Subscribe to web2feel.com
Subscribe to web2feel.com

#GP2 - Giedo Van der Garde venceu a primeira em Monza

Postado por Thiago Raposo sábado, 12 de setembro de 2009

Campinas - O holandês Giedo Van der Garde foi o grande vencedor da primeira prova da rodada dupla de Monza da GP2. Depois de um começo de prova cauteloso, devido à chuva, o holandês foi para cima do russo Vitaly Petrov, que liderava, e na melhor estratégia da equipe na parada dos boxes, levou a melhor e venceu.

A prova começou com safety-car na pista, por causa da forte chuva que caiu na pista minutos antes da largada. O brasileiro Alberto Valério, da equipe Piquet GP, escapou da pista com a bandeira amarela e ficou de fora antes mesmo dos pegas começarem. O italiano Davide Valsecchi foi outro que foi passear fora da pista, mas conseguiu retornar perdendo várias posições.

O indiano Karun Chandhok teve problema de aquecimento no carro e parou nos pits na terceira volta para que os mecânicos limpassem a entrada de ar. O belga Jérôme d'Ambrosio fez a mesma coisa na volta seguinte.

Assim que o carro de segurança saiu da pista, no fim da quinta volta o mexicano Sérgio Perez, que ocupava a quarta posição e pressionava o alemão Nico Hülkenberg, rodou e abandonou a prova. O líder, Vitaly Petrov, passou reto na primeira chicane. O venezuelano Pastor Maldonado, da equipe ART, passou reto na parabólica na primeira volta e abandonou.

O brasileiro Lucas de Grassi teve um belo início de prova e na oitava volta já ocupava a quinta posição, com Diego Nunes em quarto. Enquanto isto, lá na frente, os três primeiros (Petrov, Van de Garde e Hülkenberg), continuavam firmes em suas posições.

Na 10ª volta o líder do campeonato Nico Hülkenberg escapou na parabólica e caiu de terceiro para sexto. Na 12ª Di Grassi superou o Diego Nunes e pulou para terceira posição. O português Álvaro Parente foi junto e pulou para quarto.

Roldan Rodrigues, Davide Valsecchi, Kamui Kobayashi, Álvaro Parente e Karun Chandhok sofreram punição durante a prova por terem cortado excessivamente a chicane e tiveram que pagar um drive through.

No fim da prova o russo Vitaly Petrov da equipe Ardax sofreu uma pressão muito grande do holandês Giedo Van der Garde da ART na briga pela primeira posição. Faltando três voltas para o fim, Van der Garde e Nico Hülkenberg entraram nos pits para trocar o pneu, pois com a pista seca, os de chuva ficaram bem danificados.

Petrov e Di Grassi pararam na volta seguinte, a duas para o final. Com isto Van der Garde assumiu a ponta da prova e devido a um acidente na última volta com Johnny Cecotto, o safety car entrou na pista e a vitória foi confirmada para o Giedo Van der Garde.

Entre os brasileiros, Lucas di Grassi foi o terceiro, Luiz Razia o nono, Diego Nunes o 11º e Alberto Valério abandonou no inicio da prova. No campeonato, Nico Hülkenberg agora tem 86, Vitaly Petrov 66 e Lucas di Grassi 52.

Calendário

Videoteca

Twitter


Postagens populares

Newsletters