Subscribe to web2feel.com
Subscribe to web2feel.com

COBERTURA CAMPEÃ DO FIM DE SEMANA

Postado por Thiago Raposo sexta-feira, 24 de abril de 2009

Campinas - Começamos mais uma cobertura campeã do fim de semana. Gostaria de lembrar a todos que este post é atualizado diversas vezes no decorrer das competições com: resultados, comentários, fotos, vídeos e tudo mais para levar a você o melhor da velocidade!
Não deixem de passar aqui nos próximos 3 dias para ver tudo o que rolou no Brasil e no Mundo sobre 2 e 4 rodas.
Abraços!

Clique nos links abaixo para acompanhar os destaques de uma categoria específica, ou se preferir, desça a barra de rolagem para ver o resumo total do fim de semana!



Argentina

Destaque:



Okayama - Primeira Prova
Dia: 25 de Abril (Sábado)
Hora: 03:00

Destaque:


Bahrain - Primeira Prova
Dia: 25 de Abril (Sábado)
Hora: 03:30

Destaque:
Campinas – Será disputada neste fim de semana no Bahrain a última etapa da temporada 2008/2009 da Speedcar Series. A competição que é caracterizada pela grande quantidade de ex-pilotos da Fórmula 1, encerra a segunda temporada da sua jovem história.
A pole ficou com o atual campeão, o inglês Johnny Herbert, que com o tempo de 2:07.095, superou os rivais para largar na posição de honra. Atrás do inglês, há apenas 0.053 segundos, ficou o alemão Heinz Harald Frentzen.
Jean Alesi dominou praticamente toda a sessão e apenas no fim foi superado pelos dois pilotos, mas o francês ainda conseguiu assegurar a terceira posição no grid.
O líder do campeonato, Gianni Morbidelli, vai largar apenas na quinta posição. Serão 20 pontos disputados a tudo ainda pode acontecer. Confira a situação dos três primeiros no campeonato: Gianni Morbidelli – 47 pontos, Johnny Herbert – 40 e Jean Alesi - 38.
Confira abaixo o grid completo para a prova:
1 J. Herbert 2:07.095
2 H. Frentzen 0.053
3 J. Alesi 0.144
4 V. Liuzzi 0.471
5 G. Morbidelli 0.643
6 D. Pasini 1.214
7 C. Zoechling 1.369
8 D. Terrien 1.463
9 H. Al Maktoum 1.504
10 C. Buncombe 1.527
11 M. Lee 1.595
12 T. Biagi 1.838
13 N. Navarro 2.206
14 R. Azzam 3.154
15 M. Cioci 4.444
16 G. Giudici 6.304


Campinas – O inglês Johnny Herbert venceu a primeira prova da rodada dupla do Bahrain de ponta a ponta e com isto entrou de vez na briga pelo título da temporada. Ele, que é o atual campeão, ficou há apenas um ponto de Gianni Morbidelli e amanhã os dois vão para o tudo ou nada na prova final.
O piloto ressaltou que teve uma bela largada e que isto ajudou muito na vitória. “Por sorte consegui abrir uma boa vantagem para os adversários, e isto é bom, pois você nunca sabe o que pode acontecer”, disse o piloto.
Morbidelli foi apenas o quinto e parece não ter carro para acompanhar o rival e precisará de uma pitada de sorte na prova de amanhã para ficar com o título. O alemão Heinz-Harald Frentzen, com um pouco menos de chance, também tem chances matemática de ser campeão. Ele está apenas cinco pontos atrás de Morbidelli e dependendo da combinação de resultados, ele pode sair do Bahrain com o título.
Devido ao grid invertido, Herbert largará amanhã na oitava posição, Frentzen em sétimo e Morbidelli em quarto. Confira abaixo o resultado final da prova:
1 J. Herbert 40:59.350 9 N. Navarro 39.483
2 H. Frentzen 10.339 10 R. Azzam 46.854
3 V. Liuzzi 12.545 11 M. Cioci 61.776
4 C. Zoechling 20.396 12 M. Lee 1 LAP
5 G. Morbidelli 23.398
D. Terrien
6 H. Al Maktoum 25.168
G. Giudici
7 D. Pasini 26.539
C. Buncombe
8 T. Biagi 34.563
J. Alesi



Bahrain - Primeira Prova
Dia: 25 de Abril (Sábado)
Hora: 09:50

Destaque:
Campinas – A bandeira preta recebida por Jérôme D’Ambrosio na última etapa em Sepang custou caro demais ao piloto no Bahrain. Na ocasião ele foi punido por ultrapassar o italiano Marco Bonanomi na bandeira amarela e a punição seria a perda de dez posições no grid para a etapa deste fim de semana, última do campeonato.
O piloto conquistou o melhor tempo, mas vai largar apenas na 11ª posição. Sorte do japonês Kamui Kobayashi, líder do campeonato, que além de herdar a posição, ganhou os dois pontos de bônus pela pole e ficou ainda mais perto do título.
Kobayashi, que também é piloto de testes da equipe Toyota de Fórmula 1, foi para 49 pontos e abriu 15 de vantagem para o principal rival na luta pelo título, o italiano Davide Valsecchi.
Os brasileiros foram muito bem: Diego Nunes, que conquistou a primeira vitória na etapa passada, vai sair da terceira posição e Luiz Razia da quinta. Confira abaixo o grid completo para a prova:
1 Kamui Kobayashi 1:43.863 14 James Jakes 1:44.552
2 Roldan Rodriguez 1:43.910 15 Davide Rigon 1:44.649
3 Diego Nunes 1:44.014 16 Hamad Al Fardan 1:44.673
4 Pastor Maldonado 1:44.101 17 Sakon Yamamoto 1:44.705
5 Luiz Razia 1:44.141 18 Rodolfo Gonzalez 1:44.747
6 Giedo van der Garde 1:44.174 19 Edoardo Mortara 1:44.864
7 Davide Valsecchi 1:44.310 20 Vitaly Petrov 1:44.879
8 Javier Villa 1:44.319 21 Michael Herck 1:44.921
9 Alvaro Parente 1:44.321 22 Giacomo Ricci 1:45.676
10 KarunChandhok 1:44.472 23 Fabrizio Crestani 1:45.837
11 Jérôme d’Ambrosio 1:43.572 24 Kevin Nai Chia Chen 1:46.428
12 Marco Bonanomi 1:44.477 25 Ricardo Teixeira 1:46.485
13 Sergio Perez 1:44.546 26 Michael Dalle Stelle 1:46.702


Campinas – Acabou agora a pouco a primeira prova da rodada dupla do Bahrain da GP2. A etapa encerra a temporada 2008/2009 da categoria e o campeão acabou sendo decidido na prova do Sábado. O japonês Kamui Kobayashi, de 22 anos, sagrou-se campeão ao chegar na quarta posição da prova.
Kobayashi, que saiu na pole, largou muito mal e foi superado pela dupla da Piquet GP, Diego Nunes e Roldan Rodrigues, pelo brasileiro Luiz Razia e pelo holandês Giedo Van der Garde. Mas para sorte do japonês, seu principal rival na briga pelo título, o italiano Davide Valsecchi largou dos boxes e andou quase a prova inteira no fim do pelotão.
Enquanto isto, lá na frente, o brasileiro Diego Nunes acelerava forte rumo a segunda vitória na categoria em menos de um mês. Luiz Razia também fazia uma boa corrida até as paradas no pit. Daí o ritmo do piloto caiu bastante e ele foi sendo ultrapassado até acabar na oitava posição. Mas Razia tem o consolo, que devido ao grid invertido, ele largará na pole amanhã.
O grande nome da prova foi o belga Jérôme D’Ambrosio. Ele havia conquistado a pole na sexta-feira, mas devido a uma punição teve que largar na 11ª. Porém ele não fraquejou, fez uma bela prova de recuperação e terminou na terceira posição.
No fim, vitória brasileira no Bahrain e título japonês. Confira abaixo o resultado final da prova:
1 Diego Nunes 14 Marco Bonanomi
2 Roldan Rodriguez 15 Javier Villa
3 Jérôme d’Ambrosio 16 Davide Valsecchi
4 Kamui Kobayashi 17 Ricardo Teixeira
5 Giedo van der Garde 18 Fabrizio Crestani
6 Sakon Yamamoto 19 Vitaly Petrov
7 Davide Rigon
Rodolfo Gonzalez
8 Luiz Razia
Edoardo Mortara
9 Karun Chandhok
Alvaro Parente
10 James Jakes
Hamad Al Fardan
11 Giacomo Ricci
Kevin Nai Chia Chen
12 Sergio Perez
Pastor Maldonado
13 Michael Herck
Michael Dalle Stelle



