Subscribe to web2feel.com
Subscribe to web2feel.com

COBERTURA CAMPEÃ DO FIM DE SEMANA

Postado por Thiago Raposo sexta-feira, 17 de abril de 2009

Campinas - Começamos mais uma cobertura campeã do fim de semana. Gostaria de lembrar a todos que este post é atualizado diversas vezes no decorrer das competições com: resultados, comentários, fotos, vídeos e tudo mais para levar a você o melhor da velocidade!
Não deixem de passar aqui nos próximos 3 dias para ver tudo o que rolou no Brasil e no Mundo sobre 2 e 4 rodas.
Abraços!

Clique nos links abaixo para acompanhar os destaques de uma categoria específica, ou se preferir, desça a barra de rolagem para ver o resumo total do fim de semana!



Phoenix
Dia: 17/04/2009 (Sexta-Feira)
Hora: 22:30 (Ao Vivo no Canal Speed)

Destaques
Campinas - A exemplo da semana passada em Nashville, a primeira fica em Phoenix para a prova da Nationwide vai ter Carl Edwards e Joey Logano na primeira fila. Edwards, da Roush, continua em busca da 100ª vitória da equipe e da vitória para manter a liderança do campeonato.
Já Logano, da equipe Gibbs, está super motivado já que veio de uma bela vitória na semana passada, quando superou seu companheiro de equipe Kyle Busch. Buschinho é outro nome forte, já que venceu esta prova na temporada passada e que largará na quinta posição.
Confira abaixo o grid completo para a prova:
1 Carl Edwards 27.129 23 Brian Scott 28.025
2 Joey Logano 27.364 24 Casey Atwood 28.056
3 Paul Menard 27.393 25 Daryl Harr 28.105
4 Greg Biffle 27.503 26 John Borneman III 28.115
5 Kyle Busch 27.553 27 Michael McDowell* 28.124
6 Kevin Harvick 27.584 28 Kenny Wallace 28.163
7 Brad Keselowski 27.692 29 Michael Annett* 28.167
8 Jason Leffler 27.696 30 D.J. Kennington 28.175
9 Michael Waltrip 27.730 31 Dave Blaney 28.188
10 Mike Bliss 27.736 32 John Wes Townley* 28.210
11 Jeff Burton 27.740 33 Mark Green 28.213
12 David Ragan 27.744 34 David Green 28.214
13 Terry Cook 27.779 35 Austin Dillon 28.235
14 Brendan Gaughan* 27.808 36 Tony Raines 28.312
15 Scott Wimmer 27.833 37 Kevin Hamlin 28.386
16 Burney Lamar 27.865 38 Brandon Whitt 28.484
17 Jason Keller 27.938 39 Morgan Shepherd 28.683
18 Eric McClure 27.942 40 Ken Butler III+* 29.238
19 Kertus Davis 27.952 41 Steve Wallace+ -
20 Joe Nemechek 27.966 42 Justin Allgaier+* -
21 Danny O'Quinn Jr. 27.994 43 Brian Keselowski 28.544
22 Scott Lagasse Jr.* 28.009


Campinas – Foi realizada nesta Sexta a sétima etapa da Nascar Nationwide Series, principal categoria de acesso a Sprint Cup. A vitória ficou com Greg Biffle, a segunda no ano. Com isto ele levou à equipe Roush a histórica marca de 100 vitórias na categoria.
Carl Edwards, que tentava ser o dono da façanha, chegou perto, mas acabou pagando pela cabeça quente. Ele largou na pole da prova, e apesar de ter sido superado por Joey Logano na largada, voltou para a ponta no sétimo giro. Na 22ª volta, no entanto o piloto Kevin Hamlin bateu e a bandeira amarela foi acionada. Os pilotos foram para o boxe, menos Michael Waltrip, que para divulgar o patrocinador permaneceu na pista e pulou para a liderança. Na bandeira verde ele começou a ser superado pelo pelotão, mas não facilitou a vida dos concorrentes. Carl Edwards, que vinha atrás, acabou o jogando no muro (ver vídeo).
videoEdwards voltou para a ponta na volta 35 e liderou 79 voltas na prova até parar com problemas no carro. O piloto disse que após o toque com Waltrip algo começou a falhar no carro e com o passar das voltas o problema só foi se agravando. O piloto, que tinha um carro rápido e vencedor nas mãos, acabou abandonando por um momento de impaciência.
Kyle Busch novamente deu um show, mas desta vez um pouco diferente. Antes mesmo de Carl Edwards abandonar Buschinho teve problemas no carro e parou no boxe.
Voltou com duas voltas de desvantagem e no braço conseguiu recuperar uma das voltas na pista. Depois, com uma bandeira amarela, voltou para a volta dos líderes por ser o “Lucky Dog” *.
Greg Biffle, com os problemas de Edwards e Busch, pulou então para a ponta da prova e de lá não mais saiu. No fim da corrida ainda houve a expectativa de que talvez ele viesse a perder a posição, pois aconteceu uma bandeira amarela e seus concorrentes todos pararam nos boxes, menos ele. Todavia, na relargada ele conseguiu suportar a pressão dos rivais com pneus mais novos e venceu a prova.

* Lucky Dog: A Nascar permite, nas bandeiras amarelas, que o retardatário melhor colocado recupere uma volta. Lucky Dog é a designação dada a este piloto.

