Subscribe to web2feel.com
Subscribe to web2feel.com

COBERTURA CAMPEÃ DO FIM DE SEMANA

Postado por Thiago Raposo quinta-feira, 9 de julho de 2009

Campinas - Começamos mais uma cobertura campeã do fim de semana. Gostaria de lembrar a todos que este post é atualizado diversas vezes no decorrer das competições com: resultados, comentários, fotos, vídeos e tudo mais para levar a você o melhor da velocidade!
Não deixem de passar aqui nos próximos 3 dias para ver tudo o que rolou no Brasil e no Mundo sobre 2 e 4 rodas.
Abraços!

Clique nos links abaixo para acompanhar os destaques de uma categoria específica, ou se preferir, desça a barra de rolagem para ver o resumo total do fim de semana!


Rússia

Quinta-Feira
  • SS1 Yashino 12:58 15,14 км
Campinas - Começou neste fim de semana na Rússia mais uma etapa do IRC, Intercontinetal Rally Challenge. Pela segunda vez no ano (a primeira foi no Quênia), a competição não conta com seus principais pilotos, aqueles que brigam pelo título da categoria.
A primeira sessão foi vencida pelo finlandês Juho Hanninen, que percorreu o trecho de 15.14 km em 8min 42.1 segundos. A bordo de seu SKODA, ele superou o italiano Giandomenico Basso por 7.7 segundos. Na terceira posição ficou mais um SKODA, do tcheco Jan Kopecky.
O finlandês Anton Alen, que terminou na quinta posição, disse após a prova que teve problemas quando tiveram que atravessar um trecho cheio de água. "Ainda não estou andando no meu limite e acho que a quinta colocação não é tão ruim para um começo".
Confira abaixo como está o rali:
1 Hanninen - Skoda - 8m 42.1s
2 Basso - Abarth - +7.7s
3 Kopecky - Skoda - +8.9s
4 Wilks - Proton - +11.2s
5 Alen - Abarth - +11.5s
6 Wittmann - Ralliart - +39.6s
7 Zheludov - Peugeot - +41.2s
8 Zimin - Ralliart - +1.16.1s
  • SS2 Kutuzovo 13:20 10,35 км
Campinas - A segunda sessão do rali da Rússia foi marcada por uma dobradinha da Skoda Motorsport. Juha Hanninen venceu novamente e ampliou a vantagem na liderança, mas desta vez o segundo colocado foi o Tcheco Jan Kopecky, que ficou 1.1 segundos atrás de Hanninen.
Muitos dos pilotos do rali ainda estão correndo atrás do melhor acerto, o que dá ao finlandês uma certa vantagem. Mas apesar dos bons resultados, o piloto disse que ainda não está 100% feliz com o carro. "Ele ainda está perdendo aderência em alguns pontos", disse o piloto.
Devido a chuva que caiu forte na região, nenhum dos outros pilotos estão arriscando muito, para não correrem o risco de ficarem prematuramente fora da disputa e com isto giram com tempos bem mais altos do que os líderes.
Confira abaixo como está o rali após a segunda especial:
1 Hanninen - Skoda - 14m19.5s
2 Kopecky - Skoda - +10.0s
3 Basso - Abarth - +14.2s
4 Wilks - Proton - +19.2s
5 Alen - Abarth - +21.6s
6 Wittmann - Ralliart - +1m 02.7s
7 Zheludov - Peugeot - +1m 20.3s
8 Koitla - Honda - +2m06.3s
  • SS3 Yashino 14:55 15,14 км
Campinas - E a etapa da Rússia do IRC continua perfeita para a dupla da SKODA. Novamente a vitória ficou com o finlandês Juha Hanninen, que lidera o rali, e desta forma disparou na tabela geral de classificação. O companheiro de equipe de Hanninen, o Tcheco Jan Kopecky, terminou na segunda posição, 14.7 segundos atrás.
Para a sorte da dupla, o italiano Giandomenico Basso que vinha andando entre os dois e pintava como o único nome que poderia bater os SKODAS, teve o pneu do FIAT por ele conduzido e perdeu muito tempo, chegando apenas na sexta posição. Com isto o britânico Guy Wilks pulou para a terceira posição no geral.
Hanninen diz após a prova que está tentando andar sempre no meio no trajeto para fugir dos problemas. "A situação mudou bastante devido a forte chuva e as pequenas poças d'águas que pegamos pela manhã, viraram lagos para tarde".
Confira abaixo a situação do rali após a terceira etapa:
1 Hanninen - Skoda - 22m 56.5s
2 Kopecky - Skoda - +24.7s
3 Wilks - Proton - +36.9s
4 Basso - Abarth - +1m 09.9s
5 Alen - Abarth - +1m 16.0s
6 Zheludov - Peugeot - +1m 49.5s
7 Wittmann - Ralliart - +2m 2.0s
8 Zimin - Ralliart - +3, 14.0s
  • SS4 Kutuzovo 15:17 10,35 км
Campinas - Os 10.35 km da quarta especial foi novamente vencida pelo finlandês Juho Hanninen, que lidera com tranquilidade o rali da Rússia. Ele completou o trajeto com o tempo de 5 minutos e 32 segundos. A diferença dele na classificação geral subiu para 27.5 segundos, o que lhe garante uma margem para andar com um pouco mais de cautela na especiais sequentes.
Jan Kopecky terminou novamente na segunda posição, mas na terceira tivemos uma mudança, já que o finlandês Anton Alen terminou na posição. Ele está na quinta posição, colado no italiano Giandomenico Basso e corre para tentar chegar ao pódio da etapa. Restando ainda 11 sessões para o fim, muita coisa ainda pode acontecer no rali.
Confira abaixo a classificação de rali após a quarta especial.
1 Hanninen - Skoda - 28m 28.5s
2 Kopecky - Skoda - +27.5s
3 Wilks - Proton - +46.5s
4 Basso - Abarth - +1m 21.0s
5 Alen - Abarth - +1m 25.0s
6 Zheludov - Peugeot - +2m 3.9s
7 Wittmann - Ralliart - +2m 45.0s
8 Zimin - Ralliart - +3m 52.7s

