Subscribe to web2feel.com
Subscribe to web2feel.com

Por dentro da curva: Parabolica

Postado por Juliano Mateus Messaggi Gomes de Oliveira sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

São Paulo - Localizada no "Autódromo Nazionale Monza", a curva Parabolica é uma das mais famosas da história do automobilismo. Percebam que não estou usando o acento pois o nome da curva, em italiano, não tem acento.

O circuito por si só é um dos mais históricos do mundo. A primeira corrida realizada no autódromo foi em 1922. Além da Parabolica o circuito possui outras famosas curvas como a di Lesmo e a Ascari, porém a Parabolica é a estrela principal.

O circuito de Monza é o espirito do esporte a motor na Itália e da Ferrari, tanto que os Italianos a chamam de "La Pista Magica". O traçado da curva praticamente foi intocado ao longo do tempo e isso a faz uma das poucas curvas com essas características entre as outras do calendário atual da Fórmula 1.

A Parabolica é uma variante com velocidade média alta e muito longa, que antecede a reta dos boxes com seus colossais 1.194m (e mais 40 cm). Devemos considerar também que a Parabolica é antecedida por uma outra reta. Somando todos esses aspectos, direta e indiretamente, a Parabolica acaba sendo responsável por 25% de uma volta. Um leve deslize nessa curva compromete a volta toda, isso é incrível!

O vídeo abaixo mostra 3 carros da F3 Inglesa contornando essa curva.



Outro ponto que se deve levar em consideração é que após a reta dos boxes está a variante mais lenta do circuito, Variante del Rettifilo, então sair da Parabolica com o máximo de velocidade aumenta consideravelmente a possibilidade de ultrapassagem ou de defesa pela posição.

Conseguir tal fato requer muita concentração e habilidade. A sua fama também se deve a inúmeros acidentes graves ocorridos nela. Como as mortes do alemão Wolfgang Von Trips, em 1961, alem de mais 11 espectadores e do austríaco Jochen Rindt, em 70.

Um fato interessante é que na entrada da Parabolica pode-se usar uma técnica de pilotagem chamada de tail-braking, que faz o carro sair levemente de traseira. O motivo é que o peso é projetado para frente e os pneus traseiros perdem um pouco de aderência e escorregam. A partir da metade da curva até o seu final ocorre o contrário, o carro sai de frente. Uma aceleração mais forte antes do ponto ideal faz com que essa saída de frente seja aumentada, mas podendo levar o carro até uma saída de pista. Esse aumento da aceleração tem que ser gradual de forma a evitar uma saída brusca do contorno ideal da curva.

Veja no vídeo abaixo o que acontece quando não se entra corretamente na Parabolica. Percebam o momento em que o carro perde a traseira e o piloto não mais consegue manter o carro na pista.



No terço final da curva o piloto deve estar com o pé praticamente embaixo e isso faz com que o carro escorregue progressivamente para a parte externa da curva e precisa-se ter cuidado nesse ponto para não colocar o pneu na grama.

Pronto, agora é aceleração máxima até a variante Rettifilo. O que impressiona é que gasta-se mais tempo para ler esse texto do que o piloto para contornar a Parabolica em um Formula 1.
Vejam também um Porsche da GT3 em uma volta em Monza e contornando a Parabolica.



Há a possibilidade de uma volta mais lenta, de bicicleta, para analisar com mais calma os pontos da curva. Vide o vídeo abaixo:

3 comentários

  1. Ótimo artigo, quem sabe teremos outros sobre a curva do sol, do sacarrolha (Laguna Seca), Eau Rouge, Curvão (Buenos Aires) e tantas outras?? Com relação ao acento não se preocupe pois com a nova ortografia ele caiu. Um abraço.

     
  2. Olá Fernando,
    Tenho algumas curvas listadas aqui para artigos futuros, mas sugestões e críticas são muito bem vindas.
    Com certeza a Eau Rouge é uma delas. Irei incluir na minha lista as outras que mencionou.
    Obrigado pela informação sobre o acento. Ainda não me acostumei com a nova regra ortográfica.

     
  3. Ron Groo Says:
  4. A Parabólica não é uma curva. É uma instituição e tem personalidade própria.

     

Calendário

Videoteca

Twitter


Postagens populares

Newsletters