Virginia - Primeira Prova
Dia: 25 de Abril (Sábado)
Hora: 12:25

Destaque:
Campinas – O brasileiro Giancarlo Vilarinho conquistou a pole para a segunda etapa da Fórmula BMW América, que será realizada neste fim de semana na Virginia. Foi a primeira pole do piloto na categoria, que vem fazendo um bom começo de temporada, depois de terminar no pódio na primeira etapa de Puebla.
O piloto terá ao seu lado na primeira fila o companheiro de equipe Gabby Chaves, que venceu as duas primeiras provas e lidera o campeonato. A diferença entre os dois foi de apenas 0.152 e o brasileiro precisará ficar atento com o ataque do companheiro.
O outro brasileiro na categoria, João Victor Horto, da equipe Apex, vai partir da oitava posição. Confira abaixo o grid completo para a prova:
1 Giancarlo Vilarinho 1:57.314 14 Alex Ellis 1:58.627
2 Gabby Chaves 1:57.468 15 Joao Horto 1:59.008
3 Michael Lewis 1:57.685 16 Martin Sala 1:59.164
4 Olivier Lombard 1:57.861 17 Barrett Mertins 1:59.859
5 James Kovacic 1:57.993 18 Wilson Phillipe 2:00.310
6 Gianmarco Raimondo 1:58.030 19 Robert Garcia 2:00.609


Campinas – Saiu a segunda vitória brasileira no fim de semana. Depois de Diego Nunes da GP2, agora foi a vez de Giancarlo Vilarinho conquistar sua primeira vitória na Fórmula BMW América. Ontem ele havia conquistado a primeira pole e agora veio o triunfo.
A vida de Vilarinho, porém foi bem infernizada por seu companheiro de equipe Gabby Chaves. A equipe EuroInternational parece ser mesmo o grande bicho papão do ano. O piloto comentou que a vitória foi muito importante para colocá-lo novamente na briga pelo título da categoria. “O fim de semana está muito bom para mim e para a equipe e espero que amanhã continue assim”.
O outro brasileiro, João Horto, também fez uma bela prova e terminou entre os cinco primeiros, marcando pontos importantes para o campeonato. Ele foi o melhor piloto da equipe Apex, fato que é sempre muito importante no automobilismo.
Confira abaixo o resultado final da prova:
1 Giancarlo Vilarinho 7 Wilson Phillipe(R)
2 Gabby Chaves 8 James Kovacic(R)
3 Alex Ellis(R)(J) 9 Olivier Lombard(R)(J)
4 Gianmarco Raimondo(J) 10 Barrett Mertins(R)
5 Joao Horto(R) 11 Michael Lewis(R)
6 Martin Sala(R) 12 Robert Garcia(R)(J)



Thruxton - Primeira Prova
Dia: 25 de Abril (Sábado)
Hora: 12:25

Destaque:


Thruxton - Primeira Prova
Dia: 25 de Abril (Sábado)
Hora: 13:35

Destaque:


Virginia
Dia: 25 de Abril (Sábado)
Hora: 15:30 (Ao vivo no Canal Speed)

Destaque:
Campinas – Será realizada neste fim de semana a segunda etapa da temporada 2009 da Grand Am. Porém, a prova tem cara de abertura de campeonato, já que a primeira, às 24 horas de Daytona, é na verdade uma prova festiva e aconteceu na última semana de Janeiro.
Os atuais campeões Scott Pruett e Memo Rojas da equipe Ganassi, conquistaram a pole e continuam sendo os nomes a serem batidos da DP. Já na GT a pole ficou com a dupla Nick Ham e Sylvain Tremblay com um Mazda.
Dentre os brasileiros, o paranaense Ricardo Zonta que divide o carro com Nic Jonsson, largará na sexta posição e Oswaldo Negri e Mark Patterson na 13ª.
Jonsson, que foi o responsável por comandar o carro na qualificação disse que foi a primeira vez que andaram com pneus novos no fim de semana e que o balanço do carro ficou muito melhor. “Estou completamente satisfeito com o carro”.


Campinas – Aconteceu hoje em Virginia a segunda etapa da temporada 2009 da Grand Am Rolex. A categoria que conta com a participação de dois brasileiros, Ricardo Zonta e Oswaldo Negri, é caracterizada pela disputa simultânea na pista de carros protótipos e de turismo.
Ricardo Zonta teve muito azar nesta etapa e nem chegou a entrar no carro. Devido a extensão de algumas corridas, cada carro conta com dois pilotos e o companheiro de Zonta, o sueco Nic Jonsson, se envolveu num acidente ainda na primeira volta e foi obrigado a abandonar a prova. Eles terminaram na última posição.
Já Oswaldo Negri oscilou entre bons e maus momentos. Na qualificação, realizada no Sábado, com certeza foi um péssimo momento. Quem guiava o carro era o seu companheiro, o sul-africano Mark Patterson e o melhor que ele conseguiu foi um 13º. Na corrida, no entanto, baseado num ritmo forte e no azar dos adversários, eles foram subindo na classificação até chegarem na terceira posição. Porém, um pneu furou e eles caíram novamente para o fim do pelotão! Não se deixaram abalar e no fim terminaram na sexta posição.
Os grandes vencedores foram os carros da Pontiac: na DP (protótipos) com a dupla Jon Fogarty e Alex Gurney e na GT (turismo) com Andrew Davis e Robin Liddell. Confira abaixo o resultado final da prova:
1 GT Davis / Liddell 1 DP Fogarty / Gurney
2 GT Collins / Edwards 2 DP Pew / Valiante
3 GT Ham / Tremblay 3 DP Donohue / Law
4 GT Keen / Werner 4 DP Bouchut / Tucker
5 GT Henzler / Lux 5 DP Gidley / Jaeger
6 GT Ballou / Pumpelly 6 DP Negri / Patterson
7 GT Dempsey / Foster 7 DP Bernhard / Dumas
8 GT Cameron / Miller 8 DP Barbosa / France
9 GT Potter / Stanton 9 DP Lester / Manning
10 GT Aschenbach / Forest 10 DP Cosmo / Russell
11 GT Gutierrez / Schroeder 11 DP Frisselle / Wilkins
12 GT Groenewald / von Moltke 12 DP Pruett / Rojas
13 GT Nonnamaker / Nonnamaker 13 DP Angelelli / Frisselle
14 GT Kapudija / Phinny 14 DP Beyer / Taylor
15 GT Lally / Marks 15 DP Finlay / Wallace
16 GT Nonnamaker / Sahlen 16 DP Jonsson / Zonta
17 GT Grant / Grant / Grant


18 GT Assentato / Segal





Interlagos - Primeira Prova
Dia: 25 de Abril (Sábado)
Hora: 15:30 (VT 19:30 no Sportv)

Destaque:
Campinas – Teve início neste fim de semana mais uma temporada da GT3 Brasil. Uma competição de carro de turismo que reúne na pista os carros dos sonhos de qualquer mortal apaixonado por carros: Ferraris, Fords GT, Dodge Vipers e Porsches.
Na sessão classificatória a pole para as duas provas ficou com a dupla formada por Rafael Derani e Constantino Júnior. Eles que correm com uma Ferrari, marcaram o tempo de 1:37.219 e conquistaram a posição de honra. A categoria sentiu o baque com a crise financeira e o reflexo foi a redução de carros no grid, mas está longe de perder o brilho, pois teremos 15 carros alinhados no grid de largada.
Alguns pilotos da Copa Stock Car marcarão presença na etapa com o Allan Khodair, Lico Kaesemodel, Thiago Camilo e Ricardo Maurício. Confira abaixo o grid completo para a prova:
1 Rafael Derani 1:37.219 1 Constantino Junior 1:36.324
2 Lico Kaesemodel 1:37.510 2 Wagner Ebrahim 1:36.366
3 Clemente Lunardi 1:38.013 3 Thiago Camilo 1:36.496
4 Fabio Ebrahim 1:38.095 4 Claudio Ricci 1:36.615
5 Ramon Matias 1:38.481 5 Ricardo Mauricio 1:36.715
6 Ronaldo Freitas 1:39.043 6 Allam Khodair 1:36.844
7 Walter Derani 1:39.282 7 Matheus Stumpf 1:37.417
8 Marcelo Hahn 1:39.681 8 Alceu Feldmann 1:37.627
9 Fabio Greco 1:40.095 9 Rodolpho Santos 1:38.544
10 Antonio Hermann 1:41.062 10 Duda Rosa 1:40.080
11 Pedro Queirolo 1:42.043


12 Fernando Poeta 1:46.763


13 Marcello Santanna 1:48.958


14 Vanuê Faria 1:55.203


15 Cleber Faria 1:56.447




Campinas – A primeira prova da GT3 de 2009 foi fantástica e deu uma mostra do que vai ser o campeonato. Com uma disputa de tirar o fôlego dos espectadores, a vitória ficou com a dupla Clemente Lunardi e Constantino Jr. com Ford GT.
O domínio no fim da prova estava com a dupla Rafael Derani e Cacau Ricci com uma Ferrari, mas para a infelicidade da dupla o combustível acabou na subida dos boxes da última volta e foram ultrapassados pelo Ford GT.
Mas foi uma prova muito disputada do início ao fim, com os Porsches duelando por posições, os Dodge Vipers esbanjando “cavalaria” nas retas e as Ferraris com um desempenho bem melhor do apresentado na temporada passada.
Confira abaixo o resultado final da prova:
1 C.Lunardi/Constantino Jr 1:01:34.202 9 F.Poeta/D.Rosa 2 vlts
2 R.Derani/C.Ricci 0.894 10 A.Feldmann/R.Freitas 3 vlts
3 M.Hahn/A.Khodair 20.105 11 P.Queirolo/ 26 vlts
4 T.Camilo/L.Kaesemodel 12.051 12 V.Faria/ 28 vlts
5 R.Mauricio/A.Hermann 5.336 13 F.Greco/ 30 vlts
6 W.Derani/R.Santos 37.304 14 M.Santanna/ 31 vlts
7 R.Matias/M.Stumpf 1 vlt 15 C.Faria/ 33 vlts
8 W.Ebrahim/F.Ebrahim 1:06.519