Sexta-Feira
  • SS5 Druzhnoselie 03:56 9,17 км

Campinas - A quinta especial da etapa russa do IRC foi cancelada devido a um grave acidente envolvendo o carro zero quando ele se encaminhava para o ponto de largada. Mais informações em breve.
Confira abaixo a classificação do rali.
1 Hanninen - Skoda - 28m 28.5s
2 Kopecky - Skoda - +27.5s
3 Wilks - Proton - +46.5s
4 Basso - Abarth - +1m 21.0s
5 Alen - Abarth - +1m 25.0s
6 Zheludov - Peugeot - +2m 3.9s
7 Wittmann - Ralliart - +2m 45.0s
8 Zimin - Ralliart - +3m 52.7s
  • SS6 Losevo 04:39 20,22 км
Campinas - E o rali da Rússia segue firme, depois do cancelamento da quinta especial, e segue com o finlandês Juho Hanninen na frente, vencendo as especiais. Ele manteve o aproveitamento de 100% na última sessão, superando os 20,22 km da especial em 11 minutos e 31 segundos.
Para a sorte do finlandês, seus rivais andam revesando na segunda posição, o que permite a ele ampliar cada vez mais a vantagem. Desta vez foi o outro finlandês Guy Wilks que terminou atrás de Hanninen, 12.5 segundos.
Jan Kopecky, que é o vice-líder do rali, terminou apenas na terceira posição nesta última especial. Confira abaixo a situação do rali após seis especiais.
1 Hanninen - Skoda - 39m 59.5s
2 Kopecky - Skoda - +40.6s
3 Wilks - Proton - +59.0s
4 Basso - Abarth - +1m 37.3s
5 Alen - Abarth - +1m 42.0s
6 Zheludov - Peugeot - +2m 51.1s
7 Wittmann - Ralliart - +3m 41.3s
8 Zimin - Ralliart - +5m 3.0s
  • SS7 Topolki 05:12 29,31 км

Campinas - Se a etapa russo do IRC já estava boa para a SKODA, ficou ainda melhor depois da última etapa. Os dois oponentes que vinham logo atrás dos carros da equipe na classificação geral tiveram um pneu furado e perderam muito tempo: Giandomenico Basso e Guy Wilks.
O clima na região está muito ruim, com uma chuva que deixa o trajeto bem escorregadio. Com o problema dos dois pilotos, outro piloto se beneficiou: o finlandês Anton Alen está agora na terceira posição geral da competição.
Juho Hanninen continua com 100% de aproveitamento e agora já acumula 49 minutos e 9 segundos de vantagem para Jan Kopecky. Praticamente só um problema mecânico ou um erro tira do piloto a vitória, que já pode começar a pensar em administrar tão grande vantagem.
Confira abaixo o resultado final do rali após as sete etapas:
1 Hanninen - Skoda - 56m 11.9s
2 Kopecky - Skoda - +49.9s
3 Alen - Abarth - +1m 53.6s
4 Basso - Abarth - +2m 19.6s
5 Zheludov - Peugeot - +4m 15.4s
6 Wilks - Proton - +4m 43.4s
7 Wittmann - Ralliart - 5m 10.3s
8 Koitla - Honda - +8m 16.8s
  • SS8 Druzhnoselie 08:03 9,17 км
  • SS9 Losevo 08:46 20,22 км
  • SS10 Topolki 09:19 29,31 км
Sábado
  • SS11 Dubinino 04:06 8,65 км
  • SS12 Perevoznoe 04:24 10,93 км
  • SS13 Borovinka 05:03 15,91 км
  • SS14 Dubinino 06:20 8,65 км
  • SS15 Perevoznoe 06:38 10,93 км


Chicago
Dia: Sexta-Feira (10/07/2009)
Hora: 21:00 (Ao vivo no Canal Speed)

Destaques:
Campinas - A Nascar Nationwide Series vai a pista daqui a pouco para a realização de mais uma etapa, no oval de Chicago. Carl Edwards, vice-líder do campeonato, garantiu a pole para a prova ao girar num tempo de 30.516 segundos e média de 284 km/h. Kyle Busch, líder do campeonato, sairá na sexta posição.
Porém, não foi o treino classificatório que foi notícia nesta semana na categoria e sim o fato do chefe de mecânicos do carro número 01 do piloto Danny O'Quinn Jr, Randy Hood, ter sido multado em 2.500 dólares depois que os fiscais descobriram uma irregularidade no carro do piloto após a prova de Daytona, na semana passada.
A prova acontecerá as 21:00 desta Sexta-Feira, com transmissão ao vivo do Canal Speed. Confira abaixo os 10 primeiros no grid de largada:


