Subscribe to web2feel.com
Subscribe to web2feel.com

#F1 - A Verdade a Ver Navios

Postado por Thiago Raposo quarta-feira, 29 de julho de 2009


São Paulo - A BMW Sauber F1 Team anunciou hoje (29), oficialmente, que irá se retirar da categoria após o termino desta temporada.
A notícia foi dada numa conferência em Munique pelo Dr. Norbert Reithofer, dirigente da montadora. Ele disse que a decisão foi tomada após refinarem a estratégia de futuro da companhia. "Claro que esta não foi uma decisão fácil, mas foi o resultado de um realiamento de estratégia para o futuro".
A montadora, nesta nova fase, entrou na categoria em 2000 com uma parceria com a equipe Williams. A parceria perdurou até o fim de 2005 e foi um período vencedor, onde ao todo redeu 10 vitórias: seis do Ralf Schumacher e quatro do Juan Pablo Montoya.
Em 2006 a parceria se desfez e a montadora resolveu comprar a Sauber e montar a própria equipe. Logo no primeiro ano terminaram na quinta colocação do campeonato. Em 2007 fizeram a melhor temporada, com o vice-campeonato no mundial de construtores e em 2008 a tão sonhada primeira vitória chegou, no Grande Prêmio do Canadá com o polonês Robert Kubica.
Em 2009 é que as coisas desandaram mesmo! Responsável pelo desenvolvimento do KERS, a equipe foi a única a bater o pé quando todas as equipes solicitaram o adiamento da estréia do novo dispositivo. A temporada começou e a equipe andou muito para trás, andando sempre nas últimas posições e raramente marcando pontos. Este foi o estopim para anunciarem a retirada da categoria!
Este é o perigo de uma Fórmula 1 presa a grandes montadoras, que obviamente só investem pensando no lucro e não na paixão pelo esporte. Boatos dizem que Renault e Toyota podem seguir o mesmo caminho, aquele mesmo que a Honda já havia tomado no fim da temporada passada.
Nestes momentos vale a pena refletir se as idéias "mirabolantes" do Max Mosley de limitar os custos da categoria não fazem sentindo! Trazer o pessoal das antigas, que estavam muito mais preocupados e interessados na competição em si do que no lucro com venda de carros de rua. Mas não, a FOTA (Clubinho das Montadoras) bateu o pé e as idéias do Mosley caíram por terra. Amanhã ou depois elas resolvem deixar a categoria para "realinharem com as estratégias para o futuro" e a competição fica a ver navios!

1 Responses to #F1 - A Verdade a Ver Navios

  1. Eu na minha opinião achei totalmente errada a decisão da BMW de se retirar da categoria.Pra mim no próximo ano com o fim do reabestecimento a história poderia ter sido diferente.E é uma pena ver que ela só tava preocupada com o lucro que iria ter,nas vendas de carros de rua.
    Tomara que o Robert Kubica econtre uma nova casa logo,e olha que não falta equipes,já que vão vim 3 novas ai,falando a verdade se o Sauber conseguir vender a equipe novamente,vão ser 4 novas equipes.

     

Calendário

Videoteca

Twitter


Postagens populares

Newsletters