Talladega
Dia: 25 de Abril (Sábado)
Hora: 18:30 (Ao vivo no Canal Speed)

Destaque:
Campinas – Logo mais será disputada em Talladega a oitava etapa da temporada 2009 da Nascar Nationwide Series. A pole ficou com Ryan Newman, que fará a primeira prova dele no ano na categoria. Ele que compete na Sprint Cup, na equipe de Tony Stewart, marcou o tempo de 51.518s e superou por apenas 0.096 segundos o Brian Vickers que largará na segunda posição.
Os dois líderes do campeonato, apesar de não estarem na primeira fila, estão no TOP10. Carl Edwards largará na sexta posição e Kyle Busch na nona. Outra atração desta prova é a presença de Dale Earnhardt Jr, que não vem nada bem na Sprint Cup e deve estar aproveitando a Nationwide para tentar um bom resultado e melhorar um pouco mais a confiança.
Confira abaixo o grid completo:
1 Ryan Newman 51.518 23 Tony Raines 52.255
2 Brian Vickers 51.614 24 David Reutimann 52.273
3 Matt Kenseth 51.681 25 Mike Wallace 52.345
4 Jason Leffler 51.705 26 Shelby Howard 52.348
5 Bobby Gerhart 51.722 27 Kertus Davis
6 Carl Edwards 51.788 28 Justin Allgaier* 52.401
7 Scott Lagasse Jr.* 51.880 29 Mark Green 52.408
8 Clint Bowyer 51.880 30 Kenny Wallace 52.413
9 Kyle Busch 51.893 31 John Wes Townley* 52.421
10 Brad Keselowski 51.914 32 John Borneman III 52.491
11 D.J. Kennington 51.915 33 Donnie Neuenberger 52.506
12 Dale Earnhardt Jr. 51.932 34 Morgan Shepherd 52.538
13 Michael Waltrip 52.006 35 Steve Wallace 52.617
14 David Ragan 52.014 36 Eric McClure 52.688
15 Kenny Hendrick 52.059 37 David Green 52.688
16 Joey Logano 52.067 38 Danny O'Quinn Jr. 52.722
17 Brian Keselowski 52.110 39 Robert Richardson Jr. 52.776
18 Brendan Gaughan* 52.161 40 Mike Bliss 52.816
19 Joe Nemechek 52.180 41 Michael McDowell+* 53.079
20 Kerry Earnhardt
42 Brandon Whitt+ 53.107
21 Jason Keller 52.214 43 Jeff Green
22 Michael Annett* 52.216




Campinas – Foi realizada ontem em Talladega mais uma etapa da Nascar Nationwide Series. Em se tratando de provas naquele oval, o resultado não poderia ser diferente. A decisão só aconteceu a poucos metros da linha de chegada e no mínimo os primeiros dez carros devem ter chegado no mesmo segundo.
Todo o ano o script é o mesmo e parece que fica cada vez mais fantástico. Perto do fim da prova uma bandeira amarela aconteceu para reagrupar todo o pelotão, na bandeira verde todos em fila indiana, ninguém arrisca a colocar por fora, pois se ninguém acompanhar vai perder o vácuo e muitas posições. Seguem assim até a última curva e todos resolvem ao mesmo tempo uma ultrapassagem.
A única variação que acontece neste roteiro é quando alguns companheiros de equipe ou pilotos com mais proximidade entre si decidem abrir antes e formam um segundo (ou às vezes terceiro) pelotão que vem por fora e chega lado a lado no fim, mas sempre com muita emoção.
Desta vez foi Ryan Newman que esteve à frente do pelotão empurrado por Dale Earnhardt Jr. e todo o resto do pelotão e na última curva Dale tentou o bote, mas foi bloqueado pelo rival. Os dois acabaram perdendo tempo com a manobra e David Ragan, que vinha atrás, aproveitou a brecha e venceu (ver vídeo). Newman foi o segundo e Júnior apenas o quinto.
Confira abaixo o resultado final da prova:

video

1 David Ragan 120 23 Morgan Shepherd 120
2 Ryan Newman 120 24 David Green 120
3 Joey Logano 120 25 Eric McClure 120
4 Tony Raines 120 26 John Borneman III 120
5 Dale Earnhardt Jr. 120 27 Shelby Howard 120
6 Jason Leffler 120 28 Donnie Neuenberger 120
7 Jason Keller 120 29 David Reutimann 118
8 Scott Lagasse Jr. * 120 30 Brandon Whitt 118
9 Brad Keselowski 120 31 Clint Bowyer 117
10 Kyle Busch 120 32 Justin Allgaier * 114
11 Joe Nemechek 120 33 Bobby Gerhart 114
12 Kerry Earnhardt
34 Steve Wallace 109
13 Carl Edwards 120 35 Matt Kenseth 104
14 Brian Keselowski 120 36 Jeff Green 104
15 Michael McDowell * 120 37 Danny O'Quinn Jr. 86
16 Robert Richardson Jr. 120 38 Brendan Gaughan * 73
17 Kenny Wallace 120 39 Mike Wallace 58
18 John Wes Townley * 120 40 Michael Waltrip 52
19 D.J. Kennington 120 41 Mike Bliss 41
20 Brian Vickers 120 42 Kenny Hendrick 19
21 Michael Annett * 120 43 Mark Green 2
22 Kertus Davis






Wakefield Park - Primeira Prova
Dia: 25 de Abril (Sábado)
Hora: 22:20

Destaque:


Motegi
Dia: 26 de Abril (Domingo)
Hora: 00:00 (Ao vivo no Sportv)

Destaque:
Campinas – Surpresas no Japão. Caiu uma chuva forte à tarde em Motegi e as classificações para a Moto GP quanto para a 125cc e 250cc foram cancelados. O grid foi definido pegando os tempos das duas sessões de treinos livres realizados anteriormente e com isto algumas surpresas aconteceram.
Nas 125cc a pole ficou com o vencedor da primeira prova, o italiano Andrea Iannone com o tempo de 2:00.685 segundos. Desta forma ele se coloca como um dos candidatos ao título da temporada, mostrando dois bons desempenhos seguidos. Vale lembrar que por se tratar da categoria mais de base do mundial de motovelocidade, não existe nenhum campeão concorrendo, pois assim que começam a se destacar, sobem para as 250cc. Por isto qualquer sequência de bons resultados já é o suficiente para especular um favorito. Mas o espanhol Julian Simon, que terminou em segundo no Qatar, largará na segunda posição e a briga entre os dois promete movimentar a categoria.
Confira abaixo o grid completo para a prova:
1 A.IANNONE 2'00.685 19 T.KOYAMA 2'03.746
2 J.SIMON 2'00.864 20 E.VAZQUEZ 2'03.925
3 S.BRADL 2'01.029 21 T.NAKAGAMI 2'03.967
4 E.RABAT 2'01.372 22 R.KRUMMENACH 2'04.177
5 N.TEROL 2'01.549 23 C.BEAUBIER 2'04.424
6 D.AEGERTER 2'01.565 24 L.SAVADORI 2'04.442
7 B.SMITH 2'01.608 25 A.MASBOU 2'05.015
8 P.ESPARGARO 2'01.781 26 Y.YANAGISAWA 2'05.081
9 S.CORTESE 2'01.797 27 Y.YAHAGI 2'05.337
10 M.MARQUEZ 2'01.868 28 S.KAMADA 2'05.446
11 J.OLIVE 2'01.947 29 H.IWATA 2'05.900
12 S.GADEA 2'02.333 30 L.MARCONI 2'06.785
13 D.WEBB 2'02.637 31 J.IWEMA 2'07.037
14 J.FOLGER 2'02.698 32 M.RANSEDER 2'07.046
15 L.ZANETTI 2'02.721 33 L.SEMBERA 2'07.352
16 S.REDDING 2'03.285 34 Y.OOGANE 2'07.418
17 S.CORSI 2'03.353 35 L.VITALI 2'08.860
18 J.ZARCO 2'03.654
M.HOYLE 2'09.282