Campinas - Joey Logano vence de maneira espetacular e incontestável a etapa de Chicago da Nationwide Series. Após liderar 96 voltas das 200 do total, o jovem piloto novamente superou o companheiro de equipe e líder do campeonato, Kyle Busch.
Na largada Carl Edwards manteve a posição seguido de Brian Vickers. Na volta 8 Joey Logano passou Vickers e Kyle Busch passou Ryan Newman para ocupar a quarta colocação. Na volta 10 David Ragan furou o pneu, mas conseguiu levar o carro para os boxes sem chamar uma amarela. Enquanto isto Brad Keselowski, que está na briga pelo título, vinha na 14ª colocação.
Na volta 15 Joey Logano foi para cima de Carl Edwards, efetuou a ultrapassagem e assim passou para a liderança da prova. Carl Edwards começou a perder o rendimento e logo foi ultrapassado pelo Brian Vickers, pelo Kyle Busch e pelo Ryan Newman. Na volta 52 os pilotos começaram a parar com bandeira verde e Logano e Kyle Busch foram os primeiros a parar. Ryan Newman e Brad Keselowski tiveram problemas no pitstop e perderam muito tempo e posição.
O ritmo da prova era tão intenso, devido a falta de bandeira amarela, que na volta 70 apenas 10 carros estavam na volta dos líderes. Até que na volta 92 aconteceu a primeira bandeira amarela. A verde foi dada na 98 e Kyle Busch pulou para a ponta na relargada, seguido de Brian Vickers, Joey Logano e Kevin Harvick. Keselowski que não havia parado na bandeira amarela para recuparar a volta perdida, teve que parar na 122 com a verde e novamente perdeu a volta.
Na volta 150 os líderes começaram a parar novamente com bandeira verde. Na volta 174 Joey Logano foi para cima de Kyle Busch e assumiu a liderança. Na volta 186 aconteceu mais uma bandeira amarela, para esquentar o fim da prova. Kyle Busch parou e Joey Logano permaneceu na pista, dando a entender que ele seria engolido pelo pelotão na relargada por estar com pneus usados.
Mas na bandeira verde ele mostrou muita garra, característica da pouco idade, e com pneus mais velhos conseguiu segurar por dez voltas os pilotos que vinham atrás e venceu novamente na categoria.
Confira abaixo os seis primeiros da prova:



Townsville - Primeira Prova
Dia: Sábado (11/07/2009)
Hora: 02:00

Destaques:
Campinas - Foi disputada na madrugada de Sexta para Sábado mais uma etapa da V8 Supercars, a primeira da rodada dupla do fim de semana em Townsville, e a vitória ficou mais uma vez com Jamie Whincup da equipe Vodafone. Após largar apenas na nona posição, o piloto fez um trabalho impressionante de recuperação até o alto do pódio.
Foram 72 voltas e Whincup teve que brigar bastante contra seus principais rivais no campeonato, Will Davison e Garth Tander. "Foi sem dúvida umas das minhas vitórias que mais me deu satisfação".
Davison, que terminou na segunda posição, disse que enfrentou problemas com a pressão de óleo nas últimas 20 voltas da prova e foi pedido pela equipe que ele maneirasse no ritmo. "Não pude acreditar que isto estava acontecendo", disse o piloto. Tander, o terceiro, disse que ficou feliz com o resultado e ressaltou que após a última parada, fizeram uma mudança no carro que o deixou "fantástico", o que dá uma ótima perspectiva para a segunda prova.
Confira abaixo os dez primeiros da prova:
1) Jamie Whincup, Falcon
2) Will Davison, Commodore
3) Garth Tander, Commodore
4) Craig Lowndes, Falcon
5) Michael Caruso, Commodore
6) Russell Ingall, Commodore
7) Rick Kelly, Commodore
8) Mark Winterbottom, Falcon
9) Cameron McConville, Commodore
10) Todd Kelly, Commodore



Suzuka - Primeira Prova
Dia: Sábado (11/07/2009)
Hora: 04:00

Destaques:


Alemanha - Primeira Prova
Dia: Sábado (11/07/2009)
Hora: 11:00 (Ao vivo no Sportv)

Destaques:
Campinas - A GP2 vai a Alemanha neste fim de semana para a realização de mais uma etapa da temporada 2009. Os trabalhos na pista começaram hoje com a realização de um treino livre e da qualificação, que definiu o grid de largada para a prova de amanhã, a primeira da rodada dupla do fim de semana.
O alemão Nico Hülkenberg, da equipe ART, correndo em casa, não decepcionou a torcida local e conquistou a pole ao fazer o tempo de 1min38seg161. A sessão foi marcada pela possibilidade de chuva, o que acabou fazendo com que todos os carros fossem para a pista assim que começou a sessão.
Mas depois, com a chuva indo embora, o treino retomou o ritmo normal e os pilotos permaneceram na pista com o mesmo jogo de pneu, aproveitando para fazer acertos. O brasileiro Lucas de Grassi tinha o melhor tempo e a pole provisória quando o espanhol Roldan Rodrigues foi a pista e pulou para o topo da tabela. Hülkenberg, que vinha atrás, acabou com a festa do espanhol e fez o melhor tempo. Luca Fillipi, fazia também uma volta muito forte, mas exagerou na dose e provocou uma amarela, que acabou prejudicando quem vinha em volta rápida.
Desta forma, Hülkenberg, Rodrigues e Di Grassi garantiram as três primeiras posições no grid. Os outros brasileiros ficaram assim: Diego Nunes é o oitavo, Alberto Valerio o 13º e Luiz Razia o 26º.
Confira abaixo os dez primeiros do grid:


