terminado o dia na frente na Sexta-Feira, confirmou a boa fase no Sábado e vai para o Domingo como o favorito a vitória.
Com o novo sistema de classificação, após duas sessões são escolhidos os seis mais rápidos que disputarão a última parte. Cada piloto dá três voltas e o pole será aquele que conseguir a melhor média dos três giros. Além de Valdeno disputaram a pole Cacá Bueno, Ricardo Sperafico, Thiago Camilo, Ricardo Maurício e Paulo Salustiano.
Alguns pilotos continuaram enfrentando problemas com o novo carro, dentre eles Luciano Burti, que com problemas na caixa de direção, largará apenas na 28ª posição. A prova será transmitida ao vivo pelo site Voando Baixo e as últimas voltas serão transmitidas pela Rede Globo.
Confira abaixo o grid completo para a prova:
1 Valdeno Brito 1:22.551 17 Antonio Jorge Neto 1:22.921
2 Cacá Bueno 1:22.631 18 Alceu Feldmann 1:22.921
3 Ricardo Sperafico 1:22.733 19 Atila Abreu 1:22.923
4 Thiago Camilo 1:22.752 20 Popó Bueno 1:22.979
5 Ricardo Mauricio 1:22.826 21 David Muffato 1:23.023
6 Paulo Salustiano 1:22.839 22 Marcos Gomes 1:23.037
7 Enrique Bernoldi 1:22.649 23 William Starostik 1:23.108
8 Antonio Pizzonia 1:22.715 24 Thiago Marques 1:23.133
9 Xandinho Negrão 1:22.788 25 Duda Pamplona 1:23.183
10 Ricardo Zonta 1:22.792 26 Norberto Gresse 1:23.201
11 Max Wilson 1:22.804 27 Claudio Capparelli 1:23.512
12 Daniel Serra 1:22.808 28 Luciano Burti 1:23.611
13 Nonô Figueiredo 1:22.826 29 Lico Kaesemodel 1:23.660
14 Allam Khodair 1:23.069 30 Chico Serra 1:23.725
15 Pedro Gomes 1:23.373 31 Felipe Maluhy 1:23.870
16 Daniel Landi 1:23.460




Campinas – O paraibano Valdeno Brito venceu a segunda etapa da Copa Nextel Stock Car de ponta a ponta. A prova foi realizada no Autódromo Internacional de Pinhais, grande Curitiba, e valeu pela segunda etapa do campeonato. Brito foi o mais veloz por todo o fim de semana e conquistou uma vitória merecida.
Atrás de Valdeno, Cacá Bueno também fez uma corrida perfeita e chegou sem dificuldades na segunda posição. Daí para trás é que a disputa aconteceu de verdade.
O paranaense Ricardo Sperafico largou na terceira posição, mas foi logo ultrapassado por Allan Khodair. Na volta seguinte foi a vez do amazonense deixar Sperafico para trás e pular para a quarta colocação. O piloto da equipe Panasonic continuou perdendo posição e na volta seguinte foi a vez de Thiago Camilo o superar.
Aí a briga pela terceira posição esquentou. Pizzonia e Camilo foram para cima de Khodair e fizeram a ultrapassagem. Na oitava volta Sperafico parou nos boxes com problemas e acabou abandonando a prova.
Começaram então as paradas obrigatórias no boxe e Valdeno levou um susto. Depois de fazer o trabalho o piloto foi arrancar, mas ficou impedido pelo carro do Pizzonia que estava na frente. Mas a superioridade do paraibano era tamanha que mesmo assim ele manteve a liderança. Na volta 17 aconteceu uma disputa interessante: Thiago Camilo e Paulo Salustiano, companheiros na equipe Vogel, brigaram por uma posição, mas no fim Camilo acabou passando o vencedor da primeira prova e Salú foi punido por não ter respeitado o tempo mínimo do pitstop.
Quase no fim da prova o piloto Nonô Figueiredo rodou na entrada da reta e o safety car foi para a pista. Na relargada aconteceu mais uma briga caseira: os dois pilotos da RC Competições brigaram pela quinta posição e Max Wilson acabou superando o campeão Ricardo Maurício.
No fim da prova aconteceram mais duas brigas entre os ponteiros para fechar com chave de ouro o fim de semana de competições em Curitiba. Thiago Camilo superou Antônio Pizzonia, e foi para a terceira posição e Zonta ultrapassou o Ricardinho e garantiu a sexta colocação.
Lá na frente, bem... Lá na frente Valdeno e Cacá faziam uma corrida a parte, sem preocupações, sem brigas e com muita regularidade. Confira abaixo o resultado final da prova:
1 Valdeno Brito 47:29.707 17 Alceu Feldmann 16.786
2 Cacá Bueno 2.127 18 David Muffato 17.420
3 Thiago Camilo 2.403 19 Allam Khodair 18.272
4 Antonio Pizzonia 3.342 20 Norberto Gresse 18.489
5 Max Wilson 4.129 21 Daniel Landi 19.705
6 Ricardo Zonta 5.528 22 Chico Serra 21.656
7 Ricardo Mauricio 6.644 23 Felipe Maluhy 23.013
8 Xandinho Negrão 7.464 24 Pedro Gomes 35.444
9 Marcos Gomes 8.777 25 Lico Kaesemodel == 30 ==
10 Antonio Jorge Neto 8.995 26 Claudio Capparelli == 29 ==
11 Daniel Serra 9.473 27 Nonô Figueiredo == 23 ==
12 Paulo Salustiano 10.108 28 Atila Abreu == 18 ==
13 Thiago Marques 11.731 29 Popó Bueno == 16 ==
14 Giuliano Losacco 12.028 30 Enrique Bernoldi == 9 ==
15 Luciano Burti 15.075 31 Ricardo Sperafico == 7 ==
16 William Starostik 16.167 32 Duda Pamplona == 1 ==