Campinas – O italiano Andrea Iannone venceu pela segunda vez seguida na temporada 2009 das 125cc do mundial de motovelocidade e com isto disparou na liderança do campeonato. Ele que largou na pole, saiu muito mal e chegou a cair para a 11ª posição, mas numa recuperação fantástica, buscou novamente a liderança. O motivo é que ele estava com pneus slicks e até que o trilho se formou ele teve um rendimento ruim. Foi o único dos ponteiros a arriscar esta estratégia.
A pista de Motegi estava ainda úmida, com poças d’águas em certos trechos o que dificultou bastante a vida dos pilotos. O espanhol Julian Simon, a exemplo da prova do Qatar, também terminou na segunda posição. Simon, que correu em 2008 nas 250cc, está mordido para mostrar resultado, pois não concordou com o rebaixamento de categoria.
A prova teve quatro líderes, pois a cada volta a pista secava um pouco e mudava as características: Terol, Webb, Simon e Iannone foram os que andaram na frente. O espanhol Pol Espargaro, da equipe Derbi, fechou o pódio com a terceira posição. Confira abaixo o resultado geral da prova:
1 Andrea IANNONE 42:23.716 18 Randy KRUMMENACHER 1'09.883
2 Julian SIMON 1.346 19 Sergio GADEA 1'15.049
3 Pol ESPARGARO 5.039 20 Takaaki NAKAGAMI 1'19.858
4 Stefan BRADL 6.904 21 Alexis MASBOU 1'43.413
5 Marc MARQUEZ 13.061 22 Efren VAZQUEZ 1'52.910
6 Sandro CORTESE 14.841 23 Lukas SEMBERA 2'07.124
7 Joan OLIVE 16.420 24 Yuuichi YANAGISAWA 2'07.402
8 Jonas FOLGER 16.483 25 Luca MARCONI 1 Lap
9 Dominique AEGERTER 27.500 26 Luca VITALI 1 Lap
10 Bradley SMITH 30.359 27 Hiroomi IWATA 1 Lap
11 Danny WEBB 37.547 28 Satoru KAMADA 1 Lap
12 Tomoyoshi KOYAMA 43.856 29 Yuki OOGANE 2 Lap
13 Esteve RABAT 59.889
Yuma YAHAGI 9 Lap
14 Lorenzo ZANETTI 1'00.141
Johann ZARCO 10 Lap
15 Simone CORSI 1'02.601
Scott REDDING 14 Lap
16 Cameron BEAUBIER 1'02.609
Lorenzo SAVADORI 18 Lap
17 Nicolas TEROL 1'09.867





Motegi
Dia: 26 de Abril (Domingo)
Hora: 01:15 (Ao vivo no Sportv)

Destaque:
Campinas – Surpresas no Japão. Caiu uma chuva forte à tarde em Motegi e as classificações para a Moto GP quanto para a 125cc e 250cc foram cancelados. O grid foi definido pegando os tempos das duas sessões de treinos livres realizados anteriormente e com isto algumas surpresas aconteceram.
Nas 250cc o campeão Marco Simoncelli ficou com a pole com o tempo de 1:53.093 conquistado na primeira sessão da Sexta-Feira. Ele que não participou da etapa do Qatar, por ter se acidentado numa prova de MotoCross uma semana antes, mostra que o apetite de campeão continua aguçado.
Os espanhóis Alvaro Bautista e o Hector Barbera, que podem ser considerados os grandes rivais de Simoncelli nesta briga, ficaram com a terceira e quinta posições respectivamente. Confira abaixo o grid completo:
1 M.SIMONCELLI 1'53.093 14 J.CLUZEL 1'55.538
2 H.AOYAMA 1'53.695 15 H.FAUBEL 1'55.588
3 A.BAUTISTA 1'53.836 16 K.ABRAHAM 1'55.724
4 M.PASINI 1'53.940 17 S.AOYAMA 1'55.929
5 H.BARBERA 1'54.497 18 A.BALDOLINI 1'56.017
6 R.DE 1'54.584 19 K.WATANABE 1'57.274
7 G.TALMACSI 1'54.594 20 I.TOTH 1'58.727
8 M.DI 1'54.595 21 A.PONS 2'01.044
9 R.LOCATELLI 1'54.757 22 V.LEONOV 2'01.447
10 A.DEBON 1'55.103 23 B.CHESAUX 2'01.953
11 L.PESEK 1'55.158 24 A.RODRIGUEZ 2'03.437
12 R.WILAIROT 1'55.208 25 S.TOMIZAWA -2'03.878
13 T.LUTHI 1'55.453




Campinas – O espanhol Álvaro Baustista venceu a etapa japonesa das 250cc. Ele que largou na terceira posição, se beneficiou de um pneu furado do italiano Marco Simoncelli e teve que brigar apenas com o japonês Hiroshi Aoyama pela ponta da prova.
Simoncelli, atual campeão da categoria, não participou da primeira prova devido a uma lesão na mão direita, correu com dores no Japão e no meio da prova, quando liderava, teve que parar no boxe com um pneu furado e voltou no fim do pelotão.
Quem fez feio mesmo foi o espanhol Hector Barbera, que venceu a primeira prova no Qatar com muita competência. Hoje ele foi bem medíocre e terminou apenas na 11ª posição. O italiano Mattia Pasini fechou o pódio na categoria.
Confira abaixo o resultado final da prova:
1 Alvaro BAUTISTA 44'06.488 14 Kazuki WATANABE 1 Lap
2 Hiroshi AOYAMA 5.889 15 Vladimir LEONOV 1 Lap
3 Mattia PASINI 21.832 16 Bastien CHESAUX 1 Lap
4 Gabor TALMACSI 25.906 17 Marco SIMONCELLI 1 Lap
5 Alex DEBON 30.785 18 Aitor RODRIGUEZ 1 Lap
6 Shuhei AOYAMA 33.788
Ratthapark WILAIROT 5 Lap
7 Lukas PESEK 36.972
Alex BALDOLINI 6 Lap
8 Thomas LUTHI 41.018
Hector FAUBEL 17 Lap
9 Karel ABRAHAM 41.649
Mike DI MEGLIO 18 Lap
10 Shoya TOMIZAWA 52.863
Axel PONS 20 Lap
11 Hector BARBERA 1'00.888
Jules CLUZEL 21 Lap
12 Raffaele DE ROSA 1'06.347
Roberto LOCATELLI 21 Lap
13 Imre TOTH 1'53.149





Wakefield Park - Segunda Prova
Dia: 26 de Abril (Domingo)
Hora: 01:50

Destaque:


Motegi
Dia: 26 de Abril (Domingo)
Hora: 03:00 (Ao vivo no Sportv)

Destaque:
Campinas – Surpresas no Japão. Caiu uma chuva forte à tarde em Motegi e as classificações para a Moto GP quanto para a 125cc e 250cc foram cancelados. O grid foi definido pegando os tempos das duas sessões de treinos livres realizados anteriormente e com isto algumas surpresas aconteceram.
Na Moto GP a pole ficou com o italiano Valentino Rossi, que de certa forma foi uma surpresa, haja vista o domínio mostrado pela Ducati durante os testes de pré-temporada e na primeira prova no Qatar. Foi a primeira vez que Rossi conquistou uma pole no circuito e isto o coloca muito bem na briga pela vitória.
Mas apesar da situação inusitada, Pedrosa e Hayden continuam andando lá atrás. O espanhol ainda tem álibi do pós-operatório, mas o campeão não tem desculpas, pois além de tudo corre pela Ducati, aparentemente a melhor moto do grid.
Confira abaixo o resultado da sessão e a classificação geral:
1 V.ROSSI ITA YAMAHA 1'48.545
2 C.STONER AUS DUCATI 1'48.601
3 J.LORENZO SPA YAMAHA 1'48.965
4 C.VERMEULEN AUS SUZUKI 1'49.382
5 C.EDWARDS USA YAMAHA 1'49.697
6 L.CAPIROSSI ITA SUZUKI 1'49.980
7 A.DOVIZIOSO ITA HONDA 1'50.030
8 M.MELANDRI ITA KAWASAKI 1'50.123
9 T.ELIAS SPA HONDA 1'50.209
10 J.TOSELAND GBR YAMAHA 1'50.342
11 D.PEDROSA SPA HONDA 1'50.391
12 N.HAYDEN USA DUCATI 1'50.393
13 Y.TAKAHASHI JPN MotoGP HONDA
14 S.GIBERNAU SPA DUCATI 1'50.538
15 A.DE ANGELIS Honda Gresini
16 R.DE PUNIET MotoGP HONDA
17 M.KALLIO FIN DUCATI 1'51.643
18 N.CANEPA ITA DUCATI 1'51.929


Campinas – Fantástica a corrida do Japão da MotoGP. O espanhol Jorge Lorenzo, que sofreu na temporada 2008 com as quedas, voltou a vencer na categoria. O piloto da Yamaha superou seu companheiro de equipe, o italiano Valentino Rossi, e não mais saiu da liderança.
Rossi, que é conhecido como um piloto que larga mal, saiu muito bem e manteve a posição após a largada. Mas algumas voltas depois foi surpreendido com o ataque de Lorenzo. O grande destaque, no entanto, no início da prova ficou para o espanhol Daniel Pedrosa, que pulou da 11ª para a terceira posição.
Já o australiano Casey Stoner não largou bem, chegou a cair para a sexta posição e depois voltou a andar forte, mas já tinha uma grande distância de defasagem com relação aos ponteiros. Ele brigou muito com o Melandri e o Vermeulen, ultrapassou os dois, foi para cima do Dovizioso e terminou na quarta posição.
O ponto negativo ficou para o japonês Takahashi que numa barbeiragem impressionante bateu no americano Nicky Hayden que foi ao chão e com dores, não conseguiu retornar a prova. Confira abaixo o resultado final da prova:
1 Jorge LORENZO 43'47.238 9 James TOSELAND 43.106
2 Valentino ROSSI 1.304 10 Chris VERMEULEN 43.245
3 Dani PEDROSA 3.763 11 Randy DE PUNIET 44.834
4 Casey STONER 5.691 12 Colin EDWARDS 46.540
5 Andrea DOVIZIOSO 9.207 13 Alex DE ANGELIS 53.525
6 Marco MELANDRI 30.555 14 Niccolo CANEPA 1'21.804
7 Loris CAPIROSSI 32.756 15 Toni ELIAS 1 Lap
8 Mika KALLIO 39.416 16 Sete GIBERNAU 7 Lap