Confira abaixo o resultado final da prova:
1 Greg Biffle 23 D.J. Kennington
2 Jason Leffler 24 Tony Raines
3 Brad Keselowski 25 Joe Nemechek
4 Joey Logano 26 Brandon Whitt
5 Kevin Harvick 27 Brian Keselowski
6 David Ragan 28 Ken Butler III
7 Brendan Gaughan 29 Kenny Wallace
8 Justin Allgaier 30 John Borneman III
9 Mike Bliss 31 Casey Atwood
10 Kyle Busch 32 Scott Lagasse Jr.
11 Michael McDowell 33 Carl Edwards
12 Steve Wallace 34 Austin Dillon
13 Burney Lamar 35 Morgan Shepherd
14 Paul Menard 36 John Wes Townley
15 Brian Scott 37 Daryl Harr
16 Michael Annett 38 Mark Green
17 Jason Keller 39 Kertus Davis
18 David Green 40 Michael Waltrip
19 Scott Wimmer 41 Kevin Hamlin
20 Jeff Burton 42 Terry Cook
21 Danny O'Quinn Jr. 43 Dave Blaney
22 Eric McClure



Hamilton - Primeira Prova
Dia: 18/04/2009 (Sábado)
Hora: 00:05

Destaques
Campinas – Foi realizada no Sábado em Hamilton, Nova Zelândia, mais uma etapa da V8 Supercars. Jamie Whincup, da equipe Vodafone, venceu mais uma na temporada. Ele que largou na segunda posição, mas ultrapassou Mark Winterbotton, o pole, na sexta curva da primeira volta.
Este é o segundo ano que a V8 corre em Hamilton e no ano passado Whincup não foi nada bem. Ele não marcou nenhum ponto, pois o carro foi danificado na qualificação e isto prejudicou o rendimento de todo o fim de semana. O piloto também quebrou um tabu, já que a última vez que a Ford havia vencido na Nova Zelândia foi em 2004.
Wintebotton ainda coseguiu sustentar a segunda posição. Lee Holdsworth fez uma bela prova e de sexto no grid terminou em terceiro no pódio.
Na madrugada deste sábado para domingo será realizada a segunda prova desta rodada dupla. Confira abaixo o resultado final da prova:
1 Jamie Whincup 01:27:20.3645 16 Cameron McConville 01:27:48.6368
2 Mark Winterbottom 01:27:21.9023 17 Shane Van Gisbergen 01:28:00.1731
3 Lee Holdsworth 01:27:22.6768 18 Paul Dumbrell 01:27:24.6535
4 Will Davison 01:27:25.9300 19 Jack Perkins 01:27:34.0324
5 Steven Johnson 01:27:28.4542 20 Tony D'Alberto 01:27:40.9399
6 Fabian Coulthard 01:27:28.9387 21 Jason Bright 01:27:42.3196
7 Rick Kelly 01:27:30.2290 22 Dale Wood 01:27:44.9691
8 Todd Kelly 01:27:31.9427 23 Russell Ingall 01:28:30.0535
9 Alex Davison 01:27:34.4832 24 Craig Lowndes 01:27:48.0523
10 Jason Richards 01:27:35.7744 25 Michael Caruso 01:27:56.9465
11 Garth Tander 01:27:37.6439 DNF Dean Fiore 01:25:45.5086
12 David Reynolds 01:27:37.9645 DNF Marcus Marshall 01:20:23.3164
13 James Courtney 01:27:38.4272 DNF Jason Bargwanna 01:27:41.3639
14 Michael Patrizi 01:27:39.0823 DNF Tim Slade 27:44.6194
15 Steven Richards 01:27:39.9869 DNF Greg Murphy 8:13.2940



Barcelona - Primeira Prova
Dia: 18/04/2009 (Sábado)
Hora: 08:45 (VT. Domingo no Canal Speed)

Destaques
Campinas – Teve início hoje, em Barcelona, a temporada 2009 da World Series by Renauly. Uma das mais importantes categorias de monopostos da Europa, por onde já passaram Fernando Alonso, Sebastian Vettel e Robert Kubica (para não estender muito a lista), conta com 23 carros alinhados no grid.
O espanhol Marcos Martinez, da equipe Pos, venceu de ponta a ponta a primeira etapa, conquistando assim sua primeira vitória na categoria. Ele foi seguido de perto por toda a prova pelo belga Bertrand Baguette da equipe Draco, mas em nenhum momento teve a liderança realmente ameaçada.
Ainda na primeira volta o carro do taliano Frankie Provenzano abandonou com a suspensão dianteira esquerda quebrada. Charles Pic também abandonou logo no início.
No pelotão intermediário algumas brigas movimentaram a prova. Adrian Valles, que largou na nona posição, foi subindo aos poucos até chegar em terceiro e conquistar o pódio. Oliver Turvey e Jaime Alguersuari também travaram uma bela briga, com Turvey levando a melhor e terminando na quarta posição com o espanhol, campeão da F3 Inglesa, em quinto.
Amanhã será disputada a segunda prova da rodada dupla da Espanha. As duas provas serão transmitidas em VT. pelo Canal Speed, às 09:00. Confira abaixo o resultado final da prova:
1 Marcos Martinez 12 Brendon Hartley
2 Bertrand Baguette 13 Greg Mansell
3 Adrian Valles 14 Daniil Move
4 Oliver Turvey 15 Julian Leal
5 Jaime Alguersuari 16 Harald Schlegelmilch
6 James Walker 17 Anton Nebilitskiy
7 Chris Van 18 Sten Pentus
8 Fairuz Fauzy 19 Federico Leo
9 Miguel Molina
Marco Barba
10 Adrian Zaugg
Mihai Marinescu
11 Pasquale Di
Frankie Provenzano



Charles Pic



Interlagos - Primeira Prova
Dia: 18/04/2009 (Sábado)
Hora: 11:15 (Ao vivo na Race TV)