Curitiba
Dia: 12/04/2009 (Domingo)
Hora: 13:00 (Ao vivo no Canal Speed)

Destaques:
Campinas – O piloto Aluísio Coelho da equipe Maino Racing conquistou a pole para a primeira prova da temporada 2009 da Pickup Racing. O piloto que teve problemas com o acelerador nos treinos de Sexta-Feira, contou com um bom trabalho da equipe e fez a pole. “Sabia que o carro estava bem, então pedi para a equipe manter o setup”.
Júlio Campos, da equipe AMD Racing, vai largar ao lado de Aluisio na primeira fila. Ele lamentou o tempo conquistado na qualificação, já que havia conseguido ir mais rápido na Sexta-Feira. Segundo o piloto ele arriscou uma calibragem diferente nos pneus e acabou dando errado. “Temos um bom carro e com a calibragem certa iremos brigar pela vitória na corrida”, disse o piloto.
Confira abaixo o grid completo para a prova:
1 Aluizio Coelho 1:27.150 11 João Pretto 1:28.338
2 Julio Campos 1:27.272 12 Carlo Kain 1:28.352
3 Thiago Riberi 1:27.434 13 Marcos Ramalho 1:28.667
4 Cadú Pasetti 1:27.570 14 Marlon Watanabe 1:28.851
5 Rodrigo Navarro 1:27.593 15 João Ometto 1:29.041
6 Kau Machado 1:27.724 16 Hybernon Cysne 1:29.181
7 Sérgio Ramalho 1:27.730 17 Carlos Medeiros 1:29.218
8 Rafael Iserhard 1:28.055 18 Anderson Toso 1:29.630
9 Fabricio Lançoni 1:28.129 19 Raulino Kreis Jr 1:29.820
10 Carlos Kray 1:28.193 20 Fúlvio Marote 1:29.990


