Subscribe to web2feel.com
Subscribe to web2feel.com

Indy: Franchitti, Schumacher, Valentino, Loeb e JJ

Postado por Thiago Raposo sábado, 2 de outubro de 2010

Campinas - E neste último Sábado (02) a Fórmula Indy conheceu o seu campeão da temporada 2010. O escocês Dario Franchitti conquistou o terceiro título em quatro anos e só não tem um retrospecto melhor porque resolveu em 2008 abandonar a Indy e correr na Nascar. Mas como ele não se adaptou a categoria, ele retornou a Indy de onde não deveria ter saído.

Nesta última prova ele tinha uma tarefa difícil! Vencer e liderar o maior número de voltas, para assim depender apenas dele mesmo. Largou na pole e começou a acumular voltas na liderança. Para sorte de Franchitti, ele contava com dois escudeiros em segundo e terceiro o protegendo: Scott Dixon, companheiro dele na Ganassi, era o segundo e o brasileiro Tony Kanaan, amigo pessoal do escocês, o terceiro.

Mas daí aconteceu a primeira bandeira amarela, depois que o brasileiro Mario Moraes teve problemas e ficou parado na pista. Os pilotos pararam nos pits e na saída um problemas para Franchitti. Apesar de manter a ponta, ele havia perdido os dois escudeiros e para piorar, atrás dele estava Ryan Briscoe, companheiro de equipe de Will Power, que disputava o título com o escocês e que poderia ser enquadrado como o escudeiro de Power.

Na relargada foi Briscoe para cima de Franchitti e eles fizeram várias voltas lado a lado, e o australiano acabou roubando algumas voltas na liderança de Franchitti, ao cruzar milésimos de segundo a frente do rival quando estavam lado a lado. Por sorte Kanaan e Dixon trataram de anularem o rival e voltaram a comboiar Franchitti. Daí veio outra amarela, desta vez com a Bia Figueiredo, que bateu no muro, e novamente os pilotos voltaram aos pits.

Power não fazia uma prova! Estava entre os dez primeiros, mas não conseguia andar no ritmo dos líderes. Até que aconteceu o drama: ele acabou perdendo um pouco o carro e esbarrou no muro, o suficiente para comprometer a prova dele e a briga pelo título. Ele teve que parar nos boxes, para reparos na suspensão e daí ficou várias voltas atrás dos líderes. Franchitti, que já não precisava mais vencer, resolveu adotar a cautela, tirou o pé e levou a prova na maciota, conquistando o título da temporada.

Foi sem dúvida o mais fácil dos três campeonatos dele, pois em todos os outros a disputa foi para até os últimos momentos da última prova e ele sempre esteve na desvantagem, tendo que correr atrás. A grosso modo, poderíamos começar a compará-lo a Michael Schumacher, Valentino Rossi, Jimmie Johnson ou Sebastien Loeb, pois dos últimos 3 campeonatos que eles disputou, levou todos para casa.

Veja abaixo os melhores momentos da prova:


Confira abaixo o resultado final da prova:

19Scott Dixon200--.----3
27Danica Patrick2002.75874
311Tony Kanaan2002.76984
46Ryan Briscoe2003.78274
53Helio Castroneves2005.33243
614Vitor Meira2007.21264
726Marco Andretti2008.36374
810Dario Franchitti20011.14014
94Dan Wheldon20022.25213
1002Graham Rahal1991 lap3
1137Ryan Hunter-Reay1991.97673
1219Alex Lloyd1992.83705
1320Ed Carpenter1995.01313
1477Alex Tagliani1995.03914
1534Bertrand Baguette1996.56284
1636Sebastian Saavedra1996.58135
172Raphael Matos1996.60304
185Takuma Sato19911.43445
198EJ Viso1982 laps5
2006Hideki Mutoh1984.08495
2122Justin Wilson1986.20065
2267Sarah Fisher1973 laps6
2378Simona de Silvestro1970.91084
2418Milka Duno17030 laps4
2512Will Power14357 laps4
2624Ana Beatriz42158 laps1
2732Mario Moraes25175 laps1

Calendário

Videoteca

Twitter


Postagens populares

Newsletters