Destaques
Campinas - O último treino de quinta-feira da Porsche GT3 Cup foi dominado por Léo Burti, que cravou o tempo de 1:41.056. Léo está estreando na categoria neste ano, mas já é um piloto experiente com passagens pela Copa Clio, DTM e Stock Car Light.
Ele fez 0.239 segundos abaixo do segundo colocado, Maurizio Billi. O terceiro colocado da quinta foi Ricardo Baptista, com apenas 0.019 segundos atrás de Billi.
Constantino Júnior, Miguel Paludo e Tom Valle, primeiros colocados gerais no campeonato, não participaram dos treinos de quinta e foram à pista apenas nesta sexta-feira. Constantino se deu melhor e ficou com a pole para a primeira prova da rodada que acontece neste sábado.
Léo Burti não decepcionou e marcou o segundo melhor tempo, com Ricardo Baptista em terceiro e Beto Posses completando a segunda fila. Miguel Paludo e Tom Valle dividem a terceira fila, respectivamente com o quinto e sexto melhores tempos.
As provas serão transmitidas ao vivo pela Race Tv. Confira abaixo o grid de largada para a prova:
1 00-Constantino Júnior 1:40.301
2 87-Léo Burti 1:40.668
3 27-Ricardo Baptista 1:40.862
4 52-Beto Posses 1:40.480
5 77-Miguel Paludo 1:40.888
6 99-Tom Valle 1:41.278
7 64-Sérgio Ribas 1:41.371
8 51-Otávio Mesquita 1:41.497
9 7-Clemente Lunardi 1:41.544
10 3-Luís Zattar 1:41.644
11 9-Guilherme Figueirôa 1:41.595
12 55-Marcel Visconde 1:41.932
13 34-Maurizio Billi 1:41.979
14 78-Haroldo Pinto 1:42.312
15 5-Antônio Hermann 1:42.751
16 11-Omilton Visconde 1:42.860
17 36-Charles Reed 1:42.908
18 10-Adalberto Baptista 1:42.929
19 15-Henry Visconde 1:46.045
20 8-Marcelo Ometto sem
21 31-Marcos Barros sem


Campinas – Foi realizada nesta manhã de Sábado em Interlagos a primeira prova da rodada dupla válida pela segunda etapa da Porsche Cup. Pela terceira vez, em três corridas no ano, o vencedor foi Constantino Júnior. O piloto, que terminou a temporada 2008 com o vice-campeonato, parece não querer dar chances ao azar neste ano e está “devorando” seus rivais.
Constantino, no entanto, começou a prova perdendo a liderança para Léo Burti, que largou ao seu lado na primeira fila. Mas já na segundo volta Constantino voltou à ponta, já que Burti rodou no esse do Senna ao abrir o segunda giro.
Se na liderança Constantino estava tranquilo, o mesmo não aconteceu na segunda posição. Os dois últimos campeões da categoria duelaram até o último segundo da corrida pela posição. Ricardo Baptista, campeão de 2007 e Miguel Paludo, do ano passado, terminaram a prova separados apenas por 0.262 segundos, com Paludo na frente.
A segunda prova será às 15:10, com transmissão ao vivo da Race TV. Confira abaixo o resultado final da prova:
1 Constantino Júnior 16 voltas 11 Guilherme Figueirôa 56.841
2 Miguel Paludo 2.228 12 Marcos Barros 1:01.170
3 Ricardo Baptista 2.490 13 Henry Visconde 1 volta
4 Beto Posses 2.665 14 Charles Reed 1 volta
5 Clemente Lunardi 4.003 15 Omilton Visconde 1 volta
6 Sérgio Ribas 13.563 16 Marcelo Ometto 4 voltas
7 Otávio Mesquita 14.468 17 Antônio Hermann 9 voltas
8 Luís Zattar 31.378 18 Tom Valle 10 voltas
9 Marcel Visconde 31.444 19 Léo Burti 12 voltas
10 Haroldo Pinto 40.023 20 Maurizio Billi 16 voltas



21 Adalberto Baptista não largou



Interlagos - Segunda Prova
Dia: 18/04/2009 (Sábado)
Hora: 15:10 (Ao vivo na Race TV)

Destaques
Campinas – Só deu Constantino Júnior em 2009 na Porsche Cup. O empresário da Gol, linhas aéreas, anda voando baixo também nas pistas. Ele venceu também a segunda prova da etapa de Interlagos e disparou na liderança do campeonato com 80 pontos. "Fácil eu não diria, pois independentemente da posição que você ocupa, a cada volta se tenta buscar mais tempo, absorver o desgaste do carro e do pneu. Ganhar é consequência", disso Constantino após a prova.
Nesta prova foi ainda mais tranquila para ele, pois apenas na largada que ele precisou defender a posição do gaucho Miguel Paludo e depois disparou na liderança. Já Paludo passou a prova inteira brigando com Ricardo Baptista pela segunda posição, mas conseguiu novamente se manter na posição.
Paludo comentou que os dois segundos lugares foram com certeza bons resultados e que a prova foi muito difícil, pois o calor atrapalhou um pouco o carro que ficou traseiro. “Temos também que pensar no campeonato, pois ainda tem muita coisa para acontecer”.
Otávio Mesquita também fez uma bela prova e depois de largar da sétima posição, pulou para quarto por onde ficou por um bom tempo. Infelizmente ele rodou e perdeu várias posições. Clemente Lunardi e Beto Posses também fizeram uma prova sensacional, alternando diversas vezes de posição.
Os cinco primeiros do campeonato estão assim: Constantino 80 pontos, Paludo 70, Clemente 47, Ricardo e Posses 45. A próxima etapa será no dia 02 de Maio, também em Interlagos.
Confira abaixo o resultado final da prova:
1 Constantino Júnior 11 Charles Reed
2 Miguel Paludo 12 Otávio Mesquita
3 Ricardo Baptista 13 Haroldo Pinto
4 Clemente Lunardi 14 Léo Burti
5 Beto Posses 15 Maurizio Billi
6 Marcel Visconde 16 Antônio Hermann
7 Tom Valle 17 Marcos Barros
8 Sérgio Ribas 18 Adalberto Baptista
9 Luíz Zattar 19 Henry Visconde
10 Marcelo Ometto 20 Omilton Visconde


21 Guilherme Figueirôa



Long Beach
Dia: 18/04/2009 (Sábado)
Hora: 20:00 (VT. na Quarta-Feira no Canal Speed)

Destaques


Phoenix
Dia: 18/04/2009 (Sábado)
Hora: 21:30 (Ao Vivo no Canal Speed)