Campinas - Foi realizada nesta manhã de Sábado a primeira prova da rodada dupla da Alemanha da GP2 e a vitória ficou com o alemão Nico Hülkenberg, para a alegria da torcida local. Ele que largou na pole, venceu de ponta a ponta sem nenhuma dificuldade.
Na largada o alemão Nico Hülkenberg manteve a posição seguido de Lucas di Grassi que pulou para segundo. Ainda na primeira volta o carro do Luca Filippi escapou e acertou o Luiz Razia que tentava escapar da bagunça. Diego Nunes aparecia na nona posição e o Alberto Valério na 14ª.
Enquanto Hülkenberg sumia na frente, Di Grassi sofria a pressão do espanhol Roldan Rodrigues pela terceira posição. O francês Romain Grosjean, líder do campeonato, foi o primeiro piloto a parar nos boxes para a troca de pneus. Parou junto com ele o brasileiro Alberto Valério.
O português Álvaro Parente saia dos boxes na oitava volta e com os pneus frios, rodou na primeira curva e perde um bom tempo. O brasileiro Diego Nunes parou na nona volta para trocar os pneus.
Na décima volta o venezuelano Pastor Maldonado tentou ultrapassar o brasileiro Diego Nunes, mas forçou demais a barra e os dois acabaram se tocando e o brasileiro levou a pior, pois ficou lento na pista e o venezuelano acabou batendo curvas depois com a suspensão quebrada.
Na volta 12 o espanhol Roldan Rodrigues, que estava em terceiro, parou nos pits. Na volta seguinte foi a vez do Di Grassi parar, mas a equipe não fez um bom trabalho e ele perdeu várias posições.
Hülkenberg parou na volta 15 e manteve a primeira posição. Depois das paradas, o alemão manteve a ponta com Petrov em segundo, Rodrigues em terceiro e Di Grassi apenas na nona posição. Grosjean, que foi o primeiro a parar, deu o pulo do gato e foi par a sexta posição.
Alberto Valério, que estava a frente do Di Grassi, cometeu um erro e acabou alternando de posição com o compatriota de oitavo para nono. Quando faltavam dez voltas para o fim, o Piquet GP do Alberto Valério acabou parando com problemas e o piloto foi obrigado a abandonar.
A prova seguiu então num ritmo morno até o fim, sem nenhuma mudança de posição entre os primeiros colocados até que há duas voltas para o fim o carro do líder do campeonato, Romain Grosjean, parou na pista e ele perdeu a sexta posição.

Confira abaixo os oito melhores da prova, lembrando que o grid da prova de amanhã sãos os oito abaixo invertidos:
1) Nico Hülkenberg
2) Roldan Rodrigues
3) Andreas Zuber
4) Vitaly Petrov
5) Javier Villa
6) Alvaro Parente
7) Lucas di Grassi
8) Sergio Perez



Alemanha - Primeira Prova
Dia: Sábado (11/07/2009)
Hora: 12:40

Destaques:
Campinas - Nürburgring recebe neste fim de semana a Fórmula BMW Europa para mais uma etapa do campeonato 2009. Foi realizada hoje pela manhã as sessões classificatórias que definiram os grids para as duas provas do fim de semana. O brasileiro Felipe Nasr conquistou a pole para a duas, começando o fim de semana com o pé direito. "Estou muito feliz com a pole e o carro está excelente", disse o piloto.
Nasr, que lidera o campeonato, vai largar na frente pela terceira vez no ano na categoria. Michael Christensen, que está apenas 1 ponto atrás do brasileiro na tabela de classificação, vai largar na segunda posição na primeira prova e em terceiro na segunda, prometendo uma luta direta pela liderança do campeonato na prova. "A tática vai ser tentar manter um bom ritmo e ao mesmo tempo polpar os pneus", comentou Christensen.



Rio de Janeiro - Primeira Prova
Dia: Sábado (11/07/2009)
Hora: 13:00 (Ao vivo no Bandsports e na RaceTV)

