Subscribe to web2feel.com
Subscribe to web2feel.com

BSB - Terceira etapa, Croft

Postado por MIchele de Souza Ribeiro sexta-feira, 27 de maio de 2011

Londres - Jon Kirkham (Samsung Crescent Racing) teve sua primeira vitória no campeonato britânico de superbikes em Croft, na corrida de abertura do dia. "Eu honestamente não consigo acreditar, pois foi a corrida mais assustadora da minha vida em termos de decisão sobre pneus e as condições de mudança", disse o piloto.

A largada foi atrasada por causa da chuva e muitas equipes apostaram na escolha de pneus. Shane 'Shakey' Byrne (HM Plant Honda) saiu na frente com pneus slick e abriu distância na primeira volta, seguido de Michael Rutter (Rapid Solicitors-Bathams Ducati) e Michael Laverty (Swan Yamaha).

Laverty subiu para segundo e John Hopkins (Samsung Crescent Racing) foi para terceiro, empurrando Rutter para quarto. Um início de prova agitado. A inglesa Jenny Tinmouth (Splitlath Motorsport Aprillia) teve uma estréia decepcionante, caindo logo na segunda volta. Tommy Hill (Swan Yamaha) largou bem, mas foi parar em oitavo após apenas cinco voltas.

Na sétima volta John Hopkins (Samsung Crescente Racing) estava alcançando Byrne e no início da oitava, o líder foi obrigado a abandonar a prova por problemas técnicos. Após a saída do safety car e com Byrne fora, Hopkins era líder, seguido de Gary Mason (MSS Colchester Kawasaki) e Kirkham, enquanto Glen Richards e Alex Lowes (Team WFR Honda) aproveitavam as condições para a Evo Class.

Na volta onze Kirkham teve sua oportunidade, passando Mason na freada. Lowes e Richards fizeram o mesmo, mas logo Richards perdeu sua posição par Loris Baz (Motorpoint Yamaha). Kirkham então ultrapassou seu companheiro de equipe para liderar uma corrida do BSB pela primeira vez e segurou o ataque de Hopkins nas voltas finais. A tentativa de Hopkins veio na penúltima volta na chicane, quando ele reassumiu a liderança mas perdeu novamente para Kirkham.

Mason foi para o terceiro lugar na 13 ª volta depois de passar à frente de Lowes e Baz, e teve o seu primeiro pódio BSB para a equipe MSS Colchester Kawasaki, com Baz tirando o quarto lugar de Lowes nas curvas finais.

Resultados da primeira corrida:

Jon Kirkham (Samsung Crescent Racing)
John Hopkins (Samsung Crescent Racing) +2.940s
Gary Mason (MSS Colchester Kawasaki)  +3.715s
Loris Baz (Motorpoint Yamaha)  +13.335s
Alex Lowes (WFR Honda) +14.699s
Stuart Easton (MSS Colchester Kawasaki) +19.433s
Peter Hickman (Tyco Honda)  +22.455s
Josh Brookes (Relentless Suzuki)  +24.297s
Glen Richards (WFR Honda)  +26.063s
Tommy Bridewell (Tyco Honda) +27.747s


Segunda bateria



Shane 'Shakey' Byrne voltou ao degrau mais alto do pódio na segunda corrida do dia e assumiu a liderança na classificação geral por três pontos na frente de John Hopkins.

Gary Mason saiu na frente, seguido de Hopkins e Byrne, mas o piloto da HM Plant Honda assumiu a liderança no início da segunda volta. Houve disputa no final da primeira volta quando Jon Kirkham e Michael Laverty brigavam por posições. Laverty tentava rassumir a posição que Kirkham tinha roubado, mas a dupla colidiu e os dois caíram. O incidente causou a entrada do safety car, com Byrne, Mason, John Hopkins e Michael Rutter nas primeiras posições.

Hopkins foi para o segundo lugar quando a corrida recomeçou. Stuart Easton (MSS Colchester Kawasaki) também foi ganhando posições, enquanto que Mason perdia para Hopkins e Byrne abria vantagem na frente.

Easton estava à frente de Michael Rutter na nona volta e tentava chegar em Mason e Hopkins, que disputavam o segundo lugar. Ele passou Hopkins e tinha seu companheiro de equipe na mira. Easton teve vantagem e tomou o segundo lugar de Mason, deixando Hopkins em quarto e Josh Brookes ( Relentless Suzuki) em quinto.

Dan Linfoot (Sorrymate.com SMT Honda) também se aproximava, mas caiu na décima primeira volta. Hopkins voltou à terceira posição e Brookes também deixou Mason para trás na volta 15 para avançar até o fim.

Byrne, em seguida, garantiu a sua segunda vitória da temporada com Easton em segundo e Hopkins em terceiro. Brookes foi o quarto à frente de Loris Baz e um final excepcional de Tommy Hill em sexto. Mason caiu para sétimo à frente de Rutter e Peter Hickman (Tyco Honda), com Tommy Bridewell (Tyco Honda) arredondando o top 10. Ryuichi Kiyonari se esforçou até o fim, mas só conseguiu terminar na 15 ª posição, enquanto Alex Lowes foi novamente vitorioso na Evo.

Resultados da segunda corrida:


Shane Byrne (HM Plant Honda)

Stuart Easton (MSS Colchester Kawasaki)  +1.887s
John Hopkins (Samsung Crescent Racing)  +2.269s
Josh Brookes (Relentless Suzuki) 
+2.461s
Loris Baz (Motorpoint Yamaha) 
+5.517s
Tommy Hill (Swan Yamaha) 
+6.094s
Gary Mason (MSS Colchester Kawasaki) 
+6.748s
Michael Rutter (Rapid Solicitors-Bathams Ducati)  +8.120s
Peter Hickman (Tyco Honda) 
+8.397s
Tommy Bridewell (Tyco Honda) 
+9.657s


Classificação do campeonato depois de Croft:


Shane Byrne (HM Plant Honda)  95
John Hopkins (Samsung Crescent Racing)  92
Stuart Easton (MSS Colchester Kawasaki) 89
Ryuichi Kiyonari (HM Plant Honda)  59
Tommy Hill (Swan Yamaha)  57
Jon Kirkham (Samsung Crescent Racing)  54


Fora do campeonato

Stuart Easton (MSS Colchester Kawasaki) se acidentou na última quinta-feira durante uma corrida do North West 200, na Irlanda. O piloto, que teve impressionante atuação nas últimas etapas do campeonato britânico e está em terceiro na classificação geral, estava no qualifying quando ocorreu o acidente, envolvendo seu companheiro de equipe Gary Mason.
Depois de inicialmente ser levado ao hospital Collraine, Easton foi transferido para o Royal Victoria Hospital, de Belfast para fazer uma cirurgia com ferimentos para o fêmur, pélvis, mãos e uma suspeita de lesão do intestino.

Jenny Tinmouth saiu da Splitlath Motorsport Aprillia antes da quarta rodada do campeonato, em Thruxton neste final de semana.Tinmouth foi a primeira mulher a participar do BSB quando ela entrou para o grid desta temporada ao lado de Hudson Kennaugh na equipe Aprilia Splitlath, porém as rodadas de abertura têm sido um desafio e ela tomou a decisão. "Não foi uma decisão fácil, pois sempre foi minha ambição correr em Superbikes. Estou absolutamente triste por deixar o campeonato, mas as coisas não saíram como eu esperava na equipe eu sinto que deveria sair enquanto ainda há tempo para obter algumas corridas importantes nesta temporada", disse a inglesa.

Calendário

Videoteca

Twitter


Postagens populares

Newsletters