Destaques
Campinas – Depois de uma semana de folga, a Nascar Sprint Cup volta neste Sábado para a disputa da oitava etapa da temporada. Mark Martin, que havia ficado oito anos sem conquistar uma pole, marcou hoje à terceira na temporada com o tempo de 26.903 e média de 215,35 km/h.
Atrás de Martin vem os dois irmãos Busch, com Kyle na frente de Kurt. Os dois já venceram três etapas nesta temporada e largando tão bem, são com certeza dois nomes entre os favoritos para a vitória. Jeff Gordon, vencedor da última prova no Texas e líder do campeonato sai logo atrás dos dois, na quarta posição.
O colombiano Juan Pablo Montoya, 13º colocado no campeonato, vive a expectativa de entrar para o seleto grupo dos dozes que se classificam para os playoffs. Ele vai largar da 20ª posição. A prova será transmitida ao vivo a partir das 21:30 para o Brasil pelos canais Speed e Bandsports.
Confira abaixo o grid completo da prova:
1 Mark Martin 26.903 23 Robby Gordon -0.245
2 Kyle Busch -0.018 24 Clint Bowyer -0.246
3 Kurt Busch -0.023 25 A.J. Allmendinger -0.255
4 Jeff Gordon -0.025 26 Martin Truex Jr. -0.263
5 Brian Vickers -0.053 27 David Gilliland -0.267
6 Tony Stewart -0.066 28 Jamie McMurray -0.273
7 Paul Menard -0.067 29 Marcos Ambrose -0.287
8 David Reutimann -0.072 30 Ryan Newman -0.297
9 Regan Smith -0.076 31 Joey Logano* -0.335
10 Jimmie Johnson -0.096 32 Michael Waltrip -0.352
11 Carl Edwards -0.100 33 Kevin Harvick -0.365
12 Denny Hamlin -0.112 34 Dave Blaney -0.380
13 Greg Biffle -0.116 35 Sam Hornish Jr. -0.383
14 David Ragan -0.133 36 Reed Sorenson -0.406
15 Dale Earnhardt Jr. -0.140 37 Scott Riggs -0.438
16 Jeff Burton -0.149 38 Casey Mears -0.451
17 Matt Kenseth -0.160 39 Sterling Marlin -0.469
18 Scott Speed* -0.199 40 Elliott Sadler -0.593
19 David Stremme -0.203 41 John Andretti+ -0.669
20 Juan Montoya -0.240 42 Bobby Labonte+ -0.676
21 Kasey Kahne -0.241 43 Tony Raines -0.493
22 Joe Nemechek -0.243




Campinas – Mark Martin foi o grande vencedor da prova de Phoenix da Nascar Sprint Cup. Foi a oitava etapa do campeonato e o veterano piloto que já estava beliscando o feito, já que largou pela terceira vez na pole na temporada, não perdoou os adversários.
Na largada ele suportou a pressão dos irmãos Busch e começou a abrir uma boa diferença para os rivais. Nas voltas seguintes Kyle Busch começou a perder rendimento e rapidamente deixou de ocupar o TOP 5 da prova.
A primeira amarela aconteceu na volta 54 e todos os pilotos aproveitaram para fazer a primeira parada nos boxes. A ordem depois dos pits era: Mark Martin, Kurt Busch, Denny Hamlin, Tony Stewart e Jeff Gordon. Na relargada Stewart passou Hamlin e as posições se mantiveram do mesmo jeito por algumas voltas.
Na 95 Stewart pulou para segundo ao ultrapassar Kurt Busch e dez voltas depois a segunda amarela foi acionada. A equipe Penske fez um belo trabalho de boxe e devolveu Kurt Busch na liderança da prova com Mark Martin em segundo e Greg Biffle em terceiro.
Foi a vez do Buschão passar um bom tempo na liderança da prova. Na volta 151 Jeff Gordon, vencedor da última prova, teve problemas com o carro e por sorte uma nova amarela pintou para que ele pudesse parar para fazer os reparos.
Por volta da 160ª voltou a acontecer mais uma amarela e Dale Earnhardt Jr. resolveu arriscar e não parou nos boxes para trocar pneus e reabastecer. Com isto o piloto do carro 88 pulou para a ponta da prova. A estratégia se mostrou válida já que ele se manteve na liderança nas 70 voltas seguintes, até que faltando 56 voltas Mark Martin o ultrapassou.
Ele começou a imprimir um ritmo impressionante, abrindo uma boa vantagem para os demais concorrentes e dando pinta de que venceria com facilidade, mas há 10 voltas para o fim Casey Mears tocou em Dale Jr. e uma nova amarela foi chamada.
Era o que faltava para um fim de prova emocionante, ainda mais porque todos os lideres pararam, menos Ryan Newman, que ficou então com a liderança da prova. A verde foi novamente acionada faltando seis voltas e Martin e Stewart devoraram Newman e pularam para frente. Apesar das tentativas do rival, Mark Martin cruzou a linha de chegada na frente, e conquistou a 36ª vitória da carreira.
Confira abaixo o resultado final da prova:
1 Mark Martin 23 Paul Menard
2 Tony Stewart 24 Juan Montoya
3 Kurt Busch 25 Jeff Gordon
4 Jimmie Johnson 26 Clint Bowyer
5 Greg Biffle 27 Matt Kenseth
6 Denny Hamlin 28 Regan Smith
7 Martin Truex Jr. 29 Bobby Labonte
8 David Reutimann 30 Kevin Harvick
9 Sam Hornish Jr. 31 Dale Earnhardt Jr.
10 Carl Edwards 32 Elliott Sadler
11 Jamie McMurray 33 David Gilliland
12 Reed Sorenson 34 Scott Speed *
13 Kasey Kahne 35 A.J. Allmendinger
14 Marcos Ambrose 36 Scott Riggs
15 Jeff Burton 37 Michael Waltrip
16 Ryan Newman 38 John Andretti
17 Kyle Busch 39 Robby Gordon
18 David Stremme 40 Sterling Marlin
19 Brian Vickers 41 Joe Nemechek
20 Casey Mears 42 Dave Blaney
21 Joey Logano * 43 Tony Raines
22 David Ragan