Bahrain - Segunda Prova
Dia: 26 de Abril (Domingo)
Hora: 03:00

Destaque:
Campinas – O italiano Gianni Morbidelli é o grande campeão da temporada 2008/2009 da Speedcar Series. O piloto que chegou para a prova apenas um ponto a frente do inglês Johnny Herbert, soube controlar a situação e conquistou o título.
A vitória ficou com o conterrâneo Vitantonio Liuzzi, que largou na sexta posição e foi para cima dos concorrentes para fechar o campeonato com chave de ouro. Morbidelli ficou mais preocupado em marcar Herbert de perto e deixou Liuzzi ir embora.
Herbert comentou que viu que Gianni não havia largado bem e que até tentou uma manobra por fora, mas não conseguiu completar. “Decidi permanecer próximo a ele, mas infelizmente não tive outra oportunidade para decidir a situação”.
Morbidelli comentou no fim que estava extremamente feliz com o título. “Estivemos muito competitivos durante todo o fim de semana. Percebi que o Johnny estava mais rápido e me preocupei em focar na corrida para não cometer nenhum erro e suportar a pressão”, disse o campeão.
Confira abaixo o resultado final da prova:
1 V. Liuzzi 9 M. Lee
2 T. Biagi 10 J. Alesi
3 H. Al Maktoum 11 M. Cioci
4 N. Navarro 12 H. Frentzen
5 G. Morbidelli
D.Pasini
6 J. Herbert
D. Terrien
7 C. Buncombe
R. Azzam
8 C. Zoechling
G. Giudici



Okayama - Segunda Prova
Dia: 26 de Abril (Domingo)
Hora: 03:15

Destaque:


Bahrain - Segunda Prova
Dia: 26 de Abril (Domingo)
Hora: 05:30

Destaque:
Campinas – O fim de semana foi perfeito para os brasileiros na GP2 Ásia. No sábado, na primeira prova da rodada dupla, a vitória ficou com Diego Nunes da equipe Piquet GP e hoje, na última etapa da temporada, foi a fez de Luiz Razia vencer.
Foi a primeira vitória do piloto da equipe Arden, que largou na pole devido ao grid invertido e marcou pontos nas duas corridas do fim de semana. Diego Nunes também conseguiu tal proeza, pois terminou na sexta colocação na segunda prova.
O belga Jérôme D’Ambrosio, que foi com certeza o grande nome do fim da temporada, terminou na segunda posição e com isto garantiu o vice-campeonato, dando uma dobradinha para a equipe Dams que também fez o campeão, o japonês Kamui Kobayashi. Davide Rigon fechou o pódio da categoria.
Confira abaixo o resultado final da prova:
1 Luiz Razia 14 James Jakes
2 Jérôme d’Ambrosio 15 Fabrizio Crestani
3 Davide Rigon 16 Edoardo Mortara
4 Sakon Yamamoto 17 Hamad Al Fardan
5 Kamui Kobayashi 18 Kevin Nai Chia Chen
6 Diego Nunes 19 Michael Damme Stelle
7 Giedo van der Garde
Michael Herck
8 Marco Bonanomi
Ricardo Teixeira
9 Sergio Perez
Roldan Rodriguez
10 Giacomo Ricci
KarunChandhok
11 Vitaly Petrov
Davide Valsecchi
12 Javier Villa
Rodolfo Gonzalez
13 Alvaro Parente
Pastor Maldonado



Assen
Dia: 26 de Abril (Domingo)
Hora: 07:00 (Ao vivo no Bandsports)

Destaque:
Campinas – O norte-americano Ben Spies conquistou a quarta pole das quatro etapas da temporada 2009 do mundial de Superbike. Ele que foi “engolido” pelo japonês Noriyuki Haga na última etapa em Valência, parece ter se recuperado e fez um bom treino. Além de bater o recorde do número de pole consecutivas no início de uma temporada, ele pulverizou o recorde da pista que pertencia ao australiano Troy Bayllis com 1:38.355 e Spies marcou 1:37.626.
Ao seu lado na primeira fila terá o Tcheco Jakub Smrz da Ducati que ficou mais de um segundo atrás dele. O inglês Leon Haslam e o líder do campeonato, o japonês Noriyuki Haga, fecham a primeira fila para a prova.
Spies disse que é sempre bom largar na frente e que ele acha que deveriam bonificar o piloto que conquista a pole. “Seria um incentivo a mais para os pilotos brigarem pela posição”. Smrz comentou que a moto está perfeita e que ele está muito concentrado para a prova. Haslam comentou que a meta é tentar converter o bom resultado da qualificação em um pódio.
Confira abaixo o grid completo para a prova:
1 B Spies 1'37.626 15 T Corser 1'38.906
2 J Smrz 1'37.765 16 R Kiyonari 1'39.079
3 L Haslam 1'38.072 17 T Hill 1'39.387
4 N Haga 1'38.202 18 B Roberts 1'39.390
5 M Fabrizio 1'38.215 19 S Nakano 1'39.569
6 M Neukirchner 1'38.353 20 R Xaus 1'39.643
7 C Checa 1'38.640 21 D Checa 1'40.496
8 T Sykes 1'38.790 22 D Salom 1'40.572
9 Y Kagayama 1'38.288 23 S Easton 1'40.608
10 M Biaggi 1'38.441 24 V Iannuzzo 1'41.014
11 J Rea 1'38.510 25 M Tamada 1'41.057
12 R Laconi 1'38.521 26 M Baiocco 1'41.062
13 K Muggeridge 1'38.802 27 L Scassa 1'41.085
14 S Byrne 1'38.811 28 R Resch 1'41.978


video

Campinas – Show de Pilotagem em Assen na Holanda. O norte-americano Ben Spies mostrou como se deve conduzir uma moto e com duas ultrapassagens ESPETACULARES garante a vitória da primeira prova da rodada dupla.
Spies manteve-se na ponta da corrida até a volta 12, quando num pequeno erro perdeu a posição para o japonês Noriyuki Haga e para o inglês Loen Haslam. Spies passou então a estudar os movimentos dos adversários e esperou o momento certo para dar o bote.
Faltando três voltas para o fim ele faz uma ultrapassagem de tirar o fôlego de quem acompanha sobre Haslam e na última volta, com toda a perícia de um piloto campeão, passou o japonês em um ponto e de uma forma totalmente inesperada.
Ficou o recado do americano para o japonês, que a briga pelo título de 2009 vai ser dura e o experiente piloto vai ter que tomar muito cuidado com a juventude que está chegando. Confira abaixo o resultado final da prova:

video

1 B. Spies Yamaha 15 R. Kiyonari Honda
2 N. Haga Ducati 16 B. Roberts Ducati
3 L. Haslam Honda 17 M. Tamada Kawasaki
4 T. Sykes Yamaha 18 S. Easton Kawasaki
5 M. Biaggi Aprilia 19 D. Checa Yamaha
6 J. Smrz Ducati 20 D. Salom Kawasaki
7 J. Rea Honda 21 R. Resch Suzuki
8 R. Laconi Ducati
L. Scassa Kawasaki
9 M. Fabrizio Ducati
S. Nakano Aprilia
10 T. Corser BMW
V. Iannuzzo Honda
11 S. Byrne Ducati
M. Baiocco Kawasaki
12 K. Muggeridge Suzuki
C. Checa Honda
13 M. Neukirchner Suzuki
Y. Kagayama Suzuki
14 R. Xaus BMW
T. Hill Honda