Campinas – A Pickup Racing proporcionou ao público que compareceu ao autódromo de Pinhais (e que aguentou ficar até o fim do evento) uma corrida sensacional, para valer a pena o ingresso que cada um pagou. Uma corrida cheia de trocas de posições, de rodadas, toques e acidentes e com uma chegada de tirar o chapéu.
Já na primeira curva os pilotos mostraram o que estava por vir na prova. Júlio Campos, na tentativa de assumir a liderança, chegou muito forte na freada e acabou fazendo a curva pela grama. Por sorte, ele não ganhou, mas também não perdeu nenhuma posição e permaneceu em segundo.
No pelotão que ia da terceira a oitava posição então, não dá nem para descreve, pois daria um livro. A cada volta pelo menos duas alternâncias de posição aconteciam por ali. Para fazer justiça, é preciso dar crédito aos personagens deste espetáculo: Thiago Riberi, Sérgio Ramalho, Fabricio Lançoni, Rafael Iserhard, Fúlvio Marote e Marcos Ramalho (sem contar Cadú Pasetti que acabou indo para segunda posição, Kau Machado que abandonou na 24ª volta e João Pretto que rodou e caiu para 10º).
Mas o grande final ainda estava por vir: Júlio Campos assumiu a liderança ainda no início da prova, depois de um toque com o pole Aluísio Coelho que rodou e caiu várias posições. Daí Cadú Pasetti foi chegando até começar a disputar a posição com Campos. Foram vários ataques sem sucesso, mas na última curva ele foi com tudo, decidido a ultrapassar e os dois rasgaram lado a lado a reta final. Cruzaram a linha de chegada e todos correram para a cronometragem para ver quem havia levado e no fim acabou dando Júlio Campos por apenas 0.004 segundos. Sem dúvida, para pagar todos os ingressos vendidos para a prova. Confira abaixo o resultado final:
1 Julio Campos 40:08.130 11 Rodrigo Navarro 36.771
2 Cadú Pasetti 0.004 12 Anderson Toso 38.786
3 Thiago Riberi 7.162 13 Raulino Kreis Jr 52.890
4 Sérgio Ramalho 14.809 14 Marlon Watanabe 53.142
5 Fabricio Lançoni 19.599 15 Carlo Kain 1:23.116
6 Rafael Iserhard 21.158 16 Aluizio Coelho == 26 ==
7 Fúlvio Marote 24.662 17 Kau Machado == 24 ==
8 Marcos Ramalho 29.154 18 João Ometto == 11 ==
9 Carlos Kray 36.196 19 Hybernon Cysne 0.442
10 João Pretto 36.490 20 Carlos Medeiros == 1 ==



Qatar
Dia: 12/04/2009 (Domingo)
Hora: 14:00 (Ao vivo no Sportv2)

Destaques:
Campinas – Terá início neste fim de semana no Qatar o mundial de Motovelocidade. As provas serão todas noturnas, já que o autódromo do Qatar conta com um belo sistema de iluminação. E as motos já começaram a ir para a pista para a realização das primeiras sessões de treinos livres. A caçula do evento, a 125 cilindradas, foi a primeira a roncar os motores no autódromo.
A sessão foi dominada por dois pilotos da equipe Aspar, Julián Simón e Bradley Smith. Simón, aliás, sobrou e foi o único a andar abaixo da marca de 2min08seg. Ele abriu surpreendentes 1.032 segundos de vantagem para seu companheiro, Smith.
Um fato curioso nesta sessão foi o domínio massacrante dos espanhóis. Dos cinco primeiros no grid apenas Bradley Smith, inglês, não era castelhano. Além de Julián Simón na frente, o terceiro, quarto e quinto lugar foram ocupados por espanhóis com Nicolas Terol, Marc Marquez e Sergio Gadea respectivamente.
Eles retornarão a pista amanhã às 12:05 (horário de Brasília) para mais uma sessão de treinos e a qualificação está marcada para as 16:05. Confira abaixo o resultado final desta sessão:
1 Julian SIMON SPA Aprilia 2'07.791
2 Bradley SMITH GBR Aprilia 1.032
3 Nicolas TEROL SPA Aprilia 1.374
4 Marc MARQUEZ SPA KTM 1.475
5 Sergio GADEA SPA Aprilia 1.575
6 Sandro CORTESE GER Derbi 1.792
7 Andrea IANNONE ITA Aprilia 1.878
8 Stefan BRADL GER Aprilia 2.084
9 Pol ESPARGARO SPA Derbi 2.379
10 Jonas FOLGER GER Aprilia 2.631
11 Scott REDDING GBR Aprilia 2.703
12 Dominique AEGERTER SWI Derbi 2.710
13 Esteve RABAT SPA Aprilia 2.865
14 Takaaki NAKAGAMI JPN Aprilia 3.034
15 Joan OLIVE SPA Derbi 3.036
16 Simone CORSI ITA Aprilia 3.102
17 Lorenzo SAVADORI ITA Aprilia 3.115
18 Lorenzo ZANETTI ITA Aprilia 3.496
19 Danny WEBB GBR Aprilia 3.639
20 Johann ZARCO FRA Aprilia 3.969
21 Luca MARCONI ITA Aprilia 4.796
22 Cameron BEAUBIER USA KTM 5.347
23 Jasper IWEMA NED Honda 5.675
24 Efren VAZQUEZ SPA Derbi 6.058
25 Tomoyoshi KOYAMA JPN Loncin 6.432
26 Michael RANSEDER AUT Haojue 7.296
27 Lukas SEMBERA CZE Aprilia 7.768
28 Alexis MASBOU FRA Loncin 8.932
29 Luca VITALI ITA Aprilia 9.009
30 Matthew HOYLE GBR Haojue 11.603
31 Randy KRUMMENACHER SWI Aprilia 15.414


