Subscribe to web2feel.com
Subscribe to web2feel.com

ALMS - Boletim de 500 milhas das 1000 de Petit Le Mans

Postado por Thiago Raposo sábado, 1 de outubro de 2011

Campinas - Metade de prova em Petit Le Mans onde está sendo disputado as 1000 milhas. Por enquanto vai dando Peugeot, mas nada está decidido, já que os favoritos estão sendo vítimas de problemas mecânicos. Confira abaixo o relato da primeira metade da prova.
-----------------------------------------------------------------------------------------------------
A corrida não começou muito bem para o Brasil, em partes. A Ferrari de Jaime Melo e Raphael Matos teve problemas antes da prova e nem chegou a largar. Nos protótipos 1, Sebastien Bourdais manteve a primeira posição, mas na nona volta foi superado por Marcel Fassler numa grande disputa e caiu para segundo. Nos protótipos 2, Franck Mailleux assumiu a liderança na largada superando Luis Diaz que não começou nada bem. Scott Tucker, que estava na segunda colocação da categoria, acabou rodando ao ultrapassar um carro da GT e caiu para quarta colocação.

Nos protótipos challenge, Ryan Lewis superou Kyle Marcelli nas primeiras voltas e assumiu a liderança. Nos turismo 1, Giancarlo Fisichella também manteve a primeira posição de Ferrari. Nos turismo challenge Leh Keen estava na frente depois de largar na quinta colocação e nos turismo amador, Rui Aguas comandava a prova. Depois de pouco mais de 15 minutos de prova, a primeira bandeira amarela apareceu depois que Ricardo Gonzalez escapou da pista e bateu. Durante a bandeira amarela, Jim Norman da GTC, acabou rodando e bateu no muro.

Na volta 22, a prova recomeçou. Tom Kristensen, com o Audi 02, acabou escapando da pista e se arrastou lento para os pits, o primeiro favorito com dificuldades na pista. Giancarlo Fisichella, que estava entre os líderes nos GTs, parou para pagar uma punição de 60 segundos por terem saído dos pits com bandeira vermelha. O mexicano Adrian Fernandez, que não parou nos pits na bandeira amarela, voltou na liderança da corrida nos protótipos 1. O Jaguar 98 de Rocky Moran parou na pista com 46 minutos de prova com fogo no carro. Nova bandeira amarela e o piloto nada sofreu. Os pilotos pararam novamente, alguns já fazendo troca de pilotos.

Na 37, a prova recomeçou e nos protótipos 1 Nicolas Lapierre liderava a prova. Nos protótipos challenge Eric Lux era o primeiro colocado. Nos protótipos 2 o comando da corrida voltava para Luis Diaz. Já nos turismo, na GT1 Ralph Firman liderava de Ferrari, nos GTC, categoria só com Porsches, Spencer Pumpelly era o líder e para fechar, nos GTE, Richard Lietz estava na frente. Os dois Peugeots, 7 e 8, por também saírem dos pits com bandeira vermelha, foram punidos com 60 segundos. Na 44, mudança de liderança nos GTs com a ultrapassagem de Joey Hand de BMW em cima de Firman. Na 48, outra amarela depois de uma batida forte de Butch Leitzinger da categoria P1.

Na relargada, o Audi 2 acabou sendo tocado por um carro da GT durante uma ultrapassagem e abriu um buraco no carro e ele teve que parar nos pits algumas voltas depois. Depois de algumas paradas nos pits, a situação na pista passou a ser Timo Bernhard de Audi na liderança. Na P2, Franck Mailleux de Oreca voltou para a ponta. No PC, Kyle Marcelli com o Oreca 89 também retornou para a primeira posição. Nos Gran-Turismo, na GT era a vez de Dirk Werner da BMW comandar a categoria, Spencer Pumpelly mantinha a primeira posição na GTC, o mesmo que acontecia com Richard Lietz na GTE. Na 76, o Audi de Bernhard parou nos pits para reabastecimento. Na 81, O Peugeot 7 de Bourdais parou na pista com problemas, dando fim as chances do piloto na corrida.

Nicolas Lapierre e Franck Montagny, que lideravam na P1 depois da parada de Bernhard, pararam juntos na volta 89. E na 96, Bernhard voltou a parar, e depois das trocas de pneus, reabastecimento e troca de pilotos, os tiraram a carenagem, mas nada mexeram e o carro voltou a pista. O Audi 2 de Allan McNish acabou tendo problemas e foi para os pits, levando o carro direto para a garagem. Daí, Andrea Belicchi, que estava em quarto na P1, rodou e ficou parado na brita, provocando a quarta bandeira amarela. Durante a amarela, o Audi 2 de McNish voltou a pista depois dos reparos, mas depois de uma volta na pista, retornou aos boxes.

Na 114, a prova recomeçou e Stephane Sarrazin com o Peugoet 8 estava na ponta da corrida. Nos GTs, seguia a BMW 55 de Bill Auberlen na primeira posição. Na 123, outra bandeira amarela depois que Elton Julian da LMPC ficou parado na pista. Na 130, a prova recomeçou novamente com o Peugeot 10 de Mar Gene na liderança da prova. Na 139, na disputa pela segunda colocação, Marcel Fassler com o Audi 1 passou Stephane Sarrazin do Peugeot 8. Depois, pela primeira posição, tanto Fassler quanto Sarrazin passaram Marc Gene, que caiu para terceiro.

Na 152, o Peugeot 10 parou nos pits e saiu Gene e entrou . Na 156, a BMW líder do GT de Bill Auberlen (e do brasileiro Augusto Farfus) furou o pneu e ele teve que se arrastar até os pits. Depois que pararam, o brasileiro Farfus assumiu o carro e voltou na oitava colocação. Confira abaixo a classificação de momento da prova:


Calendário

Videoteca

Twitter


Postagens populares

Newsletters