Destaques:
Campinas - Foi disputada hoje no Rio de Janeiro a sessão classificatória que definiu o grid de largada para a primeira prova da rodada dupla do fim de semana na Fórmula 3 Sulamericana. A pole ficou pela quinta vez consecutiva com o paulista Leonardo Cordeiro, da equipe Cesário, com o tempo de 1:06.000. Seu companheiro de equipe, o Lucas Foresti, o único carioca do grid, vai largar na segunda posição.
A categoria que é a principal de formação de pilotos de monoposto do país, está numa temporada chave, pois renovaram todos os carros e agora estão em pé de igualdade com as outras Fórmulas 3 pelo mundo e conta com a transmissão ao vivo do canal de assinatura Bandsports e de internet Race TV.
O paranaense Cláudio Cantelli, que é um dos destaques da categoria por já ter corrido no exterior, vai largar apenas na sexta posição. Ele vai ter a frente o brasiliense Lu Boesel, que também está andando forte na atual temporada, e que deve dar trabalho. A sessão classificatória para a sexta prova será disputada amanhã às 10 e a quinta etapa às 13:00.
Confira abaixo o grid de largada para a quinta prova:
1) Leonardo Cordeiro (SP), 1:06.000 (Média de 165,65 km/h);
2) Lucas Foresti (DF), 1:06.501;
3) Yann Cunha (DF), 1:07.075;
4) Nilton Molina (SP), 1:07.226;
5) Lu Boesel (DF), 1:07.333;
6) Cláudio Cantelli (PR), 1:07.469;
7) Henrique Martins (SP), 1:08.222;
8) Leonardo Souza (PR), 1:08.272;
9) Fernando Galera (SP), 1:08.421;
10) Henrique Lambert (RJ), 1:08.726;
11) Igor Veras (GO), 1:08.944;
12) Rafael Abbate (SP), 1:09.194;
13) Vitor Guerin (SP), 1:10.149;
14) Bruno Andrade (SP), 1:11.133.


Campinas - Foi disputada hoje em Jacarepaguá a primeira prova da rodada dupla do fim de semana da Fórmula 3 Sulamericana, e mais uma vez a vitória ficou fácil nas mãos do Leonardo Cordeiro da equipe Cesário, que após largar na pole, venceu de ponta a ponta.
Na largada o pole Cordeiro manteve a posição e começou a abrir para os concorrentes. Yann Cunha ficou na segunda posição pressionado pelo Forest.
Um pouco mais atrás, uma bela briga acontecia pela quarta posição entre Molina e Boesel, e o segundo acabou efetuando a ultrapassagem.
Daí foi a vez do Cantelli ir para cima do Molina. Voltas depois o piloto Cláudio Cantelli errou a tomada da curva e foi superado pelo companheiro de equipe na Bassan, Galera.
O Galera foi então para cima do Molina e fez a ultrapassagem, pulando para a quinta posição. A poucas voltas para o fim o Molina, do carro 8, parou na pista com problemas.
Faltando duas voltas para o fim Galera rodou e despencou na tabela de classificação. Confira abaixo o resultado final da prova:
1) Leonardo Cordeiro (SP), 26 voltas;
2) Yann Cunha (DF), a 29s536;
3) Lucas Foresti (DF), a 29s937;
4) Cláudio Cantelli (PR), a 36s297;
5) Henrique Lambert (RJ), a 43s797;
6) Leonardo Souza (PR), a 1min00s098;
7) Igor Veras (GO), a 1min00s266;
8) Lu Boesel (DF), a 1min08s684;



Canadá
Dia: Sábado (11/07/2009)
Hora: 13:30

Destaques:
Campinas - A Fórmula Indy Light vai até Toronto, no Canadá, para a realização de mais uma prova da temporada 2009. Foi disputada ontem no circuito a sessão classificatória e a pole ficou com o colombiano Sebastian Saavedra, da equipe Andretti Green, que com o tempo de 1:04.8311 garantiu a segunda pole do ano.
O líder do campeonato J.R. Hildebrand vai largar na sexta colocação, o que pode contribuir para uma embolada na tabela de classificação. James Hinchcliffe, companheiro da Bia na Sam Schmidt, vai largar na segunda posição.
Entre os vários brasileiros da categoria, a Bia Figueiredo vai largar na sétima posição, o Mário Romancini na 11ª e o Rodrigo Barbosa em 17º. A prova será disputada hoje, com transmissão ao vivo no site da categoria.


Campinas - Foi realizada hoje a prova de Toronto da Indy Light, uma prova bem movimentada e com algumas belas disputas. No fim deu dobradinha da equipe Andretti Green com o colombiano Sebastian Savedra em primeiro e o americano JR Hildebrand na segunda posição.
A prova começou com piso molhado devido a uma forte chuva que havia caído no circuito horas antes e os pilotos largaram com pneus de chuva. Mas como não chovia mais, as condições mudaram rapidamente e um a um os pilotos foram trocando por slicks os pneus.
A equipe Andretti Green trabalhou muito bem na troca do líder do campeonato, JR Hildebrand, e mesmo entrando na quarta colocação, a equipe o devolveu na liderança. Atrás dele estava o colombiano Savedra, que largou na pole, mas perdeu a posição na parada dos boxes.
Enquanto isto, entre os brasileiros, a Bia que largou na sétima posição, caiu para oitava, mas depois das paradas começou a andar muito bem e chegou a ocupar a terceira posição. Porém, a brasileira acabou errando o ponto de freada numa curva e passou direto. Ela ainda conseguiu retornar a prova, mas já havia ficado uma volta para trás e pouco pode fazer.
Mário Romancini, que largou da 11ª posição, foi um dos primeiros a arriscar a parada para troca dos pneus e numa bela prova de recuperação chegou a ocupa a quinta posição e no fim terminou em sexto.
Rodrigo Barbosa continua sofrendo com o péssimo carro e andou a prova inteira na última posição e nem chegou a completar a prova com problemas.
E lá na frente Savedra não se conformou com a perda da posição nos boxes e foi para cima de seu companheiro de equipe e numa manobra sensacional, jogou o carro por dentro e efetuou a ultrapassagem.
Outro piloto que fez uma bela prova de recuperação foi James Davison, que largou em segundo, mas também foi vítima de um péssimo trabalho da equipe nos boxes e caiu algumas posições. Ele foi então atrás do prejuízo, ultrapassou o Wade Cunningham e o Mario Romancini para terminar na quinta colocação.
No fim, Savedra venceu com certa tranquilidade, seguido de Hildebrand em segundo e James Hinchcliffe em terceiro. Romancini foi o sexto, a Bia a 13ª e o Barbosa o 17º.