Hamilton - Segunda Prova
Dia: 18/04/2009 (Sábado)
Hora: 23:30

Destaques


Suzuka
Dia: 19/04/2009 (Domingo)
Hora: 02:00

Destaques
Campinas – Foi realizada nesta madrugada a qualificação para a segunda etapa da Super GT, principal competição de carros esportivos do Oriente. O local para a festa é o lendário circuito de Suzuka, que passou por uma reformulação no traçado. A pole ficou com a dupla formada pelo francês Benoit Treluyer e o japonês Satoshi Motoyama.
O brasileiro João Paulo de Oliveira, vencedor da primeira etapa em Okayama, não conseguiu ficar muito bem no treino classificatório. A categoria também tem o “lastro de desempenho”, regra que pune com peso extra os melhores carros para tentar manter a igualdade na competição. Com isto, João Paulo carrega 40 quilos a mais em seu carro, o que acabou resultado no fraco desempenho.
O brasileiro, porém se mantém confiante que ainda pode fazer um bom trabalho: “Amanhã estará bastante quente, portanto o consumo de pneus será grande. Estamos largando com pneus duros, então tenho confiança que estamos em uma estratégia forte. Vamos ver amanhã!”.
Confira abaixo o grid para a prova:
1 Benoit Treluyer/Satoshi Motoyama
2 Richard Lyons/Yuji Tachikawa
3 Ronnie Quintarelli/Hironobu Yasuda
4 Andre Lotterer/Jyuichi Wakisaka
5 Sebastian Philippe/Matsuda Tsugio
6 Toshihiro Kaneishi/Koudai Tsukakoshi
7 Yuji Ide/Shinya Hosokawa
8 Ryo Michigami/Takashi Kogure
9 Loic Duval/Yuki Nakayama
10 Bjorn Wirdheim/Daisuke Ito
11 João Paulo de Oliveira/Seiji Ara



China
Dia: 19/04/2009 (Domingo)
Hora: 04:00 (Ao vivo na Rede Globo)

Destaques
Campinas - O alemão Sebastian Vettel surpreendeu a todos na China e conquistou a pole para a prova. Quando todos esperavam mais um passeio dos carros da Brawn, o jovem piloto da Red Bull foi lá e conquistou a posição de honra. A primeira Brawn ficou apenas na quarta posição com o brasileiro Rubens Barrichello enquanto Button ficou apenas em quinto. O espanhol Fernando Alonso, da Renault, vai dividir a primeira fila com Vettel.
Na primeira parte do treino a única surpresa foi mesmo a presença do polonês Robert Kubica. O piloto da BMW Sauber marcou apenas o 18º tempo, muito aquém do que se esperava dele. Os outros quatro pilotos já são bem conhecidos do Q1: Bourdais, Sutil, Fisichella e novamente o brasileiro Nelson Piquet.
No Q2, quando se definem os dez primeiros que passam para a última fase, mais uma decepção para os torcedores brasileiros. Felipe Massa ficou apenas com o 13º por ter errado na última volta rápida. Nick Heidfeld, Heikki Kovalainen, Kazuki Nakajima e Timo Glock da Toyota, que apesar do 14º lugar, perderá cinco posições por ter trocado o câmbio.
A prova será disputada amanhã, às 04:00 da manhã, com transmissão ao vivo da Rede Globo. Confira abaixo o grid completo para a prova:
1 Sebastian Vettel
2 Fernando Alonso
3 Mark Webber
4 Rubens Barrichello
5 Jenson Button
6 Jarno Trulli
7 Nico Rosberg
8 Kimi Räikkönen
9 Lewis Hamilton
10 Sébastien Buemi
11 Nick Heidfeld
12 Heikki Kovalainen
13 Felipe Massa
14 Kazuki Nakajima
15 Sébastien Bourdais
16 Nelson Piquet
17 Robert Kubica
18 Adrian Sutil
19 Timo Glock
20 Giancarlo Fisichella