Campinas - Os dois pilotos da equipe Bancaja Aspar confirmaram a força e a boa fase da equipe e conquistaram as duas primeiras posições da primeira fila. A prova que será realizada neste Domingo no Qatar marca a abertura da temporada 2009 do Mundial de Motovelocidade 125cc.
O espanhol Julián Simón com o tempo de 2:06.974s deixou todos os oponentes para trás e largará na posição de honra. É a primeira pole na carreira do piloto que colocou 0.133 segundos em cima do companheiro de equipe, o inglês Bradley Smith.
O italiano Andrea Iannone da equipe Ongetta I.S.P.A. e o espanhol Nico Terol da Jack & Jones Team fecham a primeira fila da prova ao lado da dupla da Bancaja Aspar. Confira abaixo o grid completo para a prova:
1 Julian SIMON SPA 2:06.974 17 Randy KRUMMENACHER SWI 2.302
2 Bradley SMITH GBR 0.133 18 Dominique AEGERTER SWI 2.306
3 Andrea IANNONE ITA 0.614 19 Simone CORSI ITA 2.319
4 Nicolas TEROL SPA 0.807 20 Lorenzo ZANETTI ITA 2.728
5 Sandro CORTESE GER 0.861 21 Efren VAZQUEZ SPA 3.013
6 Sergio GADEA SPA 1.173 22 Cameron BEAUBIER USA 3.274
7 Stefan BRADL GER 1.174 23 Lorenzo SAVADORI ITA 3.616
8 Pol ESPARGARO SPA 1.406 24 Luca MARCONI ITA 4.599
9 Marc MARQUEZ SPA 1.443 25 Jasper IWEMA NED 4.890
10 Jonas FOLGER GER 1.450 26 Lukas SEMBERA CZE 4.964
11 Scott REDDING GBR 1.707 27 Tomoyoshi KOYAMA JPN 5.583
12 Joan OLIVE SPA 1.930 28 Alexis MASBOU FRA 5.636
13 Danny WEBB GBR 1.997 29 Michael RANSEDER AUT 5.702
14 Johann ZARCO FRA 2.042 30 Luca VITALI ITA 8.040
15 Esteve RABAT SPA 2.102 31 Matthew HOYLE GBR 8.612
16 Takaaki NAKAGAMI JPN 2.290