Thruxton - Primeira Prova
Dia: 26 de Abril (Domingo)
Hora: 07:35

Destaque:
Campinas - Fabrizio Giovanardi precisou apenas de uma volta rápida para garantir a pole position para a primeira prova da BTCC neste final de semana. Com o tempo de 1:17.985 segundos, ele assegurou a segunda pole da carreira na categoria.
Seu companheiro de equipe, Matt Neal, completou a primeira fila com uma volta 0.320 segundos mais lenta que Giovanardi e carrega o lastro de 45kg em seu carro. Jason Plato será o terceiro no grid, Andrew Jordan o quarto e Colin Turkington o quinto.
Fabrizio comentou após a qualificação: “Serei mais feliz quando terminar em primeiro na prova – acabar na frente na classificação não significa nada ainda”.
Confira o grid completo para a prova:
1 Fabrizio Giovanardi 1m17.985s --
2 Matt Neal 1m18.305s +0.320s
3 Jason Plato 1m18.326s +0.341s
4 Andrew Jordan 1m18.354s +0.369s
5 Colin Turkington 1m18.407s +0.422s
6 Paul O'Neill 1m18.708s +0.723s
7 Adam Jones 1m18.830s +0.845s
8 James Thompson 1m18.916s +0.931s
9 Dan Eaves 1m18.952s +0.967s
10 Mat Jackson 1m19.018s +1.033s
11 Jonathan Adam 1m19.091s +1.106s
12 Robert Collard 1m19.386s +1.401s
13 Harry Vaulkhard 1m19.447s +1.462s
14 Stephen Jelley 1m19.528s +1.543s
15 Martyn Bell 1m20.136s +2.151s
16 David Pinkney 1m20.174s +2.189s
17 John George 1m20.486s +2.501s
18 Martin Johnson 1m20.865s +2.880s
19 Tom Chilton 1m21.110s +3.125s
20 Liam McMillan 1m21.141 +3.156s
21 Alan Morrison 1m23.461s +5.476s


Campinas - A equipe VX Racing Team levou seus três pilotos ao pódio da primeira corrida, com Fabrizio Giovanardi em primeiro, Matt Neal em segundo e Andrew Jordan na terceira posição. Garantir os três lugares do pódio era algo inédito para a equipe, desde 2004.
Giovanardi fez o hat trick na prova e com a marca da melhor volta garantiu um ponto de bônus. Matt Neal, mesmo com o lastro, ficou apenas 0.404 segundos atrás de Giovanardi.
O quarto colocado da prova foi Colin Turkington, posição herdada depois do acidente de Robert Collard e Stephen Jelley, que obrigou Collard a fazer um pit stop para troca de pneus e reparos no carro, ficando fora da zona de pontuação. Com isso Matt Neal abriu dez pontos de vantagem na pontuação geral sobre Turkington e Fabrizio Giovanardi passou Collard no geral.
Confira o resultado da prova:
1 Fabrizio Giovanardi 1m18.837s --
2 Matt Neal 1m19.088s +0.404s
3 Andrew Jordan 1m19.497s +1.013s
4 Colin Turkington 1m19.534s +1.523s
5 Paul O'Neill 1m19.862s +2.620s
6 Adam Jones 1m19.776s +6.841s
7 Stephen Jelley 1m20.260s +7.904s
8 Mat Jackson 1m20.616s +10.457s
9 Harry Vaulkhard 1m20.782s +11.072s
10 Jason Plato 1m19.403s +12.323s
11 James Thompson 1m19.627s +12.479s
12 Jonathan Adam 1m19.887s +14.141s
13 Martyn Bell 1m21.074s +16.411s
14 David Pinkney 1m20.858s +17.858s
15 Tom Chilton 1m21.835s +20.472s
16 Martin Johnson 1m22.014s +25.257s
17 Robert Collard 1m20.397s +25.911s
18 John George 1m20.797s +1 Volta

Não Classificaram:
Nick Leason 1m26.847s +8 Voltas
Alan Morrison 1m23.247s +12 Voltas
Liam McMillan 1m21.693s +14 Voltas
Dan Eaves -- +18 Voltas



Assen
Dia: 26 de Abril (Domingo)
Hora: 08:25 (Ao vivo no Bandsports)

Destaque:


Thruxton - Segunda Prova
Dia: 26 de Abril (Domingo)
Hora: 08:55

Destaque:


Bahrain
Dia: 26 de Abril (Domingo)
Hora: 09:00 (Ao vivo na Rede Globo)

Destaque:
Campinas – Foi realizada hoje a sessão classificatória para o Grande Prêmio do Bahrain de Fórmula 1. A primeira fila ficou toda com a equipe Toyota com o italiano Jarno Trulli na pole e o alemão Timo Glock na segunda posição.
Porém, o grande destaque sem dúvida foi o alemão Sebastian Vettel. O piloto da Red Bull ficou com a terceira posição, porém ele é o sétimo mais pesado dos carros que participaram do Q3. Para se ter uma base, os dois carros da Brawn de Barrichello e Button, a Renault de Alonso e a McLaren de Hamilton estão mais leves que a Red Bull do alemão e mesmo assim, ele no braço descontou a diferença.
Dentre os brasileiros, Rubens Barrichello vai largar na sexta posição, Felipe Massa em oitavo e Nelson Piquet na 15ª. Barrichello, apesar de ter sido o nosso melhor representante no grid, não foi bem. Ele está 3.5 kg mais leve que o companheiro, o inglês Jenson Button e mesmo assim ficou atrás do companheiro.
O alemão Adrian Sutil da Force India foi punido com a perda de três posições após o fim da sessão por ter bloqueado o australiano Mark Webber durante a volta rápida do piloto. Confira abaixo o grid completo para a prova:
1 Jarno Trulli Toyota 1:32.779 1:32.671 1:33.431
2 Timo Glock Toyota 1:33.165 1:32.613 1:33.712
3 Sebastian Vettel RBR-Renault 1:32.680 1:32.474 1:34.015
4 Jenson Button Brawn-Mercedes 1:32.978 1:32.842 1:34.044
5 Lewis Hamilton McLaren-Mercedes 1:32.851 1:32.877 1:34.196
6 Rubens Barrichello Brawn-Mercedes 1:33.116 1:32.842 1:34.239
7 Fernando Alonso Renault 1:33.627 1:32.860 1:34.578
8 Felipe Massa Ferrari 1:33.297 1:33.014 1:34.818
9 Nico Rosberg Williams-Toyota 1:33.672 1:33.166 1:35.134
10 Kimi Räikkönen Ferrari 1:33.117 1:32.827 1:35.380
11 Heikki Kovalainen McLaren-Mercedes 1:33.479 1:33.242
12 Kazuki Nakajima Williams-Toyota 1:33.221 1:33.348
13 Robert Kubica BMW Sauber 1:33.495 1:33.487
14 Nick Heidfeld BMW Sauber 1:33.377 1:33.562
15 Nelsinho Piquet Renault 1:33.608 1:33.941
16 Adrian Sutil Force India-Mercedes 1:33.722

17 Sebastien Buemi STR-Ferrari 1:33.753

18 Giancarlo Fisichella Force India-Mercedes 1:33.910

19 Mark Webber RBR-Renault 1:34.038

20 Sebastien Bourdais STR-Ferrari 1:34.159




Interlagos
Dia: 26 de Abril (Domingo)
Hora: 10:00 (VT na ESPN às 23:15)

Destaque:


Thruxton - Segunda Prova
Dia: 26 de Abril (Domingo)
Hora: 10:10

Destaque:
Campinas - Colin Turkington venceu a segunda prova da BTCC em Thruxton e com isso tornou-se o quinto vencedor diferente na atual temporada. Ele ultrapassou Fabrizio Giovanardi na última volta da prova e retomou o primeiro posto na tabela geral, novamente à frente de Matt Neal.
Neal terminou a prova em terceiro com Stephen Jelley, companheiro de equipe de Turkington, em quarto lugar. Robert Collard (com quem Jelley teve um incidente durante a primeira prova) terminou na quinta posição e assegurou pontos preciosos para o campeonato.
O terceiro carro da Vauxhall, Andrew Jordan que chegou ao pódio na primeira corrida, rodou durante uma briga com Jelley e terminou atrás.
Confira o resultado da segunda prova:
1 Colin Turkington 1m18.859s --
2 Fabrizio Giovanardi 1m18.719s +0.241s
3 Matt Neal 1m18.846s +0.623s
4 Stephen Jelley 1m19.787s +9.110s
5 Robert Collard 1m19.964s +11.205s
6 Jason Plato 1m19.636s +12.117s
7 James Thompson 1m20.025s +12.468s
8 Adam Jones 1m19.923s +15.133s
9 Mat Jackson 1m19.936s +15.309s
10 Paul O'Neill 1m20.019s +18.075s
11 Jonathan Adam 1m20.261s +19.200s
12 Harry Vaulkhard 1m20.038s +23.013s
13 David Pinkney 1m20.070s +23.471s
14 Martyn Bell 1m20.801s +23.913s
15 John George 1m21.048s +31.639s
16 Martin Johnson 1m21.595s +32.600s
17 Tom Chilton 1m21.476s +34.432s
18 Andrew Jordan 1m19.613s +38.177s
19 Liam McMillan 1m23.468 +58.324s
20 Nick Leason 1m24.285s +1 Lap

Não completaram:
Alan Morrison 1m32.432s +11 Voltas
Dan Eaves -- +19 Voltas



Assen
Dia: 26 de Abril (Domingo)
Hora: 10:30 (Ao vivo no Bandsports)

Destaque:


Thruxton - Segunda Prova
Dia: 25 de Abril (Sábado)
Hora: 11:20

Destaque:


Interlagos - Primeira Prova
Dia: 26 de Abril (Domingo)
Hora: 12:00 (VT 18:30 no Sportv)