Chicago
Dia: Sábado (11/07/2009)
Hora: 21:00 (Ao vivo no Canal Speed)

Destaques:
Campinas - Pela quinta vez das 15 sessões classificatórias disputadas neste ano, deu Brian Vickers, da Red Bull, na frente com a pole (quatro sessões foram canceladas devido a chuva). O piloto é o recordista de poles no ano, mas ainda não conseguiu converter nenhuma em vitória.
O piloto comentou que tanto fazer pole quanto vencer são metas que ele corre atrás e que está um pouco frustrado por não conseguir atingir 100% o objetivo: "Se pudesse escolher, trocaria as poles por vitórias".
Ao lado de Vickers, na primeira fila, está companheiro na Red Bull, Scott Speed. É sem dúvida um belo resultado para a equipe, mas pode não ser como ela sonhava. Isto porque, há duas semanas atrás, na Nationwide Series, Speed tocou em Vickers e tirou o companheiro da prova, o que acabou gerando um desentendimento entre os dois.
Entre os líderes do campeonato, Tony Stewart vai largar na 32ª posição e Jeff Gordon em sétimo e entre os pilotos que disputam uma vaga no chase, Montoya sai da 19ª, Kasey Kahne da 15ª e Mark
Martin da 14ª.
A prova será realizada neste Sábado, às 21:00 de Brasília, com transmissão ao vivo do Canal Speed. Confira abaixo os dez primeiros do grid


Campinas - Mais uma prova sensacional da Nascar, principalmente nas últimas voltas quando o pega entre os pilotos ficou bem agressivo, em destaque entre os líderes. E no fim, depois de liderar 195 das 267 voltas da prova, Mark Martin venceu, a terceira dele no ano.
Na largada Brian Vickers manteve a ponta e Jimmie Johnson e Scott Speed se pegaram pela segunda posição, com o tri-campeão levando a melhor depois da segunda volta. Clint Bowyer também deixou Speed para trás na quarta volta.
Um pouco mais atrás, Kyle Busch e David Reutmann também travaram um belo duelo, andando lado a lado, e chegaram a se tocar, até que o Buschinho efetuou a ultrapassagem. Lá na frente, na oitava volta, Jimmie Johnson colou em Vickers e na décima fez a ultrapassagem.
Mark Martin, que estava com um bom ritmo no início da prova, deixou Kyle Busch para trás na volta 17 para assumir a oitava posição. Na volta 38 aconteceu a primeira bandeira amarela devido a detritos na pista.
Todos os pilotos foram para os pits e Mark Martin voltou na liderança seguido de Brian Vickers e Clint Bowyer. Jimmie Johnson, que liderava, teve problemas e perdeu muito tempo e voltou apenas na oitava posição.
A relargada aconteceu na 44 e Mark Martin manteve a posição. Na volta 55 Kyle Busch começou a perder terreno e perdeu de uma vez só posições para o Kasey Kahne, David Reutimann e Carl Edwards e Tony Stewart.
Jimmie Johnson se recuperou rapidamente do péssimo trabalho nos boxes e na volta 60 ele já estava na segunda posição e começou a perseguição a Mark Martin. Neste mesmo momento Kyle Busch dava uma escapada e tocou de leve no muro.
O colombiano Juan Pablo Montoya não estava numa boa prova e na volta 67 ele ocupava somente a 27ª posição. Na volta 95, devido a ausência de bandeiras amarelas, os pilotos começaram a parar mesmo com bandeira verde.
Greg Biffle, na ânsia de um bom trabalho, acabou ultrapassando o limite de velocidade nos pits e foi punido. Reed Sorenson foi outro que foi punido, por ultrapassar o Marcos Ambrose dentro dos pits.
Na volta 130 aconteceu mais uma bandeira amarela e novamente todos os pilotos se encaminharam para os pits. Mark Martin voltou em primeiro, Jimmie Johnson em segundo e Kasey Kahne em terceiro.
Relargada na 136 e Jimmie Johnson pulou para frente. Um pouco mais atrás Carl Edwards e Jeff Gordon se chocaram e por sorte os dois conseguiram evitar o choque com o muro, mas ambos perderam várias posições.
Na volta 142 Montoya estava na 18 posição, melhorando um pouco, mas não o suficiente para piloto com pretensões de chegar no chase. Na volta 171 Mark Martin colocou a segunda volta em cima de Kyle Busch na prova, que definitivamente tinha um péssimo dia.
Na volta 188 os pilotos começaram a parar com bandeira verde e desta vez foi a vez de Tony Stewart ter problemas, pois quando ia saindo o carro que parava a sua frente, de AJ Almendinguer chegava nos pits e o Tony teve que brecar para evitar o contato.
Na volta 210 aconteceu mais uma bandeira amarela. Mark Martin voltou novamente na frente, mas quase que lado a lado com Jimmie Johnson. Novamente Tony Stewart teve problemas na pista, pois faltou uma porca na roda e ele teve que retornar aos pits.
Foi dada bandeira verde novamente e voltas depois Sam Hornish Jr. escapou e bateu no muro, provocando mais uma bandeira amarela. Relargada faltando 44 e Jimmie Johnson passou Mark Martin.
Poucas voltas depois Dale Jr. tocou em Paul Menard, que bateu no muro e provocou mais uma amarela. Scott Speed e David Ragan, que vinha atrás, acabaram se tocando também. Na verde foi a vez de Brain Vickers deixar Martin para trás.
Aconteceu mais uma amarela faltando 21 voltas, depois que Montoya tocou em David Reutimann que acabou indo no muro. Na relargada Denny Hamlin foi com tudo para cima de Johnson, que ficou para trás. Brian Vickers começou a duelar com Hamlin e Mark Martin aproveitou e pulou para a ponta e atrás Kurt Busch e Jimmie Johnson trocavam totós. Reiniciu impressionante!
Faltando dez voltas para o fim, Jeff Gordon passou vickers para assumir a segunda posição e foi para cima de Martin. Faltando sete voltas Kyle Busch bateu no muro, provocou a amarela e abandonou a prova.
Na última relargada Kasey Kahne e Jeff Gordon ficaram duelando pela segunda posição, o que possibilitou a Mark Martin abrir uma pequena diferença e garantir a vitória. Confira abaixo o resultado final da prova:

