Subscribe to web2feel.com
Subscribe to web2feel.com

GP2 - Dobradinha da Barwa Addax em Barcelona

Postado por Thiago Raposo sábado, 21 de maio de 2011

Campinas - E na Espanha, além da Fórmula 1, neste fim de semana também tem GP2 (e GP3) e neste Sábado foi disputada a primeira prova da rodada dupla. O que se viu na pista foi um domínio da equipe Barwa Addax dos pilotos Charles Pic e Guido Van der Garde. O holandês até largou na pole e comandou a primeira parte da prova, mas nos pits foi superado pelo francês e terminou na segunda posição na dobradinha da equipe.

Para variar, a corrida começou com acidente e safety-car na pista. O mexicano Estéban Gutierrez jogou o carro para cima do brasileiro Luiz Razia, que tentou evitar o acidente e tocou no italiano Luca Filippi que bateu no muro e abandonou. Razia teve que parar nos pits para trocar o bico e caiu para a última posição. Mas a suspensão acabou sendo danificada também e ele teve que abandonar a prova.

Um fato bem interessante marcou este início: o espanhol Dani Clos fez uma grande largada, ultrapassando alguns carros, mas quando foi passar o sueco Marcus Ericsson apareceu a sinalização de safety-car por causa do acidente de Luca Filippi. Mas na adrenalina, ele acabou efetuando a ultrapassagem. A equipe deve ter o informado e na volta em que o safety-car sairia da pista, ele começou a fazer sinais para que Ericsson o ultrapassasse novamente, para evitar uma possível punição.

Mas Ericsson acabou ficando num dilema, pois como não tinha autorização para retomar a posição, achou melhor ficar onde estava. E nisto o safety car já tinha se distanciado do pelotão para ir para os pits e os lideres começaram a acelerar. Quando Clos deu por si e viu que Ericsson não o iria ultrapassar e que tinha que começar a acelerar para relargar, o pelotão já tinha cerca de 6 segundos de vantagem para ele. Isto facilitou bastante a vida dos cinco primeiros, pois tinham este gap e puderam fazer os pits com tranquilidade depois.

Por falar em parada nos boxes, elas de certa forma mudaram o curso da corrida. Pic parou antes e trocou apenas dois pneus que são obrigados por regra. Van der Garde, que parou depois, resolveu trocar os quatro, pois achou que levaria vantagem no fim devido ao rápido desgaste dos Pirellis. Só que o holandês teve dois azares nesta história: primeiro a equipe se atrapalhou um pouco na troca e perdeu um tempo precioso, que o fez volta logo atrás de Pic; depois, perto do fim, outro safety-car foi para a pista por causa de um acidente entre Gutierrez (o mesmo lá de cima, na largada) e Michael Herck. Com o carro de segurança na pista por mais algumas voltas, os pneus de Pic aguentaram até o fim da corrida, que inclusive terminou pelo limite de tempo, e a vantagem de ter trocado quatro pneus foi pelos ares.

Neste Domingo, 05:30 da manhã, será disputada a segunda prova. Confira abaixo o resultado final da prova:

Calendário

Videoteca

Twitter


Postagens populares

Newsletters