Campinas – O campeonato 2009 da Fórmula 1 teve mais uma etapa hoje, o Grande Prêmio da China, e a vitória ficou com o jovem alemão Sebastian Vettel. A prova foi disputada debaixo de chuva e os pilotos tiveram que largar atrás do carro de segurança para que pudessem sentir as condições da pista. A bandeira verde só foi dada na sétima volta e antes disto alguns pilotos pararam no boxe mudando a estratégia para a prova.
Vettel, que conquistou a pole no Sábado com o tempo seco, mostrou que não só de difusor se faz um carro de corrida, e com o excelente Red Bull disparou na liderança da prova. Mark Webber, companheiro de Vettel manteve a segunda posição e atrás dele as duas Brawn, com Barrichello e Button até a volta 10, quando o brasileiro errou e foi ultrapassado pelo inglês.
No início da prova os destaques foram o péssimo desempenho do italiano Jarno Trulli e a corrida de recuperação de Felipe Massa. Enquanto o italiano perdeu posições para Hamilton, Buemi, Räikkönen, Kovalainen, Bourdais e o próprio Massa, o brasileiro ultrapassou Kovalainen, Räikkönen, Hamilton e o italiano, mas no fim os dois tiveram o mesmo destino: ambos abandonaram a prova. O italiano, por ter sido atingido pela BMW de Robert Kubica, e Massa por problemas elétricos na Ferrari.
Felipe disse que o acelerador simplesmente parou de funcionar e não tinha mais o que fazer. Ele reconheceu os problemas com o carro, principalmente de velocidade e confiabilidade, mas disse que é hora de levantar a cabeça e trabalhar para reverter à situação. “Foi um fim de semana muito problemático. Desde a descoberta do problema com o KERS, passando por vários outros problemas até terminar com a pane do carro na corrida”.
O carro de segurança teve que entrar novamente na pista após o acidente de Kubica e Trulli, e vários pilotos aproveitaram para parar nos boxes. A prova foi reiniciada e o domínio da Red Bull continuava. Lá atrás o brasileiro Nelson Piquet sofria com a pista molhada e chegou a rodar duas vezes na prova, perdendo dois bicos: “Foi uma das minhas piores corridas na categoria, pois tudo deu errado. Muitos carros aquaplanaram e saíram ilesos, mas sempre na minha vez tinha um toque e eu perdia o bico”, disse o piloto após a prova.
No fim deu mesmo dobradinha da Red Bull, com Button em terceiro e Barrichello na quarta posição. O brasileiro fez a volta mais rápida da prova, mas não foi suficiente para superar o companheiro de equipe. “Tive muitos problemas com os freios no início da prova e isto nos prejudicou bastante. Após os pits eles voltaram a funcionar, mas já tínhamos perdido muito terreno. Mas foi ótimo chegar novamente nos pontos e no calor do Bahrain estaremos mais competitivos”, disse Barrichello.
Confira abaixo o resultado final da prova:
1 Sebastian Vettel 1:57:43.485 11 Sebastien Bourdais +94.1 s
2 Mark Webber +10.9 s 12 Nick Heidfeld +95.8 s
3 Jenson Button +44.9 s 13 Robert Kubica + 106.8 s
4 Rubens Barrichello +63.7 s 14 Giancarlo Fisichella +1 Lap
5 Heikki Kovalainen +65.1 s 15
Nico Rosberg +1 volta
6 Lewis Hamilton +71.8 s 16
Nelsinho Piquet +2 voltas
7 Timo Glock +74.4 s 17
Adrian Sutil +6 volta
8 Sebastien Buemi +76.4 s 18
Kazuki Nakajima +13 volta
9 Fernando Alonso +84.3 s 19
Felipe Massa +36 volta
10 Kimi Räikkönen +91.7 s 20 Jarno Trulli +38 volta



Barcelona - Segunda Prova
Dia: 19/04/2009 (Domingo)
Hora: 08:00 (VT. Domingo no Canal Speed)

Destaques
Campinas – Foi realizada hoje a segunda prova da rodada dupla de Barcelona, que marcou a abertura da temporada 2009 da World Series by Renault. A chuva que caiu no meio da prova foi a principal protagonista, pois obrigou aos lideres a voltarem para o boxe e levou para frente pilotos do pelotão intermediário.
O francês Charles Pic, que abandonou a primeira prova ainda na volta de apresentação, largou na pole e disparou na liderança. O espanhol Jaime Alguersuari, campeão da F3 Inglesa, largou na quarta posição, mas logo foi para cima dos adversários e ultrapassou James Walker e Daniil Move para assumir a segunda posição.
Começaram então os trabalhos no boxe e os líderes pararam. Porém, algumas voltas depois uma forte chuva caiu sobre o circuito Catalão e todos foram obrigados a voltar aos pits. Os pilotos que ainda não haviam parado se deram bem e ganharam várias posições.
O espanhol Marco Martinez, vencedor da primeira prova, pulou então para a ponta da prova seguido de perto por Sten Pentus e Chris Van der Drift. Na última volta um forte acidente com o italiano Frankie Provenzano provocou a bandeira vermelha e a prova foi encerrada.
Confira abaixo o resultado final da prova:
1 Marcos Martinez 13 Mihai Marinescu
2 Sten Pentus 14 Miguel Molina
3 Chris Van 15 Frankie Provenzano
4 Adrian Valles 16 Jaime Alguersuari
5 Adrian Zaugg 17 Anton Nebilitskiy
6 Charles Pic 18 Federico Leo
7 Fairuz Fauzy
Julian Leal
8 Pasquale Di
Harald Schlegelmilch
9 Brendon Hartley
Marco Barba
10 Greg Mansell
Bertrand Baguette
11 Oliver Turvey
James Walker
12 Daniil Move




General Roca
Dia: 19/04/2009 (Domingo)
Hora: 13:00

Destaques
Campinas - A equipe Petrobrás viu seus três pilotos cravarem os melhores tempos nos treinos da TC 2000 e assegurarem as primeiras filas no grid: José María López ficou com a pole, ladeado por Leonel Pernía e Juan Manuel Silva na terceira posição de largada. Com uma volta muito rápida, López conseguiu abaixar sua própria marca na pista de General Rocca para 1:33.979, novo recorde do circuito.
O quarto colocado no grid, Matías Rossi da equipe Lo Jack, promete dar trabalho à José María López, já que mostrou bons resultados nos treinos de quinta e sexta. O vice-líder do campeonato, Martín Basso, sairá apenas na quinta colocação, com Ezequiel Bosio a seu lado.
Confira o grid de largada:
1 JOSE MARIA LOPEZ 16 FABIAN YANNANTUONI
2 LEONEL PERNIA 17 ESTEBAN TUERO
3 JUAN MANUEL SILVA 18 EMANUEL MORIATIS
4 MATIAS ROSSI 19 LEANDRO CARDUCCI
5 MARTIN BASSO 20 ERNESTO BESSONE
6 EZEQUIEL BOSIO 21 EMILIANO SPATARO
7 NORBERTO FONTANA 22 CHRISTIAN LEDESMA
8 BERNARDO LLAVER 23 SANTIAGO VENTANA
9 MARIANO WERNER 24 GUILLERMO ORTELLI
10 EZEQUIEL BOSIO 25 CRISPIN BEITIA
11 LUCAS ARMELLINI 26 RUBEN SALERNO
12 LUIS JOSE DI PALMA 27 BUGLIOTTI VIEL
13 DE LEON G. PONCE 28 MARCELO JULIAN
14 FABRICIO PEZZINI 29 DANIEL BELLI
15 MARCHESI MATIAS MUNOZ 30 CARLOS BANFI



Long Beach
Dia: 19/04/2009 (Domingo)
Hora: 13:40 (Ao Vivo no site da Categoria)