Campinas – Quatro voltas! Foi o que durou a prova da 125cc do mundial de motovelocidade. Uma forte chuva despencou sobre o autódromo do Qatar, provocando uma bandeira vermelha, pela dificuldade de visibilidade, e depois de uma longa espera a prova foi considerada encerrada.
O italiano Andrea Iannone, da equipe Ongetta, foi o vencedor da prova com o espanhol Julián Simon, que largou na pole em segundo e fechando o pódio ficou o alemão Sandro Cortese da equipe Ajo Interwetten.
Simon saiu no lucro, pois ele havia batido momentos antes da bandeira vermelha e perdeu várias posições no grid, mas como o regulamento diz que quando a prova é interrompida, passa a valer a classificação da volta anterios, o espanhol pode comemorar a segunda posição com sabor de vitória.
Devido à interrupção prematura, apenas a metade da pontuação foi dada a cada piloto. Confira abaixo o resultado final da prova:
1 Andrea IANNONE ITA 17 Efren VAZQUEZ SPA
2 Julian SIMON SPA 18 Joan OLIVE SPA
3 Sandro CORTESE GER 19 Lorenzo ZANETTI ITA
4 Pol ESPARGARO SPA 20 Takaaki NAKAGAMI JPN
5 Bradley SMITH GBR 21 Lorenzo SAVADORI ITA
6 Jonas FOLGER GER 22 Randy KRUMMENACHER SWI
7 Nicolas TEROL SPA 23 Jasper IWEMA NED
8 Stefan BRADL GER 24 Luca MARCONI ITA
9 Danny WEBB GBR 25 Lukas SEMBERA CZE
10 Esteve RABAT SPA 26 Alexis MASBOU FRA
11 Dominique AEGERTER SWI 27 Tomoyoshi KOYAMA JPN
12 Sergio GADEA SPA 28 Luca VITALI ITA
13 Scott REDDING GBR
Marc MARQUEZ SPA
14 Simone CORSI ITA
Michael RANSEDER AUT
15 Johann ZARCO FRA
Matthew HOYLE GBR
16 Cameron BEAUBIER USA





Qatar
Dia: 12/04/2009 (Domingo)
Hora: 15:15 (Ao vivo no Sportv2)

Destaques:
Campinas – O húngaro Gabor Talmacsi, estreante na 250cc, fez o melhor tempo do dia da primeira sessão de treinos livres visando à abertura do campeonato no Qatar neste Domingo. O piloto da equipe Balaton Racing fez o tempo de 2:01.902 e superou o espanhol Álvaro Bautista por apenas 0.041 segundos.
Bautista, que é um dos mais fortes candidatos ao título, festejou o bom resultado e tentará abrir a maior vantagem possível sobre o campeão Marco Simoncelli, que sofre com uma fratura e ficou apenas com o 16º tempo do dia.
Simoncelli sofreu uma queda no último fim de semana, durante uma sessão de teste, e fraturou o punho direito. Ele foi submetido a uma cirurgia, liberado para correr, mas ainda sente dores no local.
Confira abaixo o resultado final da sessão disputada hoje no Qatar.
1 Gabor TALMACSI Aprilia 2'01.902
2 Alvaro BAUTISTA Aprilia 0.041
3 Mattia PASINI Aprilia 0.294
4 Hiroshi AOYAMA Honda 0.444
5 Hector BARBERA Aprilia 0.481
6 Ratthapark WILAIROT Honda 0.481
7 Thomas LUTHI Aprilia 0.524
8 Jules CLUZEL Aprilia 0.799
9 Lukas PESEK Aprilia 0.862
10 Hector FAUBEL Honda 0.880
11 Mike DI MEGLIO Aprilia 0.934
12 Karel ABRAHAM Aprilia 0.946
13 Raffaele DE ROSA Honda 1.257
14 Alex DEBON Aprilia 2.183
15 Roberto LOCATELLI Gilera 2.224
16 Marco SIMONCELLI Gilera 2.974
17 Shoya TOMIZAWA Honda 3.189
18 Imre TOTH Aprilia 3.270
19 Alex BALDOLINI Aprilia 4.574
20 Axel PONS Aprilia 4.928
21 Vladimir LEONOV Aprilia 5.180
22 Bastien CHESAUX Honda 6.975
23 Aitor RODRIGUEZ Aprilia



Qatar
Dia: 12/04/2009 (Domingo)
Hora: 17:00 (Ao vivo no Sportv2)