Destaque:
Campinas – Foi disputada hoje em Interlagos a segunda prova da rodada dupla da GT3 Brasil. Infelizmente algumas medidas não foram bem tomadas o que acabou prejudicando o espetáculo. Existe no regulamente que ações serão tomadas no decorrer da temporada para tentar equalizar o poder dos carros e com isto ter cada vez mais disputa na pista.
Após a vitória de ontem do Ford GT, resolveram fazer algumas mudanças para tentarem equalizarem as coisas para hoje, mas erraram na mão. Eles levantaram o carro com relação ao solo, colocaram mais 30 kg de lastro e mexeram no restritor de ar, que afeta diretamente no desempenho. O resultado foi que o carro se arrastou pela pista e perdeu totalmente as chances de tentar alguma coisa.
A Ferrari, que não tinham nada com a história, partiu forte e fez um belo trabalho. Rafael Derani e Cacau Ricci venceram, com Thiago Camilo e Lico Kaesemodel em segundo com um Porsche. O pessoal da Ford reclamou junto a CBA das mudanças no carro e para a próxima etapa algo deve ser mudado.
Confira abaixo o resultado final da prova:
1 R.Derani/C.Ricci 9 F.Poeta/D.Rosa
2 T.Camilo/L.Kaesemodel 10 R.Matias/M.Stumpf
3 C.Lunardi/Constantino Jr 11 F.Greco/
4 W.Ebrahim/F.Ebrahim 12 V.Faria/
5 A.Feldmann/R.Freitas 13 P.Queirolo/
6 R.Mauricio/A.Hermann 14 M.Santanna/
7 W.Derani/R.Santos 15 C.Faria/
8 M.Hahn/A.Khodair




Thruxton - Terceira Prova
Dia: 26 de Abril (Domingo)
Hora: 12:50

Destaque:
Campinas - Em mais uma prova com grid invertido, Mat Jackson foi o terceiro vencedor da rodada tripla, em Thruxton, pelo campeonato do BTCC. Jackson se tornou o sexto vencedor dentro das seis provas iniciais da temporada. Ele dividiu o pódio com Adam Jones, segundo colocado e James Thompson, na terceira colocação. Jones deu ao time da Cartridge World Carbon Zero seu primeiro pódio dentro da categoria.
A terceira prova do final de semana foi marcada por vários acidentes, resultando em seis abandonos na prova. O mais forte e que exigiu a entrada de Safety Car foi quando John George bateu em alta velocidade em uma curva.
Entre os líderes do campeonato, Matt Neal e Fabrizio Giovanardi ficaram com as sétima e oitava colocações, respectivamente, com Colin Turkington na nona posição. Isto deixou a tabela geral com Neal à frente de Turkington, que por sua vez está à frente de Giovanardi.
Confira abaixo o resultado da terceira prova:
1 Mat Jackson 1m19.284s --
2 Adam Jones 1m19.296s +1.267s
3 James Thompson 1m19.431s +3.646s
4 Jason Plato 1m19.328s +4.008s
5 Robert Collard 1m19.333s +5.056s
6 Stephen Jelley 1m19.469s +5.160s
7 Matt Neal 1m19.449s +5.420s
8 Fabrizio Giovanardi 1m19.317s +5.875s
9 Colin Turkington 1m19.317s +6.116s
10 David Pinkney 1m19.892s +6.475s
11 Harry Vaulkhard 1m19.919s +6.861s
12 Jonathan Adam 1m20.068s +13.201s
13 Martin Johnson 1m20.845s +28.102s
14 Martyn Bell 1m20.858s +28.918s
15 Nick Leason 1m25.356s +30.795s
16 Andrew Jordan 1m19.981s +1m03.494s

Não Classificaram:
Liam McMillan 1m20.813s +1 Lap
Paul O'Neill 1m19.410s +2 Voltas
John George 1m20.093s +11 Voltas
Alan Morrison 1m22.999s +13 Voltas
Tom Chilton 1m21.167s +15 Voltas
Dan Eaves 1m19.983s +15 Voltas



Fortaleza
Dia: 26 de Abril (Domingo)
Hora: 13:30 (Ao vivo na Bandeirantes)

Destaque:
Campinas – A Fórmula Truck chega a Fortaleza para a realização da segunda etapa temporada 2009. A pole ficou com o brasiliense Geraldo Piquet da Mercedes-Benz. O piloto terá ao seu lado na primeira fila o companheiro de equipe Wellington Cirino e parecem serem os caminhões a serem batidos no circuito cearense.
Porém, o líder do campeonato Felipe Giaffone estava bem forte na qualificação, mas teve um problema de vazamento de óleo e por isto largará apenas na oitava posição. No entanto, é bom ficar de olho no piloto que lutará para manter a ponta da tabela.
Confira abaixo o grid completo para a prova:
1 Geraldo Piquet 55s714; 9 Fabiano Brito 1min00s008;
2 Wellington Cirino 55s746; 10 Adilson Cajuru 1min00s230;
3 Valmir Benavides 55s951; 11 Viganldo Fizio 1min00s271;
4 João Maistro 56s951; 12 Renato Martins 1min00s339;
5 Roberval Andrade 56s965; 13 Leandro Totti 1min00s461;
6 Leandro Reis 57s050; 14 Débora Rodrigues 1min00s522;
7 Regis Boessio 57s576; 15 Pedro Muffato 1min01s184;
8 Felipe Giaffone 1min13s310;
Diumar Bueno
9 Djalma Fogaça 58s712;
Egon Allgauer
10 José Maria 58s867;
Fred Marinelli
11 Danilo Dirani 59s053;
José Cangueiro
12 Urubatan Helou 59s586;





Interlagos
Dia: 26 de Abril (Domingo)
Hora: 13:45

Destaque:


Kansas
Dia: 26 de Abril (Domingo)
Hora: 14:00 (Ao vivo no site da Categoria)

Destaque:
Campinas - O campeão da temporada 2005 da Indy Light voltou a competir na competição e de cara conquistou a pole para a prova do Kansas. O australiano Wade Cunningham fez a volta no tempo de 58.3812 segundos e disse que ficou bem feliz com a pole. Foi a quarta pole dele em um oval e a única vez que ele converteu estas poles em vitória foi em Indianápolis em 2006.
O colombiano Sebastian Saavedra, destaque da última prova em Long Beach, vai largar na segunda posição, ao lado de Cunningham. Vai ser a terceira vez que ele largará entre os cinco primeiros nas quatro provas da temporada.
Entre os brasileiros, a Bia Figueiredo vai largar numa bela terceira posição, Mario Romancini na sexta e Rodrigo Barbosa na vigésima primeira. A expectativa é de uma boa corrida para eles, já que andaram muito bem nos treinos de Sexta-Feira e estão largando bem.
Confira abaixo o grid completo para a prova:
1 Wade Cunningham 13 Sean Guthrie
2 Sebastian Saavedra 14 Dillon Battistini
3 Ana Beatriz 15 Jonathan Summerton
4 J.R. Hildebrand 16 Pablo Donoso
5 Pippa Mann 17 Junior Strous
6 Mario Romancini 18 Jesse Mason
7 Charlie Kimball 19 Richard Philippe
8 James Davison 20 Sergey Mokshantsev
9 Martin Plowman 21 Rodrigo Barbosa
10 Andrew Prendeville 22 Jay Howard
11 Gustavo Yacaman 23 James Hinchcliffe
12 Daniel Herrington 24 Ali Jackson


Campinas – Foi realizada neste fim de semana a quarta etapa da temporada 2009 da Fórmula Indy Light. A vitória ficou com o estreante Sebastian Saavedra da equipe AFS Racing/Andretti Green. Ele largou na primeira fila, pulou para ponta e se manteve por lá numa das corridas mais conturbadas da categoria.
Foram cinco bandeiras amarelas e a prova terminou antes do previsto, com apenas 67 voltas das 100 programadas. O australiano Wade Cunningham perdeu algumas posições, mas no fim conseguiu terminar na segunda posição.
A brasileira Bia Figueiredo também fez uma bela prova, mas devido à falta de grip na pista, acabou perdendo momentaneamente o controle do carro e terminou na quarta posição, depois de ter ocupado o segundo lugar. Mario Romancini, que fez a primeira prova num oval, terminou muito bem na terceira posição e no primeiro pódio dele na Indy Light. Rodrigo Barbosa também fez a estréia nos ovais, mas não teve a mesma sorte. Ele vinha firme na 21ª posição, mas o irlandês Ali Jackson rodou na frente do brasileiro, que conseguiu frear e desviar. No entanto, o russo Sergey Mokshantsev que vinha atrás o acertou e ele foi obrigado a abandonar a prova.
Confira abaixo o resultado final da prova:
1 Sebastian Saavedra 13 Charlie Kimball
2 Wade Cunningham 14 J.R. Hildebrand
3 Mário Romancini 15 Dillon Battistini
4 Bia Figueiredo 16 Pippa Mann
5 Martin Plowman 17 Gustavo Yacaman
6 Daniel Herrington 18 Sean Guthrie
7 Jonathan Summerton 19 Pablo Donoso
8 James Davison 20 Ali Jackson
9 Andrew Prendeville 21 Rodrigo Barbosa
10 Jay Howard 22 Sergey Mokshantsev
11 Junior Strous 23 Jesse Mason
12 James Hinchcliffe 24 Richard Philippe



Vírginia
Dia: 26 de Abril (Domingo)
Hora: 14:00

Destaque:


Talladega
Dia: 26 de Abril (Domingo)
Hora: 15:00 (Ao vivo no Canal Speed)

Destaque:
Campinas – Será disputada amanhã em Talladega a nona etapa da temporada 2009 da Nascar Sprint Cup. O circuito é conhecido por sempre proporcionar finais de provas emocionantes e geralmente o temido Big One (ver vídeo).