Destaques
Campinas – Foi definido o grid de largada para a terceira prova da temporada 2009 da Indy Lights. A prova que será disputada em Long Beach, na Califórnia, vai ter dois californianos na primeira fila. J.R. Hildebrand e Jonathan Bomarito largarão de primeiro e segundo respectivamente.
Entre os brasileiros, novamente a Bia Figueiredo foi a melhor colocada com a sétima posição. Ela que terminou em quarto na primeira prova e abandonou a segunda, vai com tudo para se firmar como uma das candidatas ao título da temporada.
Mario Romancini ficou com a 14ª marca e vem mostrando uma melhora progressiva na categoria, já que ele está no ano de estréia. “Vamos para a corrida em busca do melhor resultado possível, mas ultrapassar é sempre complicado em um circuito de rua”, disse o brasileiro.
Rodrigo Barbosa ficou apenas com a 25ª e última posição, sem tempo, porque ele foi tocado pelo chileno Pablo Donoso. "Foi incrível. Parece brincadeira. Eu abri para ele passar na segunda curva, ele não quis aliviar e me atingiu. Só tentei ser gentil e levei a pior. Acabei prejudicado, não andei nem quinhentos metros e vou largar em 25º numa pista que a rigor tem apenas um ponto de ultrapassagem”.
A prova será disputada no Domingo às 13:40. Confira abaixo o grid completo para a prova:
1 J.R. Hildebrand 1:15.2695 14 Mario Romancini 1:15.9503
2 Jonathan Bomarito 1:15.2698 15 Wade Cunningham 1:16.1857
3 Stefan Wilson 1:15.3353 16 Sean Guthrie 1:16.4959
4 James Hinchcliffe 1:15.4928 17 Sebastian Saavedra 1:16.4745
5 Jonathan Summerton 1:15.8578 18 Charlie Kimball 1:16.7109
6 Richard Philippe 1:15.5582 19 Jesse Mason 1:17.3096
7 Ana Beatriz 1:15.9663 20 Pippa Mann 1:17.3743
8 Martin Plowman 1:15.5921 21 Jay Howard 1:17.1941
9 Ali Jackson 1:16.0899 22 Andrew Prendeville 1:19.353
10 James Davison 1:15.8273 23 Pablo Donoso 1:17.5287
11 Gustavo Yacaman 1:16.0988 24 Sergey Mokshantsev 1:21.9018
12 Junior Strous 1:15.9313 25 Rodrigo Barbosa Sem tempo
13 Daniel Herrington 1:16.1312




Campinas – Foi disputada hoje em Long Beach mais uma etapa da Fórmula Indy Lights. A prova foi toda dominada pelo americano JR Hildebrand, que largou na pole e de ponta a ponta venceu a corrida, sem nenhuma dificuldade.
Vários problemas aconteceram no início da prova o que provocou uma bandeira amarela logo de cara. O vencedor das duas primeiras provas do ano, Junior Strous, foi obrigado a abandonar com fogo no carro. O brasileiro Mário Romancini parou na pista com problemas no câmbio e Sergey Mokshantse rodou na frente do brasileiro Rodrigo Barbosa, que não conseguiu desviar, colidiu e abandonou com a suspensão quebrada.
Romancini lamentou porque tinha um carro competitivo e estava ligeiramente mais rápido que os principais adversários a sua frente. “Acredito que poderia ter terminado pelo menos entre os oito primeiros, e a chance de marcarmos alguns pontos era grande”, disse o piloto.
Já Barbosa explicou que tentou desviar de Mokshantse, mas não deu tempo. “Infelizmente com o impacto que recebi a suspensão dianteira de meu carro entortou e eu fiquei parado no muro”, explicou o piloto.
Se a corrida não começou da melhor forma para os dois brasileiros, lá na frente Bia mantinha a sétima posição, bastante pressionada por Jonathan Bomarito. Para a sorte da brasileira o rival teve problemas e caiu para as últimas posições.
O destaque no fim da corrida ficou com Sebastian Saavedra, que fez duas ultrapassagens difíceis, em cima de Gustavo Yacaman e Daniel Herrington, e com o problema de Stefan Wilson conseguiu terminar entre os dez primeiros da prova.
Com o problema de Stefan Wilson citado acima e com o de Martin Plowman, Bia Figueiredo ganhou duas posições e terminou num ótimo quinto lugar. Confira abaixo o resultado final da prova:
1 J.R. Hildebrand 45 voltas 14 Pippa Mann 1:18.9125
2 Richard Philippe 18.315 15 Martin Plowman 1 volta
3 James Hinchcliffe 26.707 16 Andrew Prendeville 3 voltas
4 Jonathan Summerton 183.432 17 Stefan Wilson 5 voltas
5 Ana Beatriz 244.684 18 Jonathan Bomarito 20 voltas
6 Ali Jackson 281.153 19 Charlie Kimball 23 voltas
7 James Davison 288.015 20 Wade Cunningham 27 voltas
8 Sebastian Saavedra 291.724 21 Sergey Mokshantsev 28 voltas
9 Gustavo Yacaman 327.051 22 Sean Guthrie 30 voltas
10 Daniel Herrington 331.382 23 Junior Strous 44 voltas
11 Pablo Donoso 475.353 24 Mario Romancini 44 voltas
12 Jesse Mason 590.897 25 Rodrigo Barbosa 44 voltas
13 Jay Howard 1:17.8393