1 24 Mark Martin 267 174.436 30.96 0.000 195 2296
2 24 Jeff Gordon 267 175.421 30.78 0.416 0 2709
3 24 Kasey Kahne 267 173.851 31.06 0.531 2 2336
4 24 Tony Stewart 267 174.374 30.97 0.781 1 2884
5 24 Denny Hamlin 267 171.881 31.42 1.481 0 2457
6 24 Ryan Newman 267 171.783 31.44 1.509 0 2385
7 24 Brian Vickers 267 172.095 31.38 1.618 10 2149
8 24 Jimmie Johnson 267 171.265 31.53 1.831 58 1955
9 24 Clint Bowyer 267 172.304 31.34 1.882 0 2169
10 24 Juan Pablo Montoya 267 172.062 31.38 2.009 0 2321
11 24 Marcos Ambrose 267 171.461 31.49 2.196 0 2078
12 24 David Reutimann 267 170.746 31.63 2.619 0 2219
13 24 A.J. Allmendinger 267 170.031 31.76 2.914 0 1770
14 24 Carl Edwards 267 169.534 31.85 2.943 0 2438
15 24 Dale Earnhardt Jr. 267 167.193 32.30 3.234 0 1928



Iowa
Dia: Sábado (11/07/2009)
Hora: 22:30

Destaques:
Campinas - A Star Mazda, categoria de monoposto dos Estados Unidos, que costuma preceder a Indy Light, corre hoje no oval de Iowa, nas 100 milhas da Pizza Ranch. A pole ficou com o piloto Peter Dempsey, conhecido na categoria como o "Rolo Irlandês". É a primeira vez que o piloto largará na pole na categoria: "Não dá para ser pole num oval sem ter um bom carro, e tenho que agradecer a equipe, que trabalhou até a madrugada para me dar um".
O brasileiro Dennis Navarro larga logo na segunda posição, ao lado de Dempsey. Navarro ocupa apenas a 13ª posição no campeonato, e corre atrás da vitória para se recuperar no campeonato. O outro brasileiro que participa do campeonato, Caio Lara, está em melhores condições no campeonato, em quinto, mas largará apenas na 17ª posição.
Confira abaixo os dez primeiros no grid:
1) Peter Dempsey
2) Denis Navarro
3) Adam Christodoulou
4) Alex Ardoin
5) David Ostella
6) Rusty Mitchell
7) Richard Kent
8) Conor Daly
9) Anders Krohn
10) Sean Burstyn



Townsville - Segunda Prova
Dia: Domingo (12/07/2009)
Hora: 00:30

Destaques:


Suzuka - Segunda Prova
Dia: Domingo (12/07/2009)
Hora: 00:45

Destaques:


Suzuka
Dia: Domingo (12/07/2009)
Hora: 02:30

Destaques:


Alemanha - Segunda Prova
Dia: Domingo (12/07/2009)
Hora: 04:20

Destaques:


Croft - Primeira Prova
Dia: Domingo (12/07/2009)
Hora:

Destaques:


Alemanha - Segunda Prova
Dia: Domingo (12/07/2009)
Hora: 05:30 (Ao vivo no Sportv)

