Subscribe to web2feel.com
Subscribe to web2feel.com

24 Horas de Le Mans - Boletim 9

Postado por Thiago Raposo domingo, 14 de junho de 2009

Campinas – Acabou a festa! Mais uma edição das 24 horas de Le Mans realizada, com muito sucesso, desta que é uma das mais charmosas e tradicionais corridas do mundo se não a mais. Foram 55 carros disputando a prova divididos em quatro classes distintas: Protótipos 1 (P1), Protótipos 2 (P2), Gran-Turismo 1 (GT1) e Gran-Turismo 2 (GT2).
Apesar de uma prova tão longa, onde muita coisa pode acontecer, o que se viu foi um domínio total de um carro nas quatro categorias. Houve muitas quebras, alguns acidentes sérios, outras desistências, mas basicamente os vencedores de cada uma assumiram a liderança ainda ontem, no começo das 24 horas.
Na P1, a mais importante, por ser a mais rápida e por definir o vencedor geral, a briga era entre Peugeot e Audi, mas ainda ontem, com alguns problemas dos carros da Audi, ficou claro que era apenas questão de saber qual Peugeot iria vencer. O número 8, que conquistou a pole e que contava com três pilotos franceses, tinha mais simpatia com os donos da equipe, mas um problema mecânico ainda nas primeiras horas os deixou uma volta atrás do número 9, que soube sustentar a liderança por toda a prova até vencer! Os pilotos são David BRABHAM, Marc GENE e Alexander WURZ. O brasileiro Bruno Senna, que compete na P1, abandonou a prova um pouco depois da metade, pois seu companheiro sofreu um toque e a equipe, com poucas peças de reposição, resolveu deixá-las para o outro carro que estava em melhor posição.
Na P1 o que se viu foi um domínio total do PORSCHE RS SPYDER 31 dos pilotos Casper ELGAARD, Kristian POULSEN e Emmanuel COLLARD. Eles praticamente lideraram toda a prova, desconsiderando apenas as diferenças de janelas de pitstop. O carro 5, que passou toda a prova disputando com o 31, enfrentou problemas no fim da prova e terminou apenas na quinta posição. O carro do brasileiro Thomas Erdos, que passou boa parte da prova na quarta colocação, acabou terminando em sexto.
Já na GT1, categoria com menor quantidade de carros e de menos emoção, pois dos seis carros inscritos, seis eram Corvettes, a vitória ficou com o número 63, pilotado pelos pilotos Jan MAGNUSSEN, Johnny O’CONNELL e Antonio GARCIA. A curiosidade é que eles competem na versão americana da competição, a Américan Le Mans Series e superaram os rivais europeus. O 64, que passou 75% da prova na segunda posição, acabou também com problemas no fim e terminou na quarta colocação.
Na GT2 tivemos vitória brasileira. Jaime Melo conquistou o bi-campeonato, já que no ano passado ele também saiu como vencedor da categoria. Ele, que corre com uma Ferrari F430, tem como companheiros de equipe o finlandês Mika Salo e o alemão Pierre Kaffer. Eles que não começaram nas primeiras colocações, assumiu a ponta no fim do sexto da prova e de lá não mais saíram. A outra Ferrari, 97, que chegou a ocupar a última posição no início da prova, fez um belo trabalho e terminou na segunda posição.
Confiram abaixo o vídeo da última volta da prova, quando os Peugeots se uniram para saírem juntos na foto:

Calendário

Videoteca

Twitter


Postagens populares

Newsletters