Long Beach
Dia: 19/04/2009 (Domingo)
Hora: 17:00

Destaques
Campinas – O australiano Will Power conquistou a pole para a segunda etapa da temporada 2009 da Fórmula Indy. O piloto correu o risco de não participar da prova, já que teve que ceder a vaga ao Hélio Castroneves na Penske após a absolvição do piloto. Roger Penske, no entanto, resolveu colocar três carros na pista e Power fez por merecer o investimento.
Seguindo o modelo de qualificação da categoria, onde os pilotos são separados em dois grupos, a decisão da pole se deu assim: No grupo 1 estavam os pilotos Tony Kanaan, Raphael Matos, Graham Rahal, Scott Dixon, Ryan Hunter-Reay, Marco Andretti, Hideki Mutoh, Stanton Barrett, Ryan Briscoe, Mario Morais e Robert Doornbos.
Stanton Barret bateu no fim da sessão e ficou com o último tempo do grupo. Os seis classificados para a próxima sessão foram Scott Dixon, Ryan Briscoe, Graham Rahal, Tony Kanaan, Raphael Matos e Ryan Hunter-Reay.
O segundo grupo foi composto por Justin Wilson, Dario Franchitti, Hélio Castroneves, Darren Manning, Ed Carpenter, Alex Tagliani, Danica Patrick, Ej Viso, Dan Wheldon e Mike Conway.
Na segunda sessão foi a vez de Danica Patrick bater e provocar uma bandeira amarela em toda a pista. Justin Wilson, EJ Viso, Will Porwer, Hélio Castroneves, Dario Franchitti e Alex Tagliani foram os seis que passaram de fase.
Já na segunda etapa os seis classificados para a parte final foram EJ Viso, Will Power, Justin Wilson, Raphael Matos, Scott Dixon e Dario Franchitti. Confira abaixo com eles e o resto do pelotão ficou no grid:
1 Will Power 1:09.7107 11 Tony Kanaan 1:10.3032
2 Dario Franchitti 1:09.8675 12 Ryan Hunter-Reay 1:10.4339
3 Raphael Matos 1:10.2043 13 Mario Moraes 1:10.8459
4 EJ Viso 1:10.2232 14 Dan Weldon 1:10.5503
5 Justin Wilson 1:10.2680 15 Robert Doornbos 1:10.9577
6 Scott Dixon 1:10.4038 16 Mike Conway 1:10.6059
7 Graham Rahal 1:10.0283 17 Hideki Mutoh 1:11.1177
8 Hélio Castroneves 1:10.1139 18 Darren Manning 1:11.2411
9 Alex Tagliani 1:10.1278 19 Marco Andretti 1:11.2307
10 Ryan Briscoe 1:10.2126 20 Vitor Meira 1:11.4487



21 Stanton Barrett 1:14.4863


Campinas – Campeão que é campeão precisa sempre andar de mãos dadas com a sorte. E foi ela que esteve ao lado do escocês Dário Franchitti hoje em Long Beach e deu ao piloto da Chip Ganassi a primeira vitória após o retorno a categoria.
Franchitti que foi campeão em 2007, pela equipe Andretti-Green, passou um ano ruim na Nascar e decidiu voltar para a Indy, mas na equipe Ganassi. Ele largou na primeira fila, ao lado do pole Will Power, mas foi superado na largada pelo brasileiro Raphael Matos e o inglês Justin Wilson.
Porém o campeão não se deixou abalar e foi para cima de Wilson na volta seguinte e recuperou a terceira posição. Partiu então para cima do brasileiro e na 15ª volta fez a ultrapassagem. Como Will Power já havia aberto uma boa vantagem, Chip Ganassi resolveu mudar a estratégia do escocês e o chamou para o boxe na 16ª volta.
Aí a companheira sorte fez a primeira aparição e na volta seguinte, o líder Will Power escapou da pista e ao retornar tocou com Scott Dixon e E.J. Viso e a bandeira amarela foi acionada. Franchitti que havia despencado para as últimas posições pulou para o sétimo lugar devido às paradas dos outros carros na amarela.
Alguns pilotos resolveram ficar na pista, e por isto Dario não voltou diretamente para a liderança. A prova recomeçou, mas sete voltas depois uma nova amarela a interrompeu, pois vários carros se envolveram num acidente (ver vídeo). Os carros que não haviam parado antes foram para o boxe, com exceção de Marco Andretti. Franchitti pulou para a segunda posição.
video
A prova recomeçou e na volta 33 Marco Andretti teve que parar com bandeira verde, pois ficou sem combustível e Franchitti ocupou pela primeira vez na corrida a liderança. Na volta 54 ele entrou para fazer novamente a segunda parada, e assim que ele saiu uma nova amarela aconteceu (muita sorte para um piloto só). Mike Conway bateu na barreira de pneus e a prova foi novamente interrompida.
Novamente grande parte do pelotão parou, e Franchitti que era para estar no pelotão intermediário, voltou para a liderança. O escocês disparou na ponta após a bandeira verde, mas havia a preocupação se o combustível dele daria ou não para chegar até o fim. Mas aí a madame sorte fez novamente uma aparição e veio outra amarela, com uma batida do brasileiro Mário Moraes, para ajudar o escocês a poupar combustível.
No fim deu Franchitti com Will Power em segundo e Tony Kanaan em terceiro. Hélio Castroneves, que retornou as competições, fez uma bela prova, ficando sempre entre os dez primeiros e terminou na sétima posição.
Raphael Matos, que começou muito bem a prova, não fez a melhor estratégia de corrida, mas ainda conseguiu terminar na oitava posição. Vitor Meira, que não tem um carro forte nas mãos, andou sempre atrás e ainda bateu na última volta. No fim terminou em 14º. Moraes, como citado acima, bateu e terminou em 19º.
Confira abaixo o resultado final da prova:
1 Dario Franchitti 12 Graham Rahal
2 Will Power 13 Ryan Briscoe
3 Tony Kanaan 14 Vitor Meira
4 Danica Patrick 15 Scott Dixon
5 Dan Wheldon 16 Darren Manning
6 Marco Andretti 17 Stanton Barrett
7 Helio Castroneves 18 Ed Carpenter
8 Raphael Matos 19 Mario Moraes
9 Robert Doornbos 20 Hideki Mutoh
10 Alex Tagliani 21 Mike Conway
11 Ryan Hunter-Reay 22 Justin Wilson


23 E.J. Viso

Calendário

Videoteca

Twitter


Postagens populares

Newsletters