Destaques:
Campinas - Na largada Alvaro Parente pulou na ponta, mas foi superado pelo Vitaly Petrov. Lucas di Grassi, que largou na segunda posição, acabou passando reto na primeira curva e perdeu várias posições e ainda por cima tocou no espanhol Sergio Perez, que também perdeu posições. Ao fim da primeira volta os cinco primeiros eram Petrov, Kobayashi, Parente e Hülkenberg.
O holandês Guido Van der Garde sofreu um toque na primeira volta e ficou virado na pista. Na segunda volta o alemão Nico Hülkenberg, vencedor da primeira volta, ultrapassou o português Álvaro Parente e pulou para terceira posição.
Na volta seguinte foi a vez do Kobayahi, que estava em segundo, perder a posição para Hülkenberg. O alemão foi então para cima do russo para brigar pela primeira posição.
Diego Nunes vinha na 15ª posição, Luis Razia a 17ª, Alberto Valério na 21ª na metade da prova e Di Grassi abandonou. Vitaly Petrov, que liderava a prova, sofreu uma punição por ter tocado com o Di Grassi na largada e com isto Nico Hülkenberg pulou para frente.
Na volta 14 Romain Grosjean, numa fantástica corrida de recuperação, deixou o belga Jerome D'Ambrosio para trás para assumir a sexta colocação e entrar na zona de pontuação. Após a punição Petrov voltou na quarta colocação, deixou o Parente para trás e foi para cima do Kobayashi na briga pela segunda posição, mas forcou demais a barra e acabou rodando.
No fim deu mesmo Nico Hülkenberg na frente seguido de Alvaro Parente e Kamui Kobayashi. Diego Nunes foi o 11º, Luiz Razia o 14º e Alberto Valério o 17º.



Alemanha
Dia: Domingo (12/07/2009)
Hora: 09:00 (Ao vivo na Rede Globo)

Destaques:
Campinas - Foi realizada mais cedo na Alemanha a sessão classificatória que definiu o grid de largada para a prova de amanhã da F1. A chuva que caia e parava a cada momento deu um toque de emoção a mais e acabou resultado em algumas surpresas, como por exemplo, a primeira classificação de Nelson Piquet para o Q3.
A primeira parte do treino começou com todos os carros indo de cara para a pista, pois havia no ar uma ameaça de chuva. E ela caiu, mas nos últimos dois minutos da primeira parte, e acabou deixando alguns pilotos bons de fora do resto de treino, como Kubica e Glock. Juntaram-se a eles Buemi, Fisichella e Boudais.
A segunda parte do treino não foi menos emocionante. A sessão começou com chuva fraca, os pilotos arriscaram a ir para a pista com pneus slicks, não deu, voltaram todos para o boxe e colocaram pneus intermediários. Foram para a pista e a chuva parou! Tiveram que voltar aos boxes, colocar novamente os pneus slicks e voltaram para a pista e fizeram os melhores tempos. Quem deu a sorte de pegar a janela certa fez tempo, quem perdeu o time para trocar os pneus acabou ficando de fora do Q3, que foram o Heidfeld, Alonso, Nakajima, Trulli e Rosberg.
E na parte final do treino, uma surpresa. A pole ficou com o australiano Mark Webber, a primeira dele na categoria. Mas o fato que mais impressiona é o fato do carro dele estar 14 kg mais pesado que o de Rubens Barrichello, que ficou em segundo. Isto mostra que a Red Bull está com um carro muito bom. Porém, com tanto quilos a menos, o brasileiro tem grandes chances de pular na frente na largada e se conseguir abrir, pode brigar pela vitória. Felipe Massa ficou com o oitavo tempo e Nelson Piquet com o décimo.
Outro grande destaque foi a Force India, que superou as duas Ferraris e mais a Renault de Nelson Piquet, mesmo estando mais pesado que os três.
Confira abaixo a lista com o peso dos dez primeiros:
1) Mark Webber - 661kg
2) Rubens Barrichello - 647kg
3) Jenson Button - 644kg
4) Sebastian Vettel - 661kg
5) Lewis Hamilton - 654,5kg
6) Heikki Kovalainen - 664kg
7) Adrian Sutil - 678,5kg
8) Felipe Massa - 673,5kg
9) Kimi Raikkonen - 674kg
10) Nelson Piquet - 676kg



Croft - Segunda Prova
Dia: Domingo (12/07/2009)
Hora:

Destaques:


Rio de Janeiro - Segunda Prova
Dia: Domingo (12/07/2009)
Hora: 13:00 (Ao vivo no Bandsports e na RaceTV)

Destaques:


Rio de Janeiro - Segunda Prova
Dia: Domingo (12/07/2009)
Hora: 14:00 (Ao vivo no Bandsports)

Destaques:
Campinas - O escocês Dario Franchitti, da equipe Chip Ganassi, conquistou hoje a pole para a prova de Toronto da Fórmula Indy, que será realizada neste Domingo às 14:00 horas. O piloto que retornou a categoria neste ano, após uma passada frustrada pela Nascar, mostrou mais uma vez que lá é o lugar dele.
Os brasileiros mais uma vez não tiveram sorte no ano e não conseguiram boas posições: Raphael Matos, o melhor colocado, ficou com a nona posição, seguido de Tony Kanaan em décimo, Mario Moraes em 13º e Tony Kanaan em 20º.
O australiano Will Power, que substitui Hélio Castroneves na Penske na primeira prova do ano e depois ficou sem carro quando o brasileiro voltou a categoria, teve novamente a chance de correr, com um terceiro carro da equipe Penske e novamente mostrou que é um desperdício deixá-lo sem carro: o piloto conquistou a segunda posição no grid.
Confiram abaixo os dez primeiros do grid:
1) Dario Franchitti
2) Will Power
3) Graham Rahal
4) Justin Wilson
5) Alex Tagliani
6) Mike Conway
7) Robert Doornbos
8) Scott Dixon
9) Raphael Matos
10) Helio Castroneves

Calendário

Videoteca

Twitter


Postagens populares

Newsletters