Subscribe to web2feel.com
Subscribe to web2feel.com

20 anos do primeiro passo rumo à eternidade - Portugal

Postado por Thiago Raposo quinta-feira, 14 de maio de 2009

Campinas - Olá amigos! Continuando (atrasado) o especial sobre os 20 anos do primeiro título do brasileiro Ayrton Senna, vamos relembrar um pouco a décima-terceira corrida daquela temporada, o grande prêmio de Portugal. Para você que perdeu os primeiros capítulos desta série, clique aqui para ler.

No dia 25 de Setembro de 1988 foi realizada a 13ª etapa da temporada. Num ano totalmente dominado pelas McLarens o campeonato tinha o brasileiro Ayrton Senna com 75 pontos e o francês Alain Prost com 72.
O treino classificatório não foi muito bom para o brasileiro, pois ele perdeu a pole para o rival e companheiro de equipe. Na largada, Senna forçou tudo e pulou para frente, mas devido a um acidente a prova foi interrompida e uma nova largada foi dada. Maurício Gugelmin largou na quinta posição e Nelson Piquet na oitava.
Novamente Senna pulou na frente, desta vez quase se chocando com Prost, que tentou evitar a manobra do brasileiro. A McLaren de Ayrton, porém não estava bem e já na segunda volta Prost recuperou a posição. Na volta 22 foi a vez do italiano Ivan Capelli, da March, ultrapassar Ayrton Senna.
Enquanto Prost sumia na frente, o brasileiro continuava com dificuldades de manter a posição: foi ultrapassado por Berger na 23, por Alboreto na 55 e por Boutsen e Warwick na 57. Por sorte, o austríaco Gerhard Berger errou e abandonou a prova, permitindo assim ao brasileiro terminar na sexta posição. Gugelmin abandonou na volta 59 e Piquet na 34.
Confira abaixo como ficou a classificação do campeonato após aquela prova:
1. Alain PROST 81
2. Ayrton SENNA 76
3. Gerhard BERGER 37
4. Michele ALBORETO 24
5. Thierry BOUTSEN 21
6. Nelson PIQUET 18
12. Mauricio GUGELMIN 5

Calendário

Videoteca

Twitter


Postagens populares

Newsletters