O colombiano Juan Pablo Montoya, que no ano anterior terminou na segunda posição, conquistou a pole e é um grande favorito a vitória no circuito. Uma das razões deste favoritismo é porque seu carro melhorou sensivelmente do ano passado para este. A equipe dele, Ganassi, juntou-se com a equipe Dale e trocaram os equipamentos Dodge por Chevrolet. O outro motivo é que o colombiano sempre se deu bem em super ovais.
Ele conquistou a pole com o tempo de 50.890 segundos e uma média de 302.7 km/h. Talladega é um circuito único em que para se dar bem é preciso ter amigos. Só anda forte quem tiver alguém atrás o empurrando ou alguém a frente para empurrar. Isto acontece porque o efeito do vácuo é muito forte, então o carro de trás empurra o da frente, que anda mais rápido, cria um vácuo e puxa o carro de trás e assim sucessivamente.
Os quarenta e três pilotos que largarão amanhã possuem chances reais de vitória, pois a história comprova que a corrida só é decidida na última curva da última volta. Confira abaixo o grid completo para a prova:
1 Juan Montoya 50.890 23 Kyle Busch -0.365
2 Greg Biffle -0.008 24 Paul Menard -0.367
3 Martin Truex Jr. -0.054 25 Ryan Newman -0.411
4 Sam Hornish Jr. -0.059 26 David Gilliland -0.418
5 Clint Bowyer -0.068 27 Jeremy Mayfield -0.421
6 Regan Smith -0.074 28 Kurt Busch -0.451
7 Mark Martin -0.084 29 Tony Stewart -0.477
8 Scott Speed* -0.094 30 Brian Vickers -0.483
9 Brad Keselowski -0.131 31 Michael Waltrip -0.522
10 David Ragan -0.144 32 Jamie McMurray -0.526
11 Dale Earnhardt Jr. -0.152 33 David Reutimann -0.564
12 Bobby Labonte -0.153 34 Marcos Ambrose -0.706
13 Matt Kenseth -0.162 35 Kasey Kahne -0.744
14 Jeff Gordon -0.203 36 Jimmie Johnson -0.765
15 Casey Mears -0.206 37 David Stremme -0.938
16 Carl Edwards -0.214 38 A.J. Allmendinger -0.982
17 Joe Nemechek -0.215 39 Elliott Sadler -1.108
18 Denny Hamlin -0.274 40 John Andretti -1.513
19 Kevin Harvick -0.299 41 Reed Sorenson+ -0.621
20 Jeff Burton -0.302 42 Robby Gordon+ -0.782
21 Scott Riggs -0.346 43 Max Papis* -0.467
22 Joey Logano* -0.349




Largada
video
Primeiro Big One video
Segundo Big One videoFim de prova impressionante video

Campinas – A prova de hoje da Nascar foi mais uma daquelas para entrar para a história da categoria. Com dois Big One impressionantes (ver vídeos) e com um final daqueles de tirar o fôlego dos fãs, o novato Brad Keselowski venceu sua primeira prova na Sprint.
Não há muito que falar, pois grandes parte dos favoritos saíram no primeiro acidente, outra parte no segundo e o resto se acidentou no fim. Pode se imaginar então que o público ficou triste com o resultado inusitado, mas não, pois esta é a magia de Talladega. Em nenhuma outra prova os quarenta e três pilotos que largam tem a mesma chance de vencer como lá, pois tudo pode acontecer, e sempre acontece de tudo.
Fica o convite para assistir os vídeos acima para se ter uma idéia melhor do que estou dizendo! Confira abaixo o resultado final.
1 Brad Keselowski 23 Tony Stewart
2 Dale Earnhardt Jr. 24 Carl Edwards
3 Ryan Newman 25 Kyle Busch
4 Marcos Ambrose 26 David Reutimann
5 Scott Speed 27 John Andretti
6 Kurt Busch 28 Bobby Labonte
7 Greg Biffle 29 Robby Gordon
8 Brian Vickers 30 Jimmie Johnson
9 Joey Logano 31 David Stremme
10 Jeff Burton 32 Jeremy Mayfield
11 Reed Sorenson 33 Martin Truex Jr.
12 David Ragan 34 Sam Hornish Jr.
13 Paul Menard 35 A.J. Allmendinger
14 Joe Nemechek 36 Kasey Kahne
15 Regan Smith 37 Jeff Gordon
16 Casey Mears 38 Kevin Harvick
17 Matt Kenseth 39 Clint Bowyer
18 Max Papis 40 David Gilliland
19 Elliott Sadler 41 Scott Riggs
20 Juan Montoya 42 Jamie McMurray
21 Michael Waltrip 43 Mark Martin
22 Denny Hamlin




Virginia - Segunda Prova
Dia: 26 de Abril (Domingo)
Hora: 16:00

Destaque:


Kansas
Dia: 26 de Abril (Domingo)
Hora: 17:00 (Ao vivo no Bandsports)

Destaque:
Campinas – Neste fim de semana será disputada a terceira etapa da temporada 2009 da Fórmula Indy e nos treinos classificatórios realizados ontem, algumas “surpresas” aconteceram. A principal delas, sem dúvida, é a dobradinha da Newman/Haas/Lanigan na primeira fila com Graham Rahal e Robert Doornbos.
Vamos voltar um pouco na história da categoria. A NHL é uma das mais tradicionais equipes dos Estados Unidos e era muito competitiva quando as grandes corriam na Champ Car. Daí a Penske, a Ganassi e mais algumas resolveram mudar para a IRL e a Newman Haas permaneceu na Champ Car. No ano passado, com a união das duas categorias, o cenário era as equipes oriundas da Champ Car andando bem nos mistos, já que eram estes os circuitos que eles andavam e as equipes da Indy dominando nos ovais. Esta primeira fila tem um significado muito forte, pois mostra que depois do ano de transição, eles voltaram a figurar entre as grandes.
Tudo bem que o holandês Robert Doornbos na segunda posição foi devido a uma punição dada ao Dario Franchitti da Ganassi e ao Hélio Castroneves da Penske, por terem colocado a roda na parte interna do oval, o que é proibido, mas de qualquer forma a quarta posição já estava de bom tamanho para o holandês, que faz a estréia na categoria neste ano.
Confira abaixo o grid completo e confira as colocações dos brasileiros:
1 Graham Rahal 12 Milka Duno
2 Robert Doornbos 13 Hideki Mutoh
3 Danica Patrick 14 Vitor Meira
4 Scott Dixon 15 Raphael Matos
5 Marco Andretti 16 Mike Conway
6 Mario Moraes 17 Justin Wilson
7 Ryan Briscoe 18 Stanton Barrett
8 Tony Kanaan 19 Ryan Hunter-Reay
9 Dan Wheldon 20 Dario Franchitti
10 Ed Carpenter 21 Helio Castroneves
11 Sarah Fisher 22 E.J. Viso


Campinas – Nada como um circuito oval para colocar ordem no terreiro. As duas primeiras provas da Indy em St. Petersburg e Long Beach não refletiram de verdade o que vai ser o ano da categoria. Foi só chegar o primeiro oval para a normalidade voltar a categoria.
Para começar, nas três primeiras posições tivemos Ganassi, Penske e Andretti-Green, que na verdade dão as cartas na categoria. Da quarta a sexta posição mais uma Penske e outras duas Andretti-Green (e só não tivemos a outra Ganassi porque o escocês Dário Franchitti bateu no fim da prova). Só aí apareceu uma Newman Haas, a melhor das outras.
Os três primeiros no campeonato no ano passado foram os três primeiros da prova de hoje, inclusive na mesma ordem. Dixon, o campeão, liderou 134 voltas das 200 disputadas, um domínio absoluto da prova. Castroneves, que após ser punido na qualificação, largou lá de trás, bateu em Vitor Meira e terminou na segunda posição.
Num tempo de crise econômica, as outras equipes que conseguiram sobreviver na categoria não têm perspectivas de conseguirem algum resultado expressivo, a não ser quando voltarem para circuitos travados onde as ultrapassagens são quase impossíveis.
Confira abaixo o resultado final da prova:
1 Scott Dixon 12 Robert Doornbos
2 Helio Castroneves 13 Sarah Fisher
3 Tony Kanaan 14 Justin Wilson
4 Ryan Briscoe 15 Ryan Hunter-Reay
5 Danica Patrick 16 Milka Duno
6 Marco Andretti 17 Stanton Barrett
7 Graham Rahal 18 Dario Franchitti
8 Hideki Mutoh 19 Mike Conway
9 Ed Carpenter 20 Raphael Matos
10 Dan Wheldon 21 E.J. Viso
11 Mario Moraes 22 Vitor Meira

Calendário

Videoteca

Twitter


Postagens populares

Newsletters