Destaques:
Campinas – A temporada 2009 da MotoGP promete ser uma das melhores dos últimos tempos. Valentino Rossi provou na temporada passada que está em ótima fase. Casey Stoner, da Ducati, foi o mais veloz nos testes de pré-temporada e vem com força total. O norte-americano Nicky Hayden, agora na Ducati, tem tudo para voltar a ser o piloto de 2006 quando foi o campeão da categoria. Sem contar no Lorenzo e no Pedrosa, que possuem grande potencial para fazerem bonito.
Na primeira sessão de hoje, no Qatar, Stoner continuou na frente, mas com uma vantagem bem menor do que vinha mostrando nos testes de pré-temporada. O italiano Valentino Rossi ficou apenas 0.386 segundos atrás do australiano e a briga pela pole promete ser quente, apesar de ser uma sessão noturna.
Pedrosa, que sofreu um acidente e passou por uma cirurgia no testes de pré-temporada, está de volta as pistas, mas não conseguiu um bom tempo. O espanhol da HONDA ficou apenas com a última posição, porém deu 17 voltas e provou que aos poucos conseguirá voltar a ser competitivo.
Confira abaixo o resultado da sessão de hoje:
1 Casey STONER Ducati 1:57.053
2 Valentino ROSSI Yamaha 0.386
3 Colin EDWARDS Yamaha 0.782
4 Jorge LORENZO Yamaha 1.219
5 Alex DE ANGELIS Honda 1.399
6 Loris CAPIROSSI Suzuki 1.415
7 Mika KALLIO Ducati 1.446
8 Andrea DOVIZIOSO Honda 1.453
9 Marco MELANDRI Kawasaki 1.704
10 Randy DE PUNIET Honda 1.718
11 James TOSELAND Yamaha 1.797
12 Toni ELIAS Honda 2.041
13 Nicky HAYDEN Ducati 2.105
14 Chris VERMEULEN Suzuki 2.295
15 Yuki TAKAHASHI Honda 2.384
16 Sete GIBERNAU Ducati 3.542
17 Niccolo CANEPA Ducati 3.544
18 Dani PEDROSA Honda 4.382



Oulton Park - Primeira Corrida
Dia: 13/04/2009 (Segunda-Feira)
Hora: 07:00

Destaques:
Campinas - O australiano Daniel Ricciardo da equipe Carlin fechou a Sexta-Feira na frente em Oulton onde será aberta a temporada 2009 da Fórmula 3 inglesa. Com o tempo de 1:28.166, Ricciardo abriu 0.516 segundo para o inglês Nick Tandy.
Foram realizadas três sessões ao longo do dia: as duas primeiras com pista seca e a última com chuva. O austríaco Walter Grubmuller foi o mais rápida com a pista molhada, colocando quase um segundo sobre o segundo colocado, o inglês Oliver Oakes.
Amanhã serão realizadas as duas sessões classificatórias para as provas que só acontecerão na Segunda-Feira.
Entre os brasileiros, Adriano Buzaid fechou com a 11ª melhor marca do dia, com 1:29.587, e Gabriel Dias e Victor Correa, que competirão na classe nacional, terminaram com a 16ª e 19ª marca respectivamente.
Confira abaixo o resultado final da Sexta-Feira:
1 Daniel RICCIARDO 1:28.166s
2 Nick TANDY 1:28.682s
3 Riki CHRISTODOULOU 1:28.794s
4 Max CHILTON 1:28.809s
5 Oliver OAKES 1:28.875s
6 Carlos HUERTAS 1:28.899s
7 Daisuke NAKAJIMA 1:29.039s
8 Henry ARUNDEL 1:29.289s
9 Hywel LLOYD 1:29.311s
10 Walter GRUBMÜLLER 1:29.351s
11 Adriano BUZAID 1:29.587s
12 Victor GARCIA 1:29.885s
13 Daniel McKENZIE 1:29.917s
14 Wayne BOYD 1:29.921s
15 Jay BRIDGER 1:30.985s
16 Gabriel DIAS 1:31.344s
17 Max SNEGIREV 1:31.976s
18 Stéphane RICHELMI 1:32.014s
19 Victor Correa 1:32.586s



Oschersleben - Segunda Corrida
Dia: 13/04/2009 (Segunda-Feira)
Hora: 08:00

Destaques:


Oulton Park - Segunda Corrida
Dia: 13/04/2009 (Segunda-Feira)
Hora: 11:50

Destaques:

Calendário

Videoteca

Twitter


Postagens populares

Newsletters